Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Carro para deficientes físicos inventado na Serra de SC ganha parceiros e será produzido em escala comercial

15 de novembro de 2011 1

Tudo começou com um pequeno protótipo numa garagem. Em seguida, o projeto conquistou o Brasil e agora vai sair de vez do papel. Fotos: Vani Boza, março de 2011

Tudo começou com um pequeno protótipo numa garagem. Em seguida, o projeto conquistou o Brasil e agora vai sair de vez do papel. Fotos: Vani Boza, março de 2011

Um evento na manhã desta quarta-feira, em Florianópolis, vai marcar o início da realização do maior sonho da vida de um milhão de brasileiros.

Às 10h, no centro administrativo do governo de Santa Catarina, será oficializada a parceria entre o poder público e a iniciativa privada para a produção do carro que vai trazer independência aos cidadãos que vivem sobre cadeiras de rodas.

Tudo começou com a necessidade de um portador de deficiência física e o empreendedorismo de um grupo de amigos e, oito anos após uma conversa informal numa festa de aniversário, o projeto finalmente vai sair do papel para melhorar a vida de quem depende dos outros para quase tudo.

O Pratyko surgiu na garagem de uma casa em Correia Pinto, a 25 quilômetros de Lages, na Serra Catarinense, para atender as necessidades das pessoas com problemas de locomoção.

Com peças e acessórios de carros normais, rodas e pneus aros 13 e motor de moto 250 cilindradas a gasolina, o protótipo começou a ser construído em 2005 e foi concluído no início de 2011 após investimentos de aproximadamente R$ 100 mil.

Desde então, conquistou espaço em jornais, revistas e canais de televisão do Brasil inteiro e foi um dos destaques da Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech), segundo maior evento do gênero no mundo, que ocorreu em abril, em São Paulo.

Tamanha repercussão, principalmente entre as mais de 25 milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência no país, sendo um milhão de cadeirantes, atraiu a atenção do poder público, que vai aplicar dinheiro no projeto para que seja realidade o mais breve possível.

Continua…

Bookmark and Share

Comentários (1)

  • claudio renato soares do estreito diz: 16 de setembro de 2012

    Parabens pela criatividade algo tão importante para nós,por não temos atenção necessaria referentes calçadas tanto fiscalização nossos PREFEITO como falta etica dos COMERCIANTES utilizão como fossen deles DIFICULTANDO NOSSO DIREITO IR E VIR obrigado.

Envie seu Comentário