Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Brasileirão 2014"

O melhor não foi o melhor

08 de dezembro de 2014 0

A CBF escolheu, na última semana, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, 35 anos, como melhor árbitro do Brasileirão 2014. O mineiro do quadro da Fifa foi quem mais apitou na competição nacional. Um total de 24 partidas. Entendo que Ricardo Marques Ribeiro teve bom desempenho, mas não o apontaria com o melhor juiz do Campeonato Brasileiro.

Dewson da Silva ingressa no quadro internacional em 2015. FOTO: Divulgação

Dewson da Silva ingressa no quadro internacional em 2015. FOTO: Divulgação

O grande destaque foi outro. Dewson Fernando Freitas da Silva, aspirante Fifa do Pará, foi o árbitro mais regular. É discreto em campo, tem personalidade nas decisões e preparo físico exemplar. Não amarra o jogo marcando faltas em qualquer contato, o que é bom para quem assiste aos jogos. 2014 foi o ano de confirmação de Dewson, que será Fifa a partir da temporada que vem. No resumo da arbitragem, vale também um registro para o desempenho dos gaúchos. Anderson Daronco e Leandro Vuaden, sem dúvida, estiveram entre os cinco melhores.

Árbitro de fora do RS é a melhor opção para o Gre-Nal 403

04 de novembro de 2014 1

O Gre-Nal do próximo domingo, às 17h, na Arena, terá um juiz paulista no comando. Quem apita é Luiz Flávio de Oliveira, 37 anos. Confesso que sou um defensor de que clássicos devem ser conduzidos por árbitros locais. Porém, dessa vez, entendo que a escolha foi um grande acerto. A melhor opção era, realmente, colocar alguém de fora da “aldeia”.

Faltando poucos jogos para o Brasileirão acabar e com Grêmio e Inter disputando um espaço no G-4, acredito que o melhor mesmo é escalar alguém que não seja daqui. O foco será menor em um juiz que não é gaúcho. A pressão pode até não ser menor, mas tenho certeza que será diferente para um árbitro que não é gaúcho. Além disso, Luiz Flávio de Oliveira está em grande fase. Vive o melhor momento da carreira. Foi confirmado, na última semana, como integrante do quadro da Fifa para 2015. Tem experiência no cenário nacional e já apitou outros grandes clássicos pelo Brasil.

Luiz Flávio de Oliveira apita primeiro Gre-Nal da carreira. FOTO: Divulgação

Luiz Flávio de Oliveira apita primeiro Gre-Nal da carreira. FOTO: Divulgação

Sobre características, Luiz Flávio de Oliveira é muito tranquilo em campo. Não costuma picotar os jogos, permite o contato. Os números provam isso. Registra uma média de 28 faltas por partida no Brasileirão. Com relação aos cartões, apresentou aproximadamente cinco amarelos por confronto. Expulsou quatro jogadores nos 11 jogos comandados e apitou cinco pênaltis, sendo o terceiro que mais marcou penalidades na competição.

Considero que o Rio Grande do Sul tem árbitros qualificados para um Gre-Nal. Anderson Daronco, recém promovido ao quadro da Fifa, foi muito bem no clássico do primeiro turno do Brasileirão. Leandro Vuaden já apitou nove Gre-Nais. Na atualidade, ninguém conhece esse jogo como ele. Jean Pierre Lima tem um bom retrospecto no duelo. Qualquer um deles poderia fazer um bom trabalho no domingo.

A escolha do paulista Luiz Flávio de Oliveira não é garantia de que a partida não terá problemas. Certeza só teremos depois de terminado o jogo. Capacidade, ele tem. Experiência também. Precisará de sorte. E que venha o Gre-Nal 403.

