Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de fevereiro 2011

Policial aposentado envolvido em contrabando em Lages

28 de fevereiro de 2011 0

No Tempra foram encontrados 1500 massos de cigarro. Foto: Vani Boza

Um policial militar aposentado de 47 anos foi preso em flagrante por contrabando na madrugada de domingo, 27, numa operação da Polícia Federal. Além dele foram presas em flagrante mais três pessoas envolvidas no caso. A Polícia não divulgou o nome dos envolvidos.

A Polícia Federal recebeu uma denúncia anônima, e então começou a investigar os envolvidos no caso. Depois de dois meses de investigação, no domingo, Claudete F.V.S, 47 anos, Tiago F.S e Jonathan C, os dois com aproximadamente 25 anos foram presos em flagrante quando chegavam em Lages com as mercadorias contrabandeadas. Os produtos deveriam ser entregues à J.A.R, o policial aposentado.

No ato da prisão a polícia apreendeu três carros que eram utilizados para transportar os produtos, 1500 pacotes de cigarros e 600 comprimidos de Pramil.

A abordagem foi feita no Bairro Santa Helena. Um Tempra, conduzido por Jonathan vinha com toda a mercadoria, um Astra, onde se encontravam Tiago e Claudete, funcionava como batedor, e um Pólo, onde foram encontrados os comprimidos Pramil, estava com J.A.R, o Policial aposentado.

J.A.R, por ser Policial aposentado e atualmente trabalhar no presídio de Lages, foi preso e encaminhado para o Batalhão de Engenharia e Combate. Os outros três envolvidos foram encaminhados para o presídio.
Os quatro responderão pelos crimes de contrabando, pelo qual podem pegar de um a quatro anos de prisão, e por portarem medicamentos sem registro na Anvisa, pelo qual podem pegar de 10 a 15 anos.

Vani Boza, Lages.

Bookmark and Share

Até quando?

26 de fevereiro de 2011 1

Moradora mostra um dos ofícios que foi enviado à Secretaria de Obras.

O Corpo de Bombeiros precisou ser chamado para apagas as chamas. Fotos: Vani Boza

Onze horas da manhã, no Bairro Habitação, Rua Erva Mate moradores saem de casa para manifestar a revolta contra a falta de infraestrutura nas ruas do bairro. A tarde foi a vez dos moradores da Rua Cirilo Vieira Ramos se manifestarem. Pneus foram queimados, faixas foram colocadas nas casas e muros. O que eles querem? Solução.

As ruas do bairro estão em estado precário. Os burracos e a falta de manutenção quase tornam impossível transitar por lá. Iolita Nunes de Oliveira, Presidente da Associação dos Moradores já diz que já enviou vários ofícios à Secretaria de Obras e Meio Ambiente, mas até hoje nenhuma solução foi dada ao problema.

O corpo de Bombeiros e a Polícia Militar precisou ir até o local para conter as chamas e a revolta das pessoas, que reivindicam uma solução para o problema que já se alastra a mais de um ano.

Zilma de Fátima Oliveira, moradora da Rua Erva Mate diz que desde que o saneamento básico foi implantado, os buracos apareceram e nunca mais a prefeitura arrumou. Ela conta que a manifestação foi ideia dos moradores que cansados de esperar, resolveram agir por conta própria.

_ Hoje foi aqui, amanhã vai ser em outra rua _, afirma.

Roselene Aparecida de Ávila, que mora na Cirilo Vieira Ramos reclama do descaso das secretarias com a situação. Ela diz que é difícil até mesmo sair de casa de carro, porque a situação da rua é lastimável. Na semana passada, Roselene conta que um jovem sofreu um acidente de moto ao tentar desviar de um dos buracos.

Vani Boza, Lages.

Bookmark and Share

Polícia resgata pássaros silvestres

25 de fevereiro de 2011 0

Entre as espécies apreendidas pela Polícia Ambiental está a Tia-Chica que, no mercado clandestino, chega a custar até R$ 3 mil um único exemplar. Fotos: Pablo Gomes

A Polícia Ambiental de Lages, na Serra Catarinense, resgatou no fim da tarde desta sexta-feira 12 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro em uma casa no Centro da cidade.

