Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2010

Os mestres

28 de novembro de 2010 0

FedererX Nadal

Neste domingo, às 15h30min.

Não sei quem chega com mais moral. O número ganhou um jogo espetacular do Murray.

Federer vem jogando muito bem desde que perdeu Wimbledon e ontem atropelou o Djokovic ontem.

Muito legal o último jogo da ATP no ano ser entre os dois.

É sentar no sofá e aproveitar.

Bookmark and Share

Djokovic e a volta "dos pirata"!

26 de novembro de 2010 1

Djokovic, nesta sexta, em Londres:

Os Trapalhões, há muito tempo, por aqui:

Em tempo: Djokovic fez uma referência ao problema que teve na partida de anteontem, contra Nadal, em que teve problemas com sua lente de contato e pediu atendimento médico.

Bookmark and Share

Ao normal

23 de novembro de 2010 0

* por Felipe Pereira

Sem surpresas os jogos do Grupo A no ATP Finals. Djokovic bateu um errático Berdych. Para ganhar do sérvio, não dá para cometer tantos erros não-forçados. Nem foi preciso o número três do mundo jogar tudo o que sabe, apenas esperar o checo mandar a bola para fora ou na rede.

A outra partida foi bem emocionante. Tinha apostado no espanhol e quando cheguei na redação tomei um susto. Roddick um set à frente e com break a favor. Mas Nadal é Nadal. Deu um jeito de virar o jogo mesmo sem jogar tudo que sabe.

Hoje, foi surpreendente a facilidade com que o Federer bateu o Murray. O suíço ganhou o primeiro set, mas isso não queria dizer nada. Não foi uma única vez que ele começou na frente e tomou a virada. Mas na segunda parcial, a diferença de performace entre eles aumentou. Aquela passada quando o Murray partiu pro saque e voleio foi sensacional.

À tarde, ganhou quem tinha mais garrafa para vender. Tem tudo para dar Murray e Federer nesse grupo, mas como estamos falando de grande jogadores um dia ruim pode por tudo a perder. Não que eu ache que isso vá acontecer.

Bookmark and Share

Descanso merecido

22 de novembro de 2010 0

*por Felipe Pereira

A ATP aprovou uma período de férias maior para os tenistas. Já tinha inveja deles antes pelo tanto que jogam e o tanto que ganham. Saber que as férias aumentaram me deixa com ainda mais inveja.

Bobagens à parte, gostei sim da notícia. Eles vão acabar com a semana de folga entre o Masters 1000 de Paris e o ATP Finals. O número de campeonatos permaneceu o mesmo. Ficou ruim para estes torneios asiáticos de final de temporada, que terão menos tempo. Acabarão esvaziados ou terão de desembolssar uma grana de acordo para atrair os graúdos.

Acredito que os tenistas de ponta já perceberam que jogar demais acaba com o físico e mental. Certamente eles saberão fazer calendários priorizando as grande competições.

Bookmark and Share

Falando de ATP Finals

22 de novembro de 2010 0


Miroslava observa seu amado, Federer. E é bom mesmo ele ganhar do Ferrer para fugir da surra em casa


* por Felipe Pereira

Bem diferente a iluminação da O2 Arena. Eu gostei muito. Deve ser genial jogar naquelas condições. O detalhe da assinatura a laser do jogador ao entrar na quadra também é bem legal.

Quanto aos jogos, sem surpresas. O Federer bater o Ferrer não é novidade. Já havia acontecido 10 vezes. Quanto ao Soderling e o Murray, esperava mais. Mas o escocês conseguiu controlar os pontos de fundo de quadra. Ele estava sempre na bola para devolver os ataques do adversário. Restou ao sueco subir para rede pra diminuir o tempo de reação do oponente. Nesta hora faltou voleio e vimos um festival de passadas. As devoluções de dentro da quadra feitas pelo Murray também causaram estragos. 

Ficou bem difícil pro Sordeling e pro Ferrer passarem neste grupo.

Hoje, estreiam os atletas do Grupo A:

Djokovic x Berdych

Nadal x Roddick

Considero o espanhol o mais favorito de todos. A quadra mais lenta deve facilitar a devolução do saque, principal arma do americano.

