Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de outubro 2013

Erick disse que amava a mãe antes de morrer

30 de outubro de 2013 0
Ariana Branco Pereira, mãe de Erick, precisou ser consolada por parentes e amigos durante o velório do filho. Foto: PABLO GOMES

Ariana Branco Pereira, mãe de Erick, precisou ser consolada por parentes e amigos durante o velório do filho. Foto: PABLO GOMES

Enquanto lutava pela sobrevivência na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages, na Serra Catarinense, depois de ter 70% do corpo queimado pelo fogo durante uma brincadeira com um amigo, as últimas palavras do pequeno Erick Pereira Melo, de quatro anos, para a mãe Ariana Branco Pereira, 24, foram “eu te amo, mamãe”. A declaração veio seguida de uma lágrima, e na manhã desta quarta-feira, uma semana após o acidente, a voz de Erick se calou e seus olhos se fecharam para sempre.

Familiares e amigos presentes no velório, realizado na capela mortuária do Bairro Guarujá, lembraram de Erick como uma criança ativa, inteligente e educada. Filho único, ele era paparicado e querido por todos que o conheciam. Afinal, era um brincalhão que adorava fazer suas traquinagens, mas sempre com obediência.

_ Ele era um anjinho, muito amado e respeitava os pais. Não tinha quem não gostasse dele _, conta a agente de saúde Franciele Alves de Melo, amiga da família.

Erick era aluno do Centro de Educação Infantil Jardim Celina, localizado no bairro de mesmo nome, onde ele morava. Atualmente, porém, não frequentava a escola para ficar em casa com a mãe, que está desempregada. E foi num desses momentos que o pior aconteceu.

O comerciante Celso Matos da Silva, tio e padrinho de Erick, lembra que pouco antes do acidente, no fim da tarde do último dia 23, Ariana chamou o menino, que estava na rua com o amigo de sete anos, para tomar um lanche. Erick pediu para brincar mais alguns minutos e, logo em seguida, a mãe ouviu os gritos desesperados do filho.

_ Ele não chegou a tomar o Nescau _, lamenta o padrinho.

Celso lembra do afilhado como uma criança dócil e saudável e que gostava de passar gel no cabelo quando se arrumava. E essa imagem jamais sairá da cabeça de Celso.

_ Trabalho de domingo a domingo e moro do outro lado da cidade, e por isso fazia um ano que não via o Erick. Esse sentimento ficará para sempre comigo.

O sepultamento do corpo de Erick ocorrerá às 11h desta quinta-feira no jazigo pertencente à família, no Cemitério da Penha, em Lages.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Governo de SC se manifesta sobre o caso Erick

30 de outubro de 2013 0

“Comunicado sobre a morte do menino Erick Pereira Melo
Florianópolis, 30 de outubro de 2013

O menino Erick Pereira Melo, de quatro anos, morreu na manhã desta quarta-feira, em Lages, vítima de queimaduras que afetaram 70% de seu corpo. Ele estava recebendo tratamento específico em um leito de UTI pediátrica, no Hospital Infantil Seara do Bem, desde o dia 23, quando houve o acidente.

A UTI do Joana de Gusmão dispõe de oito leitos com estrutura semelhante à UTI pediátrica do Seara do Bem. O diretor do hospital, Murillo Capella esclarece que não há no Hospital Infantil de Florianópolis leitos de UTI específicos para queimados. Há, sim, leitos de UTI geral onde os pacientes queimados graves são também tratados. Se tivesse sido transferida para a Capital, a criança receberia os mesmos cuidados de UTI até que seu quadro clínico estivesse estabilizado para então ser submetida ao tratamento de queimadura (especialidade disponível no Hospital Infantil Joana de Gusmão).

Desde a última quinta-feira, 24, o setor de Regulação do Estado vinha buscando uma vaga em um hospital onde houvesse tratamento de queimados para crianças, já que no Hospital Infantil Joana de Gusmão todos os leitos de UTI estão ocupados por crianças em estado grave.

Na terça-feira a vaga foi disponibilizada no Hospital Pronto Socorro de Porto Alegre (RS), além de um leito no Hospital Baia Sul, em Florianópolis. No entanto, a médica do menino Erick não liberou a transferência porque a situação dele era instável.