Os policiais foram até o local após denúncia. Pela vidraça de garagem, avistaram as gaiolas e bateram à porta, mas ninguém atendeu.

Mas como viram que alguém se movimentava no interior da residência na tentativa de esconder os pássaros, os policiais entraram à força.

Dentro da casa foram encontrados os 12 pássaros de diferentes espécies, como Trinca-Ferro, Canário-do-Reino, Cabeça-de-Velho, Azulão e Tia-Chica que, segundo os policiais, é bastante procurado no mercado clandestino e chega a custar até R$ 3 mil um único exemplar.

Além dos pássaros, foram apreendidas mais cerca de 30 gaiolas vazias e algumas armadilhas. Todo o material foi levado à sede da Polícia Ambiental.

Os bichinhos serão avaliados por um biólogo e um veterinário e, depois, encaminhados ao Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetras), em Florianópolis.

Alguns conseguirão voltar à natureza daqui a algum tempo, mas outros passarão o resto da vida sob cuidados humanos.

O proprietário da casa e que prendia os pássaros vai responder a processo por crime ambiental e será multado em R$ 500 por animal, num total de R$ 6 mil pelos 12 exemplares.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Condenada, mas livre

25 de fevereiro de 2011 0

Cristiane comemorou a sentença com a família. Foto: Pablo Gomes

Condenada por homicídio de sua filha de 10 meses, mas livre para voltar para casa. Foi como terminou a noite de quinta-feira para Cristiane Lima Costa, de 30 anos.

Após 10 horas de júri popular, ela ainda foi inocentada por outro crime: a tentativa de assassinato de sua outra filha, de sete anos.

Cristiane pegou 18 anos e oito meses de prisão. Mas como foi considerada semiimputável (parcialmente responsável pelos seus atos), sua pena foi reduzida em dois terços — caiu para seis anos e dois meses.

Mesmo assim, a mulher que passou sete meses na cadeia, poderá dormir em casa. Ela terá que cumprir uma rotina de avaliações psiquiátricas, que vão durar de um a três anos. Depois desse período, dependendo da avaliação médica, ela pode ir para a cadeia.

Conforme a denúncia do Ministério Público, Cristiane, após ter dado uma mamadeira de leite à pequena Camila, de 10 meses de vida, teria colocado a menina sobre a cama e apertado o pescoço dela até matá-la.

Logo depois, teria enrolado um cordão de nylon ao pescoço da filha mais velha, para asfixiá-la. Em seguida, pegou uma faca para cravar no próprio peito, mas foi contida pelo irmão.

Composto por sete jurados — cinco homens e duas mulheres —, o júri popular começou às 10h desta quinta-feira.

Poucas pessoas acompanharam o evento. Todas as seis testemunhas garantiram não terem visto sinais de agressão no corpo da menina mais velha, nem mesmo no pescoço, onde supostamente Cristiane teria enrolado o fio de nylon a fim de praticar o homicídio.

Todas disseram que ela e a menina têm um relacionamento muito afetivo e que a pequena conta os dias para visitar a mãe no presídio.

Por estas informações, a defesa de Cristiane sustentou que ela era inocente na acusação de tentativa de homicídio.

Segundo a defesa, Cristina sofre de depressão profunda desde os 14 anos. Tanto que, antes do crime, quando tentou se matar com uma facada no peito, ela havia tentado suicídio em outras três ocasiões, ateando fogo ao seu corpo.

Além disso, Cristiane fez exames no Hospital de Custódia de Florianópolis e foi considerada semiimputável.

Segundo o advogado Clauri Olávio da Silva, até mesmo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atendeu Camila e tentou reanimá-la no dia de sua morte, aponta que o bebê pode ter morrido ao se afogar com o leite enquanto mamava.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Festa do Pinhão: terminam nesta sexta-feira as inscrições para o concurso de Rainha e Princesas

24 de fevereiro de 2011 0

Aline Maciel, Roberta Baggio e Kellen Correa foram as representantes da festa do ano passado e vão passar suas faixas no próximo dia 17 de março. Foto: Toninho Vieira, Prefeitura de Lages, Divulgação

As garotas que desejam representar uma das festas mais importantes de Santa Catarina têm até esta sexta-feira para alimentar o sonho.

