Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de junho 2012

Ceron é confirmado como candidato a prefeito

30 de junho de 2012 8

Antonio Ceron (PSD) e Sirlei Rodrigues (PP) serão os principais oponentes de Elizeu Mattos (PMDB) e Toni Duarte (PPS). Foto: Pablo Gomes

Quatro vezes deputado estadual, três vezes secretário de Estado e coordenador da vitoriosa campanha do amigo Raimundo Colombo a governador, Antonio Ceron, do Partido Social Democrático (PSD), foi confirmado na tarde deste sábado como candidato a prefeito de Lages, na Serra Catarinense.

A professora e ex-secretária municipal da Educação, Sirlei Rodrigues, do Partido Progressista (PP), concorrerá como vice.

Na eleição de outubro, Ceron e Sirlei deverão ser os principais oponentes do deputado estadual Elizeu Mattos, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), e do vereador Toni Duarte, do Partido Popular Socialista (PPS), que disputarão como candidatos a prefeito e vice, respectivamente.

Tanto Ceron quanto Elizeu concorrerão ao Executivo pela segunda vez cada um.

Ceron, então do PMDB, foi candidato a prefeito em 1988 e perdeu a disputa para Raimundo Colombo, do PFL, que se elegia para o primeiro de três mandatos.

Já Elizeu, pelo mesmo PMDB, foi candidato a vice de Décio Ribeiro, do PDT, em 2000, quando Colombo foi eleito pela segunda vez.

Agora, Ceron e Elizeu têm a chance de finalmente chegar à prefeitura. Mas como adversários.

Continua…

Bookmark and Share

Discursos empolgados e confiantes

30 de junho de 2012 1

Antonio Ceron e Sirlei Rodrigues receberam o apoio do governador Raimundo Colombo e do prefeito Renatinho, que voltaram a subir no mesmo palanque. Foto: Pablo Gomes

Na convenção deste sábado, realizada no Centro Serra Eventos e que contou com a presença de centenas de pessoas entre candidatos a vereador, correligionários e simpatizantes, Ceron e Sirlei foram homologados sob aplausos e discursos confiantes.

Entre os mais empolgados, estavam o governador Raimundo Colombo (PSD) e o prefeito de Lages, Renato Nunes de Oliveira, o Renatinho (PP), que subiram ao mesmo palanque novamente após duas eleições vitoriosas, em 2000 e 2004, quando foram eleitos e reeleitos prefeito e vice, respectivamente.

Renatinho assumiu como prefeito em 2006, quando Colombo concorreu ao Senado. E em 2008, a união foi interrompida quando Renatinho venceu a disputa contra Fernando Coruja (PPS) que, na ocasião, recebeu o apoio de Colombo e Ceron, mas agora, está com Elizeu.

_ Quis o destino e Deus, e eu sou um homem de fé, que estivéssemos juntos. A história de Lages registra com letras grandes e de ouro o seu nome _, disse Colombo a Renatinho, que chorou.

_ Lages não pode voltar para trás e tem que dar continuidade às administrações de Colombo e Renatinho. Por isso, o maior presente que eu poderia receber hoje no meu aniversário é a presença de vocês para homenagear o Ceron e a Sirlei _, declarou Renatinho, que fez 65 anos.

Em seu discurso, Antonio Ceron lembrou das reuniões realizadas durante três meses, desde 2 de abril, em mais de 60 dos 69 bairros de Lages, nas quais obteve mais de seis mil depoimentos falados e escritos com os anseios de parte dos 160 mil moradores.

_ Aceitei o desafio de ser candidato a prefeito porque quero melhorar a vida das pessoas de Lages. E hoje estou muito mais seguro.

Já Sirlei, que destacou os investimentos do prefeito Renatinho na área social, garantiu que, se eleita como vice prefeita de Lages, dará continuidade a este trabalho, e exaltou a mulher lageana.

