Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "tiro de laço"

Rodeio de São Chico começa nesta quinta

04 de dezembro de 2014 0

Como é tradição, São Francisco de Paula começa dezembro com o XXX Rodeio Interestadual, que começa nesta quinta e segue até domingo.

Há provas nas modalidades artísticas e campeiras e o baile de  sexta e sábado é com o Grupo Fandangueiro.  A festa ocorre no Parque Davenir Peixoto Gomes. São mais de R$ 50 mil em ajuda de custos e prêmios. A promoção é do CTG Rodeio Serrano.

 

10534808_10152930859774224_8672242709557970236_o

Justiça anula punição de narrador dada pelo MTG

01 de novembro de 2014 1

A coluna segue atualizando os leitores sobre as divergências que envolvem MTG e Federação Gaúcha de Laço.
Pois, bueno: O narrador  Éder Azeredo teve anulada pela Justiça a punição aplicada contra ele pelo MTG por ter participado de torneio de entidades não filiadas. Ele era um dos 12 penalizados com até 180 dias de suspensã o por ter atuado em eventos da Federação Gaúcha de Laço.

O advogado dele é Flávio Belmonte, ex-presidente do movimento. A juiza Carla Della Giustila, da sétima vara cível do foro central de Porto Alegre, determinou a suspensão da penalidade “por nulidade do procedimento administrativo”, já que Belmonte afirmou que teve o direito de falar negado durante o julgamento do MTG.

Ainda sobre o mesmo assunto: gaúchos que forem renovar o cartão tradicionalista em entidades da 5ª RT, em Santa Cruz do Sul, devem assinar um termo de compromisso em que afirmam conhecer as regras do MTG e se compremeterem a não participar de qualquer evento promovido por entidade não filiada ao movimento e àquela região.

Em editorial, o presidente do MTG, Manoelito Savaris, escreveu sobre o espírito de “amor à camiseta”,  citando a troca de entidade e a formação de grupos com o fim específico de ganhar mais provas e acumular mais prêmios em dinheiro.
Ele alerta para a falta de preocupação com o fortalecimento das tradições e questiona, por fim:  “Devemos decidir se aceitamos os ‘cambiadores’ que desejam ter morada em duas casas diferentes e que ficam especulando, a cada dia, qual casa oferece melhor prato à mesa”.

E o leitor, o que pensa de tudo isso? Participe!

daniela xu

Foto: Daniela Xu

Conheça Racheli, a pequena campeira

15 de outubro de 2014 0

As mãos ainda não têm força para encilhar um cavalo, nem os pés alcançam sozinhos os estribos da encilha. A cavalo, porém, Racheli Bertuol Rodrigues da Silva, seis anos, se vira sozinha: galopa, troteia, mostra domínio do animal que pesa 450 kg, laça e não poupa carinho para a égua crioula Aretusa da Barra do Ribeiro.

— Meu bebê  — diz a menina para a égua gateada, passando a mão no pescoço do animal.

Roni Rigon
Fotos: Roni Rigon
Racheli anda  a cavalo sozinha desde os três anos. No laço, se aventura há um ano e meio. É capaz de acompanhar o pai em cavalgadas que percorrem 70 km em um dia. Do vestido de prenda, não é fã. Gosta mesmo é de bota e bombacha.

— Ela sabe montar melhor que muita adulto — diz o pai, Fabiano Rodrigues da Silva, 38 anos.

Racheli gosta tanto da lida do campo que sua festinha de quatro anos teve como tema o cavalo crioulo. A música escolhida pela guria para a formatura de educação infantil foi Eu sou do sul, de uma lista que incluía Tordilho Negro, Bagual Corcoveador e Cantador de Campanha.

Roni Rigon

— É que eu sou gaúcha — justifica a menina.

Racheli tem a quem puxar. É neta de tropeiros. Dos pais, veio o talento artístico.  Fabiano é declamador há mais de 20 anos e  coleciona mais de 250 premiações em  rodeios. A mãe, Claudia, 38, dançava em invernadas. Racheli desenha e toca violão, como os tios e avós.

Foi com o nascimento dela que a família voltou-se para o campeirismo. Hoje, eles têm um bagual, seis éguas (para cria) e duas de montaria. Parte dos animais fica em uma propriedade na localidade do Apanhador e outra na Hotelaria Moraes, em Monte Bérico.

Aretusa, o animal da menina, tem sete anos e foi comprada há três. Fabiano é fundador e hoje também laçador do CTG Andança Serrana.