25ª rodada registra maior erro de arbitragem do Brasileirão 2014

28 de setembro de 2014 24

Não tenho nenhuma dúvida em afirmar que foi o maior erro de arbitragem da atual edição do Campeonato Brasileiro. Com gols de David Braz e Geuvânio, o Santos vencia o Goiás, por 2 x 0, nesse domingo, no Pacaembu, pela 25ª rodada. O lance absurdo ocorreu aos 18 minutos, do 2º tempo. Esquerdinha deu uma pancada de fora da área, o goleiro santista desviou, a bola bateu no travessão e entrou. Não foi pouca coisa. Eu sei que gol não tem tamanho. Ou é ou não é. Porém, se tivesse tamanho, diria que foi MUITO gol. Observe na imagem o momento em que a bola entrou:

Ricardo Marques Ribeiro estava de frente para o lance. FOTO: reprodução

Ricardo Marques Ribeiro estava de frente para o lance. FOTO: reprodução

O árbitro principal era Héber Roberto Lopes (SC), o assistente era Bruno Boschilia (PR) e o adicional era Ricardo Marques Ribeiro (MG). Os TRÊS são do quadro da Fifa, o que torna o erro ainda mais difícil de ser compreendido. Héber estava distante da jogada, é verdade, mas poderia ter visto. O bandeira estava dividido em perceber a posição de impedimento dos jogadores que estão na área e a linha de fundo. Mesmo assim, poderia ter notado o gol. Agora, ninguém tinha posição melhor (e está ali para isso) do que o adicional. Ricardo Marques Ribeiro está de frente para o lance. É inadmissível que não tenha visto que a bola entrou. Ele está de frente para a meta.

A arbitragem não percebeu que a bola entrou após bater no travessão e acabou, no segundo momento, anulando a sequência do lance, quando Bruno Mineiro, impedido, cabeceou para o gol. Um erro coletivo e absurdo. Se houvesse a tecnologia da linha do gol, utilizada na Copa do Mundo, aqui mesmo no Brasil, isso não seria problema. O futebol brasileiro precisa avançar nesse ponto. Urgente!

CONFIRA O VÍDEO:

Ele está de volta e escalado para jogo do Grêmio

18 de setembro de 2014 1

Héber Roberto Lopes já tem data para voltar a apitar e está escalado para um jogo do Grêmio. Depois de ser reprovado em teste físico da Fifa, no dia 26 de agosto, o juiz de 42 anos foi submetido a nova prova e conseguiu alcançar os índices necessários. Com isso, o árbitro, que atua pelo estado de Santa Catarina, já tem duas partidas confirmadas.

CONFIRA TAMBÉM:
Héber Roberto Lopes é reprovado em teste físico da Fifa

Héber não apita desde o final de agosto. FOTO: Porthus Júnior/Agência RBS

Héber não apita desde o final de agosto. FOTO: Porthus Júnior/Agência RBS

A primeira será pela Série B, neste sábado (20), às 16h10. Ele será responsável pelo duelo entre Sampaio Corrêa x ABC, que será realizado no estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão. O segundo será o duelo do Grêmio contra o Fluminense, no Maracanã, na próxima quarta-feira (24), às 22h, pela 24ª rodada do Brasileirão.O último jogo de Héber havia sido a vitória do tricolor gaúcho sobre o Corinthians, na Arena, em Porto Alegre.

Além de Héber Roberto Lopes, Raphael Claus foi outro árbitro aprovado no teste da Fifa, nessa semana. O paulista havia ficado de fora da outra prova por conta de uma lesão. Claus será 4º árbitro no jogo entre Santos x Figueirense, neste domingo, às 18h30, na Vila Belmiro. Outro que havia sido reprovado no primeiro teste, o sergipano Cleriston Clay Barreto também obteve os índices nessa semana.

