Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

As árvores de plástico e os "reclamões" de plantão

21 de dezembro de 2009 5

Árvores natalinas feitas com garrafas de plástico viraram alvo de alguns chatos/Pablo Gomes

Tem gente que só sabe reclamar. É o caso de alguns moradores de Lages que não se cansam de criticar a decoração natalina da cidade.

Acham feia, pobre, sem graça, e alegam que as árvores feitas com retalhos de garrafas plásticas não estão com nada.

Ser humano é um bicho estranho mesmo. Se o poder público gasta uma fortuna com uma mega decoração, como a árvore de mais de R$ 3 milhões em Florianópolis, o cara vai lá e reclama.

Mete bronca, diz que é um absurdo, que a verba deveria ser melhor empregada, etc, etc, etc.

Mas se a ideia é economizar e fazer uma decoração modesta, aproveitando materiais reciclados e recicláveis para despertar o espírito natalino na população sem agredir o meio ambiente e sem gastar muito dinheiro, o cara vai lá e reclama também.

Aí é complicado, meu camarada. É óbvio que qualquer cidade do mundo fica mais bela com mais luzes e enfeites.

Como também é óbvio que a decoração vai atrair as pessoas, que vão movimentar as ruas, o comércio, bares e restaurantes até tarde da noite.

Mas, de minha parte, gostei do trabalho feito em Lages. Nada de exageros, culturalmente agradável, ecologicamente correto e sem deixar de lado este gostoso clima de fim de ano.

Mesmo com os “reclamões” de plantão.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Dayvi diz: 23 de dezembro de 2009

    Ainda que eu tenha me encaixado na classe dos `Reclamões` deste post, acho que cada coisa deve estar no seu lugar. Colocar uma decoração natalina feita com materiais recliclados para uma cidade do porte de Lages é realmente pensar pequeno. Acho que o lugar dessas decorações é nas escolas, na sala das criancinhas, nos trabalhos artesanais de terapia ocupacional, não em uma decoração de Natal de uma cidade como Lages! Só faltou enfeitarem os postes com aqueles aneis feitos de recorte de revista…

  • Rita diz: 23 de dezembro de 2009

    Não é o gasto com decoração que vai demostrar o espírito natalino, a decoração natalina de lages é muito bonita sim e o mais importante sem grandes gastos.

  • Alex diz: 22 de dezembro de 2009

    Sobre a decoração de natal, embora feia, de mal gosto, ela “tinha” um ponto positivo, ter sido feita com base em retalhos de garrafas Pet. Entretanto, ontem a noite perdi a ultima desculpa para tolerar esta decoração. Não são retalhos de PET, foi comprado tiras de pet, observe, são tiras sem emendas muito longas para ser de uma garrafa, ou seja, a decoração de Lages é sim: feia, de mal gosto e ecologicamente incorreta pq além de nao usar material reciclado, vai gerar lixo para gente. VERGONHA

  • Vinicius diz: 22 de dezembro de 2009

    Concordo com você Pablo, e até comentei a mesma coisa que você postou hoje em um outro blog onde falavam da decoração!
    se gasta muito o povo reclama, se não gasta nada o povo reclama, se gasta pouco o povo reclama, eita povo que gosta de reclamar e dizer que nada esta bom!

  • Névio Fernandes diz: 22 de dezembro de 2009

    Este é o dilema da administração pública hoje,gastar com decoração natalina e outras festas que causam despesas consideráveis ou focar nos problemas que realmente a administração deve cuidar e gerenciar.Não possuímos os recursos que outras prefeituras tem, como Gramado e Florianópolis, na atração de turistas, mas acho que o bom senso prevalece. Não vamos pecar nos gastos, como nos escândalos e desvios ocorridos em Florianópolis, mas a certeza que, decoração simples,valor espiritual sem preço…

Envie seu Comentário