Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Tradição"

Abram cancha para o Rodeio de Vacaria!

30 de janeiro de 2014 0

Começa neste sábado o rodeio mais aguardado da temporada de 2014. Para quem gosta de um bom baile gaúcho, é hora de lustrar a bota e se preparar para uma semana inteira de festividade no 30º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria.

Mano Lima, Luiz Marenco, Tchê Guri e Tchê Barbaridade são os nomes que abrem a programação, na noite deste sábado. No domingo, o baile é com Alma Gaudéria e grupo Candieiro. Outros grandes nomes passam por Vacaria até o dia 9: Adelar Bertussi,  Os Tiranos, Os Serranos, Pedro Ortaça, Cristiano Quevedo, João Luiz Corrêa,  Os Monarcas, Joca Martins, César Oliveira e Rogério Melo, Grupo Rodeio.

Nem tudo, porém, é só festa.  A partir desta quarta, começam as competições artísticas. No final de semana,  acontecem as de danças tradicionais. O título de campeão da edição de 2012 veio para Caxias do Sul, com a invernada adulta do CTG Pampa do Rio Grande. Vem de Caxias também outro mérito: a invernada adulta do CTG Aruá  foi a única na história do rodeio a conquistar  o título de 1º lugar durante duas edições consecutivas,  2008 e 2010.

Já as provas campeiras iniciam neste final de semana, com competições de tiro de laço, gineteadas e provas de rédea entre as principais.

vacaria - roni rigon

Foto: Roni Rigon

 

MTG define ações para 2014

27 de janeiro de 2014 0

O ano recém começou e o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) já definiu ações para os próximos meses, especialmente quanto às comemorações farroupilhas.

Durante o 61º Congresso Tradicionalista, realizado na metade do mês de janeiro, em Porto Alegre, foi aprovada a proposta de tema do MTG para 2014: “Preservando o passado, construindo o futuro. MTG em defesa do patrimônio histórico e cultural do RS”.

Também foi escolhida a cidade de Cruz Alta como local de acendimento da Chama Crioula Oficial do Estado, no mês de agosto. O tema dos festejos farroupilhas, que será trabalhado nas escolas, CTGs e desfiles, é “Eu sou do Sul”, que retrata o orgulho de ser gaúcho.

Ricardo Wolffenbüttel

Foto: Ricardo Wolffenbüttel

Floreio recebe carta de recomendação de Porca Véia e d'Os Monarcas

25 de janeiro de 2014 2

O Grupo Floreio recebeu de Porca Véia e de Gildinho, d’Os Monarcas, uma carta de recomendação de cada um, onde os músicos relatam a admiração pelo grupo e o compromisso com a cultura gaúcha.

E não podia ser diferente. O Floreio vem garantindo seu espaço na música tradicionalista. Em dezembro do ano passado, participou do show de despedida dos palcos de Porca Véia, em Caxias do Sul.

Zezinho, gaiteiro e líder do grupo, em parceria com Leó Ribeiro de Souza, criou a música “O Último Baile”, para homenagear o artista, com quem tocou durante 10 anos.

A música fará parte do próximo DVD de Porca Véia e também do novo CD do Floreio, que será gravado no próximo mês.

Buenas, aqui estão as cartas de recomendação, cheias de elogios!

floreio 01

E aqui d’Os Monarcas…

floreio 02

 

Jó Arse toma posse do cargo de coordenador da 25ª RT

19 de janeiro de 2014 0

O vereador Jó Arse (PDT) tomou posse na terça-feira do cargo de coordenador da 25ª RT para a gestão de 2014, em uma cerimônia na Casa do Gaúcho, que contou com a presença do presidente do MTG, Manoelito Savaris, e do prefeito de Caxias, Alceu Barbosa Velho. O cargo foi ocupado no ano de 2013 pelo tradicionalista Nicanor Castilhos.

