Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

"Nunca rasguei dinheiro ou comi caco de vidro"

29 de agosto de 2011 0
Projeto está em cerca de 75% e já consumiu uns R$ 15 mil. Foto: Vani Boza

Projeto está em cerca de 75% e já consumiu uns R$ 15 mil. Foto: Vani Boza

O publicitário lembra que o veículo construído na garagem de casa é um protótipo, daí estar sobre um chassi de Fusca, com dois bancos encardidos e um painel de Gol.

A carenagem está praticamente pronta, inclusive com portas verticais, as lambo doors, em referência ao Lamborghini.

Atualmente, Mancílio acredita que o projeto já está em cerca de 75% e lhe consumiu uns R$ 15 mil.

Quase todo dia ele mexe um pouco, reforçando com resina a fibra e o metal que dão corpo ao automóvel.

O ousado lageano admite que a engenhoca ainda está um tanto feia e que muitos duvidam da sua capacidade, mas garante que o projeto tem tudo para dar certo e sair do papel.

Mancílio prevê mais um dois ou três anos de trabalho até a conclusão. Até lá, espera contar com a parceria de alguma empresa do setor automotivo ou até mesmo de motores industriais para incorporar um motor elétrico ao seu invento, com velocidade e autonomia. Loucura? Talvez não.

_ O Santos Dumont inventou o avião. E muitos duvidavam. Por que eu não conseguiria construir um carro, já que gosto e tenho conhecimento? Nunca rasguei dinheiro ou comi caco de vidro, mas se ser corajoso é ser louco, então podem me chamar do que quiserem, pois o meu carro vai sair.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Envie seu Comentário