Roni Rigon

Gauchinhos: Confira uma galeria de fotos de peões e prendinhas.

MTG X Federação: Narradores são punidos

02 de outubro de 2014 0

Mais um episódio da peleia entre MTG e Federação Gaúcha de Laço:  quatro narradores de rodeio filiados ao MTG foram punidos durante julgamento da Assembléia Geral do Departamento de Narradores na semana passada.

Éder Azeredo, Gustavo Curtinaz, Gilberto Guazzelli (Papapa) e Edson Santos chegaram a apresentar recurso, mas tiveram suspenso por 90 dias o direito de narrar rodeios de entidades do MTG, sob a justificativa de que trabalharam para rodeios de entidade não filiada (a Federação, no caso). Outros oito narradores já haviam sido punidos. Curtinaz ganhou prazo de um ano até a execução da suspensão por razões pessoais (a morte da esposa).

Em nota oficial, Flávio Marcolin, diretor do departamento de narradores,  reitera que o regimento dos narradores prevê que os filiados têm exclusividade na narração de eventos de entidades filiadas ao MTG e que, em contrapartida, abdicam de narrar eventos de não filiados.

Também em nota, Antônio Macedo, o presidente da Associação Brasileira de Locutores e Avaliadores de Rodeios diz que “respeita os critérios do MTG e do departamento (de narradores)” e que ainda que o resultado não era o que estavam buscando, “não foi totalmente ruim, pois se obteve redução das penas de 180 para 90 dias em três de quatro recursos julgados”. Sete  envolvidos e suspensos por terem narrado para entidades não filiadas ao MTG são filiados à associação.

 daniela xu

Foto: Daniela Xu

Em primeira mão: Orquestra e Tropa de Elite na Semana Farroupilha

19 de agosto de 2014 0

Nesta terça, a 25ª RT lança a programação oficial da Semana Farroupilha de Caxias, mas a coluna já adianta algumas novidades. Uma delas será o encontro da música clássica e da música gaúcha, protagonizado pela Orquestra Jovem da Fundação Marcopolo e pelos cantores Tatiéli Bueno e Fábio Soares durante show na noite de 19 de setembro. Luiz Marenco também participará da apresentação.

Ricardo Wolffenbüttel

Foto: Ricardo Wolffenbüttel

Músicas gaúchas como Milonga para a Missões serão entoadas ao som de instrumentos como flauta, violino, violãocelo, viola e tambor das 90 crianças e adolescentes que integram a orquestra, regida pelo Maestro Luiz Carlos Zeni Júnior. Outros nomes da música são César Oliveira e Rogério Melo, Mano Lima, Pedro Ortaça e Cristiano Quevedo. Mais de 60 artistas locais integram a programação.

Para a moçada do laço, a novidade é o desafio da Tropa de Elite, animais que têm o chifre virado para baixo, mais difíceis de laçar que as rezes normalmente usadas em rodeio. A tropa estará pela primeura vez em Caxias. E então, laçadores, preparados para a peleia?

O lançamento da programação é terça-feira, às 20h, na Casa do Gaúcho. Nesta semana, prendas e peões da região começam um ciclo de palestras nas escolas estaduais e municipais sobre o tema da Semana Farroupilha, Eu sou do Sul.

Manta gel é liberada e laço apresilhado torna-se facultativo

27 de julho de 2014 1

Três questões há muito debatidas sobre as provas campeiras foram votadas este final de semana durante a 79ª Convenção Tradicionalista, em Caxias, no CTG Rincão da Lealdade. O uso facultativo do laço apresilhado para todas as categorias foi aprovado, bem como legalizada a manta gel (peça usada para proteger o lombo do cavalo).

Porém, a possibilidade de não usar esporas na mesma prova não foi aprovado. Elas continuam obrigatórias para as categorias rapaz, peão e veterano.

— Os gaúchos entenderam que, por uma questão de tradição, deve-se manter o uso das esporas. Mas conseguimos avançar em vários pontos — disse Jó Arse, tradicionalista e secretário de Esporte e Lazer de Caxias.

Jefferson Botega

Foto: Jefferson Botega

Competições de pealo e de cura de terneiro foram excluídas das festas campeiras, por serem consideradas violentas.

Da parte cultural, foi rejeitada pelos tradicionalistas a proposta que diminuía em 10 pontos o peso da prova escrita de conhecimentos no concurso estadual de prendas e peões. A prova teórica das prendas continuará valendo 35 pontos e a dos peões, 20, de um total de 100.

