Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Água, por favor!

29 de junho de 2010 2

Toda a imprensa de Lages, inclusive o Diário da Serra, divulgou ao longo da semana passada que no último domingo faltaria água em toda a cidade devido a manutenções técnicas na rede de abastecimento.

Certo. Manutenções são necessárias em toda e qualquer máquina. Mas essa realizada no domingo está causando um problemão para muitos lageanos.

O serviço se estendeu por todo o domingo, e a água foi acabando aos poucos nas casas e prédios sem caixa.

A prefeitura já havia alertado que a água começaria a voltar apenas no domingo à noite, mas que na segunda-feira alguns bairros mais altos ainda estariam sem água.

Recebemos algumas mensagens no blog de moradores reclamando da falta de água em suas casas. A última chegou às 22h desta segunda.

Já na manhã desta terça-feira ouvimos relato de falta de água inclusive no Centro da cidade. E em algumas rádios locais, o assunto ganhou destaque.

A Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) esclareceu ainda na semana passada que o serviço foi feito no domingo por ser um dia em que, teoricamente, se consome menos água em Lages, e que o trabalho só não havia sido realizado antes em virtude da 22ª Festa Nacional do Pinhão, quando a cidade estava cheia de gente.

Alguns moradores questionam a viabilidade técnica de os trabalhos terem sido feitos por etapas, a fim de evitar o grande transtorno que se instalou.

Fica a sugestão para as próximas manutenções. E o “agradecimento” por não estarmos em pleno verão…

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Comentários (2)

  • Nevio Fernandes Filho diz: 29 de junho de 2010

    Não queremos ser pitonisas de desgraças, mas cantamos em comentário anterior o transtorno que aconteceria na cidade com a manutenção do sistema em toda a cidade. Imagina-se tal acontecimento em uma grande cidade, os responsáveis pela Semasa seriam enviados para prestar serviços pesados no Iraque, tal seria o descontentamento da população. Serviços básicos e essenciais devem ser executados por profissionais, não por correligionáriso em cargos de comissão. Com certeza vários comerciantes tiveram prejuízo, bares lotados com o jogo da seleção, banheiros imundos, população sem banho, enfim caso de responsabilidade civil da Prefeitura. Não só a obrigação de divulgar a paralisação do sistema por um dia, mas calcular os riscos, prejuízos e as consequências desta paralização. Se fosse aqui na Capital, já haveria várias ações de danos materiais e ressarcimentos de prejuízos ocorridos. O lageano é compreensivo, mas não perdoa um segundo erro.

  • Guilherme diz: 30 de junho de 2010

    Hoje que faltou água aqui no meu prédio no bairro Conta Dinheiro, depois de serem consumidas 2 caixas d’água que totalizam 10.000L, ou seja, devemos estar sem abastecimento por aqui desde que começou a manutenção. Há pouco veio água (passado 0:30h de quarta-feira 30/06), porém mal encheu a caixa da descarga do vaso sanitário. Porém em outros edifícios e casas a água não chega desde domingo.
    Agora é esperar já que não há nada que possa ser feito pela população.
    Revoltante isso!

Envie seu Comentário