É quando terminam as inscrições para o concurso de Rainha e Princesas da 23ª Festa Nacional do Pinhão, que ocorrerá de 16 a 26 de junho, em Lages, na Serra Catarinense.

As interessadas têm até as 19h para se candidatar na sede da Fundação Cultural, localizada na Rua Benjamin Constant, no prédio do Museu Thiago de Castro, esquina com o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, bem no Centro da cidade. O telefone da Fundação é o (49) 3224-7425.

Conforme o regulamento, as garotas deverão ter 18 anos completos até a data do concurso (17 de março), ser solteiras (sem convivência que caracterize união estável), não ter filhos e morar em Lages há pelo menos um ano.

Para a inscrição é preciso apresentar cópia da Carteira de Identidade, duas fotos 15 x 21, uma de corpo inteiro e outra do rosto.

O evento para a escolha da corte que vai substituir Roberta Baggio, Kellen Correa e Aline Maciel – respectivamente a rainha, primeira e segunda princesas do ano passado – será no próximo dia 17, no Clube Caça e Tiro.

Continua…

Bookmark and Share

Por falar em festa...

24 de fevereiro de 2011 1

Festa do Pinhão do ano passado teve recorde de público e superávit financeiro. Que o sucesso de 2010 se repita em 2011. Foto: Alvarélio Kurossu, 30/05/2010

Quanto à festa, vale lembrar que, no ano passado, o público total foi de 343.281 pessoas, sendo 268.281 (104.046 pagantes) no Parque de Exposições Conta Dinheiro e 75 mil no Recanto do Pinhão, montado no calçadão da Praça João Costa, no Centro da cidade.

Destaque também para o fato de que, após vários anos dando prejuízo, o evento do ano passado apresentou superávit.

Foram R$ 4.381.092,90 de receitas contra R$ 4.188.254,29 de despesas, num lucro final de R$ 192.838,61.

Por isso, aceite o convite de Lages e vem pra Festa do Pinhão!

* Com informações da Assessoria de Comunicação da prefeitura de Lages.

Bookmark and Share

Mulher acusada de ter matado uma filha e tentado matar outra vai a júri popular em Lages

23 de fevereiro de 2011 0

Está marcado para as 10h desta quinta-feira, no Fórum de Lages, o julgamento de Cristiane Lima Costa, acusada de ter matado uma filha e tentado matar outra, em julho do ano passado.

Cristiane foi pronunciada (formalmente denunciada) por duplo homicídio, um consumado e outro tentado, ambos duplamente qualificados (pela asfixia e pela surpresa), praticado contra suas filhas, uma de dez meses e outra de sete anos.

Os fatos ocorreram no dia 17 de julho do ano passado, no interior da casa de Cristiane, no Bairro Copacabana.

Segundo a denúncia, Cristiane, após ter dado uma mamadeira de leite à filha de apenas dez meses, colocou-a em cima da cama e apertou o pescoço da menina até matá-la, conforme aponta o Laudo Pericial.

Logo após, a denunciada pegou um cordão de nylon e enrolou no pescoço da filha mais velha a fim de asfixiá-la.

Cristiane, no entanto, não conseguiu consumar o crime, já que foi surpreendida por seu irmão.
O júri popular começa às 10h e deve acabar somente à noite.

* Com informações da Assessoria de Comunicação de Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC).

Bookmark and Share

Pesquisa universitária vai orientar políticas públicas de atenção aos usuários de crack

23 de fevereiro de 2011 0

Um estudo desenvolvido na Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), sediada em Lages, deve contribuir com ações de políticas públicas de atendimento a usuários de crack.

O projeto de pesquisa do grupo de professores do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da universidade foi aprovado junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq) no fim do ano passado.

Intitulado ‘Análise da rede de serviços públicos de saúde na atenção e cuidado a usuários do crack’, o trabalho objetiva analisar como a rede pública de atenção e de cuidados a usuários de crack está estruturada em três municípios de Santa Catarina.

