Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de dezembro 2009

Um ano novo 2010 vezes melhor!

29 de dezembro de 2009 1

O ano que termina foi maravilhoso, e o que começa deverá ser mais maravilhoso ainda.

Em 2009, estreamos o Diário da Serra, e em 2009 conquistamos novas amizades. Temos certeza que em 2010 não será diferente.

Eu, Pablo Gomes, entro em férias nesta quarta-feira, 30 de dezembro, e retorno ao trabalho no dia 4 de fevereiro.

Até lá, nosso amigo Alvarélio Kurossu, que já curtiu seus 30 e poucos dias de descanso, ficará responsável pelo blog.

Então, podem “incomodá-lo” à vontade, porque competência e profissionalismo é o que não falta ao grande repórter fotográfico.

Muito obrigado, grande abraço e um ano novo 2010 vezes melhor a todos!

Pablo Gomes

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Um "pulinho" ao Litoral com o carro da prefeitura

29 de dezembro de 2009 2

Carro oficial de Ponte Alta foi flagrado na garagem de uma casa em Itapema no feriadão/Divulgação

Um carro oficial da prefeitura de Ponte Alta, na Serra Catarinense, foi visto no último fim de semana na garagem de uma casa em Itapema, no Litoral do Estado. O flagrante foi feito entre as 19 e as 21h de sábado, dia 26.

O veículo, um VW/Bora preto, ano 2006, placas MCL-1311, está registrado no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Santa Catarina em nome da Prefeitura Municipal de Ponte Alta, e seria de uso do prefeito do município, Luiz Paulo Farias (PT).

O Bora estava estacionado na garagem de uma casa na Rua 106, perto de uma igreja.

Moradores de Ponte Alta, que fizeram as fotos, afirmam ainda que viram o prefeito e alguns de seus familiares no local.

O veículo está com o licenciamento em dia, mas, conforme os dados do Detran, tem duas autuações de trânsito em aberto: uma por trafegar sem os documentos de porte obrigatório, em 13 de agosto, na BR-282, em Campos Novos; e outra por avançar o sinal vermelho de um semáforo em Blumenau, em 28 de novembro.

Por telefone, o prefeito Luiz Paulo Farias disse à reportagem do Diário Catarinense que, de fato, era ele quem estava com o carro em Itapema.

Paulinho, como é conhecido, disse que foi a Florianópolis no dia 23 protocolar alguns documentos na Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e, naquela noite, foi a Itapema ao encontro da família, que estava hospedada na casa de um amigo.

Paulinho permaneceu em Itapema até domingo, quando voltou para Ponte Alta, mas garante que em nenhum momento trafegou pela cidade com o carro, que permaneceu o tempo todo na garagem.

O prefeito se defende dizendo que não cometeu nenhum erro, justamente porque estava em trânsito durante viagem de serviço, e acredita que as fotos são resultado de perseguição política contra ele.

Postado por Pablo Gomes, Ponte Alta

Bookmark and Share

Amigos de fé, irmãos camaradas

28 de dezembro de 2009 2

Curucaca pousa na cobertura do prédio do Grupo RBS como se estivesse no campo/Pablo Gomes

O Grupo RBS, em Lages, está sediado na Avenida Belizário Ramos (Carahá), em frente ao Fórum Nereu Ramos.

Ou seja, região central da cidade, com vários prédios, casas e muito movimento de pessoas e veículos o dia inteiro.

Mas nada que impeça a presença diária de dois vizinhos muito simpáticos e interessantes.

Duas curucacas, aves típicas da região e avistadas geralmente nos campos do interior, aparecem por aqui todos os dias.

Não incomodam ninguém, voam sobre os tetos das residências, procuram alimentos nos terrenos baldios e provam que a natureza é realmente fantástica e surpreendente.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Valorize, mas exija respeito ou boicote!

24 de dezembro de 2009 6

Sei que vou comprar uma briga com o comentário abaixo, mas não podia deixar de tocar no assunto.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lages está fazendo uma campanha publicitária na televisão para incentivar os lageanos a comprarem na cidade. Perfeito!

De fato, o comércio daqui é muito bom, com grandes lojas, produtos de qualidade e preços acessíveis.

O problema está no atendimento ao público. O que tem de gente estúpida atrás dos balcões é impressionante!

Parece que o cliente está cumprindo uma obrigação ao entrar em muitos estabelecimentos, pois os atendentes não são capazes de dizer um “bom dia”, “por favor” ou “obrigado”.

É um pessoalzinho mal humorado e sem a menor vontade de fazer com que o cliente se sinta em casa. Se não é o chefe, é o funcionário, ou então os dois, mas alguém sempre está de cara feia.

Aí vem alguém e diz que, se não gostou, procure outra loja. O problema é que na outra loja o atendimento é tão ruim quanto ou até pior.

