Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts com a tag "cozinha italiana"

Das coisas que os italianos adoram - bruschetta

22 de julho de 2010 0

Entre as lições que a saborosa cozinha italiana ensina, há uma que eu considero a mais valiosa: confie na simplicidade. A maravilhosa bruschetta (pronuncia-se ‘brusqueta”) é o melhor exemplo disso. O antepasto é feito de pão, normalmente grelhado com azeite, e coberto com os mais variados ingredientes.

Assim como algumas das especialidades da Itália, o preparo é tão simples que assusta: como pode uma receita assim fácil ter um sabor tão rico? Se atribui a criação da bruschetta a pobres agricultores que prepavam o lanche para comer durante a lavoura – mais uma história em que a necessidade fez um favor inestimável à gastronomia.

Bem, você pode dizer que todo mundo já assou pãezinhos com alguma cobertura, mas a verdadeira bruschetta tem suas particularidades. Deve ser feita com pão rústico (como o pão italiano) e leva sempre alho e azeite de oliva. A mais tradicional é coberta com tomate.

A bruschetta napolitana a seguir, do chef italiano Luigi Tartari, mistura molho de tomate, mussarela de búfala e manjericão. Para comer de olho fechado.



Bruschetta napolitana

Ingredientes
4 fatias de pão italiano
2 dentes de alho inteiros
4 fatias de mussarela de búfala

Molho de tomate
1kg de tomate sem pele e sementes
200g de cebola picadinha
60ml de azeite de oliva
40g de alho picadinho
40g de manteiga
40g de folhas de manjericão picadas
20g de açúcar
15g de sal
2g de pimenta-do-reino branca

Preparo
1. Aqueça uma panela com azeite.
2. Refogue o alho e a cebola.
3. Em seguida, acrescente os tomates e deixe ferver por cerca de 15min.
4. Tempere com sal, açúcar e pimenta branca.
5. Por último, adicione a manteiga e o manjericão.
6. Esfregue o alho nas fatias de pão.
7. Coloque por cima o molho de tomate.
8. Cubra com a mussarela e leve ao forno para aquecer.

Cardápio italiano

16 de julho de 2010 0

A partir de hoje, Blumenau fica um pouquinho mais italiana – a Festitália começa nesta sexta e segue até dia 25. O blog Dedo de Moça aproveita o ensejo e começa agora uma semana especialmente inspirada no país, com receitas e curiosidades sobre uma das gastronomias mais populares do mundo.

Bem, nem precisaria de pretexto para dedicar posts e posts sobre o tema. Esta colunista que vos escreve simplesmente adora enrolar espaguete no garfo, regar qualquer salada com muito azeite de oliva, consumir molho de tomate aos litros e cheirar folhinhas frescas de manjericão. Enfim, meu coração e meu paladar devem muito à querida Itália.

E falando em espaguete, que tal abrir as comemorações com uma massa ao molho de alcachofras frescas e tomate-cereja? A receita é do chef Samuele Oliva, para a Petybon.

Spaghetti integrali ao molho de alcachofras frescas e tomate cereja

Ingredientes
5 unidades de alcachofra fresca grande
1 embalagem de espaguete de sêmola de grano duro integral
200ml azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino
Salsinha fresca picada
350g tomate-cereja, cortado pela metade
Queijo parmesão ralado

Preparo
1. Retire as pétalas da alcachofra, deixe somente o seu coração e corte em julienne (tiras finas).
2. Deixe descansando em água com limão ou vinagre para não escurecer.
3. Prepare a massa conforme indicação da embalagem e reserve.
4. Em uma frigideira, aqueça o azeite e salteie a alcachofra cortada.
5. Tempere com sal, pimenta e salsinha a gosto. Adicione o tomate cereja.
6. Escorra a massa, misture com o refogado e sirva quente com o queijo parmesão.

Rende 6 porções

La vera cucina

16 de junho de 2010 1

Hoje é dia de comer em Milão.

As seratas Gusto! – Cucina Regionale Italiana têm ocorrido durante as quartas-feiras do mês de junho na Pizzeria Don Peppone, em Blumenau, para apresentar os diferentes sabores da cozinha da Itália. Quem prepara os pratos é o italiano Danilo Berti, da Hostaria Filidoro, que promove as noites em parceria com o restaurante.

E nesta quarta é a “regione milanese”, das redondezas de Milão, Norte da Itália, que será homenageada. De acordo com Berti, a gastronomia desta região é marcada pela mistura da culinária italiana com a do centro da Europa.

O jantar, com cinco pratos individuais, custa R$ 55 por pessoa (sem bebida), e é servido a partir das 20h. O cardápio completo está no site do restaurante Don Peppone.

Quarta-feira que vem será dia de comer em Nápoles.