Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Chuvarada castiga municípios da região

23 de abril de 2010 6

Rio do Peixe, que corta a cidade de Caçador, chegou a 4,38 metros acima do nível normal. Foto: Murilo Rosso, Divulgação

Pelo menos seis municípios do Meio-Oeste de Santa Catarina estão em situação de emergência por conta das chuvas que caíram com força entre a noite de terça-feira e a tarde desta sexta-feira em grande parte do Estado.

Caçador, Lebon Régis, Matos Costa, Rio das Antas, Timbó Grande e Videira foram as cidades mais afetadas na região. A situação mais grave é justamente na maior delas.

A Defesa Civil calcula que cerca de 25 mil dos 70 mil moradores de Caçador, ou 35% da população total, foram afetados pela chuva, desde quem teve a casa inundada até os estudantes que tiveram as aulas suspensas.

Sete bairros foram diretamente atingidos pela água, num total de 400 famílias. Até o fim da tarde desta sexta, cerca de 700 pessoas estavam desalojadas e outras 90 desabrigadas.

O Rio do Peixe, que corta a cidade, chegou a 4,38m acima do nível normal às 4h30min de ontem. Exatamente 12 horas depois, a água havia baixado um pouco, mas ainda estava a 3,5m. O nível crítico, quando o rio começa a transbordar em alguns pontos, é de 2,7m.

A Defesa Civil acredita que o rio voltará ao seu leito apenas na segunda-feira. Isso se não chover no fim de semana.

Em Videira, a segunda maior destas cidades, com 47 mil moradores, o mesmo Rio do Peixe transbordou e chegou a 3,9m acima do nível normal à 1h de ontem.

O Rio das Pedras, outro que corta a cidade, também transbordou, o que provocou 13 pontos de alagamento em 11 bairros.

Entre casas e estabelecimentos comerciais, 60 imóveis foram prejudicados, e duas residências foram carregadas pela correnteza do Rio do Peixe na localidade de Farroupilha. Ninguém se feriu.

No fim da tarde, ainda havia dois pontos de alagamento e 300 pessoas desalojadas ou desabrigadas.

Em Lebon Régis, a terceira maior destas cidades, com 13 mil habitantes, o Rio Trombudo transbordou e chegou a 2,5m acima do nível normal, invadindo várias casas no Centro da cidade. No interior do município, outros rios também transbordaram e causaram alguns problemas.

Quando o Trombudo voltou ao normal pela manhã de ontem, os moradores iniciaram um intenso trabalho de limpeza de suas casas.

Segundo a prefeitura, muitos tiveram prejuízos materiais e, até o fim da tarde, 160 pessoas continuavam desalojadas ou desabrigadas.

Pablo Gomes, Caçador

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Comentários (6)

  • Tomaz Longhi diz: 24 de abril de 2010

    Apenas uma correção, na legenda da foto está escrito: “Rio do Peixe, que corta a cidade de Caçador, chegou a 4,38 metros acima do nível do mar. Foto: Murilo Rosso, Divulgação” Certamente o Rio do Peixe está muito mais acima de 4,38 metros acima do nível do mar…
    O rio está 4,38 metros acima de seu leito normal, não é?
    No mais, acompanho sempre as notícias de SC pelo Clicrbs, uma vez que sou catarinense mas agora moro no Paraná!
    Abraço

  • roberto diz: 24 de abril de 2010

    corrijam por favor ,onde se le ,nivel do mar ,esta errado ,a altura da cidade em relaçao ao nivel do mar é muito maior,o correto é do lito normal, ok

  • Ralf Faltin diz: 24 de abril de 2010

    O cara m. PoDE Ser tão maluco … 4,38 Acima do NIVEL DO MAR? Onde vc É que. m. vive? 4,38 Acima do nivel NORMAL, tudo bem. Senão considerando Que Videira ESTÁ situada uma m. 790 ACIMA DO NIVEL DO MAR, OS 4,38 Mais Que o rio ESTÁ Acima de Seu nivel normal, então o Rio do Peixe na realidade,, ESTA uma m. 794,38 ACIMA DO NIVEL DO MAR ……. Ah! Coitado ……

    Comentário do blog:

    Senhor Ralf, por favor, perdoe este maluco coitado que não sabe onde vive e que, na correria, acabou trocando “normal” por “mar” na legenda foto, mesmo que no texto esteja bem clara a informação correta. Muito obrigado, grande abraço e sucesso ao amigo!

  • Jaderson diz: 25 de abril de 2010

    Gostaria de fazer uma correção. Na imagem do alagamento no município de caçador, descreve que o rio do peixe que corta a região subiu 4 metros acima do nivel do mar, o correto é cima do nivel normal. Sabemos que a cidade já fica a uma média de 920 metros no nível do mar.

  • Névio Fernandes diz: 26 de abril de 2010

    Cada período de chuvas nos apresenta uma surpresa, nas já tradicionais cidades que costumeiramente já sofrem coma s cheias e estão sempre no noticiário como Blumenau e outras, agora cidades sem uma tradição em noticiários sofreram com as constantes chuvas como, Caçador, Videira e Concórdia. Cada cidades destas deve possuir um motivo para esta surpresa, bueiros entupidos, rios assoreados ou até mesmo a grande intensidade das chuvas.

  • Névio Fernandes diz: 27 de abril de 2010

    Caro Pablo, os posts provam que os leitores do blog estão bem sintonizados e atentos as informações que são publicadas. Em verdade não atentei para a informação que o pessoal alegou como errada, sinceramente captei a idéia central da notícia, como faço com todas. Mas se constitui em grande qualidade a observação arguta e específica. Abraços.

    Comentário do blog:

    Exatamente, Névio, é ótimo saber que nossos leitores estão atentos a tudo. Muito bom mesmo! Grande abraço!

Envie seu Comentário