Há alguns dias, uma senhora foi comprar pães em uma padaria no centro e, porque chegou um minuto após o horário de fechamento, viu a porta, que estava aberta, ser fechada aos seus pés sob a desculpa de que “está fechado”.

Puxa vida, custava vender os pães àquela senhora? Dois ou três minutos. Não mais que isso. Mas não, era impossível, a padaria estava fechada!

Pior ainda é quando você vai a alguma loja e a conta soma R$ 4,98. Você dá R$ 5,00, a balconista entrega a sua compra e chama o próximo da fila. Peraí, não está faltando nada?

São poucos os lugares em que o cliente é bem atendido, com educação, simpatia, cordialidade, agilidade e rapidez.

Sim, caro amigo lageano, continue valorizando e comprando no comércio de Lages. É geração de impostos para o município, renda e empregos para a população.

Mas exija respeito. Faça valer a sua condição de sua majestade, o cliente. Caso contrário, boicote na “cara dura”.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Um cidadão que gosta de ajudar

23 de dezembro de 2009 6

O cinegrafista Fabiano Souza e o repórter Lucas Bretas

Moradores da Serra e Meio-Oeste de Santa Catarina estiveram “protegidos” neste ano que acaba na próxima semana por um tal Cidadão JA.

O quadro, que vai ao ar toda quarta-feira no Jornal do Almoço, da RBS TV Centro-Oeste, busca a solução para problemas que atingem as pessoas, de forma individual ou coletiva.

Desde janeiro, o repórter Lucas Bretas e o cinegrafista Fabiano Souza percorreram boa parte dos 54 municípios da área de cobertura da emissora para conferir dramas que pareciam intermináveis.

Universidade que não entrega diploma, ruas esburacadas ou sem segurança, esgoto a céu aberto, carros com problemas, questões judiciais. Procurado por cidadãos desesperados e desacreditados, o Cidadão JA recebeu problemas de todos os tipos.

E o resultado foi fantástico. Dos mais de 40 casos apresentados ao longo do ano, 75% deles foram resolvidos.

Alguns individuais, como o de um senhor de Lages que teve o carro roubado e aguardava há 15 longos anos para receber a indenização da seguradora.

O processo era o mais antigo do Fórum de Lages, e com o empenho do Cidadão JA, foi resolvido em apenas duas semanas.

Outros casos coletivos também obtiveram sucesso, como o de uma rua no Bairro Bela Vista, também em Lages, onde mais de dois mil moradores imploravam há um tempão por lombadas de redução de velocidade.

O Cidadão JA foi lá e conseguiu. Ao todo, o quadro conseguiu ajudar mais de cinco mil pessoas em 2009.

_ É muito bom dedicar-se a uma causa e ver que o seu trabalho ajudou alguém que precisava _, diz o cinegrafista Fabiano.

Em 2010, o Cidadão JA continuará suas andanças atrás de pessoas angustiadas. Quem quiser participar, pode enviar e-mail para tvcentrooeste@rbstv.com.br ou telefonar para (49) 3289-5404.

_ O Cidadão JA é a essência do bom jornalismo e está sempre disposto a ajudar _, conclui o repórter Lucas.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

As árvores de plástico e os "reclamões" de plantão

21 de dezembro de 2009 5

Árvores natalinas feitas com garrafas de plástico viraram alvo de alguns chatos/Pablo Gomes

Tem gente que só sabe reclamar. É o caso de alguns moradores de Lages que não se cansam de criticar a decoração natalina da cidade.

Acham feia, pobre, sem graça, e alegam que as árvores feitas com retalhos de garrafas plásticas não estão com nada.

Ser humano é um bicho estranho mesmo. Se o poder público gasta uma fortuna com uma mega decoração, como a árvore de mais de R$ 3 milhões em Florianópolis, o cara vai lá e reclama.

Mete bronca, diz que é um absurdo, que a verba deveria ser melhor empregada, etc, etc, etc.

Mas se a ideia é economizar e fazer uma decoração modesta, aproveitando materiais reciclados e recicláveis para despertar o espírito natalino na população sem agredir o meio ambiente e sem gastar muito dinheiro, o cara vai lá e reclama também.

Aí é complicado, meu camarada. É óbvio que qualquer cidade do mundo fica mais bela com mais luzes e enfeites.

Como também é óbvio que a decoração vai atrair as pessoas, que vão movimentar as ruas, o comércio, bares e restaurantes até tarde da noite.

Mas, de minha parte, gostei do trabalho feito em Lages. Nada de exageros, culturalmente agradável, ecologicamente correto e sem deixar de lado este gostoso clima de fim de ano.

Mesmo com os “reclamões” de plantão.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Mais uma apreensão de crack em Lages

19 de dezembro de 2009 0

Operação policial ocorreu em um beco no Bairro Universitário/Pablo Gomes

Uma mulher de 35 anos foi presa na tarde de quinta-feira, em Lages, por tráfico de drogas.

