Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

As "donas" do Calçadão

17 de junho de 2009 5

Leia a sorte ou leve /Alvarélio Kurossu

Mais chatas que os garçons dos 140 boxes de gastronomia instalados no Parque de Exposições Conta Dinheiro durante a 21ª Festa Nacional do Pinhão, que praticamente agarravam as pessoas e insistiam para que comprassem em seus estabelecimentos, são as ciganas que abordam quem caminha pelo calçadão central de Lages.

Se você passar por ali 100 vezes, será perseguido por elas nas 100 vezes. Com a proposta de ler a sorte nas mãos, elas param quem quer que seja, e soltam “cobras e lagartos” a quem não aceita a oferta. Isso mesmo, quem se recusa a estender a mão para ler a sorte ouve o que não quer e não merece das “donas” do Calçadão.

Já faz alguns dias que elas estão por ali, em um grupo de seis ou sete mulheres, todas vestidas a caráter e incomodando quem geralmente está com pressa e cheio de problemas para resolver.

A Constituição garante a qualquer cidadão de bem o direito de ir e vir e, de fato, as ciganas não estão cometendo nenhum crime ao “estacionarem” no calçadão.

Mas como o sossego público está sendo prejudicado, não caberia alguma ação para obrigá-las a saírem do calçadão ou, pelo menos, a pararem de “encher o saco”?

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • sicilia vechi diz: 2 de julho de 2009

    Ih, Pablo… aqui em Itajaí também têm…igualzinho.

  • Rubiane Lima diz: 3 de julho de 2009

    bom, como quem me conhece sabe q eu tenho um problema de pele q deixou a minha mão com inúmeros riscos a mais do q as mãos comuns, uma vez deixei elas tentarem ler a minha mão mas ficaram tão apavoradas qdo eu mostrei q depois fingiram q não tinham me visto….

  • Wagner Urbano diz: 17 de junho de 2009

    Aqui e São Joaquim apareçe umas dessas de vez enquando, Elas Querem ler as mãos por Um real, quando não ofereçen panelas, Travesseiros, edredons e outras coisas…

  • Dayvi diz: 17 de junho de 2009

    Bom, a coisa está tão chata, pois passo pelo calçadão várias vezes ao dia, que vou fazer uso do humor do pessoal do Pânico. Vou escrever `RONALDO` na minha mão, e quando for abordado pra ela ler a minha sorte, vou mostrar a mão pra ela ler… RONALDO!

  • ivone diz: 17 de junho de 2009

    com todo respeito senhores “repórteres”,nao defendo o caso,porem,nao condeno,como voces mesmos admitiram,todos tem o direito de ir e vir,”sao chatas”cada um faz seu julgamento aqui em florianopolis tambem temos estas cidadãs,que tem seus carros pagam impostos como nos,entao,vai uma sugestão”atravesse”a rua se se sentir incomodado,ou “que tal mostrar serviço com materias mais interessantes,sem ter que levantar algum tipo de polemica atraves da discriminaçao;isto tambem é crime,SABIA!

Envie seu Comentário