Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de agosto 2013

Shopping ganha isenção de ICMS e construção avança

29 de agosto de 2013 1
Lages Garden Shopping, ex-Boulevard, será um dos maiores de Santa Catarina. Foto: Pablo Gomes

Lages Garden Shopping, ex-Boulevard, será um dos maiores de Santa Catarina. Foto: Pablo Gomes

Um dos futuros maiores centros comerciais e turísticos de Santa Catarina conquistou nesta quarta-feira um importante aliado para se tornar realidade.

O Lages Garden Shopping foi enquadrado oficialmente pelo governo do Estado no programa Pró Emprego, que objetiva gerar renda por meio de incentivos a empreendimentos relevantes sob o ponto de vista socioeconômico.

O documento que formaliza o benefício foi assinado pelo governador Raimundo Colombo. Pelo acordo, o empreendimento terá isenção do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na compra de matéria-prima catarinense. Com isso, terá uma economia de até R$ 3 milhões, tornando ainda mais viável a sua construção.

Com as obras iniciadas em janeiro de 2011 em um terreno particular, o então Boulevard Lages Shopping deveria ter sido inaugurado em 8 de março deste ano, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, mas por falta de dinheiro dos investidores, os trabalhos atrasaram.

Só que bem antes, ainda em dezembro de 2011, os empreendedores do Boulevard já negociavam uma sociedade com a empresa Tenco, sediada em Belo Horizonte (MG) e que administra uma rede de shoppings com a marca Garden em todo o país.

A negociação terminou 16 meses depois, em abril deste ano, e o futuro centro comercial foi rebatizado como Lages Garden Shopping.
A Tenco será a sócia-controladora, com a responsabilidade de administrar o empreendimento e comercializar os seus espaços.

O projeto, porém, continua exatamente o mesmo de antes. O que muda em relação ao Boulevard, diz um dos sócios, o empresário Antonio Wiggers, é a experiência e o renome da Tenco no setor de shoppings, além do acesso aos recursos financeiros.

Atualmente, a rede Garden conta com 12 shoppings em funcionamento no Brasil. O último foi inaugurado em julho, em Macapá (AP), e o 13º será aberto em setembro, em Arapiraca (AL).

O 14º será o de Lages, com inauguração prevista para daqui a um ano, no dia 4 de setembro de 2014. Até 2017, a Tenco pretende estar com 35 shoppings associados à marca Garden no país.

_ Garden é o conceito de ecologicamente correto, economicamente viável e socialmente justo. É assim que será o nosso shopping _, conclui Antonio Wiggers.

Continua…

Bookmark and Share

Com dificuldades superadas, obras estão em 25%

29 de agosto de 2013 0

Com investimentos de R$ 130 milhões, incluindo posto de combustível, supermercado, center lar e até um hotel, o Lages Garden Shopping tem uma Área Bruta Locável (ABL), que é o espaço efetivamente destinado às compras, de 31 mil dos 80 mil metros quadrados de área construída.

O empreendimento abrigará 179 lojas, sendo 13 âncoras, e 20 quiosques, além de quatro salas de cinema, praça de alimentação com 900 lugares e estacionamento para mais de 1,6 mil veículos.

As obras estão 25% concluídas, incluindo a fundação e a estrutura, consideradas as etapas mais difíceis. Atualmente, os operários trabalham na montagem da laje e, em setembro, iniciarão a cobertura.

O Lages Garden Shopping está localizado na BR-282, na saída de Lages para o Litoral, ao lado do aeroporto e a menos de 10 quilômetros do Centro da cidade.

Os empreendedores preveem que 65% da clientela será formada pelos 156 mil habitantes de Lages. Os demais 35% serão moradores de cidades vizinhas e viajantes de passagem pela BR-282.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Sinotruk anuncia início da fábrica em Lages

23 de agosto de 2013 1
Caminhões da linha A7 serão fabricados em Lages. Foto: Sinotruk Brasil, Divulgação

Caminhões da linha A7 serão fabricados em Lages. Foto: Sinotruk Brasil, Divulgação

A companhia chinesa Sinotruk anunciou nesta sexta-feira que deve iniciar em até 60 dias a construção da sua primeira fábrica de caminhões no Brasil, em Lages, na Serra Catarinense.

