Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "Brasileirão 2015"

Dupla Gre-Nal não pode reclamar de arbitragem em 2015

18 de dezembro de 2015 4

Os erros de arbitragem não foram nenhuma novidade em 2015. Ocorreram como em qualquer outro ano. Muitas vezes prejudicando e em outras tantas beneficiando Grêmio e Inter.

Entendo que, no resumo da temporada, a velha máxima de que a banca paga e recebe prevaleceu. A dupla Gre-Nal não pode reclamar do apito no ano que está terminando.

Entre problemas e acertos, ninguém poderá dizer que os times gaúchos deixaram de atingir algum objetivo por conta dos árbitros.

Nem mesmo o título do Corinthians no Brasileirão, que chegou a ser contestado em determinado momento do campeonato, pode ser questionado. O time de Tite provou dentro de campo que era o melhor, e com muita folga.

Tenho um certo otimismo com a arbitragem para a temporada de 2016. Dentro de um cenário de renovação do quadro, estão fechando um ciclo de afirmação.

O mais importante foi perceber que a Comissão Nacional de Arbitragem reconheceu algumas fragilidades e se movimentou para rumos inéditos na busca do fortalecimento do apito.

Se o auxilio da tecnologia não é uma realidade, ele nunca foi tão discutido e requisitado. Se os árbitros não são unidos, eles nunca estiveram tão focados na busca de uma melhor condição de trabalho.

Se 2015 foi um ano marcado protestos dos homens de preto, que 2016 seja um ano de evolução, tanto em estrutura quanto em desempenho dentro de campo.

languirulogo

Anderson Daronco é eleito o melhor árbitro do Brasileirão 2015

07 de dezembro de 2015 1

O gaúcho Anderson Daronco foi eleito o melhor árbitro do Brasileirão 2015. O prêmio, recebido nessa segunda-feira (7), foi mais do que justo. O juiz da Fifa sobrou em campo.

Para se ter uma ideia, foram 27 jogos apitados por ele na competição nacional, além de uma partida como 4º árbitro. Em 38 rodadas, somente em 10 ele não atuou. Sem falar dos três jogos da Copa do Brasil e outros dois pela Série B.

Daronco apitou 27 jogos no Brasileirão. FOTO: André Podiacki/Agência RBS

Daronco apitou 27 jogos no Brasileirão. FOTO: André Podiacki/Agência RBS

Daronco viveu um ano de consolidação de espaço no cenário nacional. O 2016 precisará ser de afirmação no apito sul-americano e de estreia na Libertadores da América.

Os melhores assistentes foram Alessandro Rocha de Matos, da Bahia, e Guilherme Dias Camilo, de Minas Gerais.

O Rio Grande do Sul volta a ocupar o posto mais alto do apito nacional. Essa é uma boa notícia projetando um Gauchão que vem pela frente.

languirulogo

Em jogo de três pênaltis, árbitro errou em todos

28 de novembro de 2015 9

A arbitragem foi ponto negativo no empate em 1 x 1 entre Fluminense x Inter, nesse sábado, no Maracanã, pela 37ª rodada do Brasileirão.

Foi um jogo de três pênaltis e o baiano Marielson Alves Silva errou em todos.

W. Silva e Vitinho sofreram pênaltis não marcados. Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

W. Silva e Vitinho sofreram pênaltis não marcados. Ricardo Duarte/Inter/Divulgação

O problema no primeiro foi não marcar. Arthur faz falta clara sobre Wellington Silva dentro da área. O erro resulta em outro. O lateral do Inter, que já tinha cartão amarelo, deveria ter recebido o segundo. Seria expulso. A arbitragem mandou o jogo seguir.

No segundo, o problema foi marcar. Magno Alves entra na área com a bola dominada e Vitinho chega para disputar. Em nenhum momento, o atacante do Inter empurra ou desloca o adversário. O lance é normal, mas o juiz marca o pênalti e mostra amarelo para Vitinho.

O terceiro erro é por outro pênalti não marcado. Dessa vez, sobre Vitinho. O atacante ingressa na área do Fluminense para fazer o drible e o zagueiro esquece a bola, vai só no corpo. Com o braço no peito do jogador colorado, ele impede o avanço. O árbitro não apitou.