Bookmark and Share

Wozniacki ensina o novo golpe do tênis

20 de novembro de 2010 0

Pegou? Tente na quadra mais próxima da sua casa.

Bookmark and Share

ATP Finals: é hora de decisão

20 de novembro de 2010 0

* por Felipe Pereira

Primeiro, quero dizer que acho o nome muito mais bonito que Masters Cup. Sei que a informação é totalmente irrelevante. Minha opinião não faz diferença pra ninguém do circuito, e o assunto em questão é completamente sem importância.

Agora falando das chaves, acho que Nadal e Federer chegam às semifinais. Todo mundo já deve conhecer os grupos, mas vamos revisar:

Grupo A

Rafael Nadal (1)
Novak Djokovic (3)
Tomas Berdych (6)
Andy Roddick (8)

Grupo B

Roger Federer (2)
Robin Soderling (4)
Andy Murray (5)
David Ferrer (7)

No grupo A, o adversário mais perigoso para Nadal é Djokovic, mas a forma como o espanhol dominou o rival na final do US Open mostra que a partida não será um bicho de sete cabeças. Berdych está numa fase ruim e Roddick tem histórico negativo, com derrota inclusive na veloz grama de Queens.

No Grupo B, Federer encara o freguês Sordeling. Tá certo que o suíço perdeu em Roland Garros este ano. Mas foi outro jogador, sem o sangue nos olhos de agora. Ferrer, na minha opinião, não tem jogo para levar nenhuma partida. Com Murray, o negócio é mais complicado. Quem sabe os principais tenistas do circuito não se encontram nas semifinais?

Bookmark and Share

Quanto vale a arte do tênis de Federer, Nadal e companhia?

17 de novembro de 2010 1

Para promover o World Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas do ano, em Londres, a ATP convocou os craques para fazer arte. Outra arte, dessa vez fora das quadras, mas também com bolinha e raquete. Os tenistas abaixo jogaram bolinhas molhadas de tinta em uma tela já preparada com moldes. O resultado está aí.

De quebra (interessante usar essa expressão em um blog de tênis), as imagens serão leiloadas no eBay, junto com raquetes autografadas dos respectivos tenistas, para um entidade beneficente. Se quiser dar um lance, clique aqui. Nem todos os retratos estão disponíveis para lances. As obras de Nadal, Federer e Djokovic vão ao ar apenas no dia 19.

Bookmark and Share

Quantos pontos você faria em Davydenko?

16 de novembro de 2010 0

Davydenko te convida para um duelo

* por Maionese Pereira

Digamos que você, caro leitor, tenha a oportunidade de jogar um set na quadra principal de um Master 1000 de quadra dura. A atmosfera é completa. Juízes de linha, juiz principal, pegadores de bola, Gatorade à vontade, toalha felpudas para secar o rosto e existe a opção do hawk-eye. O adversário é o 11º colocado no ranking mundial, ou seja, o russo Nikolay Davydenko. Não tem moleza. O adversário joga sério e dá tudo de de si. Quantos pontos você acredita que faria?

Se a resposta for quatro terá atingido o mesmo desempenho que o tcheco Tomas Berdych. Nesta quinta-feira passada, ele fez apenas quatro pontos no set desempate contra o russo. O detalhe é que Davydenko cometeu duas duplas faltas. Repetida a atuação no saque, significa que o leitor precisaria de apenas duas bolas para igualar a performace do sexto melhor jogador do mundo. Juro que duas bolinhas, nem que sejam em lances de sorte, não parecem algo impossível de conseguir.

Repetindo a pergunta. Quantos pontos você acredita que faria contra Davydenko?

Bookmark and Share

Cheerleader em jogo de tênis?

15 de novembro de 2010 0

Puxando rápido pela memória, não estou lembrando de ter visto cheerleades em jogos de tênis. Me ajudem aí, vocês já viram?

Bom, encontrei essas fotos na agência e fui dar uma pesquisada. Na verdade, nem é tênis, é o similar soft tênis, jogado com uma bola de borracha, cheia de ar, e raquetes mais leves. Vem lá da Ásia, assim como essas fotos. As cheerleaders nas fotos tentaram animar o público após a final de duplas mistas nos Jogos Asiáticos, em Guangzhou, na China.

Será que a moda pega?


Bookmark and Share