_ Nós, mulheres, estamos vivendo um novo tempo em Lages. Com a minha indicação para candidata a vice prefeita, estão nos dizendo que somos sujeito político e sabemos, com o nosso jeito, resolver as coisas mais complexas da vida. Como afro-descendente, servidora pública municipal e professora, estou muito orgulhosa por representar vocês.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Um "bicão" de festa que virou agente carcerário

29 de junho de 2012 9

Cachorrinho se misturou a autoridades no dia da inauguração do presídio, nunca mais saiu e ganhou um uniforme da mesma cor dos agentes carcerários, um nome e um lar. Fotos: Vani Boza

Não é todo mundo que vai lá, mas quem chega ao novo Presídio Masculino de Lages, inaugurado em dezembro do ano passado, se depara logo na entrada com uma simpática figura.

Em meio aos agentes carcerários contratados pela empresa que administra a instituição em co-gestão com o Estado, está um cachorrinho, aparentemente sem raça definida, que circula pelo pátio do presídio.

Assim como os agentes, o bichano veste um uniforme verde e ganhou até uma casinha da mesma cor.

Ele não tem contato com os atuais 329 presos – a capacidade é para 352 – e é bem tratado pelos funcionários da instituição.

Contam os agentes que o cachorrinho apareceu por lá no dia da inauguração do presídio, se misturou às autoridades presentes ao evento e nunca mais foi embora.

Assim, foi batizado com o nome de Alteração, em referência à mudança de vida de uma hora para a outra, pois um dia estava na rua, e no outro ganhou um lar.

Alteração não é farejador de drogas e muito menos cão de guarda, mas é peça importante no processo de deixar um pouco mais tranquilo o clima geralmente tenso de um grande presídio.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

SESC: Dança na Sábado e Cinema no Domingo

29 de junho de 2012 0

“ACADEMIA MENS SANA IN CORPORE SANO” apresenta: Coreografias de Balé Clássico Livre, Balé Clássico de Repertório e Jazz.A liberdade de criação e a produção de ideias integram o educando e o educador, assim nasce as mais criativas e talentosas coreografias.Unindo técnica, disciplina, garra e sensibilidade às bailarinas nos proporcionam momentos inesquecíveis de cultura e entretenimento.Dançar é aventurar-se no mundo da imaginação, transformando sonhos.
Sonhos dourados dançados pelos pés de bailarinas que revelam em sua alma a doce alegria de dançar.

SÁBADO
Horas: 20h
Local: Teatro SESC/Lages
Classificação etária: Livre

“O REINO DOS GATOS” Essa é a história de Haru, uma garota muito preguiçosa que todos os dias chega atrasada na escola. Um belo dia, voltando para casa, salva um misterioso gato de ser atropelado. Na mesma noite a menina recebe a visita do Rei dos Gatos que a convida para conhecer seu reino, um lugar mágico, diferente de tudo, onde os bichos falam e se comportam como gente. Haru não sabe, mas ela será obrigada a se casar com o Príncipe Lune. E mais: ela vai se transformar numa gatinha muito simpática.

DOMINGO
Direção: Hiroyuki Morita
Animação – 2002 – 72 min.
Horas: 15h Local: Teatro SESC/Lages
Classificação etária: Livre

Bookmark and Share

Rock'n roll e música erudita: uma mistura perfeita

29 de junho de 2012 0

Show Rock'n Camerata emocionou o público no Teatro Marajoara, em Lages. Foto: Camila Ribeiro, Divulgação

Rock’n roll e música erudita juntas? Sim. Perfeito. E de arrepiar. Tanto que o belíssimo Teatro Marajoara estava lotado na noite da última quarta-feira, dia 27.

Tinha bebê de colo e idoso de cabeça branca assistindo ao espetáculo Rock’n Camerata. Foi a segunda apresentação em Lages. A primeira ocorreu em abril do ano passado, ambas gratuitas.

Mais ou menos na décima fila de cadeiras do lado esquerdo do teatro estavam sentadas quatro mulheres e um homem.

A pessoa mais nova do grupo tinha, certamente, uns 60 anos. E é bem possível que tenham ido curtir a apresentação dos violinistas, já que não cantaram nenhuma das músicas, mas levemente se balançaram em algumas delas.

