Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2009

Falta de respeito

31 de agosto de 2009 6

Motorista não respeita vagas reservadas/Alvarélio Kurossu

Uma cena curiosa chamou a atenção de quem estava em um supermercado de Lages. Um carro importado prendia a atenção de quem estava no local, não havia uma pessoa que não olhava para o veiculo em movimento, mas quando estacionou, o motorista desceu e saiu andando normalmente. Seria algo comum caso a vaga na qual ele parou não fosse reservada para deficiente. Uma total falta de respeito.

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share

Bastos Pinheiro vence o clássico da Serra

31 de agosto de 2009 1

Tio Nanas (19) marcou metade dos gols do Bastos Pinheiro/Alvarélio Kurossu

Bastos Pinheiro venceu por 6 a 5 o Inter de Lages na noite de sábado, no ginásio Ivo Silveira, e assumiu a vice-liderança da chave E, e ficou muito perto da classificação à próxima fase da primeira divisão do catarinense de futsal.

 

Jogando em casa o Bastos Pinheiro começou a partida perdendo. Aos 15 segundos Fio, camisa 10 do Inter, aproveitou a falha da defesa e abriu o placar para o colorado. Mas oito minutos depois, com um belo passe de Correa, Sidnei empatou o jogo. Dois minutos depois, Alemão fez o segundo do Inter e coloca o visitante na frente novamente.

 

A equipe colorada estourou o número de faltas e o Bastos Pinheiros aproveitou o tiro livre e empatou com Tio Nanas. O empate motivou a equipe. E aos 13 minutos Sidney marca o terceiro e virou a partida.

 

O Inter consegue empatar a partida, ainda na primeira etapa, com Alemão que anotou o seu segundo gol. Mas o empate no clássico durou pouco, Tio Nanas drible aproveitou a saída do goleiro e marca o quarto do Bastos Pinheiro. E antes de terminar o primeiro tempo, mais um do Tio Manas, em outro tiro livre.

 

Na segunda etapa Sidney, aos quatro minutos, marca o sexto e o terceiro dele na partida. Ao cinco minutos, e perdendo por diferença de 3 gols, Fio assume o posto de goleiro linha para tentar reverter o placar.

 

O Colorado volta a pressionar. Jony faz o quarto e aos 16 minutos William ainda diminui a diferença e marca o quinto do inter.

 

O jogo só não terminou empatado por causa do Lucas, o terceiro goleiro do Bastos Pinheiro, que provou ao grupo que na falta do titular e do reserva, podem contar com ele.

 

No próximo sábado, dia 5 de setembro, o Bastos Pinheiro joga em Joaçaba contra o UNOESC. Já o Inter recebe a equipe da Chapecoense no Ginásio Jones Minosso. As partidas começam às 20h30min.

 

 

Clubes

Pt

J

V

E

D

SG

1º Moitas/Proaço

23

9

7

2

0

32

2º Marka/Bastos/Pinheiro

18

9

6

0

3

14

3º Inter Lages Futsal/UNIPLAC

16

9

5

1

3

11

4º Futsal Seara/Longhi

12

9

4

0

4

-8

5º Chapecoense/CRC

10

9

3

1

4

-11

6º UNOESC/Joaçaba

5

9

1

2

5

-16

7º A.D.F. S. Francisco do Sul

3

9

1

0

8

-22

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share

Fotos Bastos Pinheiro 6x5 Inter de Lages

31 de agosto de 2009 1

Fotos Bastos Pinheiro 6x5 Inter de Lages/Alvarélio Kurossu

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share

Fundação Uniplac deve ser liquidada

28 de agosto de 2009 1

Possibilidade de liquidação anunciada em coletiva de imprensa/Alvarélio Kurossu

A fundação mantenedora da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) deve ser liquidada e sua gestão repassada a outro grupo a partir de 2010.

A informação é do interventor Walter Manfroi, que garante, no entanto, que a instituição não será vendida. 