A proposta de igualdade nas idades e escolaridades entre prendas e peões foi aprovada. Fica estabelecido, por exemplo, dos 18 aos 27 anos a faixa etária para prendas adultas e peões farroupilhas. Com isso, nem chegou a ser votada a proposição que elevava a data limite das concorrentes adultas no concurso estadual para até 30 anos, uma das questões mais controvérsias e que deixou o prendado dividido.

Prendas que eram a favor entendiam que o aumento da idade permitia que a mulher pudesse cursar a faculdade, se formar, e se dedicar ao concurso. Não precisaria interromper os estudos. Ao mesmo tempo, porém, parecia injusto colocar jovens de 17, 18 anos para concorrer com mulheres de 30, graduadas e mais experientes.

E tu, o que pensas das mudanças?

MTG x Federação: Três entidades recebem suspensão por envolvimento com circuito de laço

30 de junho de 2014 0

Se alguém achava que as diferenças seguiriam apenas no rumo dos acalorados debates, se enganou.  Três CTGs foram punidos pelo MTG por envolvimento em atividades da Federação Gaúcha de Laço.

Um deles é o CTG Baio Ruano, de Cambará do Sul, que sediou etapas do circuito de laço organizado pela Federação durante o 26º Rodeio Crioulo Interestadual, em fevereiro. No sábado passado,  a entidade recebeu uma suspensão de 90 dias durante reunião do Conselho Diretor do movimento. Ou seja: por três meses, a entidade não pode participar ou promover eventos tradicionalistas.

— A Federação nos prometeu ajuda financeira. Do MTG só recebemos normas —  justifica o patrão Rubens Trindade.

As outras entidades punidas são o CTG João Dornelles, de Fazenda Vila Nova, e a Associação Tradicionalista Estância do Minuano, de Santa Maria. Elas não foram notificadas oficialmente e ainda cabe recurso.

O MTG vê o laço como uma manifestação cultural, enquanto a federação como um esporte. No regulamento do movimento, entidades filiadas não podem participar ou sediar eventos de não filiados, caso da federação.

vacaria - roni rigon

Foto: Roni Rigon

Rodeio do CTG Serranos do Laço inaugura cancha coberta

18 de maio de 2014 0

A gauchada de Antônio Prado e Ipê está mais feliz que guri de bombacha nova. Neste final de semana, o VI Rodeio Crioulo Nacional do CTG Serranos do Laço inaugurou a cancha coberta do parque que recebe  as festas campeiras das duas cidades.

O rodeio contou com 250 duplas e público de mais de 10 mil pessoas nos três dias do evento, que começou na sexta. O parque, localizado entre os dois municípios, é de  propriedade particular de Breno Vicentin, patrão do CTG Serranos do Laço.

Parabéns, moçada!

Clube Atlético Pradense

Foto: Clube Atlético Pradense/Divulgação

Participantes da FECARS recebem homenagens da 25ª RT

09 de maio de 2014 0

Nesta semana, os participantes das Festa Campeira do Rio Grande do Sul (FECARS), que ocorreu em Viamão, no último final de semana, foram homenageados durante a reunião de patrões da 25ª RT.

Veio da região a equipe consagrada com o 1º lugar no Laço Seleção e que acertou 48  das 50 armadas. A seleção será a representante do Rio Grande do Sul no Rodeio Nacional de Campeões, em Santa Catarina, no próximo ano (aquele onde a grande vencedora na mesma categoria foi justamente uma equipe da 27ª RT, em 2013, em Goiás).

O prefeito Alceu Barbosa Velho, terceiro lugar no Laço Autoridade, comemora. Das 10 edições da FECARS que participou, foi premiado em nove: são seis troféus de primeiro lugar, dois de segundo lugar e um de terceiro lugar.

Confira algumas imagens desses tauras e, abaixo, o nome dos premiados. Moçada de talento!

Creice Arse - fecars

Seleção de laço campeã da FECARS. Foto: Creice Arse/Divulgação

Ivanez Barea

Terceiro lugar nos jogos de Tetarfe. Da esquerda para a direita: Nilson de Oliveira, Henrique Barea, Ilmar Matias e Clezio Chilanti, equipe do CTG Herdeiros da Tradição. Foto: Ivanez Barea/Divulgação

Gabriele da Cunha

Homenagem da 25ª RT aos participantes. Foto: Gabriele da Cunha/Divulgação

PREMIAÇÕES DA 25ª RT

1º LUGAR LAÇO SELEÇÃO
CASSIANO PALMEIRA MARQUES
GILSANDRO DOS REIS ALVES
VALMIR DE ANDRADE CORREA
ALAN DA SILVA FERRAZ
JEAN GARCIA VIANA
ELIZANDRO DA SILVEIRA
LEONARDO GOBBI TRINDADE
LUCAS VANAZ
JOSE CLAUDIO DE ANDRADE
LUAN ANGEO DA SILVA

