Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sobrevivente da bomba atômica morre em SC

05 de setembro de 2012 19

Kazumi Ogawa chegou ao Brasil em 1961 e morreu com 82 anos. Fotos: Guto Kuerten, junho de 2007

Morreu às 23h desta terça-feira, vítima de infarto, o senhor Kazumi Ogawa, de 82 anos.

Ele era um dos últimos sobreviventes – aproximadamente 100 no Brasil – da bomba atômica que destruiu Nagasaki, no Japão, durante a Segunda Guerra Mundial, na manhã de 9 de agosto de 1945.

Kazumi chegou ao Brasil em 1961 e foi para Santa Maria (RS). Em 1964, a convite da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), liderou as famílias que se instalaram em Frei Rogério, no Meio-Oeste de Santa Catarina.

Kazumi Ogawa fundou na Colônia Japonesa Celso Ramos, em Frei Rogério, um monumento chamado Sino da Paz, em homenagem aos mortos na guerra e visitado por turistas do mundo inteiro.

O corpo será velado no Museu da Paz, em Frei Rogério, e o sepultamento será nesta quinta, às 10h, no cemitério da colônia japonesa.

Pablo Gomes, Frei Rogério

Bookmark and Share

Comentários (19)

  • Jacson Luiz de Souza diz: 5 de setembro de 2012

    Sr Maj Borges

    Sabedor da parceria de nosso BBM com a comunidade japonesa de Freio Rogério, encaminho, para conhecimento, esta notícia.

    Respeitosamente,

    Jacson Luiz de Souza – Asp Of

  • Juliana diz: 5 de setembro de 2012

    Foi com pesar que li essa notícia. No ultimo fim de semana, estive em Frei Rogério e vi o senhor Kazumi…Ouvindo suas palavras, era impossível não se comover e admira-lo!

    Espero que seu heroismo e bravura sejam para sempre lembrados e sirvam de exemplo para muitos!

  • Julio Cezar Sales Junior diz: 5 de setembro de 2012

    Desculpem a franqueza, mas que pobreza de jornalismo! Interessei-me pela reportagem para saber como ele vivia no Japão, como sobreviveu à catástrofe, enfim, algum comentário acerca do evento que marcou o século XX. Contudo, a reportagem se mostrou demasiadamente superficial. Uma pena. Bom dia!

  • Mario Luiz Rambo diz: 5 de setembro de 2012

    Pessoa de grande importancia para nossa sociedade pelo seu exemplo de vida , sua luta e a capacidade de superação diante das diversidades da vida.

  • marcos bayer diz: 5 de setembro de 2012

    Morreu um gigante…

  • Atair Derner Filho diz: 5 de setembro de 2012

    Estive com minha família em 2008 visitando o monumento criada por ele. De grande significado para a paz mundial. Morreu um grande homem, um símbolo para o pacifismo, que não deixou-se abater pela grande tragédia da bomba.

  • DENIS MARCO LESSA diz: 5 de setembro de 2012

    Caro leitor Julio Cezar Sales Junior, creio que o que você buscou nesta reportagem deva estar em Frei Rogério, tire um tempo da vida atribulada, e vá sanar suas dúvidas e ganhar conhecimento junto a esta colônia Japonesa que tive prazer de conhecer! Esta nota é um simples relato sobre a grande perda que tivemos de um homem guerreiro e que até o fim da vida lutou e buscou a PAZ.

    Comentário do blog:

    Amigos, a nota no blog foi apenas uma primeira notícia. Estamos produzindo um material bem completo para as próximas horas e para a edição desta quinta-feira do DC. Abraços!

  • Julio Cezar Sales Junior diz: 5 de setembro de 2012

    Denis, achei que a “reportagem” se limitaria a esta. Não quis, de nenhuma forma, desmerecer o “grande pacifista”. Infelizmente, desconhecia a história e a importância de Kazumi Ogawa. Fico feliz que o DC não.
    Bom saber que receberemos um material completo nesta quinta.
    Obrigado pela atenção e pela homenagem!

  • Eliana Spricigo Bridi e Família diz: 5 de setembro de 2012

    Estivemos em Frei Rogério- Comunidade de Ramos, neste final de Semana – 02/09/12 e tivemos a ímpar oportunidade de conversar com o Kazumi Ogawa e não tem como não lamentar sua partida.
    Nosso filho de 10 anos recebeu de presente do Sr. Ogawa um origami autografado e a mensagem: “Você também é responsável pela Paz no mundo.!” Que seus ensinamentos, sua Paz de espírito, sua fé, coragem, serenidade e emoção motivem todas esta maravilhosa comunidade a manter e propagar seus projetos de Paz….e que da fato….todos vivam esta Paz tão almejada!

  • José Antonio Trez diz: 5 de setembro de 2012

    Além da sorte e a felicidade de conhecer Frei Rogério, e a Fantástica Colonia Japonesa que tem lá, tive a sorte de conhecer e falar com o Sr. Kazumi, alias muito mais que isso, fui muito bem recebido pelo mesmo em sua casa, onde me contou muitas histórias, me falou da bomba atômica, que viu muito sangue, muita gente morta, bem como sua mãe e familiares. Tirei fotos com ele, junto ao Sino da Paz, que estava dentro de sua casa, pois o museu não estava pronto e não deixavam o sino no alto do moro, por medo de infortúnios, já que a cobiça é grande e só tem três sinos da paz no mundo, sendo este um deles. Grande Pessoa, fui abençoado em conhecer este grande homem. Siga em PAZ KAZUMI OGAWA.