Na fila de trás, um jovem enlouquecido com o que via. Gritou o “mais um” e acabou ganhando mais duas músicas.

Foi este mesmo rapaz que elogiou a cantora Carla Domingues a chamando de “poderosa”, e isso todos os espectadores ouviram e aplaudiram. Merecido, pois a moça atingiu um agudo daqueles de quebrar as lâmpadas.

Para todo lado que se olhava tinha gente extasiada. E não era pra menos. Ouvir músicas de Mozart, AC/DC, Raul Seixas e Brasil Papaya tocadas em violinos, violoncelos e guitarras destorcidas é, simplesmente, maravilhoso.

Um mistura perfeita. E que venham outras oportunidades como esta.

Sobre o espetáculo

O Rock’n Camerata é um dos maiores sucessos de público da Camerata Florianópolis. A regência é do maestro Jeferson Della Rocca e o espetáculo é acompanhado de uma banda de rock formada pelos músicos Renato Pimentel, Eduardo Pimentel, Carlos Ribeiro Junior, Rodrigo Paiva e Alberto Heller e dos vocalistas Carla Domingues e Daniel Galvão.

O projeto já tem três anos e é apresentado pelo Ministério da Cultura com o apoio de algumas empresas.

* Com informações da jornalista Taina Borges

Bookmark and Share

Uniplac não poderá aderir ao programa de bolsas

29 de junho de 2012 0

Uniplac já tem grande parte da dívida paga por meio de depósito judicial, e o restante é negociado em parcelamento. Foto: Alvarélio Kurossu

A Medida Provisória 559, que transforma em bolsas de estudos as dívidas de universidades em grave situação financeira com a Receita Federal, foi aprovada pela Câmara dos Deputados no último dia última dia 12 e pelo Senado no dia 27.

As instituições então poderão trocar 90% das dívidas por bolsas integrais de ensino. Os outros 10% terão de ser pagos à União em espécie.

Mas diferente de todas as outras universidades do Sistema Acafe, a Uniplac, sediada em Lages, não poderá aderir ao programa porque já possui grande parte da dívida paga por meio de depósito judicial e o restante é negociado em parcelamento. A MP 559 não inclui as dívidas em discussão judicial com garantia de depósitos.

Diante disso, a Uniplac não comprometerá suas bolsas que atendem atualmente a 1.622 acadêmicos nas diversas modalidades: com recursos próprios, do governo do Estado, de empresas privadas e da prefeitura. Este número corresponde a 40% do total de acadêmicos da graduação da instituição.

A maior parte tem como critério para a aprovação de bolsistas as condições sociais dos acadêmicos proponentes.

A Uniplac garante que as bolsas ofertadas aos seus alunos têm suprido a demanda. Isso se comprova porque nos processos seletivos de bolsistas a procura é alta, mas não são cumpridos os requisitos de documentação e prazo, o que inviabiliza a concessão de muitos benefícios.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da Uniplac

Bookmark and Share

Urubici mobilizada para profissionalizar o turismo

29 de junho de 2012 0

Cascata do Avencal, com 100 metros de altura, é um dos principais pontos turísticos de Urubici. Foto: Vani Boza

Uma proposta de planejamento-ação para o desenvolvimento sustentável do turismo em Urubici, uma das principais cidades turísticas de Santa Catarina, está sendo elaborada.

Em reunião realizada recentemente na Câmara de Vereadores do município, foram apresentadas algumas estratégias, com destaque para a parceria com o Sebrae, Senac, Sesc e Epagri a fim de suprir algumas demandas para estruturar o setor.

O Senac ficará responsável pela capacitação in loco para empreendimentos de meios de hospedagem, bares, restaurantes e similares, e comércio local em geral para atendimento aos turistas.

O Sebrae dará consultoria de empreendedorismo para comerciantes (apresentação, disposição dos produtos, design, inovação, formatação de novos negócios com identidade local).

