Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Contadora e vereador teriam recebido R$ 243 mil

14 de junho de 2012 0

O delegado concluiu que a ex-contadora do Legislativo, Ana Maria de Carvalho, que trabalhava na Casa desde 1994, teria sido beneficiária de 25 cheques nominais a ela mesma e depositados em sua conta bancária ou descontados diretamente no caixa.

Só no ano passado, Ana teria recebido indevidamente um montante de R$ 175 mil. No dia 23 de dezembro, quando o esquema começou a ser descoberto, Ana foi encontrada morta com um tiro. A Polícia Civil concluiu que foi suicídio.

Nas investigações, foi apurado também que o vereador Valdeci Garcia (PMDB), presidente da Câmara no ano passado, teria recebido irregularmente 15 cheques.

Ele ainda teria sido beneficiado, segundo o delegado, com outros três cheques, um nominal a uma pessoa analfabeta, um nominal a uma pessoa já morta e que dá nome a uma rua e outro nominal ao proprietário de uma grande emissora de televisão do Brasil. Com essas práticas, Valdeci teria recebido R$ 68 mil.

Durante as investigações, o delegado constatou que o vereador estaria intimidando testemunhas a mentirem em seus depoimentos. Por isso, Valdeci foi preso e está na Penitenciária de São Cristóvão do Sul.

Ele foi indiciado por peculato doloso (usar do cargo público para se beneficiar), falsa comunicação de crime (como presidente, registrou queixa por furto de cheque da Câmara que, na verdade, teria sido emitido a ele) e falsidade ideológica (declaração falsa em documento público).

A reportagem do DC não localizou nenhum advogado de Valdeci para comentar o caso.

Continua…

Bookmark and Share

Envie seu Comentário