Ela estava em casa, em um beco no Bairro Universitário, quando foi abordada pela Polícia Militar.

No local, foram encontradas cerca de 200 pedras de crack e R$ 69 em dinheiro.

Quatro usuários que estavam na casa foram detidos, mas a mulher é a única pessoa que seria presa em flagrante.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Justiça interdita o Presídio Regional de Lages

18 de dezembro de 2009 1

O Presídio Regional de Lages foi parcialmente interditado pela Justiça. A sentença do juiz Geraldo Correa Bastos, proferida na tarde desta quinta-feira, determina que, em 90 dias, o prédio esteja com, no máximo, 200 detentos.

Hoje, a instituição, construída em 1968 com capacidade para 80 pessoas, abriga 363.

Pela sentença, o Estado deverá providenciar a transferência de todos os condenados em definitivo com penas superiores a quatro anos, num total de 165 detentos; e dos condenados, mesmo que não em definitivo, de outras comarcas.

Também está proibida, neste prazo, a entrada de presos de outras comarcas, seja por prisão em flagrante, transferência ou permuta com outras instituições.

Postado por Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Chuva de granizo provoca estragos na maçã

18 de dezembro de 2009 2

Chuva forte assustou, mas não chegou a castigar a área urbana/Charliston Spolti / Divulgação

Uma forte chuva de granizo de aproximadamente 20 minutos no início da noite de quarta-feira provocou estragos em pomares de maçã na região de São Joaquim, na Serra Catarinense.

A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros não atenderam nenhuma ocorrência relacionada a danos em casas e prédios públicos. Também não houve feridos.

Só no município de São Joaquim, onde aproximadamente dois mil produtores cultivam maçã em oito mil hectares, que resultariam em 200 mil toneladas após a colheita, a ser realizada entre fevereiro e abril do próximo ano, estima-se que cerca de 20% da produção foi afetada. Cerca de 70% da economia do município é baseada na maçã.

Há registros de prejuízos também em alguns pomares de Urubici, onde 100 produtores cultivam a fruta em 740 hectares, com expectativa de colher 30 mil toneladas em 2010.

Postado por Pablo Gomes, São Joaquim

Bookmark and Share

Suspeita de fraude em Câmara de Vereadores

17 de dezembro de 2009 2

Caixa de papelão com decoração natalina serviu de urna na Câmara de Vereadores de Ponte Alta/Divulgação

Um mistério circula entre os pouco mais de cinco mil moradores de Ponte Alta, na Serra Catarinense: quem teria fraudado a urna de votação para eleger a nova mesa diretora da Câmara de Vereadores do município?

Os dois candidatos à presidência e o atual presidente garantem que não sabem e juram inocência. De tão grave e polêmico, o caso foi parar na polícia.

A eleição ocorreu na noite da última terça-feira com duas chapas: uma tendo o atual vice-presidente da Casa, Junior Sesar Silva (PP), como candidato à presidência, e o atual presidente, Sebastião Prado Gonçalves (PT), como vice; e a outra com José Raniel Bartesen (PMDB) para presidente e Edson Portela Alves (PP) para vice.

Todos os nove vereadores votaram nas cédulas e depositaram seus votos na urna, feita com uma caixa de papelão coberta com um papel de decoração natalina.

Durante a apuração dos votos, um dos legisladores teria suspeitado da legitimidade da eleição, foi até a urna e se deparou com uma caixa de fundo falso, onde já havia algumas cédulas preenchidas.

A caixa foi aberta e todas as cédulas caíram e se misturaram, num total de 17, que resultaram, segundo a Polícia Militar, em um placar de nove a oito em favor de Junior e Sebastião.

O clima esquentou e, rapidamente, cerca de 300 moradores aglomeraram-se em frente à Câmara.

A PM agiu rápido, inclusive com reforços de Lages e Correia Pinto, e conseguiu evitar brigas ou atos de vandalismo.

Após muita discussão, uma nova eleição foi feita na mesma noite, desta vez com voto aberto, e resultou na eleição unânime da outra chapa, encabeçada por José e Edson.

A PM elaborou um relatório sobre a ocorrência e o enviará à Polícia Civil, que deve investigar o caso e encaminhá-lo ao Ministério Público.

Junior e Sebastião alegam inocência, garantem que não sabem quem violou a urna e acreditam em uma possível armação para prejudicá-los.

Já o presidente eleito, que assume a função no próximo dia 1º de janeiro, também afirma não saber quem cometeu a fraude e adianta que qualquer atitude sobre o caso será tomada pela Câmara somente após um parecer da Justiça.

Postado por Pablo Gomes, Ponte Alta

Bookmark and Share