A expectativa é de que as obras fiquem prontas em um ano e as operações iniciem no primeiro semestre de 2015. No próximo dia 6 de setembro, o governador Raimundo Colombo viajará até a sede da companhia, na China, para assinar o contrato de início da construção da fábrica.

Os anúncios ocorreram no mesmo dia em que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior publicou no Diário Oficial da União uma portaria que habilita a Sinotruk Brasil ao programa Inovar-Auto, medida do governo brasileiro para estimular o investimento na indústria automobilística nacional e poderá gerar até R$ 50 bilhões em investimentos no setor.

A portaria também permite a importação da nova linha de caminhões A7 com isenção de 30% do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidentes sobre veículos de carga importados no período de um ano.

E são justamente os A7, com vocação para aplicações rodoviárias pesadas, como o bitrem, o rodotrem e o treminhão, que serão fabricados em Lages nas opções de tração 4 x 2, 6 x 2, 6 x 4 e 8 x 4.

O diretor geral da Sinotruk Brasil, Joel Anderson, garante que o projeto da fábrica está pronto e que a terraplanagem do terreno de 100 hectares localizado no Distrito de Índios, às margens da BR-282 e distante 15 quilômetros do Centro de Lages, iniciará em até 60 dias. Após a terraplanagem serão feitas as obras de construção civil, compra e instalação dos maquinários.

O investimento na construção da fábrica será de R$ 300 milhões. A companhia quer montar cinco mil caminhões no primeiro ano e oito mil nos anos seguintes para atender toda a América do Sul. Para isso, serão criados 1,1 mil empregos, dos quais, 98% serão brasileiros, preferencialmente da região de Lages.

Num primeiro momento, os caminhões serão montados com material importado da China, mas a proposta da Sinotruk é chegar ao fim do terceiro ano com até 65% das peças nacionalizadas. Somente os vidros e os pneus não são da companhia.

Os primeiros caminhões da Sinotruk chegaram ao Brasil no fim de 2008 para testes e adaptações, e as vendas iniciaram em abril de 2010. Desde então, foram vendidos mais de 1,5 mil veículos. Atualmente, a companhia tem aproximadamente 30 concessionárias no país.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Parabéns, Joaçaba, a pequena gigante!

23 de agosto de 2013 1

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_1

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_2

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_3

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_4

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_5

Cópia de joaçaba_paulo afonso silva_6

Uma das cidades mais desenvolvidas do Sul do Brasil, Joaçaba completa 96 anos neste domingo com muito a comemorar. Fotos: Paulo Afonso Silva, Prefeitura de Joaçaba, Divulgação

Uma das cidades mais desenvolvidas e promissoras do Sul do Brasil, Joaçaba completa 96 anos neste domingo com muito a comemorar. Fotos: Paulo Afonso Silva, Prefeitura de Joaçaba, Divulgação

Uma cidade pequena, com menos de 30 mil habitantes, mas que, tomadas as devidas proporções, não perde em nada para nenhuma outra com território e população muito maiores. Joaçaba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, é o exemplo perfeito do jargão “pequena gigante”.

A indústria emprega aproximadamente 60% dos joaçabenses. Destacam-se os setores metal-mecânico, metalúrgico, alimentício, construção civil e energético. Só a empresa ADM, que fabrica biodiesel, tem um faturamento de R$ 100 milhões por mês.

Para Ezequiel Wilbert, diretor de Relações Internacionais da Associação Comercial e Industrial do Oeste Catarinense (Acioc), uma das razões do sucesso de Joaçaba é que desde os anos 80 a cidade se especializou em serviços e, por contar com escritórios de importantes instituições públicas estaduais e federais, muitas pessoas qualificadas passaram a fixar residência em Joaçaba, o que fez elevar o Produto Interno Bruto (PIB) local.