O Sesc fará a identificação de talentos culturais, realização de oficinas e elaboração de programação de atividades culturais.

Já a Epagri tratará da agroindústria de transformação de produtos locais, como tomate seco, frutas secas, polpas, conservas, entre outros.

* Com informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria do Desenvolvimento Regional de São Joaquim

Bookmark and Share

Grupo Musical do Espírito Santo se apresenta hoje, no Teatro do Sesc, em Lages

29 de junho de 2012 0

A Banda de Congo Panela de Barro tem seu calendário iniciado no dia oito de dezembro, quando segue em procissão em direção à mata para a cerimônia da cortada do mastro, ato simbólico que é acompanhado pelos devotos. No dia 25 de dezembro, o grupo segue em procissão até a igreja católica local para a cerimônia da fincada do mastro.

Junto com este, então decorado e com a bandeira de São Benedito, seguem o andor com a imagem do santo, o barco e a corda. Na igreja, o mastro recebe a benção e é fincado num local previamente escolhido, onde fica até o domingo de Páscoa, quando em nova cerimônia acontece a retirada do mastro.

Em todas essas etapas são entoados cânticos de devoção ao santo e após cada cerimônia a população segue com a festa cantando dezenas de músicas tradicionais das bandas de congo, de caráter profano, que aludem a diversas situações do cotidiano.As bandas de congo estão presentes em várias cidades do litoral do Espírito Santo, sendo a principal manifestação da tradição oral nesse estado, estando relacionadas às festividades religiosas de devoção a São Benedito, e em alguns locais também a São Sebastião, São Pedro e Nossa Senhora da Penha. Os registros mais antigos de sua existência, de meados do século XIX, são atribuídos ao Padre Antônio Siqueira (1832 – 1897), que, em seus escritos, se referia às “bandas dos índios”.

A cerimônia profano-religiosa pode apresentar características próprias em cada local, mas está sempre associada a um naufrágio ocorrido no litoral capixaba, quando um grupo de escravos se salvou agarrado a um mastro que tinha uma imagem de São Benedito. Reza a lenda que, a partir de então, as comunidades de negros do litoral do estado passaram a “fincar o mastro” todos os anos em agradecimento ao milagre.

Projeto Sonora Brasil
“SAGRADOS MISTÉRIOS: Vozes do Brasil”
Grupo: Banda de Congo Panela de Barro (ES)
Horas: 20h
Local: Teatro SESC/Lages
Classificação etária: Livre

Bookmark and Share

Câmara de Vereadores congela os salários

28 de junho de 2012 0

A Câmara de Vereadores de Lages aprovou o projeto de lei 065/12, que dispõe sobre a remuneração dos agentes políticos municipais (prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores) para o próximo mandato (2013-2016).

Em relação ao vencimento dos vereadores, o subsídio mensal fixado para a próxima legislatura é de R$ 7.446,24.

O valor não sofreu qualquer acréscimo, sendo o mesmo que é pago atualmente aos legisladores.

O presidente da Câmara continua a ser o único a receber um subsídio maior, acrescido em 50%, como caráter indenizatório.

O subsídio do vereador será reduzido proporcionalmente ao número de ausências sem justificativa nas sessões deliberativas.

Em dezembro, os legisladores terão direito ao pagamento dobrado em valor proporcional ao efetivo comparecimento do parlamentar às reuniões plenárias.

Este ponto, inclusive, gerou o único voto contrário ao projeto, do vereador Gean Vargas (PPS), que abriu mão do recebimento do 13º ao longo da atual legislatura.

As remunerações mensais ao Executivo seguem as mesmas. O subsídio do prefeito é de R$ 18.044,21.

Já o vice-prefeito receberá R$ 9.022,11. Secretários municipais e autoridades equivalentes receberão R$ 7.446,24 ao mês.

Os vencimentos destes terão suas expressões monetárias revisadas anualmente, sob os mesmos índices e datas observadas para a revisão geral da remuneração dos servidores do município, a partir de 2014.

* Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores

Bookmark and Share

Divulgada a pesquisa da Fecomércio na Festa do Pinhão

28 de junho de 2012 0

Mais uma vez a Festa do Pinhão superou as expectativas, confirmando o que já era esperado pela organização do evento, a pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio) trouxe dados significativamente positivos para Lages e região. O dado mais significativo, é que 99,8% dos visitantes pretendem voltar à Festa em 2013.

A pesquisa teve como objetivo analisar o destino e o impacto econômico da 23ª Festa Nacional do Pinhão na Região Serrana. Das 1.244 entrevistas feitas no Parque Conta Dinheiro, identificou-se que 61% dos turistas possuem entre 25 e 44 anos e são de classe média e 84,2% por cento moram em cidades de Santa Catarina.

Antonio Cesar Arruda, secretário de administração e presidente da Comissão Central Organizadora da 24ª Festa Nacional do Pinhão atribui esse último dado à proposta tradicionalista e regionalista da festa.

Segundo ele, as pessoas vêem, na sua maioria por que têm algum tipo de ligação, ou querem conhecer a tradição Serrana, e que, geralmente são pessoas da região da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures). Por outro lado, Arruda também afirma que divulgar a festa a nível nacional com mais publicidade, geraria um custo impagável para o evento, além da cidade não contar com número suficiente de leitos para receber um público ainda maior.

A pesquisa conseguiu comprovar, também, que o evento já faz parte da cultura do povo Serrano e Catarinense, e que está consolidado no Estado, pois Enquanto que os novos turistas representaram 41,5% dos visitantes, os turistas que já visitaram a festa em outras oportunidades representaram 58,5% do total.

Um dado interessante é que nenhum turista afirmou ter ido à Lages para visitar pontos turísticos, o que comprova que a festa é o principal motivo de Lages ser um destino turístico da Serra Catarinense. A isso, Arruda atribui à falta de divulgar a cidade de Lages e suas belezas naturais, pousadas, praças e parques.

_ As pessoas ainda precisam entender que Lages não é uma cidade de passagem. Ao contrário, têm muita coisa para se fazer aqui, mas falta às pessoas divulgarem e venderem seus produtos aos visitantes _, conclui Arruda.

Os shows musicais foram responsáveis por 61,8% dos entrevistados terem ido à festa. Apenas 15,9% vieram pela gastronomia, 13,1% vieram pelo clima.

Segundo o secretário, esse vêm sendo o objetivo principal da festa, reunir grandes shows musicais para atrair o público. Ele destaca que a festa é um evento de shows e não de entretenimento, e que as pessoas precisam entender isso, já que na pesquisa, vários entrevistados reclamaram da falta de entretenimento no parque.

Dos entrevistados, 33,3% afirmaram que há várias coisas a melhorar na festa. Entre eles, há reclamações sobre o pouco comércio, os banheiros, impossibilidade de sair e retornar ao parque sem pagar novamente e o preços de ingressos e serviços. Sobre isso Arruda disse que várias coisas sempre são repensadas e melhoradas em cada nova edição do evento, mas, que muitas coisas não podem ser alteradas por que não dependem apenas da organização.

_ Imagine se deixássemos as pessoas entrarem e saírem da festa, como ter o controle de 48 mil pessoas, que foi o público da noite de quarta-feira? É impossível _, declara o secretário.

Célio Spagnoli, vice-presidente da Fecomércio disse que a pesquisa vêm sendo realizada ao longo dos anos e a cada ano ajuda a definir melhorias nesse e em vário eventos do Estado. Segundo ele, a pesquisa desse ano apresentou um aumento significativo no faturamento do comércio local, bem como apresentou pontos que ainda podem ser melhorados nos próximos anos.

_ E é isso mesmo que nossa pesquisa quer e temos nos objetivado nisso sempre. Somos um instrumento de auxílio para a melhoria da Festa, principalmente com relação ao comércio local, que, a partir dos resultados, pode estudar melhorias e mudanças para o próximo ano _, declarou o vice-presidente.

VANI BOZA, LAGES

Bookmark and Share