ARBITRAGEM PARA OS PRÓXIMOS JOGOS DA DUPLA GRE-NAL

ATLÉTICO-PR X INTER – SÁBADO (20) – 18H30 – ARENA DA BAIXADA (23ª RODADA)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza – SP (CBF-2)
Assistente 1: Émerson Augusto de Carvalho – SP (FIFA)
Assistente 2: Márcio Luiz Augusto – SP (ESP-2)
4º árbitro: Adriano Milczvski – PR (CBF-1)
Adicional 1: Marcelo Aparecido de Souza – SP (CBF-1)
Adicional 2: Rodrigo Guarizo do Amaral – SP (CBF-1)
Delegado: Anderson Carlos Goncalves – PR

GRÊMIO X CHAPECOENSE – DOMINGO – 18H30 – ARENA DO GRÊMIO (23ª RODADA)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro – GO (ESP-2)
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva – GO (FIFA)
Assistente 2: Cristhian Passos Sorence – GO (ESP-2)
4º árbitro: Daniel Nobre Bins – RS (CBF-2)
Adicional 1: Cléber Vaz da Silva – GO (CBF-1)
Adicional 2: Osimar Moreira da Silva Júnior – GO (CBF-2)
Delegado: Alexandre Lourenço Barreto – RS

INTER X CRICIÚMA – QUARTA-FEIRA – 19H30 – BEIRA-RIO (24ª RODADA)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique – RJ (FIFA)
Assistente 1: Rodrigo Henrique Correa – RJ (ESP-1)
Assistente 2: Gilberto Stina Pereira – RJ (CBF-2)
4º árbitro: Estevão Cunha da Trindade – RJ (CBF-2)
Adicional 1: Wagner do Nascimento Magalhaes – RJ (ASP-FIFA)
Adicional 2: Edina Alves Batista – PR (ASP-FIFA)
Delegado: Anderson Carlos Goncalves – PR

FLUMINENSE X GRÊMIO – QUARTA-FEIRA – 22H – MARACANÃ (24ª RODADA)
Árbitro: Héber Roberto Lopes – SC (FIFA)
Assistente 1: Kléber Lúcio Gil – SC (FIFA)
Assistente 2: Emerson Augusto de Carvalho – SP (FIFA)
4º árbitro: Jaílson Macedo Freitas – BA (ESP-2)
Adicional 1: Paulo Henrique Godoy Bezerra – SC (ESP-2)
Adicional 2: Célio Amorim – SC (ESP-2)
Delegado: Marcio Verri Brandao – SP

Dois grandes jogos da dupla Gre-Nal com dois árbitros de pouca experiência

20 de agosto de 2014 0

A dupla Gre-Nal tem dois grandes jogos pela frente pela 16ª rodada do Brasileirão 2014. Nesta quarta-feira, às 22h, no Beira-Rio, o Inter encara o São Paulo. Já o Grêmio enfrenta o líder do campeonato, nesta quinta-feira, às 20h30, no Mineirão. Além de serem dois tradicionais confrontos do futebol nacional, os enfrentamentos são decisivos na busca pela liderança. O que surpreende é a colocação de dois árbitros de pouca experiência nessas duas partidas e que, principalmente, talvez não tenham o melhor ritmo na atual temporada.

O carioca Grazianni Maciel Rocha, de 31 anos, vai apitar o jogo entre Inter x São Paulo. Em 2014, ele trabalhou em 16 jogos e comandou apenas um confronto pela Série A do Brasileirão. Também apareceu quatro vezes como adicional (árbitro de gol), conduziu três partidas da Série B, um jogo pela Copa do Brasil e outros sete pelo campeonato Carioca. Ou seja, na atual temporada teve pouca exigência no que diz respeito a duelos de primeira divisão.

O mesmo vale para o árbitro escalado para comandar Cruzeiro x Grêmio. Quem apita é o paulista Flávio Rodrigues Guerra, de 35 anos. Em 2014, ele também apitou apenas um jogo de Série A. Além disso, fez duas partidas da Copa do Brasil, apareceu em oito como 4º árbitro, seis como adicional (árbitro de gol) e comandou sete confrontos do Paulistão.