Outro segmento que põe Joaçaba em evidência é a educação, com escolas públicas e privadas de qualidade. O grande destaque fica com a Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), fundada há 45 anos e sediada em Joaçaba.

Dos 22 mil alunos em cinco cidades, seis mil estudam em Joaçaba, onde são oferecidos 37 cursos de graduação, 16 de pós-graduação e um mestrado.

Proporcionalmente aos 27.467 moradores, segundo dados de 2012 do IBGE, seria o mesmo que 25% de toda a população estar na universidade, ainda que muitos alunos sejam de outras cidades e até estados.

_ É uma das maiores médias do mundo _, diz o reitor da Unoesc, professor Aristides Cimadon.

Outro grande orgulho joaçabense é o Carnaval, surgido em 1902 com ferroviários do Rio de Janeiro e que há três décadas atrai mais de 110 mil pessoas de todo o Brasil a cada edição. Com quatro agremiações – Aliança, Unidos do Herval, Vale Samba e Verde Vale – que contam com seis mil integrantes, Joaçaba promove um dos mais famosos Carnavais do país.

_ O Carnaval é referência nacional e a porta de entrada de muitos recursos que chegam a Joaçaba _, comenta Sérgio De Giacometti, presidente da Liga das Escolas de Samba de Herval D’Oeste e Joaçaba (Liesjho).

Neste domingo, 25 de agosto, Joaçaba completa 96 anos com muito a comemorar.

Baita história! Baita exemplo! E é só o começo…

Pablo Gomes, Joaçaba

Bookmark and Share

"Não acho loucura e tenho orgulho do meu filho", diz pai de jovem que pedalou de Floripa a SP

21 de agosto de 2013 0

Cópia de ybyraá spavieri alvarez_1

Ybyraá Spavieri Alvarez, de 18 anos, foi considerado desaparecido por oito dias, mas foi de bicicleta de Florianópolis a São Paulo visitar a avó sem avisar a ninguém. Fotos: Álbum de família, Divulgação

Ybyraá Spavieri Alvarez, de 18 anos, foi considerado desaparecido por oito dias, mas foi de bicicleta de Florianópolis a São Paulo visitar a avó sem avisar a ninguém. Fotos: Álbum de família, Divulgação

Foram oito dias de angústia e de buscas por informações. A esperança era grande, mas a incerteza machucava.

O desaparecimento do jovem Ybyraá Spavieri Alvarez, de 18 anos, morador de Bom Retiro, na Serra Catarinense, movimentou as redes sociais até mesmo fora do Brasil, já que o pai dele é uruguaio.

Uma quantidade enorme de pessoas compartilhou fotos e apelos da família do estudante de Engenharia Civil. Até que a melhor das notícias chegou justamente por meio de quem mais se esperava.

Ybyraá sumiu na segunda-feira, dia 12, em Florianópolis, e reapareceu na manhã da última terça, dia 20, em Osasco, na Grande São Paulo, distante aproximadamente 700 quilômetros da capital catarinense.

Ybyraá não tinha sido raptado ou sequer estava perdido, mas havia embarcado em uma aventura que deixou muita gente apavorada e que está dando o que falar.

Sem pensar nas consequências e sem querer ser atrapalhado, ele não avisou ninguém, pegou uma bicicleta e pedalou até a casa da avó materna, na cidade paulista, onde ficará o tempo que achar necessário.

Ainda um tanto assustado com tamanha repercussão do seu ato, Ybyraá preferiu não se manifestar publicamente, mas o seu pai, o artesão Merwin Rubens Alvarez Lara, de 56 anos, contou boa parte da história à reportagem do Diário Catarinense. Ele garante apoiar a atitude do filho.

_ Não acho que foi loucura. Eu tenho orgulho dele por ser um guerreiro e ter ido atrás dos seus ideais.