As três situações de pênaltis ocorreram no segundo tempo. Na etapa inicial, o atacante Osvaldo foi expulso. O vermelho foi correto. O atacante perdeu a cabeça. Agarrou a camiseta de Anderson e deu um tapa no adversário. O volante do Inter, no entanto, deveria ter recebido amarelo, pois também acabou atingindo o adversário quando tentava partir em velocidade.

O resumo da história é que a arbitragem foi muito mal. Três erros em três lances capitais. O apito esteve bem abaixo.

languirulogo

Resultado do Gre-Nal 408 passou longe da arbitragem

22 de novembro de 2015 5

Pode não ter sido uma atuação brilhante, mas Ricardo Marques Ribeiro esteve longe de ter problemas no Gre-Nal 408, nesse domingo, no Beira-Rio.

Sem cometer erros capitais, o árbitro mineiro deixou o protagonismo para os verdadeiros personagens do jogo.

A vitória do Inter sobre o Grêmio, por 1 x 0, teve gol de Vitinho em jogada pessoal de Rodrigo Dourado.

Arbitragem ficou em segundo plano no Gre-Nal 408. FOTO: Fernando Gomes/Agência RBS

Árbitro ficou em segundo plano no Gre-Nal 408. FOTO: Fernando Gomes/Agência RBS

Foi um jogo que começou muito nervoso e disputado. Em 15 minutos, eram oito faltas. O primeiro amarelo demorou a aparecer e foi bem aplicado.

Foi para Vitinho, aos 46 da etapa inicial. O goleiro Alisson, o lateral William e o volante Silva também receberam advertências corretas pelo Inter.

No lado do Grêmio, o lateral Galhardo e o atacante Luan foram os amarelados.

Se pudesse fazer algum reparo na atuação do juiz da Fifa, diria que dois ou três amarelos passaram batidos. Nada que tenha tido interferência no placar no desempenho da equipe de arbitragem, que controlou bem o aspecto disciplinar.

A ser destacado que em dois Gre-Nais com árbitros de fora, o assunto depois do apito final foi o jogo. Para quem defende essa teoria é um bom argumento.

languirulogo

Grêmio tem aproveitamento de lanterna com árbitro do Gre-Nal 408

20 de novembro de 2015 5

Desde a escolha da arbitragem para o Gre-Nal 408 venho recebendo pedidos de seguidores do Twitter para que fizesse a publicação do retrospecto da dupla com Ricardo Marques Ribeiro no apito.

havia feito esse levantamento para  o Blog anteriormente e os números para o lado azul dizem o seguinte. O Grêmio tem aproveitamento de lanterna com o juiz mineiro.

SAIBA MAIS:
Ricardo Marques Ribeiro apita Gre-Nal 408

O árbitro Fifa já apitou 18 partidas da equipe gremista. Foram nove empates, sete derrotas e somente duas vitórias. Dos 54 pontos disputados, o tricolor gaúcho conquistou 15. Significa um aproveitamento de 27%, que é inferior ao do último colocado do Brasileirão 2015. O Joinville, 20º da competição nacional, tem 29,5%.

Ricardo Marques Ribeiro é Fifa desde 2009. FOTO: Cristiano Estrela/Agência RBS

Ricardo Marques Ribeiro é Fifa desde 2009. FOTO: Cristiano Estrela/Agência RBS

Vale ressaltar que o tricolor gaúcho jogou apenas seis jogos em casa desses 18 e as duas vitórias foram no Olímpico. Os outros quatro foram na Arena, com três empates e uma derrota.

O clássico de domingo, às 17h, no Beira-Rio, será o primeiro Gre-Nal de Ricardo Marques Ribeiro.