Os primeiros desafios são o Rodeio de Caxias e a Festa da Uva. Pela primeira vez no rodeio, acontecerá no mesmo final de semana as competições artísticas de dança estilo Enart e estilo campeiro. Na Festa da Uva, a ideia é criar um espaço para a mostra da cultura tradicionalista.

O maior projeto de sua gestão, porém, deve ser a transferência da Casa do Gaúcho para os pavilhões. Segundo ele, o projeto dever ser elaborado nos próximos 90 dias. A ideia é fazer uma permuta com a prefeitura. Com isso, Arse confirma a intenção de fomentar o turismo caxiense por meio do gauchismo.

andreia copini

Foto: Andréia Copini

Rodeio de Canela: exemplo da força tradicionalista

14 de janeiro de 2014 0

Minhas amigas Lu Zanatta e Rita Souza estão mais felizes que guri de bombacha nova. Lu faz a assessoria de imprensa do Rodeio de Canela e a Rita é uma apaixonada pelos rodeios desde sempre.

Pois bem, o 30º Rodeio Nacional de Canela, que aconteceu neste final de semana no Parque do Saiqui, encerrou com grandes números. Foram 1.832 inscritos nas modalidades campeiras – só em Laço Duplas, foram 410 inscrições -, e mais de 9.860 armadas na cancha.

Rodeio de Canela

Nas provas artísticas, participaram mais de 46 entidades tradicionalistas do Estado. Nas gineteadas, 127 ginetes  montaram os cavalos mal domados das tropilhas Polaco Feijó, de Barra do Ribeiro; Setenta, de São Francisco de Paula; Maleva, do estado do Paraná; e Costeira, do litoral gaúcho.

Para as crianças, era o tiro de laço Vaca Parada a forma de integrá-las às tradições.

No primeiro Leilão Presencial Cavalo do Futuro, foram a leilão 35 exemplares da raça crioula. Outras duas edições do leilão estão confirmadas, para 2015 e 2016.

Mesmo com chuva, o público não arredou: mais de 43 mil pessoas passaram pelo evento. E eu, que estava de plantão, acompanhei tudo pela redação mesmo, lembrando dos rodeios de Canela que já fui com as amizades que fiz por lá. Gauchada de respeito!

rodeio de canela 2

Fotos: Diego Santos

Temporada de Rodeios de 2014

08 de janeiro de 2014 3

O ano de 2014  chegou e uma nova temporada de rodeios se inicia. Na região, é o Rodeio Crioulo de Canela que abre a temporada. De 8 a 12 de janeiro, acontece a 30ª edição do evento. São 19 modalidades de provas campeiras, 20 de provas artísticas e mais de R$ 60 mil em prêmios. A novidade da edição de 2013 é um Leilão de Cavalo Crioulo. Os fandangos serão animados pelo Grupo Rodeio, Os Tiranos e Os Mateadores, na quinta-feira, sexta-feira e sábado, respectivamente.

Confira a agenda de alguns rodeios no Estado para 2014.

- 30º Rodeio Crioulo de Canela – 8 a 12 de janeiro, no Parque do Saiqui

- 25º Rodeio Crioulo Nacional de São José dos Ausentes – 16 a 19 de janeiro de 2014, no Parque Hercilino Batista Nunes

- 14º Rodeio Internacional de Herval – 16 a 19 de janeiro de 2014, na sede campeira do CTG Minuano

- 24º Rodeio Crioulo de Horizontina – 31/01 a 02/02 de 2014, no Parque de Rodeios Albino Manjabosco

- 30º Rodeio Crioulo Internacional de Vacaria – 1 a 9 de fevereiro, no Parque de Exposições Nicanor Kramer da Luz

- 35º Rodeio Crioulo Nacional Gramado – 8 a 10 de fevereiro, na Sede Campeira do CTG Manotaço

- 26º Rodeio Crioulo Nacional de Caxias do Sul – 19 a 23 de março, no Parque da Festa da Uva

- 24ºRodeio Nacional deArroio do Sal – 24 a 27 de abril, parque de eventos do ctg Rincão da Estância