Continua…

Bookmark and Share

Confira a entrevista com o pai de Ybyraá

21 de agosto de 2013 1

Cópia de ybyraá spavieri alvarez_família

Ybyraá com a família e o pai, o artesão Merwin Alvarez. Foto: Álbum de família, Divulgação

Ybyraá com a família e o pai, o artesão Merwin Alvarez. Foto: Álbum de família, Divulgação

* DC: Como iniciou a aventura do seu filho?

* MERWIN: Ele passeou no fim de semana em Florianópolis e na segunda-feira pela manhã embarcou na bicicleta e iniciou a viagem. Muitos disseram que ele tinha sido visto pela última na vez à noite, na faculdade, em Lages, mas isso não é verdade. Aliás, muita gente disse que viu meu filho em vários lugares diferentes, então é importante que nestes casos a pessoa desaparecida seja parada para saber se realmente é ela.

* DC: O que o senhor pensava enquanto o seu filho não dava notícias?

* MERWIN: Eu viajei muito atrás dele e a todo momento sentia que estava vivo, mas a incerteza me levava a imaginar coisas horríveis. Eu temia encontrá-lo muito machucado, jogado num canto qualquer fumando crack ou até mesmo morto. É terrível para um pai não saber do filho ou ter de enterrar o corpo dele.

* DC: A internet foi a principal ferramenta para divulgar o desaparecimento do seu filho?

* MERWIN: Sim. As redes sociais têm um poder muito grande. Me ligaram do Acre, da Argentina, do Uruguai. Meu filho reapareceu sozinho, mas agora eu compartilho todas as notícias de desaparecidos, pois sei que a internet pode ajudar.

* DC: Quando o seu filho entrou em contato e disse que estava bem?

* MERWIN: Foi na terça-feira de manhã, por volta das 9h. Ele ligou da casa da avó materna, em Osasco, e disse que estava bem. Aí tudo melhorou em nossas vidas.

* DC: Ele explicou o motivo de ter feito isso sem avisar a ninguém?

* MERWIN: Disseram que foi por causa de brigas na nossa família, mas não tem nada disso. Ele não avisou porque queria confirmar consigo mesmo que conseguiria fazer o que fez. Foi uma espécie de autoafirmação dele. Não foi a melhor maneira, porém, foi a única que ele encontrou, porque se tivesse me ligado de qualquer lugar, eu iria na hora buscá-lo de carro.

* DC: Como ele se manteve durante a viagem?

* MERWIN: Ele comia e dormia em casas de famílias humildes. Como não levou roupas, sentia frio nas descidas dos morros. Mas ele está saudável e muito bem.

* DC: E o que o senhor acha da atitude do seu filho?

* MERWIN: Ele queria fazer e fez, e tem meu apoio. Não acho que foi loucura. Tenho orgulho do meu filho por ser um guerreiro e ter ido atrás dos seus ideais. Quando eu tinha 17 anos, saí de Montevidéu (Uruguai) e fui morar sozinho na Argentina. No Brasil, já morei em Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Rio de Janeiro. Em Santa Catarina estou desde 1989. Minha mulher e eu viajamos muito, e meu filho já nasceu com esse espírito de aventura.

* DC: Ele tem planos de novas aventuras ou previsão de quando volta para casa? E o senhor pretende ir a Osasco reencontrá-lo?

* MERWIN: Não sei de novos planos, e se ele saiu querendo um tempo, vamos respeitar. A família toda o apoia, pois a ausência nos deixou mais unidos. Alguns amigos falaram que tinham vontade de fazer a mesma aventura.

* DC: Que lição o senhor tira desse episódio?

* MERWIN: Como pai, muitas vezes temos uma joia preciosa para dar aos filhos, mas ele querem apenas um parafuso. Aquilo que temos de melhor para dar não é o suficiente. Por mais valioso que seja, pode não servir a eles. É preciso escutar os jovens. Eles têm razão. A vida não anda para trás. Nós precisamos evoluir

* DC: Que mensagem o senhor deixa aos pais?