CONFIRA OS JOGOS DO GRÊMIO APITADOS POR RICARDO MARQUES RIBEIRO:
2015 – Grêmio 1 x 1 Fluminense – Copa do Brasil
2015 – Flamengo 1 x 0 Grêmio – Brasileirão
2015 – Coritiba 2 x 0 Grêmio – Brasileirão
2014 – Corinthians 1 x 0 Grêmio – Brasileirão
2014 – Grêmio 0 x 0 Santos – Brasileirão
2014 – Grêmio 2 x 3 Coritiba – Brasileirão
2014 – Santos 0 x 0 Grêmio – Brasileirão
2013 – Atlético-PR 1 x 0 Grêmio – Copa do Brasil
2013 – Goiás 2 x 0 Grêmio – Brasileirão
2013 – Corinthians 0 x 0 Grêmio – Copa do Brasil
2013 – Grêmio 0 x 0 Fluminense – Libertadores
2012 – Flamengo 1 x 1 Grêmio – Brasileirão
2012 – Grêmio 1 x 0 Coritiba – Sul Americana
2012 – Palmeiras 1 x 1 Grêmio – Copa do Brasil
2011 – Vasco 4 x 0 Grêmio – Brasileirão
2011 – Palmeiras 0 x 0 Grêmio – Brasileirão
2010 – Santos 0 x 0 Grêmio – Brasileirão
2010 – Grêmio 4 x 2 São Paulo – Brasileirão

languirulogo

Expulsões de D'Ale e 5 x 0 contra a Chape: o retrospecto do Inter com juiz do Gre-Nal 408

20 de novembro de 2015 3

Desde a escolha da arbitragem para o Gre-Nal 408 venho recebendo pedidos de seguidores do Twitter para que fizesse a publicação do retrospecto da dupla com Ricardo Marques Ribeiro no apito.

Os números para o lado vermelho são os seguintes. O Inter tem aproveitamento de G-4 com o juiz mineiro. Por outro lado, contabiliza duas expulsões do argentino D’Alessandro e a goleada história para a Chapecoense, por 5 x 0.

SAIBA MAIS:
Ricardo Marques Ribeiro apita Gre-Nal 408

Com o árbitro Fifa, são 15 jogos, sete vitórias, quatro derrotas e quatro empates. De um total de 45 pontos disputados, o Inter conquistou 25. Representa 55% de aproveitamento, que é superior ao aproveitamento do São Paulo, 4º colocado no Brasileirão 2015 com 53%.

Ricardo apita primeiro Gre-Nal da carreira. FOTO: Mateus Bruxel/Agência RBS

Ricardo apita primeiro Gre-Nal da carreira. FOTO: Mateus Bruxel/Agência RBS

Houve um momento, porém, em que o Inter teve repetidas reclamações por conta do “duelo” Ricardo Marques Ribeiro x D’Alessandro. O argentino foi expulso duas vezes pelo juiz. A primeira na decisão da Copa do Brasil de 2009. O camisa 10 partiu para cima do zagueiro William, do Corinthians, e acabou recebendo o vermelho. A segunda expulsão foi três anos mais tarde. Em jogo contra o São Paulo, D’Alessandro deixou o jogo mais cedo por receber dois amarelos, o segundo por simulação de pênalti.

Outro fato curioso é que Ricardo Marques Ribeiro era o árbitro da goleada sofrida pelo Inter contra a Chapecoense, por 5 x 0, em 2014. Na ocasião, o goleiro Dida foi expulso por cometer um pênalti. O colorado já havia feito as três substituições e o centroavante Rafael Moura terminou a partida no gol.

O clássico de domingo, às 17h, no Beira-Rio, será o primeiro Gre-Nal de Ricardo Marques Ribeiro.

CONFIRA OS JOGOS DO INTER APITADOS POR RICARDO MARQUES RIBEIRO:
2015 – Inter 1 x 0 Ponte Preta – Brasileirão
2015 – Inter 6 x 0 Vasco – Brasileirão
2014 – Inter 3 x 1 Palmeiras – Brasileirão
2014 – Chapecoense 5 x 0 Inter – Brasileirão
2014 – Palmeiras 0 x 1 Inter – Brasileirão
2014 – Ceará 3 x 1 Inter – Copa do Brasil
2013 – Inter 5 x 3 Vasco – Brasileirão
2012 – Fluminense 0 x 0    Inter – Brasileirão
2012 – Ponte Preta 1 x 0 Inter – Brasileirão
2012 – São Paulo 1 x 1 Inter – Brasileirão
2012 – Inter 0 x 0 Náutico – Brasileirão
2011 – Corinthians 1 x 0 Inter – Brasileirão
2010 – Botafogo 1 x 2 Inter – Brasileirão
2010 – Avaí 0 x 1 Inter – Brasileirão
2009 – Inter 2 x 2 Corinthians – Copa do Brasil