Na próxima semana, Manfroi deve encaminhar à Justiça um parecer no qual apontará a tendência de liquidação da Fundação Uniplac.

Mas ele já adianta que, caso esta hipótese se confirme, a instituição não será repassada à iniciativa privada, mas passará a ser de caráter comunitário, com a administração orientada pelo Ministério da Educação e indicada pela sociedade civil organizada.

_ Não seremos irresponsáveis de entregar a Uniplac a qualquer aventureiro.

Sem citar nomes e números, Manfroi diz que o grande problema está na resistência de alguns funcionários em não abrir mão de benefícios conquistados junto à Justiça e cujos valores são incompatíveis com as funções exercidas por eles dentro da universidade.

É aquela história: não seria bem melhor perder um anel que arriscar perder a mão inteira?

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Programação do Jocol - dias 29, 30 e 31 de agosto

28 de agosto de 2009 0

Programação do Jocol - dias 29, 30 e 31 de agosto/Divulgação

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share

A visão de um serrano em Brasília

27 de agosto de 2009 2

O e-mail abaixo foi enviado pelo jornalista e cientista político João Paulo Borges, que é de São Joaquim e vive atualmente em Brasília.

João Paulo é leitor assíduo do Diário da Serra, e escreveu um artigo com sua opinião sobre a representatividade da Serra Catarinense no Congresso Nacional.

O texto segue na íntegra, e contatos com o autor podem ser feitos pelo e-mail jornalistajp@gmail.com. Mais uma vez, obrigado, João Paulo!  

=======================================================

 A REGIÃO SERRANA E SEUS REPRESENTANTES: UM TEMA QUE MERECE REFLEXÃO!

No último dia 19 de agosto, tive a honra de participar de um jantar de confraternização organizado pela Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) aqui em Brasília. Na oportunidade, pude constatar algo intrigante no que diz respeito à representatividade regional na capital do país.

Entre os parlamentares que prestigiaram o encontro, nenhum tem base eleitoral na região. Os dois representantes do povo serrano no Congresso Nacional, Fernando Coruja e Raimundo Colombo, não se fizeram presentes.

Isso, na verdade, pode não significar nada para alguns. Mas, na minha opinião, como joaquinense e cientista político, são esses pequenos atos que demonstram o quanto a desunião política regional afeta a força da população serrana nos parlamentos.  

Hoje temos apenas um deputado estadual e um federal. O senador, apesar de ser lageano, não pode ser chamado de representante da serra, pois ele foi eleito com mais de 1,8 milhão de votos dos catarinenses.

Como conhecedor do dia-a-dia agitado dos parlamentares, ressalvo que o fato do Coruja e do Colombo não terem comparecido ao evento das lideranças serranas não quer dizer que não estejam atuando em prol da região. Pelo contrário, acompanho de perto o trabalho de ambos e sei o quanto batalham para viabilizar alguma melhoria para os municípios da Serra.

O que proponho aqui é uma reflexão, haja vista que o pleito de 2010 se aproxima. Ser pouco representado e não ter voz ativa, nem no legislativo estadual, nem no federal, é o que queremos na próxima legislatura?

Se a resposta é não, está mais do que na hora de unir forças, deixar um pouco de lado as rusgas partidárias locais e focar o trabalho eleitoral, desde já, em dois ou mais nomes que tenham condições de se eleger e representar à altura o povo serrano.

Sei que o sistema eleitoral brasileiro não impõe limites regionais para que os candidatos busquem apoio, conforme o modelo do voto distrital instituído em outros países, mas é inevitável que as lideranças políticas da Serra Catarinense reflitam um pouco sobre a necessidade de eleger mais do que um representante da região. Caso contrário, as ações pelo desenvolvimento dos municípios do Planalto dependerão da vontade dos parlamentares de outras regiões.

Eleitores para mudar esse quadro existem. Bastam, apenas, vontade e maturidade política dos líderes que definem os nomes e comandam as articulações partidárias na região. No último pleito, em 2006, só em São Joaquim, 87 candidatos a deputado federal e 140 a estadual receberam votos.