* MERWIN: O diálogo é sempre o melhor caminho não apenas entre pais e filhos, mas entre todos nós. É essencial ouvir. Muitas brigas ocorrem porque as pessoas não querem escutar. É preciso se pôr no lugar do outro.

* DC: E às pessoas que sofrem com o desaparecimento de algum parente ou amigo, o que o senhor tem a dizer?

* MERWIN: Minha mensagem é de esperança. Muitos estão cansados de esperar. Então digo que esperem com atitude e ocupação para não ficar só pensando. Deus é grande.

Pablo Gomes, Bom Retiro

Bookmark and Share

Hospital Tereza Ramos busca médicos e fisioterapeutas

20 de agosto de 2013 0
Instituição está localizada no Centro de Lages. Foto: Fábio Ramos, SDR Lages, Divulgação

Instituição está localizada no Centro de Lages. Foto: Fábio Ramos, SDR Lages, Divulgação

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo destinado à contratação de dez profissionais de nível superior para o quadro do Hospital Geral e Maternidade  Tereza Ramos.

O governo de Santa Catarina irá contratar quatro especialistas em Ginecologia e Obstetrícia, dois especialistas em Radiologia e Diagnóstico e quatro fisioterapeutas.

O edital está disponível no site da Secretaria de Estado da Saúde (www.saude.sc.gov.br), e os interessados podem se inscrever no próprio portal, até o dia 30 de agosto.

Os candidatos devem entregar a documentação na direção do hospital ou na secretaria setorial, localizada em Florianópolis. A seleção será feita por meio de análise curricular, mediante o somatório de pontos da contagem de títulos, e levando em conta a experiência profissional.

A remuneração varia de R$ 2,2 mil a R$ 7 mil.

* Com informações da assessoria de imprensa da Secretaria do Desenvolvimento Regional de Lages.

Bookmark and Share

Inter de Lages conquista mais um título!

19 de agosto de 2013 0
Juniores do Leão Baio conquistaram o estadual Divisão de Acesso com uma rodada de antecedência. Foto: Divulgação

Juniores do Leão Baio conquistaram o estadual Divisão de Acesso com uma rodada de antecedência. Foto: Divulgação

Com uma campanha irrepreensível, os juniores do Internacional de Lages conquistaram na última quinta-feira, em Navegantes, o título estadual da divisão de acesso da categoria. O troféu, garantido com uma rodada de antecedência, foi confirmado após a vitória por 5 a 0 no jogo contra o Barra, de Balneário Camboriú.

Até a conquista, o Inter obteve sete vitórias em sete jogo, marcou 35 gols e sofreu apenas três. Foi o primeiro troféu do clube em qualquer uma das categorias do futebol masculino desde o título da segunda divisão de profissionais, conquistado em 2000.

Os campeões: Islas, Nickson e Bruno Neves (goleiros); Mateus, Matheus Coelho e Dado (laterais); Gabriel, Fabrício, Thiago e Rodrigo (zagueiros); Zé, Vinícius, Pelozato, Lucas, Bruno e Alexandre (volantes); Everton, Manuel, Ederson, Aldair Bahia e Wesley (meias); Leone, Careca, Maike, Edson e William Moser (atacantes). Técnico: Zé Melo

Juvenis ainda brigam pelo título

Na rodada realizada também na quinta-feira, os juvenis foram derrotados por 1 a 0 pelo Barra. A equipe jogou desfalcada de quatro titulares e sentiu a maratona de jogos dos últimos dias.

A equipe ainda pode chegar ao título neste sábado, dia 24, mas já não depende apenas de si para levantar o troféu. Além de derrotar o Oeste, em Lages, os juvenis precisam torcer contra o Pinheiros no jogo contra o Maga.