Não estou dizendo que os dois escalados para os jogos da dupla não tenham condições de boas atuações. É até possível que façam. A escolha por árbitros mais rodados não seria, necessariamente, garantia de jogos sem erros. Porém, entendo que existem partidas “menores” para esse tipo de situação e as mais importantes serão uma consequência natural, a partir de uma boas respostas. Todos os árbitros cometem erros em todos os jogos. Não existe partida perfeita. O que destaco é que em alguns casos a experiência é fundamental para controlar algumas situações dentro de campo. Especialmente, quando estamos falando de grandes confrontos do futebol brasileiro.

INTER X SÃO PAULO – QUARTA – 22H – BEIRA-RIO
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha – RJ (CBF-1)
Assistente 1: Dibert Pedrosa Moisés – RJ (ESP-1)
Assistente 2: Michael Correia – RJ (CBF-2)
4º árbitro: Daniel Nobre Bins – RS (CBF-2)
Adicional 1: Rodrigo Nunes de Sá – RJ (CBF-1)
Adicional 2: Leandro Newley Ferreira Belota – RJ (CBF-2)
Delegado: Alexandre Lourenço Barreto – (RS)

Grazianni Maciel Rocha em 2014:
* 16 jogos trabalhados. Desses, 12 foram como árbitro principal.
* Mostrou 35 amarelos (média 2,91 por jogo) e 1 vermelho. Número baixo de cartões.
* Apitou um da Série A: Atlético-PR 1 x 1 Chapecoense.
* Apitou um da Copa do Brasil.
* Apitou três da Série B.
* Fez quatro jogos como adicional (árbitro de gol).
* Apitou sete jogos pelo Campeonato Carioca.

CRUZEIRO X GRÊMIO – QUINTA – 20H30 – MINEIRÃO
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra – SP (CBF-1)
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse – SP (FIFA)
Assistente 2: Anderson José de Moraes Coelho – SP (CBF-1)
4º árbitro: Flávio Henrique Coutinho Teixeira – MG (CBF-2)
Adicional 1: Vinícius Furlan – SP (CBF-1)
Adicional 2: Marcelo Prieto Alfieri – SP (CBF-2)
Delegado: José Eugenio – (MG)

Flávio Rodrigues Guerra em 2014:
* 24 jogos trabalhados. Desses, 12 foram como árbitro principal:
* Mostrou 39 amarelos (média 3,25 por jogo) e dois vermelhos. Número também é baixo.
* Apitou um da Série A: Fluminense 1 x 1 Coritiba.
* Apitou dois da Copa do Brasil.
* Fez oito como 4º árbitro (4 na Série A, 2 na B, 1 na C e 1 na Copa do Brasil).
* Fez seis como adicional (árbitro de gol).
* Apitou sete jogos pelo Paulistão.

A grande chance de Anderson Daronco no primeiro Gre-Nal da carreira

06 de agosto de 2014 15

Esperava que a CBF fosse escalar um árbitro de fora para o Gre-Nal 402. A tendência indicava isso. Os últimos clássicos do Brasileirão 2014 não tinham tido apito local, assim como a maioria dos realizados na competição. Embora a escolha tenha sido até surpreendente nesse aspecto, diria que a escolha por Anderson Daronco como juiz do clássico do próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio, não pode ser considerada inesperada. É uma decisão lógica.

Aos 33 anos, o árbitro gaúcho está no melhor momento da carreira, passou a ser aspirante Fifa desde o último dia 1º de maio e nunca apitou um Gre-Nal. Daronco tem o objetivo de ingressar no quadro internacional nos próximos meses e essa também é uma intenção da Comissão de Arbitragem da CBF. Como um árbitro gaúcho poderia ser alçado ao quadro da Fifa sem ter apitado um único Gre-Nal? Ou seja, esse não será apenas o primeiro clássico do jovem juiz. Será, também, um grande teste, uma grande oportunidade. Ele precisava de um jogo deste tamanho para provar que está pronto para comandar qualquer confronto.

