Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de abril 2014

Confira os representantes da 25ª RT na FECARS

29 de abril de 2014 0

C0nfira quem são os representantes da 25ª RT na 26ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (FECARS), que acontece entre 1º e 4 de maio, em Viamão. Boa sorte, moçada!

Laço Veterano – 60 a 69 anos
Titular: José Francisco Camargo da Silva – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Ozi Keller – DC Ginetes da Tradição

Laço Vaqueano – 70 anos ou mais
Titular: José Guaranha da Silva – DC Rodeio Minuano

Laço Patrão
Titular: Maicon Joenir Fortes – PL Laço Forte
Suplente: Cassiano Palmeira Marques- PL Laçadores da Querência

Laço Capataz
Titular: José Antônio Pinheiro de Jesus – DC Os Carreteiros
Suplente: Diego Lopes Pereira – CTG Tauras do Laço

Laço Diretor Campeiro de RT
Titular: Eraldo Mendes Pereira – DC Os Carreteiros

Laço Braço Diamante
Titular: Cleo Loss Keller – DC Ginetes da Tradição

Laço Pai e Filho
Titular: Pai – José Francisco Camargo da Silva
Filho – Luan Angelo da Silva
CTG Herança Gaudéria

Suplente: Pai – Jó Arse
Filho – Adan de Castilhos Arse
CTG Herança Gaudéria

Laço Dupla de Irmãos
Titular: Gilmar de Jesus Silva – CTG Coração Serrano
Titular: Paulo Cesar de Jesus – CTG Coração Serrano
Suplente: Eduardo Keller de Oliveira – DC Ginetes da Tradição
Suplente: Germano Keller – DC Ginetes da Tradição

Laço Piá/Menina Dupla – até 11 anos
Titular: Germano Keller – DC Ginetes da Tradição
Titular: Hamonra dos Santos Domingos – CTG Estancieiros do Laço

Laço Guri/Guria Dupla – de 12 a 14 anos
Titular: Eduardo Keller de Oliveira DC Ginetes da Tradição
Titular: João Gabriel Soldera CTG Amigos do Laço
Suplente: Vinícius da Silva CTG Amigos do Laço

Laço Rapaz/Prenda Dupla – de 15 a 17 anos
Titular: Mateus Pichetti dos Santos – CTG Vovô Florian
Titular: Leonardo Gobbi Trindade – CTG Velho Mateus
Suplente: Claudinei Anicio Lopes de Macedo – CTG Marca da Terra
Suplente: Marcelo Fogaça Toscan – CTG Velho Mateus

Laço Prenda Dupla
Titular: Fernanda Bernardo Guerra – DC Galpão Serrano
Titular: Franciele da Silva – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Simone de Paula – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Gleizer Castilhos Machado – CTG Tapera Velha

Laço Equipe – 10 laçadores
Titular: Cassiano Palmeira Marques – PL Laçadores da Querência
Titular: Gilsandro dos Reis Alves – DC Marco da Tradição
Titular: Valmir de Andrade Correa – CTG Angelo Francisco Guerra
Titular: Alan da Silva Ferras – PL Potreiro da Serra
Titular: Jean Garcia Viana – CTG Tapera Velha
Titular: Elizandro da Silveira – DC Presilha Serrana
Titular: Leonardo Gobbi Trindade – CTG Velho Mateus
Titular: Lucas Vanaz – PL Rodeio Teatino
Titular: José Claudio de Andrade – CTG Herança Gaudéria
Titular: Luan Angelo da Silva – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Maicon Joenir Fortes – PL Laço Forte
Suplente: José Antonio Pinheiro de Jesus – DC Os Carreteiros
Suplente: Eraldo Mendes Pereira – DC Os Carreteiros
Suplente: Jó Arse – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Mateus Pichetti dos Santos – CTG Vovô Florian
Suplente: Gilmar de Jesus Silva – CTG Coração Serrano
Suplente: Paulo Cesar de Jesus – CTG Coração Serrano

Vaca Parada Dupla de Piazinho – até 06 anos
Gabriel Andrade – CTG Herança Gaudéria
Leonardo Pereira Camelo – CTG Estancieiros do Laço

Vaca Parada Dupla de Piazito – 07 a 10 anos
Daniel Furlan de Andrade – CTG Herança Gaudéria
Cauã Pauletti da Silva – CTG Espora Prateada

Vaca Parada Bonequinha – até 06 anos
Andrielli Pereira Camelo – CTG Estancieiros do Laço