A partir do próximo mês, Lages, Rio do Sul e Curitibanos começam a receber a visita dos pesquisadores, que querem saber que abordagens terapêuticas vêm sendo realizadas nestas cidades, bem como as articulações da rede e se os aspectos norteadores da atenção integral proposta pelo Ministério da Saúde estão presentes.

Serão coletados dados a partir de documentos oficiais sobre a rede pública de serviços e depoimentos de gestores e profissionais da área.

O trabalho deve durar cerca de dois anos. Ao fim, as pesquisadoras pretendem contribuir com a geração de conhecimento para suprir lacunas acerca desse tema.

Espera-se que, com isso, haja a implementação de ações intersetoriais que garantam a integralidade da atenção e do cuidado aos usuários do crack, a fim de subsidiar ações e decisões resolutivas para os municípios.

Além disso, o grupo espera contribuir na gestão de políticas públicas voltadas à inserção de pessoas em situação de vulnerabilidade social como os usuários do crack.

Os pesquisadores planejam ainda realizar seminários em cada um dos municípios envolvendo a sociedade e os atores vinculados aos serviços de saúde participantes do estudo.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da Uniplac.

Bookmark and Share

Escolas em situação precária

23 de fevereiro de 2011 0

Paredes pichadas, banheiros sem água, alunos reclamam da falta de estrutura. Foto: Vani Boza

A situação das escolas estaduais Aristiliano Ramos e Flodoardo Cabral, em Lages não é das melhores. Paredes deixam à mostra pichações, infiltrações e sujeira. Banheiros estão sem água, não há bebedouros no pátio. Os alunos reclamam, a direção se explica e a gerencia garante reparos.

A gerente Regional de Educação, Fátima Ogliari fala que cuidar de uma escola não é fácil. Ao alunos não colaboram, picham as paredes, quebram vidros e não contribuem com a limpeza. Tudo isso vai deteriorando o patrimônio.

Ela garante que as escolas precisam de reformas, mas que não é possível faze-las todas de uma vez. Todo ano são feitos vários reparos nas escolas e cada questão é estudada e resolvida pela gerência assim que notificada pela direção.

Segundo Fátima, os bebedouros já foram orçados e devem ser instalados no decorrer do ano em todas as escolas, os banheiros e as paredes devem ser pintados e reformados, porém, tudo exige tempo e verba, é preciso ter paciência e colaborar para com a manutenção.

Desentendimento

No Aristiliano Ramos, os problemas vão além da infraestrutura. A direção sofre com um grupo de professores que se opõem à sua autoridade. Para mostrarem sua oposição, não respeitam horários, instigam alunos a se oporem à direção e provocam alvoroço, gritando nos corredores e desrespeitando o ambiente escolar.

A Diretora Márcia Helena Pinheiro Rocha diz que tenta amenizar a situação ignorando as provocações, mas que se preocupa com o andamento e aproveitamento dos alunos, afinal, essa revolta dos professores contra ela acaba prejudicando o ensino.

Vani Boza, Lages.

Bookmark and Share

Operação Transporte Escolar

23 de fevereiro de 2011 0

Os veículos são abordados e passam por uma vistoria para ver se há arregularidades no transporte. Foto: Vani Boza

A Polícia Militar, com o objetivo de tirar de circulação veículos de transporte escolar irregulares iniciou uma operação para supervisiona-los. A operação que começou na segunda-feira, 21, e deve ir até sexta-feira, 25, deve passar por vários bairros de Lages.

O Cabo Marco Cardoso, fala que ao apreender um veículo a PM faz uma vistoria para ver se há alguma irregularidade. A infração mais comum é o não uso do cinto de segurança, pelo motorista e, principalmente pelos alunos. Outras falhas que geralmente são observadas são a falta do tacógrafo, extintor e da carteira de autorização para conduzir veículo de transporte de pessoas.

Em dois dias de blitz, 15 veículos foram abordados e deles, 11 estavam com alguma irregularidade. Esses veículos foram notificados e os que estavam com falhas graves apreendidos pela PM.

Vani Boza, Lages.

Bookmark and Share