Daronco é natural de Santa Maria. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

Anderson Daronco é natural de Santa Maria. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

É primeiro Gre-Nal do novo Beira-Rio, a estreia de Felipão no retorno ao Grêmio. Há ingredientes de sobra que tornam o duelo ainda mais difícil para quem apita. Daronco precisará fazer um trabalho quase perfeito com a equipe de arbitragem. Precisará ter muita atenção no aspecto disciplinar, algo que será DECISIVO para uma boa condução. É fundamental, acima de tudo, mostrar o COMANDO pleno da partida. Num jogo tão difícil e tenso, isso representará tranquilidade para que sejam tomadas as decisões acertadas no campo.

CONFIRA TAMBÉM:
“É a semana mais importante da minha carreira”, diz árbitro do Gre-Nal e do Ca-Ju na mesma semana

É uma grande chance, mas uma enorme responsabilidade. Definitivamente, não será um jogo fácil. Aliás, não será uma semana fácil. Anderson Daronco também vai apitar o clássico Ca-Ju, na quinta-feira. Boa sorte!

JUVENTUDE X CAXIAS – QUINTA-FEIRA – 21H – ALFREDO JACONI
Árbitro: Anderson Daronco – RS (ASP-FIFA)
Assistente 1: Lúcio Beiersdorf Flor – RS (CBF-2)
Assistente 2: Jorge Eduardo Bernardi – RS (CBF-2)
4º árbitro: Daniel Nobre Bins – RS (CBF-2)
Assessor: Leonel Antônio Pandolfo (RS)

INTER X GRÊMIO – DOMINGO – 16H – BEIRA-RIO
Árbitro: Anderson Daronco – RS (ASP-FIFA)
Assistente 1: Marcelo Bertanha Barison – RS (CBF-1)
Assistente 2: Rafael da Silva Alves – RS (ASP-FIFA)
4º árbitro: Diego Almeida Real – RS (CBF-1)
Adicional 1: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto – RS (CBF-2)
Adicional 2: Roger Goulart – RS (CBF-1)
Delegado: Alício Pena Júnior (MG)

Em jogo de três gols, árbitro da Copa erra nos três

02 de agosto de 2014 66

Sandro Meira Ricci, árbitro que representou o apito brasileiro na Copa do Mundo, cometeu erros nos três gols da partida entre Vitória x Grêmio, que terminou 2 x 1 para a equipe baiana. O juiz não conseguiu repetir as grandes atuações que teve no Mundial de 2014 no jogo do Barradão, nesse sábado, pela 13ª rodada do Brasileirão. Aliás, os equívocos vão além de Sandro. A equipe de arbitragem foi muito mal como um todo.

Sandro Meira Ricci teve atuação apagada. FOTO: Grêmio/Divulgação

Sandro Meira Ricci teve atuação apagada. FOTO: Grêmio/Divulgação

Aos 10 minutos, no 1º tempo, Barcos abre o placar. É importante destacar que o argentino estava em posição legal (este é um acerto do assistente Marcelo Van Gasse), mas domina a bola com auxílio do braço esquerdo. A posição do árbitro dificulta a percepção de que o gol é irregular. Seria fundamental a participação do assistente Marcelo Van Gasse e, principalmente, do assistente adicional Émerson Luiz Sobral (PE), que estava ao lado do gol. O lance é muito parecido com o gol de Hulk, que foi anulado pelo árbitro Howard Webb no jogo entre Brasil x Chile, nas oitavas de final da Copa.

Já no 2º tempo, aos 13 minutos, o atacante Caio empata a partida para o Vitória. O problema é que o atacante fez falta em Pedro Geromel. Ele fez carga com os braços e praticamente subiu nas costas do zagueiro. Sandro e seus assistentes entenderam como jogada normal, mas o defensor foi atropelado.

