Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Protesto agora é da Fecesc que apresenta faixa gigante de quem votou a favor e contra a PL 4330

28 de abril de 2015 2
Faixa gigante com os deputados que votaram contra e a favor da polêmica PL 4330. Guto Kuerten/DC

Faixa gigante com os deputados que votaram contra e a favor da polêmica PL 4330. Guto Kuerten/DC

Um aviso de doze metros de altura por quatro de largura com foto e o nome dos deputados que votaram a favor e contra o Projeto de Lei 4330 é apenas o começo dos protestos encabeçados pela Federação dos Trabalhadores no Comércio de Santa Catarina (Fecesc). A faixa gigante está na fachada do prédio da federação, na rua Mauro Ramos, no centro de Florianópolis.

A iniciativa foi tomada há dez dias.

—É uma forma de combater este verdadeiro crime contra a sociedade brasileira. Denunciar quem votou a favor deste grande prejuízo aos trabalhadores brasileiros— alerta o presidente da Fecesc, Francisco Alano.

Placa chama a atenção de quem passa pelo local. Guto Kuerten/DC

Placa chama a atenção de quem passa pelo local. Guto Kuerten/DC

A federação representa aproximadamente 300 mil trabalhadores do comércio e da prestação de serviços do estado.
Para o presidente, os deputados que votaram a favor ao polêmico projeto são traidores.

—Milhares confiavam e votaram nestes deputados. Agora são eles que fazem isso. Votam a favor dos empresários. Um número infinitamente menor aos seus eleitores que eles representam.

Aviso na fachada do prédio da Fecesc na Mauro Ramos em Florianópolis. Guto Kuerten/DC

Aviso na fachada do prédio da Fecesc na Mauro Ramos em Florianópolis. Guto Kuerten/DC

O cartaz ainda conta com o nome e foto dos quatro deputados que votaram contra. O Projeto de Lei 4330/2004 prevê a contratação de serviços terceirizados para qualquer atividade de determinada empresa, sem estabelecer limites ao tipo de serviço que pode ser alvo de terceirização.

—Normalmente denunciamos apenas os contras. Então seria injusto ficar de fora quem apoia de verdade os trabalhadores— explica o presidente.

Há onze dias publiquei um post sobre cartazes espalhados no centro de Florianópolis com o nome, foto e e-mail dos deputados que votaram a favor da polêmica PL 4330, que regulamenta a terceirização dos contratos de trabalho no Brasil.

Faixa gigante na fachada da Fecesc. Guto Kuerten/DC

Faixa gigante na fachada da Fecesc. Guto Kuerten/DC

Os deputados que votaram a favor são: Rogério Peninha Mendonça, Valdir Colatto, Celso Maldaner, Edinho Bez, Mauro Mariani, Ronaldo Benedet – PMDB; Esperidião Amin – PP; Carmen Zanotto – PPS; Jorginho Mello – PR; Cesar Souza, João Rodrigues – PDS; Marco Tebaldi – PSDB.

Os deputados que foram contrários são: Jorge Boeira – PP, Geovania de Sá – PSDB, Pedro Uczai – PT e Décio Lima – PT.

Clique aqui para ver todos os nomes. 

Comentários

comments

Comentários (2)

  • Rogério Manoel Corrêa diz: 29 de abril de 2015

    Acompanhar e denunciar as ações e o comportamento dos politicos eleitos pela sociedade deveria ser uma pratica normal e corriqueira. Mas não faz parte das prioridades dos cidadãos. Portanto cabe ao movimento sindical brasileiro fazer este papel de grande relevancia para os trabalhadores e a sociedade em geral. Este é um exemplo a ser seguido para que os deputados e senadores fiquem atentos quando forem decidir sobre assuntos que influenciem na vida dos trabalhadores. São os trabalhadores que geram a riqueza deste paìs e merecem respeito e consideração.

  • sergio diz: 1 de maio de 2015

    Belo trabalho,meu caro! Precisamos de iniciativas como essa,porque a coluna sobre política mais parece reservada a falar mal de um único partido político. É dar nojo ter de ler tal coluna.

Envie seu Comentário