Profissionais iniciam a batalha em casa e esperam lotar o Tio Vida

Com dois jogos e duas vitórias até agora, ambas conquistadas fora de casa, os profissionais do Inter de Lages estreiam no Estádio Municipal Vidal Ramos Junior no próximo domingo, às 15h, contra o Jaraguá. A diretoria do clube espera lotar o Tio Vida. Os ingressos custarão R$ 20,00 e são vendidos antecipadamente nas Lojas Honolulu e Laura Violandi.

* Com informações da assessoria de imprensa do Inter de Lages

Bookmark and Share

Caso do juiz afastado pelo TJSC tem julgamento marcado

16 de agosto de 2013 0
Fernando Cordioli Garcia é acusado de 18 atos considerados ofensivos aos deveres funcionais de um magistrado, mas alega estar sendo perseguido devido ao seu trabalho no combate à corrupção. Foto: Vani Boza, março de 2013

Fernando Cordioli Garcia é acusado de 18 atos considerados ofensivos aos deveres funcionais de um magistrado, mas alega estar sendo perseguido devido ao seu trabalho no combate à corrupção. Foto: Vani Boza, março de 2013

O polêmico caso do jovem juiz afastado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) por supostas irregularidades que teriam sido praticadas por ele enquanto magistrado na Comarca de Otacílio Costa, na Serra, pode estar perto do fim depois de nove meses.

O desembargador Ronei Danielli, relator do processo em que Fernando Cordioli Garcia é acusado de ter cometido 18 atos considerados ofensivos aos deveres funcionais de um magistrado, a grande maioria relacionada à ética e ao comportamento, solicitou ao presidente do TJ, Cláudio Barreto Dutra, a inclusão do caso na pauta de julgamento do Tribunal Pleno da no próximo dia 4 de setembro.

A assessoria de imprensa do TJ não havia recebido a pauta até a tarde desta sexta-feira. As sessões na instituição ocorrem a cada duas quartas-feiras.

Assim, se o julgamento não ocorrer no dia 4, a próxima oportunidade será no dia 18. O que é certo, porém, é que as investigações estão concluídas e o caso está pronto para ser julgado.

O TJ não se manifestou a respeito, mas segundo o juiz Cordioli, em caso de absolvição o seu retorno ao trabalho estará garantido, ainda que ele já venha pleiteando sua reintegração desde dezembro do ano passado, quando foi afastado.

Caso Cardioli seja considerado culpado, as penas, segundo o artigo 42 da Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman), podem ser, em ordem de rigor: advertência, censura, remoção compulsória, disponibilidade com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço, aposentadoria compulsória com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço e demissão.

Continua…

Bookmark and Share

Laudo de sanidade mental pode ter relevância

16 de agosto de 2013 0

No dia 21 de junho, a Junta Médica do TJSC emitiu um laudo pericial atestando que Fernando Cordioli não apresenta qualquer sintoma psiquiátrico, e o documento que prova a sanidade mental do juiz pode ter relevância no julgamento.

Desde o seu afastamento, Fernando Cordioli sempre disse que era vítima de perseguição devido ao seu trabalho de combate à corrupção.
A alegação foi negada pelo TJ. Procurado pela reportagem do Diário Catarinense na tarde desta sexta-feira, o juiz disse que não poderia se manifestar a respeito do julgamento. A advogada dele, Ana Cândida dos Santos Echevenguá, não foi localizada por telefone.

Nas alegações finais para a sua defesa, às quais Cordioli renunciou ao sigilo e o DC teve acesso, a advogada tece uma série de elogios ao seu cliente enquanto magistrado e cidadão comum, e alega que ele foi “injustamente afastado preventivamente sem portaria acusatória, sem acórdão e sem o sorteio de um relator para o PAD (Processo Administrativo Disciplinar) na solenidade que o afastou, em 5 de dezembro de 2012”.

Ana Echevenguá conclui afirmando que foram reunidos contra Cordioli “vários procedimentos preliminares, de épocas distintas, sem qualquer conexão probatória entre eles, para causar maior impressão negativa”.

Pablo Gomes, Otacílio Costa

Bookmark and Share