A Secretaria de Estado da Saúde está fazendo uma reforma no Hospital Infantil Joana de Gusmão que ampliará o número de leitos de UTI de oito para 20, assim como está ampliando o centro cirúrgico, que hoje funciona com quatro salas e, ao fim da reforma, funcionará com oito salas”.

Bookmark and Share

Morre menino queimado durante brincadeira

30 de outubro de 2013 2
Erick Pereira Melo tinha quatro anos e morava com os pais em Lages. Foto: Álbum de família, Divulgação

Erick Pereira Melo tinha quatro anos e morava com os pais em Lages. Foto: Álbum de família, Divulgação

Estava tudo programado para que a transferência para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), em Porto Alegre (RS), ocorresse na manhã desta quarta-feira, mas poucas horas antes de o helicóptero do Corpo de Bombeiros ser acionado para fazer o transporte, o menino Erick Pereira Melo, de apenas quatro anos, não resistiu e morreu uma semana depois de ter 70% do corpo queimado pelo fogo durante uma brincadeira de criança.

Erick se queimou gravemente no tarde do último dia 23 enquanto brincava com fogo e álcool com um amigo de sete anos no Bairro Jardim Celina, onde morava com os pais, o pedreiro Michael Melo e a vendedora Ariana Branco Pereira.

O garotinho foi internado às pressas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Seara do Bem, perto da sua casa, mas como a instituição não tem tratamento específico para queimados, precisaria ser levado para uma unidade especializada.

O Hospital Tereza Ramos, também em Lages, conta com o serviço, mas apenas para adultos. Já o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, está com todos os leitos de sua UTI ocupados.

Assim, o governo do Estado providenciou uma vaga para Erick no HPS, em Porto Alegre, e disponibilizou o helicóptero Arcanjo, do Corpo de Bombeiros, para transferir o menino tão logo o seu quadro de saúde estivesse estabilizado, tanto que a aeronave chegou a ficar de sobreaviso para realizar o transporte a qualquer momento. Mas isso não chegou a acontecer.

Ao longo dos sete dias em que esteve internado no Seara do Bem, Erick apresentou quadro instável, com constante alteração de pressão e batimentos cardíacos, o que impedia a viagem aérea até a capital gaúcha. Só na terça-feira ele sofreu três paradas cardiorrespiratórias.

No fim da tarde, porém, a pressão melhorou e o quadro de Erick ficou estável, tanto que o Corpo de Bombeiros chegou a preparar o pátio do Seara do Bem para o pouso do helicóptero na manhã desta quarta-feira.

_ A família foi chamada às 7h30min para ir ao hospital e achávamos que era para finalmente viajar a Porto Alegre, mas na verdade era para receber a notícia de que o Erick tinha acabado de morrer _, lamenta a tia de Erick, a professora Rosemeri de Fátima da Silva.

A tia diz que a causa da morte de Erick foi apontada pelo Seara do Bem como insuficiência respiratória e queimadura grave. O sepultamento do corpo ocorrerá na manhã desta quinta-feira, no jazigo da família, no Cemitério da Penha, em Lages.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Irmãos suspeitos de queimar vizinho vivo

30 de outubro de 2013 0

Dois irmãos suspeitos de atear fogo em um vizinho após uma briga em Lages, na Serra Catarinense, serão indiciados por homicídio qualificado por motivo fútil e meio cruel, uma vez que a vítima estava viva quando foi incendiada.

A dupla teria confessado o crime à polícia, e a causa do assassinato seria uma discussão motivada pelo consumo de bebidas alcoólicas.

O delegado Sérgio Roberto de Sousa, da Divisão de Investigação Criminal da Polícia Civil (DIC), conta que na última sexta-feira o trabalhador florestal Aldori Rodrigues da Cruz, de 35 anos, foi convidado pelo vizinho Hercílio da Silva Coelho Neto, 50, para beber. Como Aldori recusou, Hercílio passou a xingá-lo. Os dois discutiram e cada um foi para casa, no Bairro Caroba.

