Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O Enzo Ferrari lageano

29 de agosto de 2011 1
Mancílio Figueiredo Carvalho está construindo na garagem de casa um carro inspirado na Ferrari. Foto: Vani Boza

Mancílio Figueiredo Carvalho está construindo na garagem de casa um carro inspirado na Ferrari. Foto: Vani Boza

Que atire a primeira pedra quem nunca cobiçou dirigir um daqueles carrões vermelhos de milhares de dólares com um cavalinho na frente.

A Ferrari causa fascínio em boa parte da população mundial. Muitos a desejam. Poucos a conquistam.

E como o dinheiro necessário para comprá-la é bem maior do que a maioria dos humanos consegue juntar a vida inteira, o jeito é improvisar.

Em uma casa humilde no Bairro Araucária, em Lages, vive um sujeito boa praça que sonha desde criança em ter uma Ferrari.

Só que o sonho dele é diferente, pois vai fazer seis anos que, aos poucos, está virando realidade.

Mancílio Figueiredo Carvalho é publicitário, tem 53 anos, é viúvo e pai de três filhos. Desde garotinho ele é maluco por Ferrari.

Sabe de todos os modelos, tem fotos, revistas, miniaturas e bonés, e pela televisão não perde uma corrida da escuderia italiana na Fórmula 1.

Com experiência em marketing, já tendo trabalhado com fibras em uma empresa que fabricava pranchas de surfe e com espírito inventor de Professor Pardal, Mancílio não quis esperar pelo improvável de um dia ficar milionário e se pôs a fazer a sua própria Ferrari.

A construção começou em outubro de 2005 sobre o chassi de um velho e simpático Fusca. A idéia era fazer um carro que homenageasse o fundador da companhia italiana, Enzo Ferrari, que morreu em 1988, aos 90 anos de idade. Mas não uma cópia fiel da Ferrari.

E assim, Mancílio buscou inspiração também em outras “naves” como o Lamborghini, o Corvette, a Maserati e a Ginetta.

_ O meu carro não é uma réplica da Ferrari. Ele parece com todos, mas não é igual a nenhum.

Continua…

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • Paulo Cesar Alves diz: 30 de agosto de 2011

    É cada louco…

Envie seu Comentário