Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mundo cão: a tragédia de Neguinha e sua amiga

30 de setembro de 2010 22

Menina chora a morte de sua cadelinha, num gesto de extrema compaixão entre uma criança e um animal. Foto: Alan Pedro

Acabo de presenciar uma cena comovente, de chorar…

Falando ao celular em frente ao prédio do Grupo RBS em Lages, na avenida Belizário Ramos, em frente ao Fórum, ouço um barulho que parecia vir de um carro e, logo em seguida, vejo uma menina chorando à beira do Rio Carahá, margeado pela avenida.

Ela tem sete anos e estava desesperada, pois sua cadela Neguinha, querida amiga e fiel companheira de todas as horas, acabara de ser atropelada.

O animal rolou barranco abaixo, com os ferimentos no corpo deixando à mostra os filhotinhos que nasceriam em poucos dias. Sem vida, Neguinha caiu no rio e foi levada pela correnteza.

A menina ficou inconsolável e, enquanto aguardava o seu pai, que estava no trabalho, lamentava a morte da amiga.

_ Ela era muito querida, a gente brincava um monte. Que tragédia _, dizia a pequena com a voz embargada e soluçando de tanto chorar.

_ Fica calma, daqui a pouco você consegue um cachorrinho novo para você _, disse eu, um adulto que vive nesse mundo muito louco.

_ Mas ninguém é como a Neguinha. Ela ia ser mamãe e eu estava dando banho nela para ficar bonita e cheirosa _, sentenciou a menina, com o mais puro e inocente dos corações e segurando a corrente da cadela com as lágrimas caindo sobre sua pequena mão.

Que tristeza! Fazia tempo que, acompanhando tragédias e tanta coisa ruim no jornalismo e fora dele, eu não vivia um momento tão comovente.

Neguinha e seus filhotes morreram em um acidente. Por algum tempo, morreu também a alegria da garotinha.

Ela vai se recuperar. Certamente amanhã ou depois um novo cachorrinho fará parte do seu dia, e ela vai amá-lo tanto quanto amava a Neguinha.

Sigamos todos nós, adultos sem noção e com coração de pedra, este exemplo de amizade verdadeira e compaixão extrema entre uma criança e um bichinho de estimação.

Os senhores que vão comemorar a conquista de importantes e lucrativos cargos públicos na eleição de domingo, sigam este exemplo.

Os motoristas que andam malucos por aí e os monstros que maltratam os animais, sigam este exemplo.

Vai em paz, Neguinha. Fica em paz, cabeça erguida e bola pra frente, menininha.

Mundo cão!

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Comentários (22)

  • Névio Fernandes Filho diz: 30 de setembro de 2010

    É um caso muito desolador, a nossa cidade pela quantidade de carros está se tornando um grande caos urbano. Será que o crescimento econômico e o progresso como nos bem afirma o repórter é o fim fundamental de nossa vida, ou ainda as coisas simples é que dão sentido para a nossa existência.
    É claro que neste embate eleitoral, que coloca em cheque cargos e dividendos políticos, ninguém irá dar bola para uma menininha com a morte de seu animal de estimação.
    E esta pessoa que atropelou o animal se fosse mais humana, quem sabe poderia fazer uma visita a esta menina e oferecer-lhe um novo animal, uma compensação irrisória perto de uma amizade já solidificada.
    A insensibilidade humana será a nossa ruína.

  • Si. diz: 30 de setembro de 2010

    Bom eu chorei so ler a noticia.
    Coração de criança é puro sem maldade , acredito que ela nunca em sua vida toda vá esquecer desse cachorrinho ,Mas a vida vai lhe ensinar que nada neste mundo nos pertence de verdade .O triste foi o fim tragico do bixinho e a dor da menininha.

  • Vania Lima diz: 30 de setembro de 2010

    Isso mesmo senhores políticos prestem bem atenção no gesto de carinho e amor dessa menina. Tadinha tomara que apareça um caozinho bem legal pra ela.