- 34º Rodeio Internacional de Osório – 28 de maio a 1º de junho, no Parque de Eventos e Rodeios Jorge Dariva

Jefferson Botega

Foto: Jefferson Botega

O principal fato de 2013 para alguns tradicionalistas

30 de dezembro de 2013 0

Confira o que alguns tradicionalistas elegeram como principal acontecimento de 2013

Nicanor Castilhos, coordenador da 25ª RT
“O fato mais marcante para mim no mundo tradicionalista foi, como Coordenador da 25ª RT, ter a honra de termos trazido à 25ª RT e à cidade de Farroupilha, o título de maior campeão do Enart 2013.”

Tomaz Augusto Schuch, advogado e tradicionalista
“Foi o lançamento de duas excepcionais músicas de Léo Ribeiro de Souza: “De como cantar um hino” e “O Último Baile” (em homenagem ao fechamento da carreira de Porca Véia).”

Luiz Antônio Alves, poeta e escritor
“O Festival do Charque em São Francisco foi um grande acontecimento. Cerca de 17 tipos diferentes. Tinha até lasanha de charque e Patê de Charque. Originais. Foi durante a Semana Farroupilha.”

Leo Ribeiro de Souza, poeta, escritor e compositor
“O ano de 2013 foi pródigo em acontecimentos marcantes na seara da cultura regional gaúcha. Poderíamos citar vários como (na musicalidade) o retorno da Califórinia da Canção Nativa, festival pioneiro ou, no âmbito cinematográfico, o filme O Tempo e o Vento, que recebeu uma superprodução global. Contudo, sem dúvida alguma o divisor de águas foi a criação da Federação Gaúcha de Laçadores porque houve uma forte cisão com o até então inatingível MTG, que comanda o tradicionalismo no Rio Grande do Sul há mais de cinquenta anos.”

008aad1c

Para Nicanor Castilhos, premiação de CTG Ronda Charrua no Enart foi o principal acontecimento.

Foto: Daniela Xu

Blog faz retrospectiva de 2013

29 de dezembro de 2013 0

Em clima de final de ano, o blog faz uma retrospectiva dos principais acontecimentos do mundo tradicionalista em 2013. Além do que foi eleito abaixo, muita coisa aconteceu.  Como sempre, a Semana Farroupilha de Caxias do Sul levou milhares de tradicionalistas e visitantes aos pavilhões da Festa da Uva. O CTG Rincão da Lealdade, o mais antigo de Caxias do Sul e o terceiro a ser fundado no Estado, completou 60 anos.

No cinema, a obra O Tempo e O Vento, de Erico Verissimo, ganhou projeção nacional ao ser transformado em filme.
Veio da Serra a 1ª Prenda Mirim do Rio Grande do Sul: da 11ª Região Tradicionalista, de Bento Gonçalves, CTG Gaudério Serrano, Ana Maria Soccol, 13 anos.

Na música, polêmicas foram protagonizadas por Luiz Marenco, que se filiou ao Partido da República (PR) e Joca Martins, com a música Eu Sou Bagual, por usar expressões como nascido em cocho de sal, que ganhou críticas de tradicionalistas de Santana do Livramento.

Confira os principais acontecimentos eleitos pelo blog:

Artístico: 1º lugar do CTG Ronda Charrua no Encontro de Arte e Tradição Gaúcha (Enart), na modalidade dança tradicional

Campeiro: Seleção de Laçadores do Rio Grande do Sul (da 27ª RT), campeã do Rodeio Nacional de Campeões, em Jataí, em Goiás

Polêmica: Projeto de lei que queria institucionalizar a cavalgada como patrimônio cultural do Estado

Novidade:  Criação da Federação Gaúcha de Laço, fundada em junho

Música: retorno da Califórnia da Canção Nativa

Cinema: “Os Monarcas – A Lenda”, de Osnei de Lima e Camilo Bevilacqua, conta a história dos irmãos Gildinho e Chiquito

