Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Kombirita: empreendedorismo e ecologia no paraíso

07 de fevereiro de 2012 5
Enquanto vendem bebidas e alimentos, Eliezer e Luzia trabalham a consciência ambiental e recolhem o lixo da praia. Foto: Pablo Gomes

Enquanto vendem bebidas e alimentos, Eliezer e Luzia trabalham a consciência ambiental e recolhem o lixo da praia. Foto: Pablo Gomes

Quem frequenta a Praia do Cardoso, ao lado do Farol de Santa Marta, em Laguna, no Litoral Sul de Santa Catarina, se deparou com algo diferente neste verão.

Desde o começo de janeiro, circula por ali uma velha Kombi vermelha e branca que está fazendo o maior sucesso.

Trata-se da Kombirita, uma ideia do casal Eliezer Carvalho e Luzia Warmling, morador da localidade de Cigana, do ladinho da Praia do Cardoso.

Eliezer e Luzia compraram uma Kombi 1974, deram uma reformada bacana e todo fim de semana se instalam na areia para vender o que todo mundo quer quando está na praia: água, refrigerante e cerveja gelada, além de algumas comidinhas que caem bem nestas horas, como pastel assado e geléia de açaí com granola.

Além do empreendedorismo e do oportunismo, já que na Praia do Cardoso não existe um comércio de bebidas e alimentos fixo na areia, a Kombirita trabalha a conscientização ambiental dos frequentadores do lugar.

Os clientes da Kombirita são incentivados a recolherem o lixo produzido enquanto estiverem na praia e, se não atenderem ao pedido, os próprios Eliezer e Luzia saem à cata da sujeira deixada pelos outros.

Assim, naquele canto onde a Kombirita está instalada, é raro ver um pedacinho de qualquer tipo de lixo jogado na areia ou na água.

Vida longa à Kombirita! E que a Praia do Cardoso, reduto de surfistas e gente bonita, continue para sempre sendo um paraíso!

Pablo Gomes, Laguna

Bookmark and Share

Comentários (5)

  • Taina Borges diz: 7 de fevereiro de 2012

    Quem dera todos fossem conscientes como o casal. Parabéns, Eliezer e Luzia.

  • Luzia diz: 8 de fevereiro de 2012

    Querido Pablo obrigado por divulgar nossa ideia…que a consciência chegue a todos…POIS DA NATUREZA NADA SE TIRA NADA SE DEIXA!!!!

  • Bruno Romão diz: 8 de fevereiro de 2012

    Isso prova que não importa o tamanho do negócio. Nenhuma empresa hoje pode pensar em um modelo que não contemple a sustentabilidade.

  • Guilherme Couto diz: 8 de fevereiro de 2012

    Amei a idéia deles…..melhor impossivel….Ja sabia dessa ideia a muito tempo….orgulho de ser amigos e irmãos do eliezer e da Lu…..

    Sempre que saio aqui do Nordeste….pra o Sul….se eu não passar na Praia do camacho….é mesmo que não ter ido….

    Amo vcs 2…..

  • josé ernani freitas diz: 8 de fevereiro de 2012

    Parabéns ao Eliezer e à Luzia pela ideia e por ajudarem na conservação desses
    lindos redutos da natureza, bem como, com seu exemplo, promoverem a
    conscientização ambiental.
    Sugiro, que além da Kombirita com seus comes e bebes, tentem agregar ao
    empreendimento pioneiro, um sanitário químico, que será de grande valia para
    os frequentadores e com retorno garantido, porque ao que me parece, esses
    locais não têm nenhum equipamento da espécie. Se tiver, perdoem-me pela
    ignorância.

Envie seu Comentário