languirulogo

Noite de expulsão juvenil do jogador mais experiente do Inter

19 de novembro de 2015 5

O árbitro Marcelo de Lima Henrique tomou a decisão certa ao expulsar Juan na derrota do Inter contra a Chapecoense, por 1 x 0, na Arena Condá, em Chapecó, pela 35ª rodada do Brasileirão. Aliás, o zagueiro teve uma atitude juvenil no lance. O vermelho é indiscutível.

A bola estava longe de disputa e sendo protegida por Paulão para ser controlada pelo goleiro Alisson. Juan mira o atacante Túlio de Melo e dá um tranco no adversário sem qualquer sentido. O defensor já tinha amarelo e foi expulso por decorrência do segundo cartão.

Chama atenção o fato de que Juan é o jogador mais experiente do Inter, tirando o goleiro Dida que não entra em campo há um bom tempo. Não poderia cometer uma falha como essa.

O resultado foi que o gol da Chapecoense teve origem justamente na cobrança da falta cometida por ele. Ananias marcou, de cabeça.

Jogo terminou mais cedo para Juan. Sirli Freitas/Especial/Agência RBS

Jogo terminou mais cedo para Juan. Sirli Freitas/Especial/Agência RBS

D’Alessandro foi outro jogador que sofreu sérios riscos na partida. Recebeu amarelo, por reclamação, após o vermelho de Juan e seguiu nervoso até o final do jogo.

Chamou atenção a irritação da equipe colorada em campo. Houve ainda um lance em que William poderia ter recebido vermelho. Com o braço esquerdo, o lateral-direito deu uma cotovelada no rosto de William Barbio. Levou somente o amarelo.

De pênalti, Luan fez gol da vitória do Grêmio. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

De pênalti, Luan fez gol da vitória do Grêmio. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

Na Arena do Grêmio também houve atitude juvenil na vitória do tricolor gaúcho sobre o carioca, por 1 x 0. Porém, foi de um jogador de 18 anos. Gerson cometeu um pênalti bobo, bem marcado pelo árbitro. A promessa do Fluminense poderia ter recebido o segundo amarelo no lance, mas o árbitro Wagner Reway não deu. Acabou recebendo o vermelho direto por pontapé em Luan.

Gerson mudou o jogo, mas em favor do Grêmio. Levou um amarelo, cometeu um pênalti (convertido por Luan) e fechou com uma expulsão direta.

languirulogo

Ricardo Marques Ribeiro apita Gre-Nal 408

19 de novembro de 2015 11

O sorteio de arbitragem para a 36ª rodada do Brasileirão 2015 confirmou apito de fora para o Gre-Nal 408. Quem comanda o clássico é Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), de 36 anos. Será o primeiro Gre-Nal da carreira do árbitro mineiro.

Ele levou a melhor no sorteio com o carioca Péricles Bassols Cortez, também da Fifa. A escolha ocorreu no começo da tarde dessa quinta-feira (19) na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Na atual temporada, Ricardo Marques Ribeiro já apitou 18 partidas na Série A. Comandou a vitória do Coritiba sobre o Goiás, por 3 x 1, nessa quarta-feira, no Serra Dourada.

Recentemente esteve em Porto Alegre apitando a vitória do Inter sobre a Ponte Preta, por 1 x 0. O confronto foi marcado pelo polêmico episódio do fair play. A confusão no final da partida teve importante intervenção do juiz, que agiu de maneira rápida e pontual para evitar que o tumulto na entrada dos vestiários fosse ainda pior.