  • Elisabeth Simões diz: 5 de setembro de 2012

    Assim como muitas pessoas, eu tive o prazer de conhecê-lo, como tambem convivi por muito anos próximo a comunidade japonesa onde fiz muitas amizades , Kazumi foi um grande homem e muto contribui com seus conhecimentos para o crescimento da região de Curitibanos , Frei Rogério e Núcleo Celso Ramos . Gostava muito de conversar com ele, grande perda, estou muito triste com a notícia, que Deus conforte o caração de seus familiares e amigos próximos, que certemante como eu, estão sentindo muito esse passar, é uma perda irreparável. Vai com Deus Kazumi Ogawa.

    Elisabeth
    Brusque/SC

  • Ane Priscilla Borges diz: 5 de setembro de 2012

    Estive em Frei Rogério recentemente com os alunos de minha escola,e suas palavras encantaram os jovens que ali estavam,com sabedoria Kazumi Ogawa,hoje deixa um silêncio de lamento nos olhos desses jovens.Perdemos não só um grande homem,mas um grande sábio,que deixa plantado em nossos corações a semente da esperança e da PAZ,o que jamais esquecerei é o seu amor pelo BRASIL.Quem pode estar com essa grande pessoa com certeza foi abençoado por Deus.

  • Lisandra Fossari diz: 5 de setembro de 2012

    Tive o grande prazer e privilégio de conhecer o Sr. Kazumi no último sábado, onde além de nos emocionar com sua história e doçura, ele nos ensinou a fazer o Tsuru – pássaro símbolo da paz – seguido de sua mensagem :
    ” Se cada um levar um Tsuru para casa, um pouquinho da paz estará sendo espalhada…”
    Conhecer este homem e sua serenidade foi, sem dúvida, uma das coisas mais emocionantes que vivenciei… a mais real imagem da paz que já conheci…
    Kazumi Ogawa,
    Sayonara arigato gozaimashita!!!!
    Com certeza hoje, o céu está em festa, repleto de Tsurus!!!!

  • EDSON XIKOTA diz: 5 de setembro de 2012

    Moramos na cidade de Curitibanos,nos anos 1980,1981 e l982,naquela epoca conhecemos muitas familias do Nucleo Celso Ramos,hoje Frei Rogerio, inclusive a Familia do Sr.Kazumi Ogawa e acompanhamos desde aquela epoca,a historia da vinda do Sino da Paz,que ele foi homenageado e congratulado como o grande Amigo da Paz, ,onde ele construiu o Museu da Paz.Perdemos o grande homem,sabedor do quao sofrimento passaram os Japoneses,conterranos…Que ele siga em Paz e descanse com o Pai eterno,Obrigado (Domo Arigatou) Sr.Kazumi Ogawa…

  • Douglas diz: 5 de setembro de 2012

    Sou Fotógrafo e tive a oportunidade de conhecer o Sr. Ogawa, acompanhando os trabalhos da Associação Nipo-Catarinense, de Florianópolis. Tenho fotos da inauguração do museu da paz em Frei Rogério, inaugurado em 2010 pelo Sr. Ogawa, que contou com a presença de figuras do governo entre outros representantes importantes. Caso tenham interesse em publicar, é só entrar em contato. Descanse em paz Ogawa-san!

  • Sumire diz: 6 de setembro de 2012

    Lamento o ocorrido,
    Quando em Frei Rogerio, tive a graça de conhece-lo e ouvir sua clemencia pela PAZ
    Que Deus permita que seu desejo se torne realidade, que nada tenha sido em vão.
    Obrigada a Deus por nos presentar com sua sabedoria em nosso Estado.
    Muito obrigada Sr.Kazumy Ogawa.

  • Rosani Daron Barros diz: 6 de setembro de 2012

    Sou professora do Colégio Superação, UNOESC de Videira/SC. Todo ano desenvolvemos um projeto interdisciplinar sobre a II Guerra Mundial, especialmente sobre as bombas atômicas lançadas em Hiroshima e Nagasaki. O ápice desse trabalho era a visita ao Sr. Kasumi no Museu da Paz, que nos inebriava com seu carinho e paixão em prol da conscientização pela PAZ. Os estudantes e professores que tiveram a graça de conhecê-lo nunca mais serão os mesmos… Obrigada Sr. Kasumi por ter feito parte de nossas vidas e da construção da nossa história. Descanse em paz sabendo que seus frutos serão colhidos…

  • Luciano Cardoso diz: 8 de setembro de 2012

    Tenho o prazer de morar na comunidade de Celso Ramos e conhecer esse mestre que representou a paz em nossa comunidade e levou ao mundo .Levei amigos parentes e todos gostaram de ir ao monumento a paz grato a ele pela oportunidade de muitas vezes nos contar como foi seu passado e sobre seus costumes uma cultura boa e que vive meio a natureza.

  • Jairo Martins Sampaio diz: 14 de setembro de 2012

    Desde o ano de 2000, ano em que tive o prazer de conhecer este grande Homem da Paz, passei a visitá-lo sempre que possível. Lembro-me na eleição em 2010 cheguei em frente de sua casa, eu com o carro plotado do candidato a Dep. Federal Odacir Zonta e em seguida ele abriu a porta e estava de terno esperando o candidato a Dep. Federal Esperidião Amin que viria as 10 hs, participar de uma reunião política no Museu da Paz, Assim participamos da reunião e recebi deste grande Homem um botom que tenho guardado até hoje.
    Jairo Sampaio – Tubarão-SC. – Cooplantio Ltda.

Envie seu Comentário