Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Descontração e muita risada durante a São Silvelho

31 de dezembro de 2014 10
Largada da segunda edição da São Silvelho. Guto Kuerten/DC

Largada da segunda edição da São Silvelho. Guto Kuerten/DC

Para fechar o ano em grande estilo e com muita, mas muita, descontração, a segunda edição do São Silvelho reuniu amigos para a corrida mais aguardada do ano, na comunidade de Santo Antônio de Lisboa em Florianópolis. Por volta das 12h30min,. antes de começar a esperada competição, o aquecimento é feito com muita cerveja para os destemidos competidores.

Atletas concentrados para a largada. Guto Kuerten/DC

Atletas concentrados para a largada. Guto Kuerten/DC

O Edenaldo Lisboa da Cunha, 53, conhecido carinhosamente como Feijão, é um dos organizadores do evento que a cada ano atrai mais atletas despreparados e convidados de última hora.

Biro-Biro durante alongamento antes da prova. Guto Kuerten/DC

Biro-Biro durante alongamento antes da prova. Guto Kuerten/DC

— Para participar o atleta deve ter mais de 50 anos, estar totalmente despreparado e um pouco alcoolizado. O aquecimento é em frente à churrasqueira para aquecer o corpo e o resto.

Na largada a descontração é total. Guto Kuerten/DC

Na largada a descontração é total. Guto Kuerten/DC

Armelindo Scoz, 67, foi tomar uma cerveja com os amigos e não perdeu tempo. Partiu para o aquecimento imediato.
— São três cervejas e depois parto para a corrida com o objetivo de vencer.
O imenso percurso de 70 metros é feito de todas as formas. A rua em frente à Confraria Gambazeira é fechada durante a prova com cones.

Antes da prova o atleta e churrasqueiro preparando o rango. Guto Kuerten/DC

Antes da prova o atleta e churrasqueiro preparando o rango. Guto Kuerten/DC

Uma equipe de salvamento fica a postos para qualquer eventual problema de saúde. O coveiro Aldo Luiz Pereira, do cemitério municipal de Santo Antônio de Lisboa participa pela segunda vez. Corre o percurso com seu instrumento de trabalho.

Coveiro durante a etapa da São Silvelho. Guto Kuerten/DC

Coveiro durante a etapa da São Silvelho. Guto Kuerten/DC

— Não largo a pá nem durante a corrida. Qualquer coisa que acontecer já enterramos no local — brinca.
A parte mais divertida ocorre na reunião dos atletas para a largada. Com um pequeno atraso em função do aquecimento dos despreparados a largada é dada.

Atletas não dispensam a cerveja nem durante a corrida. Guto Kuerten/DC

Atletas não dispensam a cerveja nem durante a corrida. Guto Kuerten/DC

A etapa deste ano foi vencida pelo churrasqueiro. Luiz Cesar Mafra, 64, estava quieto e concentrado. Fazia as linguiças e calibrava com uns goles de cerveja.

Etapa foi vencida pelo churrasqueiro do evento. Guto Kuerten/DC

Etapa foi vencida pelo churrasqueiro do evento. Guto Kuerten/DC

— O segredo da vitória foi um pouco de gás que ainda tenho e guardei para a prova. Agora é ir para a galera e comemorar com os amigos.

Turistas bateram fotos com os atletas. Guto Kuerten/DC

Turistas bateram fotos com os atletas. Guto Kuerten/DC

Durante o percurso vários turistas estavam curiosos para saber o que ocorria. Como a advogada Marcela Jareski Darella, de Curitiba, que chegou até a fazer fotos com os atletas.

Comentários

comments

Comentários (10)

  • eduardo lamim diz: 31 de dezembro de 2014

    Parabens a todos esses manezinho sao do peru. Um abraco

  • Walter Souza diz: 31 de dezembro de 2014

    Parabéns pelas fotos e pelo divertido texto. Nota 11. Ano que vem mesmo com 76 anos estarei participando da prova com seis horas de concentração

  • PECHO diz: 31 de dezembro de 2014

    MUITO LEGAL, FELICITACIONES !!!!!!!!

  • Norte Santana diz: 1 de janeiro de 2015

    MARAVILHOSO!!!!!!!!Êta Manezinhos, eu desconfiava mas agora tenho certeza que estou perdendo tempo morando em Jurerê. É só passar a temporada que vou procurar casa aí.Parabéns.

  • Paulo Mendonça Souza diz: 1 de janeiro de 2015

    Se tem cerveja, na próxima estarei lá.

  • katia diz: 1 de janeiro de 2015

    Adorei a matéria, texto inteligente e divertido,dei boas gargalhadas, se Deus deixar próximo ano estarei lá,para torcer pelo mais desconcentrado.

  • Lidia Salete diz: 1 de janeiro de 2015

    Gostei muito e me diverti lendo a matéria. Com certeza quero estar lá no próximo ano fazendo torcida. Parabéns aos participantes da São Silvelho.

  • Jackie Goulart diz: 1 de janeiro de 2015

    Maravilha! Esse espírito é o da cidade! Me lembrou a Orchestra Philarmônica que se apresentava em um dos dias de carnaval, pelas ruas do centro da cidade. Todos de smoking , bêbados e cuja única condição pra participar da orquestra era não saber tocar um única nota em nenhum instrumento.
    Era genial!

  • ednei ribeiro diz: 1 de janeiro de 2015

    Muito inteligente essa tirada dos sempre ladinos manèzínhos. Se até o Walter Souza quer estar lá na próxima virada é porque o importantíssimo evento esportivo é bom. Também eu quero competir

  • marina diz: 2 de janeiro de 2015

    kkkkkkkkkkk muito bom!!!
    Esse é o verdadeiro espírito que representa o manezinho, diversão sadia e não a estupidez da farra do boi.

Envie seu Comentário