Ricardo Marques Ribeiro apita Gre-Nal 408. FOTO: Cristiano Estrela/Agência RBS

Ricardo Marques Ribeiro apita Gre-Nal 408. FOTO: Cristiano Estrela/Agência RBS

Entre as opções colocadas no sorteio, o nome de Ricardo Marques Ribeiro me agrada mais do que o de Péricles Bassols Cortez. Entendo que o Gre-Nal estará em melhores mãos. Ricardo teve um amadurecimento significativo nos últimos anos. Está mais discreto em campo. Há um ponto importante a ser observado. Ele tem tido a característica de segurar muito os cartões e deixar o jogo muito solto. Em um Gre-Nal, um amarelo sonegado ou uma falta que não é marcada podem representar a diferença entre ter ou não ter o controle do campo. Ricardo Marques Ribeiro precisará fazer a leitura correta e, quem sabe, até rever seu estilo de apitar.

GRE-NAL 408 – DOMINGO – 17H – BEIRA-RIO:
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Assistente 1: Alessandro Rocha de Matos – BA (FIFA)
Assistente 2: Dibert Pedrosa Moisés – RJ (ESP-1)
4º árbitro: Leandro Pedro Vuaden – RS (FIFA)
Delegado: Paulo Jorge Alves – BRA (ASS)
5º árbitro: Élio Nepomuceno de Andrade Júnior – RS (CBF-2)

languirulogo

Gre-Nal 408 terá árbitro de fora do RS

18 de novembro de 2015 14

Repetindo o que aconteceu no 1º turno, o Gre-Nal 408 terá um árbitro de fora do Rio Grande do Sul.

O sorteio para a definição será realizado nesta quinta-feira (19) ao meio-dia na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Os nomes são mantidos em segredo pela Comissão Nacional de Arbitragem. O que é certo é que os gaúchos do quadro da Fifa, Leandro Vuaden e Anderson Daronco, estarão fora da disputa mais uma vez.

Paraense Dewson da Silva foi o árbitro do Gre-Nal do 1º turno. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

Paraense Dewson da Silva foi o árbitro do Gre-Nal do 1º turno. FOTO: Diego Vara/Agência RBS

Acredito que a escolha será por um juiz do quadro internacional, mas arriscar algum nome neste momento seria um palpite. Não descarto nomes como Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP), Héber Roberto Lopes (Fifa-SC) e até Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA), que apitou o clássico da Arena.

A informação pontual, ainda não oficial, mas que será confirmada nesta quinta é de que teremos um árbitro de fora da aldeia.

Para quem é contra a colocação de gaúchos no apito de Gre-Nais, essa é uma notícia para ser comemorada.

O clássico será disputado no estádio Beira-Rio, domingo (22), às 17h, e será válido pela 36ª rodada do Brasileirão 2015.

languirulogo

 

Sem dar chance para teorias da conspiração, arbitragem tem atuação perfeita na Arena Corinthians

10 de setembro de 2015 10

O empate em 1 x 1 entre Corinthians x Grêmio, nessa quarta-feira, pela 24ª rodada do Brasileirão 2015, acima de qualquer coisa, foi um jogo limpo. As duas equipes entraram em campo preocupadas somente em jogar futebol. Não houve violência, catimba ou deslealdade. Nada disso. O que se viu foi um duelo que justificou os motivos que colocam as duas equipes na briga pelo título.

André Luiz de Freitas Castro teve atuação segura. FOTO: Divulgação

André Luiz de Freitas Castro teve atuação segura. FOTO: Divulgação

Para se ter uma ideia, o jogo teve apenas 13 faltas. É menos da metade da média da competição. O Corinthians cometeu sete e o Grêmio seis.

No lance mais polêmico, o gol de Bobô foi bem anulado. O centroavante do Grêmio estava impedido após a falta batida por Douglas e o assistente Alessandro Rocha de Matos (BA).

E se alguém poderia discutir se houve falta ou não de Mamute no contra-ataque do último lance do jogo, o próprio jogador admitiu ter cometido a infração e está de parabéns pela honestidade.

Gols saíram no 2º tempo da partida. FOTO: Agência Corinthians

Gols saíram no 2º tempo da partida. FOTO: Agência Corinthians

Felizmente, não haverá espaço para teorias da conspiração por conta do jogo dessa noite. A arbitragem de André Luiz de Freitas Castro (GO) foi perfeita e a discussão, pelo menos dos próximos dias, não será o apito.

languirulogo