Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ex-presidente e diretora teriam sido negligentes

14 de junho de 2012 0

O vereador Osni Righes (PDT), presidente da Câmara até ser afastado pela Justiça, em maio; e a diretora da Câmara, Josette Ivana Almeida Closs, foram indiciados por peculato culposo, que é a negligência ao assinar os 43 cheques emitidos irregularmente em favor de Ana Maria e Valdeci.

O delegado deixa claro, porém, que não existem indícios de que Osni e Josette tenham sido beneficiados com dinheiro.

Os dois responderão por peculato culposo justamente porque eram as pessoas que assinavam os cheques da Câmara. Osni Righes não foi encontrado pela reportagem.

Josette, por sua vez, reforça a informação do delegado, de que ela não foi beneficiada com nenhum dinheiro.

Também diz que nunca suspeitou do esquema, até porque, como concursada no cargo de diretora da secretaria da Câmara há 15 anos, sempre assinou os cheques da Casa.

Continua…

Bookmark and Share

Envie seu Comentário