Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Uso de vídeos ajudará arbitragem brasileira nos próximos anos

24 de setembro de 2015 1

Embora a Fifa tenha dito não para a primeira tentativa da CBF em utilizar a tecnologia em favor da arbitragem, tenho convicção de que esse recurso será colocado em prática nos próximos anos.

Ficou claro que a negativa da entidade máxima do futebol não foi definitiva. A IFAB (International Football Association Board), órgão que regulamenta as regras do futebol, admite que está discutindo a questão.

Em março, uma reunião pode até confirmar o uso de vídeos para ajudar os árbitros brasileiros. Entretanto, mesmo que não ocorra na próxima temporada, não estamos longe de ver isso em execução.

Em uma entrevista para o GloboEsporte.com, o secretário da International Board indicou essa tendência. Lucas Brud destacou que, além do Brasil, Holanda e Estados Unidos também pediram autorização para usar a tecnologia e “é provável” que a liberação ocorra.

Confira mais detalhes assistindo ao vídeo:

languirulogo

Comentários (1)

  • Dorian R. Bueno diz: 24 de setembro de 2015

    SENSOR X CHIP X PIT STOP !!!

    Acredito que mecanismos de monitoramento poderiam ser instalados no cérebro dos jogadores que possuem recaídas de nervos por não saberem aplicar melhor uma possível inteligência que acreditam que possuem para não ser expulso por besteira.

    Tenho notado que os juízes de futebol usam uma parafernália de equipamentos para melhorar o desempenho da sua função e mesmo assim, conseguem fazer cada atrapalhada junto com os seus auxiliares.

    Se dependesse dos dois apitos, cartões amarelos, vermelho, canetinha para registrar as ocorrências durante o jogo, o mágico spray para marcar o local de faltas, posicionamento da barreira, equipamento de comunicação que emite através de um sensor um alerta de seus auxiliares para algum lance que lhe passou despercebido e por último, para acabar com a possibilidade de erros ganhou mais dois auxiliares extra atrás das goleiras, e mesmo assim continuam errando por falta de treinamento e sincronismo.

    Agora só falta a FIFA autorizar que seja repetido num telão o lance que gerou reclamações dos jogadores e suas conseqüências.

    Aproveitando este lance de tecnologia no futebol tenho uma idéia maravilhosa.

    Já que estão na moda os técnicos de futebol utilizar um assistente que assista lá de cima de alguma gabine ao jogo devido à ótima visão de todo o campo, e através de seu computador, celular se comunicar o tempo todo para orientar posicionamento entre outros detalhes que estão ocorrendo durante o jogo, poderiam também instalar um SENSOR X CHIP nos jogadores para poder conseguir fazer um PIT STOP nas suas ações nervosas para não tumultuar o jogo.

    Este CHIP é para ser usado como um PIT STOP no sistema nervoso dos jogadores, toda vez que eles forem fazer alguma reclamação ao árbitro ou antecipar violência verbal contra qualquer outro jogador.

    Este mecanismo também poderá ser controlado por algum médico ou auxiliar técnico, que através das suas experiências conseguirão identificar nos seus times quais os jogadores que são mais nervosos e causam expulsões desnecessárias causando prejuízos técnicos para os seus clubes.

    Se os árbitros podem ter equipamentos eletrônicos para ajudarem a não cometerem tantos erros, é benéfico que os jogadores também possam ser monitorados através de um SENSOR, para satisfação do público torcedor que paga tão caro para assistir um espetáculo com melhor qualidade, disciplina e devido à falta de controle emocional são prejudicados.

    Os árbitros e jogadores precisam dar mais exemplos positivos para as crianças que vão aos estádios assistir futebol.

    Elas gravam na mente estas trapalhadas e atos de violência ao invés de futebol.

    Nós adultos sabemos que somos falíveis de erros.

    Abs. Dorian R. Bueno – POA – 24/09/2015

Envie seu Comentário