Mais tarde, aos 30 minutos, Sandro Meira Ricci marcou pênalti inexistente em favor da equipe baiana. Após cruzamento na área, Dinei viu que não chegaria na bola, sentiu o contato de Edinho e caiu sozinho. O volante não agarra e nem empurra o adversário. Não há um movimento faltoso que justifique a queda daquela maneira. Errou Sandro, errou também o adicional Émerson Luiz Sobral, errou a equipe de arbitragem.

Se não foi uma atuação para ser esquecida, que seja lembrada apenas para que os erros não sejam repetidos.

Sandro Meira Ricci apita decisão da Libertadores 2014

01 de agosto de 2014 0

Depois do ótimo desempenho na Copa do Mundo 2014, o árbitro Sandro Meira Ricci está em alta. A Conmebol confirmou, nesta sexta-feira, que o brasileiro será o responsável por conduzir a grande decisão da Libertadores 2014. O juiz da Federação Pernambucana de Futebol apita o jogo de volta entre San Lorenzo-ARG x Nacional-PAR, que será disputado na Argentina, no dia 13 de agosto. Sandro será auxiliado pelos paulistas Émerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gasse. O 4º árbitro será o carioca Péricles Cortez.

Esta será a quinta vez em que um árbitro brasileiro apita a decisão da Libertadores. Sandro se junta a outros três nomes: José Faville Netto/SP (1972), José Roberto Wright/RJ (1986 e 1991) e Arnaldo Cezar Coelho/RJ (1988).

Sandro Ricci foi o árbitro brasileiro na Copa de 2014. FOTO: Thomas Eisenhuth/EFE

Sandro Ricci foi o árbitro brasileiro na Copa de 2014. FOTO: Thomas Eisenhuth/EFE

Antes disso, porém, Sandro Meira Ricci segue atuando no Brasileirão 2014. Neste sábado, ele apita o jogo entre Vitória x Grêmio, às 21h, no Barradão.

No domingo, às 18h30, a partida entre Inter x Santos, será comandada por Wilton Pereira Sampaio (GO).

VITÓRIA X GRÊMIO – SÁBADO – 21H
Árbitro: Sandro Meira Ricci – PE (FIFA)
Assistente 1: Émerson Augusto de Carvalho – SP (FIFA)
Assistente 2: Marcelo Van Gasse – SP (FIFA)
4º árbitro: Cosme Iran Sabino Araujo – BA (CBF-2)
Adicional 1: Paulo Schleich Vollkopf – MS (CBF-1)
Adicional 2: Émerson Luiz Sobral – PE (CBF-2)

INTER X SANTOS – DOMINGO – 18h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio – GO (FIFA)
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva – GO (FIFA)
Assistente 2: Bruno Raphael Pires – GO (CBF-1)
4º Árbitro: Luis Teixeira Rocha – RS (CBF-1)
Adicional 1: André Luiz de Freitas Castro – GO (ESP-2)
Adicional 2: Bruno Rezende Silva – GO (CBF-2)
Delegado: José Mocellin (RS)

Árbitro da semifinal da Libertadores 2014 apita Grêmio x Coritiba

22 de julho de 2014 0

O jogo entre Grêmio x Coritiba, no próximo domingo, às 18h30, na Arena, pela 12ª rodada do Brasileirão 2014, terá Ricardo Marques Ribeiro no apito.

A escala surpreende, pois o juiz mineiro tem um compromisso importante dois dias depois. Na terça-feira, dia 29, ele estará em Montevidéu para comandar o jogo entre Defensor-URU x Nacional-PAR, duelo que define um dos finalistas da Libertadores 2014. Embora o Uruguai seja relativamente perto do Rio Grande do Sul, não vejo lógica em escalar um árbitro para apitar no domingo, tendo em vista que tem uma decisão pela frente dois dias depois. Poderia ter sido colocado em um jogo de sábado ou até preservado.