Rédea Piá – 08 a 11 anos
Leonardo Pereira Camelo – CTG Estancieiros do Laço

Rédea Guri – 12 a 14 anos
Maurício Ravadelli Trindade – CTG Velho Mateus

Rédea Peão – 15 a 59 anos
Celso Aguiar da Silva – PL Veteranos

Rédea Veterano – 60 anos ou mais
José Leonildo Borges Monfron – CTG Ilhapa do Rio Grande

Rédea Menina – até 11 anos
Andrielli Pereira Camelo – CTG Estancieiros do Laço

Rédea Guria – 12 a 14 anos
Leandra Borges Santos – CTG Poncho Serrano

Rédea Prenda – 15 anos ou mais
Ana Paula Maurina – CTG Recanto Gaúcho

Chasque:
Titular: Luan Angelo da Silva – CTG Herança Gaudéria
Titular: Valmir de Andrade Correa – CTG Angelo Francisco Guerra
Titular: Cassiano Palmeira Marques – PL Laçadores da Querência
Titular: Lucas Vanaz – PL Rodeio Teatino
Titular: Alan da Silva Ferras – PL Potreiro da Serra
Suplente: Elizandro da Silveira – DC Presilha Serrana
Suplente: Jean Garcia Viana – CTG Tapera Velha
Suplente: Maicon Joenir Fortes – PL Laço Forte
Suplente: Gilsandro dos Reis Alves – DC Marco da Tradição

rodeio caxias - diogo sallaberry

Foto: Diogo Sallaberry

Gineteada
Titular: Jairo Porciuncula Mendes – CTG Herança Gaudéria
Suplente: Carlos Milton Silveira Xavier – CTG Pampa do Imigrante

Laço Autoridade:
Alceu Barbosa Velho – DC Presilha Serrana
Jó Arse – CTG Herança Gaudéria

Laço Conselheiro
José Nicanor Castilhos de Oliveira – DC Ginetes da Tradição
Raul Bento Gomes da Fonseca – PL Minuano da Cascata

Jogo da Bocha Campeira

1ª Equipe – CTG Ginetes da Tradição
Moises Cordova Castilhos
Thales Felipe Escobar
Flavio Ribeiro Gonçalves
Wilson Carlos Mariani

2ª Equipe – CTG Herdeiros da Tradição
Clezio Domingos Chilanti
Ilmar Borges Mathias
Nilson de Oliveira
Henrique Barea

Jogo do Tetarfe

1ª Equipe – GTCN Velha Carreta
José Borges da Silva
Angelo Agostinho Betanin
Joel Alexandre Souza Macedo
José Anislau Nunes de Oliveira

2ª Equipe – CTG Herdeiros da Tradição
Clezio Domingos Chilanti
Ilmar Borges Mathias
Nilson de Oliveira
Henrique Barea

3ª Equipe – CTG Herdeiros da Tradição
Sergio Antonio Bortolloto
Vilmar Pereira da Silva
Almir Bolzan
Antonio Gerson Souza dos Santos

4ª Equipe – CTG Herdeiros da Tradição
Hildo Delfes de Lima
Adelar Machado
Neri Pimentel de Lima
Joecir Lopes de Oliveira

5ª Equipe – CTG Ginetes da Tradição
Moises Cordova Castilhos
Thales Felipe Escobar
Flavio Ribeiro Gonçalves
Wilson Carlos Mariani

Jogo Truco Cego

1ª Equipe – Trio Tristeza Gaúcha

Carlos Marcelo de Mello Severo – CTG Campo dos Bugres
Celso Ricardo Adami – CTG Campo dos Bugres
Willyan Macedo de Lima – GTCN Velha Carreta
Alexandro de Oliveira – CTG Ronda Charrua
Fabiano Mattana – CTG Campo dos Bugres

2ª Equipe – Trio Os Lendários

Anderson de Lima – CTG Herdeiros da Tradição
Bruno Sates – CTG Herdeiros da Tradição
Alberto Davila – CTG Herdeiros da Tradição
Cassiano Zanella – CTG Herdeiros da Tradição
Daniel Sertório – CTG Herdeiros da Tradição

3ª Equipe – Trio Os Veteranos

Michel Hoff – CTG Sinuelo
Cleison Jose Hoff – CTG Sinuelo
Edilson Paulo Hoff – CTG Sinuelo
Helton Luis de Oliveira – CTG Sinuelo
Rogério dos Santos – CTG Sinuelo

4ª Equipe – Trio Flor de Abóbora
Evandro Varela da Silva – CTG Heróis Farroupilhas
Giovane Varela da Silva – CTG Heróis Farroupilhas
Carlos Eduardo Souza Machado – CTG Heróis Farroupilhas
Rafael Mortari da Silva – CTG Ronda Charrua

