Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ah, o avião...

23 de março de 2009 1

O aeroporto, o avião e o sonho de voar.../Pablo Gomes

Se existe algo que mexe com a imaginação e atrai a curiosidade das pessoas é o avião. Quem nunca entrou em um e subiu aos céus, sonha em fazê-lo, mesmo que tenha medo de altura. Quem já teve o privilégio, sabe como é bom.

Lembro-me da minha primeira viagem de avião. Foi num imponente Boeing da TAM, entre Florianópolis e São Paulo, ocasião que, apesar de ter durado apenas 50 minutos, foi uma das mais incríveis da minha vida.

Felizmente, não foi a única vez, e todas as outras foram igualmente ou até mais fascinantes. Nesta terça-feira, se o tempo colaborar, voltarei ao céu para produzir uma reportagem.

Vi na TV há alguns dias que, no Brasil, uma pessoa viaja de avião, em média, uma vez a cada quatro anos, enquanto que, nos Estados Unidos, a média é de três viagens por ano.

Escrevo tudo isso porque, na manhã do último domingo, dia 22, vi uma cena curiosa no Aeroporto de Lages. Duas mulheres e um garoto chegaram lá como quem entra em um lugar desconhecido e misterioso, olharam para os lados, para a pista e comentaram: “Como é legal entrar em um aeroporto”.

Mal sabiam o que estava para ocorrer. De repente, pousa um jatinho, e os três vibraram com aquilo. Até que o piloto desceu, entrou no saguão de passageiros e foi abordado pelo trio.

Sim, ele permitiu. Aquelas três pessoas, que não faço idéia de quem sejam, pois tive de sair logo em seguida, entraram no avião. No chão, parado, desligado e pequeno, mas era um avião.

A emoção certamente ficou em alta, e aquele momento, que durou não sei quantos minutos, ficará marcado para sempre na vida de cada uma delas.

Tomara que um dia possam voar, quem sabe num Boeing, para comprovar o quanto foi genial a idéia de Santos Dumont, no ano de 1906, quando inventou o avião.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Augusto Camargo diz: 24 de março de 2009

    Show de percepção e observação…muitas pessoas fascinam-se com coisas que para outras são corriqueiras, como esse fato recordo-me de um fato acontecido no ano passado onde alunos de uma escola de alfabetização de jovens e adultos do interior, organizou uma excursão ao centro de lages, lembro-me muito bem pois estava passando pelo Serra Shopping e um dos alunos ficou adimirado ao pisar pela primeira vez na escada rolante, descreveu ele como um fato inesquecível. Semelhante ao fato supracitado.

Envie seu Comentário