2º LUGAR LAÇO NARRADOR
JOSÉ EDER PACHECO – CTG ESPORA PRATEADA – 25ª RT

1º LUGAR LAÇO DUPLA IRMÃO
GILMAR DE JESUS SILVA E PAULO CÉSAR DE JESUS

3º LUGAR LAÇO AUTORIDADE
ALCEU BARBOSA VELHO – PREFEITO MUNICIPAL – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

1º LUGAR LAÇO DUPLA PIÁ
GERMANO KELLER E HAMONRA DOS SANTOS DOMINGOS

3º LUGAR LAÇO PATRÃO
MAICON JOENIR FORTES

3º LUGAR LAÇO CAPATAZ
JOSÉ ANTONIO PINHEIRO DE JESUS

1º LUGAR LAÇO INDIVIDUAL PAI E FILHO
LUAN ÂNGELO DA SILVA

3º LUGAR LAÇO DIRETOR CAMPEIRO
ERALDO MENDES PEREIRA

2º LUGAR RÉDEA GURIA
LEANDRA BORGES SANTOS

2º LUGAR LAÇO VACA PARADA DUPLA BONEQUINHA
ANDRIELLI PEREIRA CAMELO

1º LUGAR INDIVIDUAL LAÇO VACA PARADA DUPLA DE PIAZINHO
LEONARDO PEREIRA CAMELO

2º LUGAR LAÇO CONSELHEIRO
JOSÉ NICANOR CASTILHOS DE OLIVEIRA – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

JOGOS
3º LUGAR TETARFE
CLEZIO DOMINGOS CHILANTI
ILMAR BORGES MATHIAS
NILSON DE OLIVEIRA
HENRIQUE BAREA

Começa nesta quinta circuito de laço esportivo em Caxias

08 de maio de 2014 0

Começa nesta quinta a última etapa classificatória e a final do circuito de laço esportivo promovido pela Federação Gaúcha de Laço, em Vila Oliva, em Caxias. Nesta quarta, o Pioneiro publicou uma matéria sobre o assunto.

O blog complementa algumas informações. Na 32ª Campereada Internacional de Santana do Livramento, apesar do regulamento do MTG proibir a participação de entidades filiadas em eventos de não filiados, já que a festa contou com uma das etapas da Federação, o que se viu foi um recorde de público e de participantes.

— Superou as expectativas. Tivemos mais de 1.400 laçadores de mais de 80 cidades do Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Goiás, São Paulo e Argentina. No ano passado foram mais de 600. O público entendeu o convite e prestigiou a campereada. A gente respeita as decisões, mas também queremos ser respeitados. Tradição não se faz com monopólio e sim com integração — fala Sérgio Munhoz, presidente da Coordenadoria Municipal de Tradicionalismo e patrão de honra do CTG Rincão da Carolina.

Nesta quarta, eu conversei com Rogério Bastos, que administra as redes sociais do MTG e o Jornal Eco da Tradição. Segundo ele, o MTG não recebeu denúncias referentes à entidades filiadas ao movimento que participaram da Campereada.

Jefferson Botega

Foto: Jefferson Botega

Em Caxias, diferentemente de outras etapas do circuito, onde algumas aconteceram dentro de festas já reconhecidas no Estado, como a 32 ª Campereada de Santana do Livramento, o rodeio sedia provas exclusivas da Federação e é organizado em parceria com o recém criado Clube de Laço de Vila Oliva. A festa é, inclusive, a primeira promovida por um clube de laço no Estado.

Por isso, é difícil avaliar a dimensão que o evento terá. Solimar Daneluz, do Clube de Laço de Vila Oliva, está otimista. Já Cleber Vieira, presidente da Federação, analisa a possibilidade de, no próximo ano, uma final em uma cidade mais centralizada, para facilitar a vinda dos participantes.

Com tudo isso, o que se observa é a criação de clubes de laço  por aqueles que querem integrar as duas entidades: CTGs pelo MTG e clubes pela Federação.  Um exemplo é o Clube de Laço Cabanha Hulha Negra, com 35 membros, cujo patrão é Daniel de Macedo, membro também do Piquete de Laçadores Lajeado Bonito, de São Francisco de Paula.

10271522_255524501296753_8863084720980714930_n