Ocorre que no início da madrugada de sábado, Aldori e o irmão Ademir Rodrigues da Cruz, 28, teriam ido até a casa de Hercílio para espancá-lo.

Durante a agressão, os irmãos teriam golpeado Hercílio com uma facada no peito e outra no pescoço, e ao constatarem a gravidade dos ferimentos, decidiram dar fim ao corpo do desafeto.

Ambos teriam levado Hercílio de carro até as proximidades do Rio Amola Faca, no limite entre Lages e o município de São José do Cerrito, entraram na mata às margens da BR-282 e teriam cravado uma chave de fenda no peito da vítima, que continuou viva. Assim, não encontraram outra alternativa que não incendiar o corpo, o que teriam feito com um litro de gasolina e um isqueiro.
_ Eu perguntei a eles se a vítima estava viva quando foi incendiada, e eles confessaram que sim, pois respirava e gemia de dor _, diz o delegado.

Um boletim de ocorrência por desaparecimento chegou a ser registrado no sábado por parentes de Hercílio, mas no domingo à noite, uma testemunha que presenciou o crime acionou a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Civil, que foram até o local e localizaram o cadáver totalmente carbonizado.

Com a identificação, dois mandados de prisão foram expedidos pela Justiça e os suspeitos foram capturados pela DIC no fim da tarde de segunda-feira em uma área de reflorestamento de pinus onde trabalhavam, em São José do Cerrito.

O delegado Sérgio Roberto de Sousa vai indiciar Aldori e Ademir por homicídio qualificado por motivo fútil e meio cruel, com pena de 12 a 30 anos de reclusão.

Os irmãos estão no Presídio Regional de Lages. O inquérito deve ser concluído ainda esta semana e, com a prisão temporária convertida para preventiva, os irmãos devem ser transferidos para o Presídio Masculino de Lages, onde ficarão à disposição da Justiça até o julgamento.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Mães de primeira viagem reúnem-se em Lages

25 de outubro de 2013 0

Ser mãe é descrito pela maioria das mulheres como algo maravilhoso. Mas elas também revelam quem em certos momentos a tarefa não é muito fácil porque surgem diversas dúvidas, principalmente em se tratando do primeiro filho.

Por conta disso, surgiu na internet um grupo de mães de primeira viagem, com o intuito de trocar informações e dicas sobre como cuidar dos bebês.

Neste sábado, dia 26, integrantes devem se reunir pela terceira vez para conversar sobre filhos, tipo de parto, amamentação, enxoval, cuidados, entre outros tantos assuntos que surgem nessa fase. O encontro vai ocorrer na praça de alimentação do supermercado Angeloni por volta das 16h.

A ideia de formar o grupo foi da psicóloga lageana Débora Masiero. Ela diz que a necessidade surgiu depois que engravidou.

_ Queria ajudar as mães passando o máximo de informações que precisassem e quisessem saber. No grupo a gente troca dicas e experiências numa espécie de clube de mães _, explica a moderadora, que deu uma pausa na profissão para se dedicar à maternidade.

O grupo virtual Mães de Primeira Viagem começou com aproximadamente 30 amigas em abril deste ano e já conta com cerca 900 membros de diversas partes do Brasil e até do exterior.

Muitas das participantes já confirmaram presença para esta que será a terceira reunião em menos de um ano.

_ Esses encontros significam para mim a realização de um grande projeto que deu certo. O grupo me permite estar ligada à minha profissão, pois busco sempre solucionar todas as dúvidas das mamães.

O encontro é aberto e podem participar gestantes, mães de primeira, segunda, terceira ou quarta viagem, como brinca a moderadora.

A roda de conversa também terá a presenças dos mascotinhos, como são chamados carinhosamente os bebês das integrantes.

* Com informações da jornalista Taina Borges.

Bookmark and Share

Feirão e pedalada do imposto em Lages

25 de outubro de 2013 0

A Acil Jovem realiza neste sábado, das 8h às 17h, no calçadão da Praça João Costa, em Lages, o dia D do Feirão do Imposto.

Na oportunidade, serão expostos diversos produtos com informações do preço de venda e a incidência de impostos sobre o preço final.

