Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Brasil"

Amanhecer na Lagoa da Conceição

25 de junho de 2012 0

O fotógrafo Guto Kuerten fez belas imagens do amanhecer desta segunda-feira na Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

Ressaca geral

22 de maio de 2012 0

Ontem, foi no Rio, hoje é Santa Catarina que sente os efeitos da ressaca que está deixando o mar agitado desde a costa norte do Rio Grande do Sul até a Bahia. Ondas acima de três meses estão açoitando o litoral desses Estados.

No Rio, ontem o mar chegou a invadir as calçadas do Rio.


Hoje, foi a vez das ondas invadirem a orla da praia de Cabeçudas, em Itajaí. Vários quiosques da beira-mar foram destruídos.

Amanhecer mágico na Ilha da Magia

10 de maio de 2012 0

A quinta-feira começou muito bonita em Florianópolis, como registrou o fotógrafo Guto Kuertnen, do Diário Catarinense.

Frio à paulista

02 de maio de 2012 1

A Defesa Civil de São Paulo decretou estado de alerta na capital paulista na noite desta terça-feira.

O motivo: o frio.

Bem, é um frio de paulista: suaves e agradáveis 12°C, uma temperatura que muitas cidades gaúchas nem chegaram a atingir no início desta semana. Ontem, a única que teve mínima acima de 12°C no RS foi Mostardas.

Ok, um “atenuante” para os paulistanos é que a sensação térmica foi de 7°C.

Noite em plena luz do dia

14 de março de 2012 0

O tempo fechou em Parobé, no Vale do Paranhana.

Minutos após a leitora Eduarda Rocha registrar essa imagem, uma chuva torrencial desabou sobre a cidade. Também houve registro de granizo nos bairros Guarani, Nova Guarujá e 15 de Novembro,  registraram granizo.

— Depois de 20 minutos de chuva, a cidade inteira estava alagada — relata Eduarda.

Neblina e sol

07 de março de 2012 0

Não só os gaúchos conviveram com os nevoeiros no início da manhã de hoje.

Em Blumenau, o tempo também fechou.

Mas os catarinenses também puderam apreciar um belíssimo amanhecer. No Balneário São Miguel, em Biguaçu, o aparecimento do sol espalhou um tom laranja pela paisagem nesta foto do leitor Wilmar Pereira.

Tempo seco em Brasília

05 de março de 2012 0

Aparentemente, a temporada de seca em Brasília já começou.

Depois de cair a 26% no domingo, nesta segunda-feira a umidade relativa do ar na capital da República deverá ficar novamente abaixo dos 30%.

Já podem  ser os primeiros sinais da chegada da estação seca, que caracteriza o clima de savana tropical que predomina no Planalto Central do Brasil entre os meses de maio e  setembro —  enquanto o período de outubro a março é considerado a estação úmida.

A antecipação da estação seca — cujo período mais intenso é entre junho e agosto — seria uma péssima notícia para os brasilienses, que tiveram, em 2011, um ano especialmente difícil: em agosto, a umidade relativa do ar chegou a menos de 10% pela terceira vez na história da cidade.

Alô, surfistas

01 de março de 2012 0

A atuação de ciclone extratropical no Atlântico Sul vai provocar agitação marítima altura da costa dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No litoral gaúcho, um  swell vindo do Sul/Sudoeste, com ondas acima de dois metros, deixará o mar agitado a partir da tarde desta quinta-feira.

Amanhã, ventos intensos na costa do RS e de SC deixarão o mar novamente agitado em oceano aberto com ondas entre 1,5 e três metros, que se propagarão de Sul e Sudeste.

Chuva continua forte na Região Norte

28 de fevereiro de 2012 0

A chuva não para no Norte e no Nordeste brasileiros. Além do Acre, onde dezenas de milhares de pessoas foram atingidas pela cheias, as precipitações têm sido abundantes em Tocantis, Pará, Amapá, Roraima, partes do Amazonas, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte.

No fim de semana passado, a chuva foi especialmente intensa em Porto Velho, a capital de Roraima, onde caíram 100 mm entre sábado e domingo. No Ceará, cidades como Beberibe, Ipu, Russas, Palhano e Jaguaruana tiveram, em dois dias, um volume de chuva maior do a média do mês de fevereiro.

Mas a situação mais grave é no Acre, onde as chuvas já provocaram inundações em pelo menos 10 municípios, afetando quase 100 mil pessoas, segundo a Defesa Civil do Estado.

A capital Rio Branco está em estado de calamidade pública devido à elevação das águas do Rio Acre. Nos primeiros 27 dias de fevereiro caíram 355 mm na cidade, correspondendo 25% acima da média para o mês de fevereiro. Em janeiro, as chuvas já haviam ficado quase 40% acima da média histórica (em torno de 284,8 mm, segundo o Inmet).

A chuva desta época do ano no Norte do país é provocada pela combinação de temperaturas elevadas e alto teor de umidade do ar. As chuvas fortes ocorrem principalmente no período da tarde, noite e madrugada.

Nas próximas 24 horas, a previsão de chuva forte localizada em boa parte do Estado.

O Rio Acre também está provocando problemas na Bolívia. Na cidade de Pandp, perto da fronteira com o Brasil, mais de mil pessoas foram desabrigadas pela subida das águas (foto abaixo).

Chuvas desabrigam mais de 57 mil pessoas no Acre

24 de fevereiro de 2012 0

Mais de 57 mil pessoas já foram afetadas pela cheias que atingem o Acre.

Na capital Rio Branco, 14,3 mil imóveis, em 30 bairros, foram alagados pela elevação das águas do Rio Acre (fotos acima), que nas medições feitas na noite de quinta-feira estava 3,5 metros acima do nível de transbordamento.

A maioria dos desabrigados está em casa de familiares, mas 1.429 famílias, num total de 5.464 pessoas, estão alojadas em abrigos públicos.

O governo federal já enviou equipes da Força Nacional, alimentos, remédios e água potável para as áreas atingidas, muitas delas isoladas pela subida das águas. O governo do Acre também está aceitando contribuições pelo site www.agencia.ac.gov.br.

As chuvas no Acre e em toda a Região Norte  estão associadas a uma combinação de calor, alta umidade do ar e o padrão de ventos em altos níveis da atmosfera.

Em Rio Branco, em janeiro, choveu 399,7 milímetros, ou 38% acima da média histórica. Em fevereiro, até ontem foram mais 334 mm, 17% acima da média para o mês _ que é em torno de 284,8 mm, conforme o Inmet.

Para hoje e amanhã, a previsão é de mais chuva forte no Acre. Todos os rios do Estado estão acima do nível normal.