Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2010

Um erro, um pedido de desculpas, um agradecimento e uma explicação

30 de junho de 2010 2

Por que primeiro o pedido de desculpas e a explicação?

Porque na noite de terça-feira publicamos no Diário da Serra o post logo abaixo deste com um erro de matemática medonho.

Colocamos que reduzir algo de 50 para 15 representa uma queda de mais de 200%. Mas é óbvio que não.

Se fosse o contrário, subir de 15 para 50, aí sim passaria de 200% – mais precisamente, 233%. Mas de aumento, não queda.

Como tratávamos de uma redução de 50 para 15, o correto é afirmar que a queda foi de 70%.

Assim, para resumir bem: de 15 para 50, aumento de 233%. De 50 para 15, redução de 70%.

Consultamos várias fontes entendidas do assunto para corrigir a informação, e se ainda estiver errada, por favor, nos avisem.

Ramon, o professor

O alerta foi feito por um leitor chamado Ramon, com quem não conseguimos entrar em contato para agradecer porque o endereço de e-mail fornecido por ele no comentário era fictício.

Além do erro, pedimos desculpas também porque, na hora de publicar o comentário de Ramon e fazer a devida correção, acabamos excluindo o post involuntariamente.

E como não tínhamos o texto em mãos, pois não estávamos mais na redação, conseguimos fazer isso só agora.

Ramon – se esse realmente é o nome do leitor – chegou a questionar nossa escolaridade, colocando a palavra “jornalistas” assim mesmo, entre aspas, e alegando que não tínhamos sequer a quarta série (como se isso tornasse alguém pior ou melhor que outro).

Compreensível a sua revolta, afinal, o nosso erro de cálculo realmente foi grotesco.

Mas vamos lá, meu caro Ramon. No post abaixo, segue o texto que havíamos publicado e apagamos sem querer. Agora, com a devida correção feita pelo senhor.

Fazemos questão de dar essa satisfação aos nossos amigos leitores para não passar pela cabeça de ninguém que, por termos errado feio e recebido uma crítica, apagamos o post “na cara dura”. Isso jamais.

Ramon, muito obrigado pela sua contribuição e participe sempre do Diário da Serra.

A propósito, desde já fica o convite para uma roda de chimarrão e, se for de seu interesse, podemos lhe apresentar nossos diplomas.

Grande abraço e sucesso ao amigo!

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Produção brasileira cai em dias de jogo da seleção canarinho pela Copa do Mundo

30 de junho de 2010 1

Ocasiões em que o Brasil quase não produz: fins de semana, feriados, Carnaval e jogos da seleção canarinho pela Copa do Mundo.

É impressionante como o brasileiro leva a sério o Mundial de futebol. E está muito claro que o país fica praticamente improdutivo nas cerca de duas horas em que as camisas amarelas estão em campo, contando os momentos antes e pós jogo.

Pois pensando nisso, o Diário da Serra fez um levantamento “muito importante”.

Na segunda-feira, teoricamente o dia mais movimentado da semana, o Brasil jogou pelas oitavas-de-final da Copa contra o Chile. Felizmente, com vitória brasileira por 3 a 0.

O jogo começou às 15h30min e acabou por volta das 17h30min. Ou seja, quem tinha que trabalhar até as 18h, só no dia seguinte.

Assim, no período entre 15h30min e 18h, o e-mail profissional de Pablo Gomes recebeu 15 mensagens. Pouco, bem pouco para uma segunda-feira.

Então resolvemos fazer a comparação com o mesmo período de terça-feira, quando não tinha jogo do Brasil pela Copa.

E o e-mail não parava. Das 15h30min às 18h, foram 50 mensagens, mais que o triplo do dia anterior.

Ou seja, pelos nossos cálculos, em dias de jogo do Brasil pela Copa do Mundo, mesmo em plena segunda-feira, a produção do país cai 70% (50 e-mails antes, 15 depois, 35 a menos, compreendido?).

É claro que o levantamento do Diário da Serra não tem validade nenhuma e é uma brincadeira, apesar de ter um fundinho científico.

Mas é fato. E já dá para ter uma boa ideia do que a nação perde vendo a seleção pela TV.

E viva o e-mail. E viva a matemática. E viva a Copa. E viva o Brasil!

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Presos suspeitos de atirar em policial e jornalista

29 de junho de 2010 0

Adão e Pamela foram atendidos no hospital e liberados na mesma tarde em que levaram os tiros. Foto: Pablo Gomes (28/11/2009)

Foram presos no sábado, em Otacílio Costa, dois homens suspeitos de serem os autores dos tiros que atingiram o policial ambiental Adão Rodrigues Mariano e a jornalista Pamela Marin, da RBS TV Centro-Oeste, na tarde de 28 de novembro do ano passado.

Na ocasião, Pamela e o cinegrafista Fabiano Souza acompanhavam a Polícia Ambiental em uma fiscalização contra a pesca predatória no Rio Canoas, na localidade de Passo do Souza, no interior de Otacílio Costa.