Notícia:  Despedida de Porca Véia dos palcos

Projeto: Farroupilha Bem Gaúcha – A cultura tradicionalista para o dia a dia de 10 mil alunos de 40 colégios da rede municipal de Farroupilha

Evento: Os Sucessos dos Festivais – O Grande Encontro

Popular – Escolha do leitor a partir de enquete da semana passada: 1º lugar do CTG Ronda Charrua no Enart

AMANHÃ: Conheça a opinião de alguns tradicionalistas da região sobre o principal acontecimento de 2013!

monarcas-alenda

Zezinho, do Grupo Floreio, fala sobre "O Último Baile"

28 de dezembro de 2013 0

“E agora seus bailes têm fim. O mundo é assim, se cala o cantor. Não mais a negra cordeona. Se abrindo, chorona, sobre o tirador.”  O trecho é parte da canção O Último Baile, letra de Léo Ribeiro e música de José Claro, o Zezinho do grupo Floreio, criada especialmente para homenagear Porca Véia no ano em que se despede dos palcos.

Neste sábado, ela deve encerrar com chave de ouro a grande festa protagonizada por Porca Véia. Logo que a canção foi divulgada, já virou sucesso.De acordo com Zezinho, a ideia surgiu de uma conversa sobre o anúncio da despedida e do vazio que o gaiteiro deixará nos palcos. O trabalho, porém, jamais morrerá. Um dos versos mais bonitos fala que, enquanto uma gaita se abrir, o toque de Porca Véia há de vir alegrar os galpões. Quando escutou a canção, Porca Véia chorou de emoção.

- A lição que fica desses anos é a de respeito pela música , pelas pessoas que vão ao baile. Porca Véia sempre dizia que difícil era fazer o simples bem-feito  – conta Zezinho.

Léo,Porca Eu

Na foto, Léo Ribeiro, Porca Véia e Zezinho (Foto: Arquivo Pessoal)

Ele sabe do que fala. Porca Véia investiu no talento de Zezinho quando ele tinha 24 anos. Por 10 anos, o jovem gaiteiro tocou ao lado de Porca. Aprendeu, amadureceu e trilhou novos caminhos. Há oito anos, ele lidera o Grupo Floreio.
Zezinho começou a tocar gaita lá pelos 20 anos. Ele, que tocava violão, tinha um primo que tocava o instrumento. Quando viu que o primo era convidado a animar bailes, resolveu investir na gaita também.

Além de gaiteiro e laçador, Zezinho é também um baita compositor. É dele a canção “Lá Fora”, do primeiro disco do Floreio, “Só Fandangueira”, que estourou ao ser regravada por Porca Véia. Outras duas composições suas – Das Mãos do Gaiteiro (com Paulo Ricardo Costa) e Do Jeito que Eu Gosto (com Léo Ribeiro) estarão no novo CD d”Os Monarcas.

Com quatro CDs gravados, o Grupo Floreio se prepara para lançar mais um no ano que vem, com a  música “Abaixo de Tempo Feio”, escrita por ele e por Régis Marques e que conta com a participação do Grupo Rodeio.

Outra alegria de Zezinho é a de tocar junto com o filho, Gabriel Claro,  de 16 anos. Com cinco anos, o guri ganhou a primeira gaitinha do pai.

Zezinho - foto de Ale Lorenzi

Foto: Ale Lorenzi

Chula feminina em Entrevero na Serra

24 de dezembro de 2013 1

Foi assim a 2ª edição do Entrevero na Serra: muita música, gauchada reunida e concurso de chula. Só que feminino.

Ao longo dos anos, as mulheres vêm quebrando barreiras dentro do tradicionalismo. Ganharam o direito de laçar e usar bombacha. Em Caxias, elas estão até dançando chula!

O Entrevero na Serra aconteceu no Paiol Espaço Nativo e é uma festa de integração de final de ano voltada à comunidade tradicionalista.

entrevero3 - fernanda arruda

Mais uma da “chuleadora”!

entrevero - fernanda arruda

Fotos: Fernanda Arruda