  • Guilherme diz: 30 de setembro de 2010

    Bom saber que existe amor ainda.

  • Jamile diz: 30 de setembro de 2010

    Ô dó… Dói só de ler a matéria! Que foto expressiva, pobre garotinha!

  • josé ernani freitas diz: 30 de setembro de 2010

    Pablo, seu texto é primoroso, infelizmente, o tema que é altamente desagradável, mas
    que acontece. A visão de atropelamento de um animal, mesmo desconhecido é horrível,
    imaginemos a situação dessa pobre bonequinha, que perdeu sua preciosa amiguinha, na
    forma como ocorreu.
    Os pais, os parentes e os amigos dessa garotinha devem dispensar-lhe todo o carinho e
    atenção, para tentar neutralizar os efeitos traumáticos da infausta ocorrência.
    E que tiremos desse fato, o exemplo, que esses animaizinhos têm que andar sempre
    presos com coleiras e guias adequadas.

  • Emanuel de Souza diz: 1 de outubro de 2010

    Parabéns ao escritor, isso sim é um sentimento puro, se todos nóis se preocupace com uma pura amizade, o mundo não estaria como esta , mortalidade, assacinatos, pobreza, certo esta o comentário de Wania de Lima, se os politicos refletirem e seguir o caminho dessa menina meiga e mortal, pois ali sim tem um sentimento de humanidade, não são alguns politicos que apenas pençariam que é um cachorimho.
    Dominho esta ai? Vejam em quem Votar?

  • Aderbal Aguiar diz: 1 de outubro de 2010

    >> Fica calma, daqui a pouco você consegue um cachorrinho novo para você
    Frase que nós falamos em 100% das vezes, mas é impossível, sempre repetimos este erro…
    A história e a foto me quebraram no meio. Parece que foi uma fatalidade, sem culpados nem responsáveis. Que tudo dê certo pra ela.

  • Deb diz: 1 de outubro de 2010

    Mas a menina tem razao. Nenhum cão é igual ao outro…

  • Raquel diz: 1 de outubro de 2010

    Que peninha dela… Eu tinha cachorrinhos quando era pequena e sei o quanto eles nos fazem companhia.

  • João Paulo Borges diz: 1 de outubro de 2010

    A pureza de uma criança e a lealdade de um cachorro são duas coisas que se completam de um forma tão natural que nem Freud explica. O amor dessa menina pela neguinha é algo que deveria servir de exemplo para nós seres humanos que muitas vezes agimos como seres irracionais e nós achamos os mais inteligentes. Bela história. Parabéns Pablo pela narrativa. Comovente. Sensibiliza até o ser mais insensivel.

  • Allan Miranda diz: 1 de outubro de 2010

    Parabéns Pablo, excelente exemplo de vida real.

  • Elisandro diz: 1 de outubro de 2010

    Parabéns Pablo Gomes por sua sensibilidade e humanidade diante de um fato que passa despercebido tantas vezes. Amizade sem interesses é algo raro.
    Ao dirigir nossos automóveis por ai, vamos tomar cuidado para não despedaçar o coração de uma criança.

  • Nilton diz: 1 de outubro de 2010

    Eu sei o que está sofrendo a minha filha. A tristeza tomou conta dela. Obrigado pelo teu profissionalismo e sinceridade nas informações. Conseguiu transmitir a pureza do amor entre o Ser Humano e os Animais, ambos criados por DEUS. Um abraço.