Os repórteres e três policiais estavam em uma embarcação de alumínio quando foram surpreendidos por tiros disparados do meio da mata às margens do rio. Os policiais revidaram e os disparam cessaram.

Pamela e Adão foram alvejados na perna e conduzidos ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, onde foram atendidos e liberados na mesma tarde.

A Polícia Civil de Otacílio Costa assumiu o caso e chegou a alguns suspeitos, mas nenhum foi confirmado, chegando-se a cogitar que o crime jamais fosse solucionado.

Mas com o andamento das investigações, os policiais colheram provas para incriminar os dois homens, presos no sábado em virtude de mandado de prisão temporária de 30 dias contra ambos.

Pablo Gomes, Otacílio Costa

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Água, por favor!

29 de junho de 2010 2

Toda a imprensa de Lages, inclusive o Diário da Serra, divulgou ao longo da semana passada que no último domingo faltaria água em toda a cidade devido a manutenções técnicas na rede de abastecimento.

Certo. Manutenções são necessárias em toda e qualquer máquina. Mas essa realizada no domingo está causando um problemão para muitos lageanos.

O serviço se estendeu por todo o domingo, e a água foi acabando aos poucos nas casas e prédios sem caixa.

A prefeitura já havia alertado que a água começaria a voltar apenas no domingo à noite, mas que na segunda-feira alguns bairros mais altos ainda estariam sem água.

Recebemos algumas mensagens no blog de moradores reclamando da falta de água em suas casas. A última chegou às 22h desta segunda.

Já na manhã desta terça-feira ouvimos relato de falta de água inclusive no Centro da cidade. E em algumas rádios locais, o assunto ganhou destaque.

A Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) esclareceu ainda na semana passada que o serviço foi feito no domingo por ser um dia em que, teoricamente, se consome menos água em Lages, e que o trabalho só não havia sido realizado antes em virtude da 22ª Festa Nacional do Pinhão, quando a cidade estava cheia de gente.

Alguns moradores questionam a viabilidade técnica de os trabalhos terem sido feitos por etapas, a fim de evitar o grande transtorno que se instalou.

Fica a sugestão para as próximas manutenções. E o “agradecimento” por não estarmos em pleno verão…

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Falando em água...

29 de junho de 2010 1

Não sabemos o que significa nem qual a sua importância, mas o "gotão" do chafariz do Calçadão de Lages não é dos mais bonitos. Foto: Alvarélio Kurossu

Faz alguns dias que os lageanos se deparam com uma estrutura um tanto estranha no Calçadão da Praça João Costa, no Centro da cidade.

O “monumento” está dentro do chafariz da praça e dá a impressão de representar uma gota de água. O que significa aquilo?

Mas pelo menos na manhã desta terça-feira, o chafariz estava desligado.

Sinceramente e com todo o respeito, aquele “gotão” todo remendado não é dos mais bonitos e, particularmente, prefiro o chafariz ligado.

Assim que voltar a água, claro.

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Yo soy argentino, home do céu

28 de junho de 2010 7

Com a camisa da Argentina, o lageano Edilson foi secar o Brasil. Tomou vaia, mas valeu a festa. Fotos: Alvarélio Kurossu e Pablo Gomes

Difícil imaginar que no Brasil existam brasileiros que torcem contra a seleção canarinho e, mais que isso, a favor da Argentina. Pois existem sim.

Um deles é o auxiliar administrativo Edilson Arruda, de 29 anos, há quatro funcionário da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), de Lages.

Desde criança Edilson é torcedor da Argentina, pois é um admirador da garra dos hermanos.

Por outro lado, acredita que falta amor à camisa na seleção brasileira.

Edilson tem quatro camisas da Argentina e nenhuma do Brasil.

Nesta segunda-feira, ele assistiu o jogo entre Brasil e Chile com os colegas de trabalho e a esposa, Edinara Espíndola, 29, na Uniplac.

Ela com a camisa amarela, ele com a camisa azul, “secando” a gente.

E com a vitória dos brasileiros, o que nos deixa mais próximos de uma final contra os hermanos, Edilson não escapou de uma sonora vaia.

_ Normal, já estou acostumado _, disse Edilson, bem humorado e confiante no terceiro título argentino em Copas do Mundo.

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Comemoração sem cinto rende multa

28 de junho de 2010 0

Policiais militares multaram motoristas que estava sem o cinto de segurança na carreata para comemorar a vitória do Brasil. Foto: Alvarélio Kurossu

Acabado o jogo entre Brasil e Chile na tarde desta segunda-feira, com a vitória de 3 a 0 da selação canarinho, resultado que a coloca nas quartas-de-final da Copa do Mundo contra a Holanda, os lageanos, como em todos os 5.565 municípios brasileiros, saíram às ruas da cidade para comemorar.

Para evitar complicações no trânsito e garantir a segurança das pessoas que foram ao Centro, a Polícia Militar fechou algumas das principais ruas.