Ricardo Marques Ribeiro apita Grêmio x Coritiba. FOTO: Mateus Bruxel/Agência RBS

Ricardo Marques Ribeiro apita Grêmio x Coritiba. FOTO: Mateus Bruxel/Agência RBS

De qualquer modo, a escala está feita. Ricardo Marques Ribeiro será auxiliado por Márcio Eustáquio Santiago e Guilherme Dias Camilo. No quadro da Fifa desde 2009, o árbitro de 35 anos já comandou cinco jogos no Brasileirão deste ano. Apitou uma partida do Grêmio. O empate em 0 x 0, com o Santos, na Vila Belmiro.

O que chama atenção é que Ricardo teve uma mudança de estilo considerável nos últimos tempos. Ele sempre foi árbitro muito rigoroso na parte disciplinar e soltava mais os cartões. Era daqueles “sem velcro no bolso”. Não é mais. Os números provam isso. Mostrou apenas 10 amarelos nos cinco jogos apitados no Campeonato Brasileiro. Significa dois por partida, menos da metade da média da competição. Além disso, não mostrou nenhum cartão vermelho. Ele também tem deixado o jogo correr. Apitou 27 faltas por confronto, seis abaixo da média do Brasileirão.

GRÊMIO X CORITIBA – 18H30 – DOMINGO – ARENA DO GRÊMIO
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Assistente 1: Márcio Eustáquio Santiago – MG (FIFA)
Assistente 2: Guilherme Dias Camilo – MG (ASP-FIFA)
4º árbitro: Fabrício Neves Corrêa – RS (CBF-1)
Adicional 1: Émerson de Almeida Ferreira – MG (CBF-1)
Adicional 2: Cleisson Veloso Pereira – MG (CBF-1)
Delegado: Alexandre Lourenço Barreto (RS)

Héber Roberto Lopes apita Bahia x Inter pelo Brasileirão 2014

22 de julho de 2014 0

A CBF divulgou, nesta terça-feira, a escala de arbitragem para os jogos da 12ª rodada do Brasileirão 2014. A partida entre Bahia x Inter, marcada para sábado, às 21h, terá Héber Roberto Lopes no apito, auxiliado por por Kléber Lúcio Gil e Carlos Berkenbrock. Ele já comandou cinco jogos na competição nacional, em 2014. Nenhum envolvendo a equipe colorada ou a baiana. Nessas partidas, mostrou 16 amarelos (3,2 por partida) e dois vermelhos (0,4 por partida). Apitou 36 faltas por confronto, o que significa três acima da média do campeonato.

Héber apita primeiro jogo do Inter no Brasileirão 2014. FOTO: Fernando Gomes/Agência RBS

Héber apita primeiro jogo do Iner no Brasileirão 2014. FOTO: Fernando Gomes/Agência RBS

Nascido em Londrina, Héber começou a carreira apitando pelo estado do Paraná, mas mudou para a Federação Catarinense por decisão pessoal. Aos 42 anos e no quadro da Fifa desde 2002, é um dos árbitros mais experientes do quadro nacional.

Por muito tempo recebeu críticas por conta da forma física, aparentemente acima do peso. Emagreceu consideravelmente no ano passado e apresentou um preparo exemplar.

Tem como característica mostrar poucos cartões, mas geralmente apita muitas faltas. Dentro de campo, tem um estilo por vezes “explosivo” e isso não agrada muitos torcedores e até jogadores. Apesar disso, antes de rolar a bola, entendo Héber como um bom nome para comandar Bahia x Inter.

BAHIA X INTER – 21H – SÁBADO – FONTE NOVA
Árbitro: Héber Roberto Lopes – SC (FIFA)
Assistente 1: Kléber Lúcio Gil – SC (FIFA)
Assistente 2: Carlos Berkenbrock – SC (ESP-1)
4º árbitro: Marielson Alves Silva – BA (CBF-1)
Adicional 1: Wagner Reway – MT (ASP-FIFA)
Adicional 2: Bréulio da Silva Machado – SC (CBF-1)