  • liliani diz: 1 de outubro de 2010

    nossa! dói muito qdo perdemos alguem ou algo q nos dedicamos e amamos cada dia..principalmente qdo criança..pois fica gravado no coração..
    Essa vida d cão q criamos cada dia com nossa impaciência, intolerância, desamor, mau-humor e correria faz com q não damos conta do q realmente temos q viver esquecendo do verdadeiro amor .Amor de pai e mãe q estão longe, mas pensando como esta meu filho?. De filhos q vivem no mesmo teto q seus pais, mas sem nenhum carinho, atenção caindo ou indo para o caminho da perdição e pensando muitas vezes,: Poxa, me dê um pouco de atenção, um abraço. Esse AMOR q essa criança demonstra pelo seu caozinho, m deixa triste pela situação, pois ja passei por isso, mas fico muito feliz e torço para q essa menina, meus filhos e todas as crianças q stão se desenvolvendo,continue com esse amor pelos animais, pelas PESSOAS qdo sim começar a viver nessa vida em q vivemos em busca do satisfazer-me.
    Em relação aos POLÍTICOS, eles vão pq nós os colocamos e com o poder do dinheiro no mundo de hj…isso é q sta importando..Na igreja não existe mais o DEUS DO AMOR, existe o DEUS DINHEIRO, na Vida nada hj relaciona-se ao amor e sim: vou fazer por mim os outros..q se…..não da pra terminar pq minha educação não foi feita para humilhar ou desdenhar alguém.
    Mas eu acredito no poder da mudança, acredito no amor e sei q existe pssoas hj q tbm têm corações bons, pelo bem..essa faz a pequena diferença..

  • Arnaldo Muller diz: 1 de outubro de 2010

    Li a matéria pela manhã e fiquei até agora pensando nela.
    A foto da criança é de rachar o coração…..tadinha.
    Cena pra lá de triste. Se eu pudesse fazer algo por ela…..

  • Iran M diz: 1 de outubro de 2010

    … lamentável se não fosse trágico! Me comovi e escrevo para demonstrar minha indignação pela fatalidade!!!

  • Névio Fernanders Filho diz: 1 de outubro de 2010

    Meu caro Pablo, em Lages temos a ALPA, uma associação que presta relevantes serviços filantrópicos na área de proteção aos animais. Com certeza esta associação poderá ser contactada e oferecer a esta menina um animalzinho que porventura esteja a necessitar de cuidados e carinhos que ela tanto dedicava a sua cachorrinha.

  • Pe. Inácio Gebert diz: 1 de outubro de 2010

    É por isso que Jesus diz: O Reino dos Céus é das crianças. Pela sua pureza, simplicidade, verdade, amor por todas as criaturas, desde um anim al de estimação, uma flor, uma planta e mais ainda amor pelo próximo. Que exemplo para nós adultos. Peço a Deus todos os dias que me conserve o coralão de criança.

  • Pe. Inácio Gebert diz: 1 de outubro de 2010

    É por isso que Jesus diz: O Reino dos Céus é das crianças. Pela sua pureza, simplicidade, verdade, amor por todas as criaturas, desde um anim al de estimação, uma flor, uma planta e mais ainda amor pelo próximo. Que exemplo para nós adultos. Peço a Deus todos os dias que me conserve o coração de criança.

  • Cesar ´´RASEC´´ Gomes diz: 2 de outubro de 2010

    Imagino o que é perder um cão de estimação, porque já aconteceu comigo, deixo aqui uma dica para essa pequena Menina e com um coração enorme e também a seus Familiares ou até mesmo aqueles que tenham e possam ajudá-la e sem desmerecer qualquer raça canina, mas, recomendo a Raça SAMOIEDA que é um Show de Cão, seja Macho ou Femea, até acredito e dou preferência por fema, pois, trata-se de um Cão “digamos também criança“ e se procurarem na Internet o Cão SAMOIEDA irão encontrar, SAMOIEDA o Cão que ri. E existe algo tão sincero quanto a um sorriso.

  • Cesar ´´RASEC´´ Gomes diz: 2 de outubro de 2010

    Em tempo, quanto aos Políticos 100 comentários. Como diz aquele Jornalista qual tenho grande admiração e respeito. “ ISTO É UMA VERGONHA“ Claro, que toda regra tem exceção.

Envie seu Comentário