Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Federação Gaúcha de Laço promove torneio em Vila Oliva, em Caxias

18 de janeiro de 2014 3

O ano promete ser promissor para a  Federação Gaúcha de Laço. A entidade já captou R$ 450 mil reais dos aproximadamente R$ 614 mil liberados por meio de convênio com a Secretaria Estadual do Esporte.

O dinheiro será investido em um torneio estadual com oito etapas, sendo a última em Vila Oliva, em Caxias, de 8 a 11 de maio.

Para quem não lembra, a entidade, criada em junho de 2013, valeu-se da interpretação do laço como esporte para a captação de patrocínios junto a empresas, feito nunca alcançado pelo MTG.

- Queremos reunir pessoas que gostam de laço. O MTG conquistou uma rejeição tão grande com normas absurdas que os laçadores não se sentem representados por ele – afirma o presidente da Federação, Cleber Vieira.

daniela xu

Foto: Daniela Xu

Comentários (3)

  • Murilo diz: 24 de março de 2014

    Essa Federação não me representa! Meu finado avô teria vergonha de me ver filiado em um lugar sem princípios e sem respeito às nossas tradições.

    O grande feito do MTG é propor regras que permitam que nossas verdades não sumam com esses conceitos sem embasamento algum de que o laço é um esporte… LAÇO É CULTURA.

  • Daniela diz: 25 de março de 2014

    Senhor Murilo! Quando os times de futebol são lançados você não é obrigado a torcer para eles. Quando federações são criadas, você não é obrigado a participar delas. A Federação Gaúcha não é uma imposição! E quanto às verdades ao que o senhor se refere, aconselho que o senhor as reveja, pois qualquer revisão histórica (simples, mas séria) revela muitas teorias sobre o passado, mas nenhuma “verdade”. Cultura não é feita de elementos imutáveis, cultura é algo fluido, constituído pela movimentação natural do tempo e das sociedades. Somente culturas mortas não sofrem mudanças!

  • Alessandro diz: 31 de março de 2014

    É com muito orgulho que venho parabenizar a Federação Gaúcha de Laço pelo maravilhoso trabalho realizado.
    Sempre participei de rodeios realizados por entidades tradicionais afiliadas ao MTG, já vi de tudo nos rodeios por ai, como cobrar o uso do tirador e ainda mais sendo obrigado a ser usado do lado esquerdo e muitas outras coisas que não tem nenhum fundamento e que não passam de regras escritas e discutidas por campeiros de papel, pessoas que não vivenciam ou não nunca vivenciaram o dia a dia de quem realmente gosta e vive as funções das lidas do campo e tão pouco sabem o quanto é emocionante praticar o esporte que é LAÇAR, não sabem armar um laço, que dirá saber o que é pegar uma armada, mais ainda, a emoção que é acertar varias armadas.
    Este final de semana que passou tive a oportunidade de participar do rodeio da cidade de Porto Alegre, melhor rodeio que já participei na minha vida, organizado pela Federação Gaúcha de Laço, e vou falar uma coisa, nunca fui em um rodeio tão gaúcho, gaúcho pela forma que as coisas são conduzidas, com pessoas se respeitando e sem as tais frescuras e garbo das pessoas querem ser sempre mais “GAÚCHOS” que o próprio companheiro e sim uma demonstração de gauchismo, pessoas torcendo umas pelas outras.
    Rodeio perfeito, sem frescuras, bem organizado e que deixa todos os participantes realmente satisfeitos. E tem mais, este tipo de festa podemos dizer orgulhos que é realmente uma grande campereada, um festa realmente GAÚCHA.

Envie seu Comentário