E na esquina das ruas Correia Pinto e Nereu Ramos, um dos pontos mais movimentados de Lages, os policiais aproveitaram a oportunidade para multar vários motoristas infratores que passaram por ali, principalmente por falta de cinto de segurança.

Muitos reclamaram, mas não é de hoje que o uso do cinto é obrigatório.

Assim, não resta outra alternativa se não pagar a multa.

E usar o cinto da próxima vez.

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share

Crack, nem pensar

24 de junho de 2010 0

O Grupo RBS uma grande mobilização no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina no sábado, Dia Mundial de Combate às Drogas.

Simultaneamente nas 18 praças de atuação da RBS serão realizadas blitze com distribuição das pulseiras da campanha Crack, nem pensar e ainda material explicativo sobre como ajudar os 20 projetos sociais que estão captando recursos da campanha através do Portal Social.

Mais de 75 mil pulseiras e 90 mil fôlderes serão entregues gratuitamente às comunidades dos dois estados, estimulando a doação e a prevenção.

Nas capitais Florianópolis e Porto Alegre as pulseiras serão entregues pelos jornaleiros, em seus pontos de distribuição.

A mobilização em Santa Catarina ocorre em Lages, Criciúma e Joinville.

Aqui em Lages a ação ocorrerá das 10h às 12h30min nos cruzamentos das avenidas Presidente Vargas com Belizário Ramos e Belizário Ramos com Duque de Caxias e no semáforo em frente à praça da Catedral.

Além da distribuição das pulseirinhas do Crack, nem pensar, haverá um pedágio em favor da Associação Lageana de Assistência aos Menores (Alam), com participação de voluntários do Instituto Paternidade Responsável e colaboradores do Grupo RBS.

A campanha e a adoção de projetos

Apoiada em quatro pilares – publicitário, editorial, institucional e mobilização do público interno – em seu segundo ano a campanha Crack, nem pensar tem o objetivo de evitar que mais pessoas experimentem a droga, impedindo o aumento do número de usuários.

Uma das novidades de 2010 é a adoção de projetos sociais de prevenção ao uso de drogas, especialmente o crack.

Sob a coordenação da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS), 20 instituições do RS e SC serão beneficiadas com até R$ 20 mil, dependendo da mobilização de suas comunidades.

As doações podem ser feitas por pessoas e empresas no Portal Social. Ao completar R$ 10 mil, a FMSS dobra o valor arrecadado.

No final, a mobilização poderá resultar na destinação total de até R$ 400 mil a ações preventivas.

Bookmark and Share

Vai faltar água em Lages no domingo

24 de junho de 2010 5

No próximo domingo faltará água em toda a cidade de Lages, das 8h às 20h.

Nos pontos mais altos, o abastecimento só será restabelecido na segunda-feira.

A falta de água será causada pelos serviços de reparos na caixa da Estação de Tratamento de Água (ETA) e de limpeza de um poço, entre outros serviços de manutenção da rede de abastecimento de água potável.

Paciência…

* Com informações da Assessoria de Comunicação da prefeitura de Lages

Bookmark and Share

Um show de jornalismo

24 de junho de 2010 2

A fantástica cena no topo de uma montanha é apenas uma das belíssimas imagens publicadas no blog Sem Rumo na Copa. Foto: Pedro Rockenbach

Se o bom jornalismo já é lindo, quando feito com carinho e capricho fica ainda mais especial.

Fazemos questão de exaltar aqui o maravilhoso trabalho dos amigos Diego Madruga, Pedro Rockenbach e Renan Koerich, jornalistas do Grupo RBS, lá na África do Sul.

Os malucos foram para o país da Copa do Mundo com uma proposta: com pouco dinheiro e mochilas nas costas, saíram da Cidade do Cabo com destino a Joanesburgo, distante 1,4 mil quilômetros.

Para contar essa louca e inesquecível aventura, os repórteres criaram o blog Sem Rumo na Copa.

Aliás, um dos melhores blogs que vi até hoje.

Diferente de todas as outras coberturas jornalísticas, o Sem Rumo na Copa mostra uma África muito além da capital mundial do futebol.

Pode procurar em jornal, rádio, TV, internet. Não tem.

Tomadas as devidas proporções de três malucos “perdidos” no berço do mundo com um notebook e uma câmera fotográfica, o blog dos caras é o melhor. Fantástico!

Bastidores, curiosidades, pontos turísticos e históricos – como a cela onde Nelson Mandela ficou preso -, personagens, as torcidas nas ruas, entrevistas, vídeos e lindas, lindas fotos.

Um show, um exemplo, uma aula de jornalismo a cada post.

Indique a quem você conhece: www.diario.com.br/semrumonacopa.

Diego, Pedro e Renan. Parabéns, amigos. Que orgulho, que honra trabalhar com vocês.

E que prazer acessar o Sem Rumo na Copa todos os dias, várias vezes ao dia.

Uma pena que a Copa acaba daqui a pouco…

Pablo Gomes, Lages

Crack, nem pensar

Bookmark and Share