Ao fim do evento serão vendidas duas bicicletas sem a incidência do imposto e haverá o sorteio de uma bicicleta e dois tablets.

Ainda dentro da programação do Dia do Imposto, ocorrerá no domingo a Pedalada Feirão do Imposto, numa parceria com a secretaria municipal da Saúde, em alusão ao Outubro Rosa.

As inscrições para o passeio são gratuitas e podem ser feitas a partir das 8h30min na Praça Joca Neves. A saída ocorrerá às 9h30min.

* Com informações da assessoria de imprensa da Associação Empresarial de Lages (Acil).

Bookmark and Share

Transul responde e admite erro de motorista

25 de outubro de 2013 0

Depois de publicarmos a foto de um ônibus da Transul cujo motorista comete irregularidades no semáforo entre as avenidas Belizário Ramos e Presidente Vargas, em Lages, recebemos uma mensagem do gerente de tráfego da Transul, Genesio Küster.

Küster explica que, naquele lugar, foram colocados tachões (tartarugas) que estreitaram demais a pista para a largura do ônibus.

Porém, ao ver a foto do veículo número 70 da linha Habitação ocupando toda a faixa da direita, destinada exclusivamente a quem sobe a Presidente Vargas – e o ônibus em questão segue sempre em frente em direção ao terminal -, Küster admitiu que o motorista deveria estar utilizando a pista do meio, com apenas parte do rodado na pista da direita.

O gerente de tráfego da Transul garante que o motorista será chamado ainda nesta sexta-feira para uma conversa referente a este assunto.

Agradecemos à direção da Transul pelo retorno e esperamos que, dessa vez, o problema que se estende há meses seja definitivamente resolvido.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Motorista da Transul comete irregularidades

24 de outubro de 2013 0
Motorista do ônibus 70 da linha Habitação insiste em cometer irregularidade em um dos pontos mais movimentados do trânsito de Lages. Foto: Pablo Gomes

Motorista do ônibus 70 da linha Habitação insiste em cometer irregularidade em um dos pontos mais movimentados do trânsito de Lages. Foto: Pablo Gomes

Alguém aí trabalha na Transul? Ou melhor, alguém aí é dono ou filho ou neto ou sobrinho ou amigo ou vizinho do dono da Transul?

Então avisa à chefia, por favor, que o motorista do ônibus número 70, da linha Habitação, vive cometendo irregularidades no semáforo entre as avenidas Belizário Ramos e Presidente Vargas, aquele ao lado da boate Companhia.

Pra quem segue pela Belizário, sentido Bairro São Cristóvão/Centro, são três faixas, certo? E a da direita é destinada EXCLUSIVAMENTE a quem vai subir a Presidente Vargas em direção ao Bairro Coral. No local, inclusive, há uma sinalização muito clara quanto a isso. E todo lageano sabe disso…

Ocorre que, quase diariamente, o motorista do referido ônibus que passa por ali entre 13h30min e 14h insiste em dar uma de esperto para driblar o tráfego intenso daquele horário e usa justamente a faixa da direita para seguir em frente, forçando quem está à esquerda a praticamente cair no Rio Carahá para evitar a colisão. Sim, claro, afinal, quem é que, em sã consciência, gostaria de ser atingido por um ônibus na beira de um rio?

Como cidadão, e não como jornalista, pois nunca me identifiquei como repórter, telefonei várias vezes – várias mesmo – para a Transul nos últimos meses denunciando essa situação. Sempre falo com um senhor de nome Eduardo, que se identifica como superior dos motoristas, e ele sempre me garante que vai resolver o problema.

Mas dia após dia, o motorista do, repito, ônibus 70 da Transul, linha Habitação, continua seus atos de irresponsabilidade e imprudência em um dos pontos mais movimentados e perigosos do trânsito de Lages.

Até quando? Estão à espera de uma tragédia para dar pelo menos um “pito” no motora folgado?