Essa fragmentação justifica porque não temos lideranças fortes com berço eleitoral na região. É hora de refletir e pensar no desenvolvimento dos municípios serranos.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Carros para Urupema

27 de agosto de 2009 0

As Polícias Civil e Militar de Urupema receberam duas novas viaturas para auxiliar na realização dos trabalhos e reforçar a segurança da população. Os veículos foram entregues pelo governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública.

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share

Balde de água fria na Uniplac

26 de agosto de 2009 8

Mais do que nunca, a Uniplac precisa da ajuda de todos/Alvarélio Kurossu

Ao mesmo tempo em que comemora e anuncia que os salários de todos os seus 548 colaboradores, que chegaram a ficar praticamente três meses atrasados, finalmente estão em dia, a Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) lamenta o corte de 90% das verbas previstas via emendas parlamentares para ajudá-la a superar a sua crise financeira.

Para uma das principais instituições de ensino superior de Santa Catarina estavam previstos R$ 6,5 milhões no Orçamento da União, mas com a redução de gastos do governo federal, o montante caiu para apenas R$ 650 mil.

Se os recursos fossem liberados na íntegra, seriam de grande ajuda para, por exemplo, iniciar o acerto das dívidas da Uniplac com os bancos, que somam R$ 19,5 milhões e cujos pagamentos estão suspensos justamente por falta de dinheiro.

Mas com o corte de 90%, os R$ 650 mil serão suficientes para quitar, no máximo, pouco mais de um terço das despesas líquidas de um único mês da instituição, que giram em torno de R$ 1,8 milhão com salários, fornecedores e manutenção.

Assim fica difícil…

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Fogo no morro!

26 de agosto de 2009 1

Incêndio pode ter sido provocado por vândalos/Alvarélio Kurossu

Um susto para moradores do Bairro Santa Helena, em Lages, no início da noite de terça-feira.

Por volta das 18h, algumas chamas foram avistadas no alto de um morro onde há uma área de reflorestamento de pinus, perto da conhecida Curva da Morte.

Com o vento, a intensidade do fogo aumentou, mas alguns funcionários do reflorestamento, com a ajuda do Corpo de Bombeiros, conseguiram controlar a situação sem maiores problemas.

Não se sabia a causa, mas o incêndio pode ter sido provocado por algum “espírito de porco”…

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Nacional é campeão da terceirona

24 de agosto de 2009 1

Nacional venceu por 3 a 0 o Cruzeiro e conquistou o titulo da terceirona/Alvarélio Kurossu

O Nacional Junior conquistou o titulo da terceira divisão do futebol de campo do Jocol, Jogos Comunitários de Lages.
 
A equipe do Bairro da Várzea enfrentou o Cruzeiro Junior no estádio municipal e venceu fácil pelo placar de 3 a 0. Gols de Alexsandro, (1º tempo), Antonio e José Amadeu (2º tempo).
 
3ª Divisão Futebol de Campo
Classificação Final
Nacional Junior (campeão)
Cruzeiro Junior
União Popular F.C.
Brasiliense
Ajax Junior
Esportivo F.C.

 

 

 

 

 

 

 

 

Já na primeira e segunda divisão as chaves para terceira fase estão definidas.
Grupos da terceira fase da primeira divisão

CHAVE E
 
CRUZEIRO F.C.
NACIONAL / CURITIBA F.C.
COLORADO
ATLETICO F.C.
 
CHAVE F
 
SÃO LUIS
JD.PANORAMICO
INDUSTRIAL F. C.
BENFICA
 
Grupos da terceira fase da segunda divisão

CHAVE E
 
JUVENTUDE SÃO PEDRO
ASS. ESP. MILAN
C. R. C.
PORTO F. C.
 
CHAVE F
 
V. COMBONI
V.MARIZA “C”
SÃO CARLOS F. C.
LAGES A. F.

Postado por Alvarélio Kurossu

Bookmark and Share