5ª Equipe – Trio Os Tropeiros
Alex Sander Brichetto Silva – CTG Aruá
José Elias Prigol Pinheiro – CTG Herança Gaudéria
Fausto Prussio Ferreira Caldeira – CTG Herança Gaudéria
Jose Augusto dos Santos – CTG Herança Gaudéria

Grupo de projeção folclórica Os Gaudérios comemora 37 anos

28 de abril de 2014 0

O grupo de projeção folclórica mais antigo da Serra, Os Gaudérios, comemorou neste mês 37 anos de existência e uma história que mistura dança, arte, música e  gauchismo. Este ano, o grupo inaugura um novo espetáculo, Gaúchos de Fato  e Ruta del Folclore, que aborda a mistura das influências italiana, argentina e uruguaia que formou o gaúcho.

Petter Campagna

Foto: Petter Campagna/Divulgação

Os Gaudérios surgiu com um grupo de casais. Durante dois anos, se apresentaram para turistas na Pousada Galo Vermelho, em Flores da Cunha e,  durante 25 anos, no restaurante Gianella, em Caxias.

Há 10, voltaram-se para eventos corporativos, festivais e feiras. Participaram de todas as edições do Festchê, promovido pela Acit, dançando em canções de músicos renomados, como Mano Lima, Os Monarcas e Grupo Rodeio. O ápice foi a gravação do DVD Gaúchos de Fato, em parceria com o grupo Rodeio, e que marcou os 35 anos do grupo.

Peter Campagna

Foto: Peter Campagna/Divulgação

Baseado nas pesquisas de Paixão Côrtes e Barbosa Lessa, o grupo cria novos movimentos e harmonias, o que o coordenador d’Os Gaudérios, Marcelo Menezes, chama de “dar vida sem descaracterizar a cultura gaúcha”. Por isso, danças como balaio, pezinho e chimarrita mesclam-se a criações coreográficas de músicas como Grito de Liberdade. Há também a Dança dos Facões e show com boleadeiras.

E o que leva esses dançarinos, a maioria criados dentro de CTGs, a integrarem Os Gaudérios?

_ São duas coisas: as viagens, que dão a possibilidade de conhecer outras culturas, e a possibilidade de criar além da regra _ explica Menezes, que dança há 25 anos no grupo.

Confira mais algumas imagens do grupo:

Os Gaudérios - MAURÍCIO CONCATTO

Foto: Maurício Concatto

IMG_1310

Foto: Petter Campagna

Os Gaudérios - MAURÍCIO CONCATTO 3

Foto: Maurício Concatto

Festche_5-17

Foto: Petter Campagna

MTG X Federação: Futuro de diretor campeiro será decidido neste final de semana

26 de abril de 2014 2

Segue a peleia entre MTG e Federação Gaúcha de Laço, ainda que cada entidade afirme veemente que uma não é contra a outra e que as divergências são no ramo ideológico. Depois da polêmica da 32ª Campereada Internacional de Santana do Livramento, onde o caso foi parar no Ministério Público, foi a vez de Caxias do Sul, sede da 25ª RT, tornar-se palco de um dos acontecimentos.

Neste final de semana, será decidido o futuro  do tradicionalista Juarez Menegussi, 54 anos, como diretor campeiro da  25ª RT. Ao blog, Menegussi contou que não foi convidado para os treinos de laço dos participantes que vão à FECARS, nem para integrar a seleção, nem na categoria  diretor campeiro.

Menegussi acredita que o motivo foi sua participação no Rodeio de Porto Alegre, organizado pela Federação Gaúcha de Laço.

- O Jó Arse perguntou se eu tinha ido. Disse que sim, como sempre vou todos os anos. Não  representei a 25ª RT. Fui pelo Sindicato Patronal de Caxias do Sul. Arse disse que estava complicado, que não podia deixar o dele na reta e depois disso não nos falamos – conta.

Menegussi enfatiza que nunca foi chamado a atenção ou recebeu uma advertência do MTG durante sua vida tradicionalista.

-  A gente fica chateado. Sempre segui as normas, sempre estive trajado como o regulamento manda. Já “nasci a cavalo” e laço desde os 15 anos – diz ele, que integra o Departamento Campeiro do CTG Os Carreteiros.

Ao blog, Arse, licenciado do cargo de coordenador da 25ª RT, afirma que houve um mal entendido, mas admite que o caso está sendo tratado.