Então, se alguém aí trabalha na Transul, avisa a chefia, por favor? Eu cansei…

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Casal que maltratava animais será multado

22 de outubro de 2013 0

Cópia de 2

Cópia de 12

Cópia de 3Polícia Militar Ambiental resgatou 10 cães e 12 gatos que sofriam em condições degradantes em um pequeno barraco sem iluminação e cheio de fezes em uma residência no Bairro Guarujá, em Lages. Fotos: RBS TV Centro-Oeste, Reprodução

O casal flagrado pela Polícia Militar Ambiental na tarde de segunda-feira em Lages, na Serra Catarinense, por maus-tratos contra animais, pode ser multado em até R$ 11 mil, uma vez que foram apreendidos 22 exemplares e a multa para cada um é de R$ 500.

Os policiais tomaram conhecimento do caso após receberem denúncias de que vários animais estariam sofrendo maus-tratos em uma residência no bairro Guarujá.

Na segunda-feira, os militares foram até o local e resgataram 10 cães e 12 gatos, todos em condições degradantes em um pequeno barraco de madeira sem janela e apenas com alguns furos na parede para ventilação. O local estava cheio de fezes e não havia qualquer preocupação quanto à higiene.

Todos os bichos foram levados inicialmente para a sede da Polícia Ambiental e, na manhã desta terça-feira, foi feito um acordo pelo qual a Associação Lageana de Proteção aos Animais (Alpa) ficará como depositária fiel dos cães e gatos até que seja formalizado o procedimento de doação a pessoas interessadas e comprovadamente idôneas.

O comandante da Polícia Ambiental de Lages, capitão Frederick Rambusch, explica que, na esfera criminal, foi instaurado um Termo Circunstanciado (TC) por crime ambiental contra o dono da casa onde os animais foram apreendidos.

A pena prevista no artigo 32 da Lei 9.605/98 é de três meses a um ano de detenção e pode ser convertida em serviços comunitários. Em até 30 dias o caso será encaminhado ao Ministério Público, que tomará as medidas jurídicas.

Na esfera administrativa, a multa deve chegar a R$ 11 mil, considerando a quantia de R$ 500 por animal apreendido. O casal tem 20 dias para apresentar defesa.

Quem quiser contribuir com a Alpa no cuidado dos animais pode entrar em contato pelo telefone (49) 9972-2363 ou pelo site www.alpalages.com.br.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Lages, gigante pela própria natureza!

22 de outubro de 2013 1
Lages ocupa tem nada menos que 2,6 mil quilômetros quadrados e é disparado o maior município de Santa Catarina. Foto: Divulgação

Lages ocupa tem nada menos que 2,6 mil quilômetros quadrados e é disparado o maior município de Santa Catarina. Foto: Divulgação

Ao ler uma reportagem qualquer agora na internet, me deparo com uma informação muito interessante e da qual eu não tinha a menor noção.

São Paulo, a cidade mais populosa do Brasil, com 12 milhões de habitantes, tem um território de apenas 1,5 mil quilômetros quadrados.

Mas que baaaaaarbaridade! Ainda que tenha só um pouco mais de 1% da população (estimativa de 159 mil moradores para este ano, segundo o IBGE), Lages é bem maior, com nada menos que 2,6 mil quilômetros quadrados, quase o dobro de São Paulo.

Entre os 295 municípios de Santa Catarina, Lages tem disparado o maior território de Santa Catarina, seguido por São Joaquim, com 1.885 quilômetros quadrados.

Entre os 1.191 municípios do Sul do Brasil, Lages ocupa a 20ª colocação. A “liderança” fica com Alegrete (RS), com uma área de 7,8 mil quilômetros quadrados.

Já entre os 5.570 municípios de todo o país, Lages ocupa a posição número 578. O maior de todos é Altamira, no Pará, com surpreendentes 159 mil quilômetros quadrados.

Lages é tão grande que só é menor que oito das 27 capitais estaduais – Rio Branco (AC), Manaus (AM), Macapá (AP), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR).

Lages é de cinco a seis vezes maior que as vizinhas Florianópolis, Porto Alegre (RS) e Curitiba (PR).

Ou seja, em Lages há lugar de sobra para para plantar, produzir, construir, investir, morar e viver!

Lages, gigante pela própria natureza, a capital do sul do mundo!

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share