Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Sueco sobrevive dois meses num carro preso na neve

21 de fevereiro de 2012 0

O carro do sueco Peter Skyllberg: efeito "iglu"

Ele pode ser chamado, literalmente, de homem do gelo.

Um sueco de 44 anos sobreviveu dois meses dentro de seu carro, que ficou preso na neve depois de um acidente, suportando temperaturas inferiores a -30°C. Os médicos que atenderam Peter Skyllberg acreditam que ele foi salvo devido ao “efeito iglu” produzido pelo interior do veículo.

Skyllberg foi encontrado na última sexta-feira (16 de fevereiro), depois de ficar retido desde 19 de dezembro. Esse tempo todo ele comeu apenas neve e manteve-se aquecido somente com suas roupas e um saco de dormir.

Ulf Segerberg, chefe da equipe médica do hospital Noorland’s University, acredita que Syllberg se manteve vivo graças ao aquecimento natural do interior do carro funcionou como um iglu. Essas habitações características dos povos nativos do Ártico, apesar de serem construídas geralmente de blocos de gelo, têm uma temperatura interna de apenas alguns graus abaixo de 0°C, o que permite que uma pessoa com roupas aquecidas possa manter a temperatura corporal e sobreviver.

Além disso, Stefan Branth, um dos médicos que atenderam Skyllberg, acredita que ele deve ter entrado em uma espécie de “modo de hibernação”.

— Como os ursos, os humanos também são capazes de entrar em um estado de hibernação. Ele provavelmente manteve a temperatura corporal em torno dos 31°C e se adaptou a ela, sem consumir muito energia.

Envie seu Comentário