- O Juarez entendeu mal. A verdade é que se fez uma renovação dos 10 homens da  seleção. Ele foi convidado a prestigiar os treinos, mas chegou lá e achou que iria laçar. Com relação ao Rodeio de Porto Alegre, ele laçou como patrão do Clube de Laço de Vila Oliva, filiado à Federação. Não somos contra a Federação, não podemos proibir ninguém de participar dos torneios que eles promovem. Porém,  ser diretor campeiro da 25ª RT e ao mesmo tempo patrão de um clube de laço é complicado, não podemos concordar. Vamos conversar com ele sobre isso – contou.

Jefferson Botega

Foto: Jefferson Botega

 

Luiz Marenco e CTG Ronda Charrua se apresentam em Farroupilha

24 de abril de 2014 0

Ricardo Wolffenbüttel

Foto: Ricardo Wolffenbüttel

Luiz Marenco e CTG Ronda Charrua são os nomes que encerram a programação do Abril Cultural SESC, em Farroupilha, neste domingo, no Ginásio do Saturno (Distrito de Caravaggio).

O CTG Ronda Charrua vai repetir o espetáculo musical Os Senhores da Guerra, que garantiu ao grupo o título de campeão do Enart em 2013, em uma apresentação que se inicia às 17h.

Liliane Pappen

Foto: Liliane Pappen/Divulgação

Depois, às 18h30min, é a vez do aclamado Luiz Marenco e seus sucessos de mais de 20 anos de carreira, como Batendo Água e Quando o verso vem pras casa.

O Abril Cultural é promovido pelo Sistema Fecomércio-RS/SESC e que traz aos palcos da cidade entre espetáculos teatrais, musicais, além de ações de literatura, sessões de cinema, exposições de artes visuais e oficinas.

 

Abril Cultural - Encerramento Tradicionalista

Domingo – dia 27

17h – Apresentação do espetáculo Os Senhores da Guerra, com o CTG Ronda Charrua

18h30min – Show com Luiz Marenco

Local: Ginásio do Saturno (Distrito de Caravaggio)

Ingressos: à venda no local do espetáculo e no Sesc, a R$ 5 (comerciário), R$ 8 (estudantes e idosos), R$ 10 (empresários) e R$ 15 (público em geral)

 

Parque Gaúcho celebra Dia do Churrasco e do Chimarrão

23 de abril de 2014 0

É com comidas típicas e show de danças que o Parque Gaúcho de Gramado celebra o Dia do Churrasco e do Chimarrão. Nesta quinta, a partir das 20h, acontece o 2º Dia da Tradição.

Haverá show da Cadica Cia de Dança e resgate de comidas típicas gaúchas. Na primeira edição, no ano passado, o parque apresentou a evolução histórica do churrasco.

Para a edição deste ano, a equipe vai enfatizar a erva-mate e apresentar pratos como o arroz de carreteiro com charque, arroz de china pobre, pucheiro, feijão campeiro e a canjiquinha com charque.

Além de servir o mate especial do Parque Gaúcho, que é feito com erva cancheada, as receitas derivadas da erva estarão em evidência. Mate gelado, mate torrado com leite, farofa e sorvete de erva-mate são algumas delas, preparadas no restaurante do parque.

Tatiana Cavagnolli

Foto: Tatiana Cavagnolli

O Rio Grande em luto: morre o músico Xiruzinho

20 de abril de 2014 16

É com tristeza que o blog vem dar aos leitores essa notícia justamente em um domingo de Páscoa. Morreu em um acidente de carro nesta madrugada  o músico e advogado João Darlan Bettanin, conhecido como Xiruzinho, 48 anos.

A colisão aconteceu pouco depois da meia-noite, no quilômetro 115 da RS-020, em São Francisco de Paula. O carro, uma Meriva, explodiu e pegou fogo depois de bater em eucaliptos na beira da estrada, deixando o músico carbonizado nas ferragens. O tradicionalista Léo Ribeiro de Souza, em seu blog, divulgou esta foto do carro.

 Léo Ribeiro

Foto: Léo Ribeiro/Divulgação

Xiruzinho  passava o feriado com a família, em São Francisco de Paula, e voltava para Caxias do Sul, cidade onde morava desde a década de 1980. Ele era natural de Esmeralda.

O músico  lançou quatro discos nativistas. O primeiro deles, Um Parelheiro que Tenho, foi pela Acit, em 1991. Apesar de iniciar sua carreira na Serra, sua influência se aproximava da música da fronteira.

Em 2013, porém, lançou um CD de música popular, Aquarelas do Amor, usando não o apelido que ganhou na adolescência e que o deixou conhecido na música nativista, mas o próprio nome, João Darlan.

Na próxima semana, ele tinha shows agendados dias 30 de abril e 1º de maio, na programação do Festival Brasileiro de Música de Rua. Nas redes sociais, o perfil de Xiruzinho no Facebook conta com centenas de mensagens de fãs e amigos que lamentam a morte do músico.

O blog Memória, assinado pelo jornalista Rodrigo Lopes, resgata imagens de algumas apresentações do músico em festivais, na Praça Dante Alighieri e no Paiol Espaço Nativo.

 Francieli Rebelatto

Xiruzinho, em pé. Foto:  Francieli Rebelatto

Tatiéli Bueno prepara CD solo para 2014

19 de abril de 2014 0

O ano de 2014 será mesmo dela. Depois de ganhar duas categorias do Festival César Passarinho, Tatiéli Bueno, 26 anos, prepara um projeto de show e gravação do primeiro CD solo.

O repertório será formado por 12 músicas, com clássicos gaúchos como Chamameceiro, Vira Virou e Cordas de Espinho. Os três primeiros meses já mostraram que o ano será promissor. Participou da gravação da música dos 45 anos da RBS TV Caxias e do tema da Festa da Uva.

Pelas Tardes de Setembro, de letra dela e música de Lazaro Nascimento, ganhou como Música Mais Popular e Melhor Arranjo no César Passarinho, marcando sua estreia como compositora.

— A canção é sobre o canto do sabiá e o colorido da primavera — diz ela, que lançou em 2010 o CD Do Rio Grande do Passado ao Rio Grande do Futuro, em parceria com Anderson Barros.

Tatieli Sperry

Foto: Tatieli Sperry

25ª RT classifica equipes para final de jogos campeiros da FECARS

18 de abril de 2014 0

Três CTGs da 25ª RT classificaram equipes para as finais dos jogos campeiros de tava e tetarfe (ossos, argolas e ferraduras são arremessados em um adaga ou barras de metal cravadas em uma cancha) na Festa Campeira do Rio Grande  do Sul (FECARS), que acontece de 1º a 4 de maio, em Viamão.

divulgação
Dos 14 trios, cinco foram classificados: um do GTCN Velha Carreta, um do CTG Ginetes da Tradição e três do CTG Herdeiros da Tradição. Patrão do Herdeiros, Sérgio Bortolotto, que integra um dos trios classificados e já foi campeão gaúcho, dá a dica:

— É um jogo de habilidade e o segredo é o treinamento. Treino de uma a duas vezes por semana  — revela.

Jogos campeiros eliminatório FECARS - divulgação (1)

Fotos: Divulgação

Coordenador interino da 25ª RT, Camassola aposta na continuidade de ações

17 de abril de 2014 0

O tradicionalista Cléu Camassola, 63 anos, é o coordenador interino da 25ª RT. Com a licença de Jó Arse, que assumiu como Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Camassola, que era o vice, ocupou o posto.

Natural de São Francisco de Paula, cresceu ouvindo a música Bertussi e herdou dos pais e avós o gosto pelo tradição. Integrante do CTG Rancho Velho, foi patrão da entidade, hoje inativa, por sete anos. Já foi vice-coordenador por dois anos e chegou a assumir o posto de interino durante a campanha de Jó para vereador. Por isso, disse ao blog que é com tranquilidade que ele se vê à frente da 25ª RT.

— Darei continuidade à implantação do museu e da biblioteca da região,  nas ações para melhorar o apoio a prendas  de faixas para o concurso estadual e o projeto de transferência da Casa do Gaúcho para os Pavilhões, já planejadas pela nossa gestão.

Ale Lorenzi

Foto: Ale Lorenzi

Religião motivou Magrão, de Oswaldir e Carlos Magrão, a compor

14 de abril de 2014 0

A coluna conversou com Oswaldir e Carlos Magrão durante a passagem da dupla por Caxias, em show no Paiol. Mesmo com quase 30 anos de carreira, apenas nos últimos cinco anos Magrão decidiu aventurar-se a compor. A inspiração, porém, não veio da música nativista.

O gaiteiro ingressou na Igreja Luterana e foi convidado a gravar um CD cristão. Compôs 12 canções e o álbum chama-se “Vamos falar com Deus”. O trabalho originou um DVD com 10 músicas.

— Sempre fui perfeccionista, mas percebi que não precisa usar palavras difíceis para dizer alguma coisa. Foi como se Deus dissesse “escreva, usa teu dom” e a partir daí comecei a compor com mais facilidade, inclusive músicas gaúchas.

Eles, que ficaram conhecidos por dar novos arranjos a canções de outros compositores, têm como um dos projetos para 2014 a produção de um CD com canções inéditas.

Umberto Meneghi

Foto: Umberto Meneghi