Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2013

Prefeito considera prisão um exagero

28 de novembro de 2013 1

Mesmo preso, o prefeito de Erval Velho, Walter Kleber Kucher Junior (PMDB), está tranquilo. O advogado dele, Leonardo Elias Bittencourt, garante que o seu cliente, como homem público, é ciente que está sujeito à fiscalização e eventuais investigações.

Porém, considera um exagero a prisão temporária, pois não tem antecedentes criminais e possui família e endereço fixo.

_ O prefeito teria ido de forma espontânea prestar depoimento no Gaeco. Ele não oferece risco no sentido de coagir testemunhas, tanto que a sua prisão nem foi preventiva. Agora está sofrendo esse constrangimento.

O advogado destaca que a investigação do Gaeco é relacionada aos anos de 2011 e 2012, quando o atual prefeito era secretário municipal de Administração e coordenava os processos licitatórios de Erval Velho.

Ele garante que as duas obras de poços artesianos no município que são alvo do trabalho do Gaeco não foram superfaturadas e, ao contrário, estariam com o orçamento abaixo do preço de mercado.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Gaeco prende fraudadores de licitações

28 de novembro de 2013 0

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) de Santa Catarina deflagrou na manhã desta quinta-feira a Operação Fundo do Poço com o objetivo de prender servidores públicos municipais e empresários do ramo de perfuração de poços artesianos envolvidos em um suposto esquema de formação de quadrilha, fraudes em licitações e crimes contra a administração pública.

A operação é fruto de uma investigação iniciada pelo Gaeco de Lages. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) expediu 20 mandados de prisão temporária e 48 de busca e apreensão, cumpridos em várias cidades da Serra, Meio-Oeste e Oeste do Estado. Um agente público suspeito de receber propina foi preso em Curitiba (PR).

Os trabalhos foram executados pelos Gaecos de Lages, Florianópolis, Itajaí, Criciúma, Chapecó e Joinville; Instituto Geral de Perícias (IGP); policiais militares de Lages; policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Lages e da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Florianópolis.

O Gaeco de Lages, que coordenou a operação e onde pelo menos quatro pessoas estariam presas, deve repassar novas informações na tarde desta quinta-feira.

* Com informações do Ministério Público de Santa Catarina.

Bookmark and Share

Vídeo: tornado atinge vinícola em São Joaquim

26 de novembro de 2013 1

Um vídeo divulgado no último sábado na internet mostra o exato momento em que um tornado atingiu São Joaquim, na Serra Catarinense.

O fenômeno aconteceu no dia 11 deste mês e foi confirmado por especialistas. As imagens foram gravadas pelo designer gráfico Ricardo Simone, de 34 anos, morador de Florianópolis.

Era por volta de 19h daquele dia quando ele estava na Vinícola Monte Agudo, ao lado da Villa Francioni, quando viu a forte tempestade se formar em um vale nas proximidades.

Como já havia filmado um pôr do sol no mesmo lugar, Ricardo quis registrar o contraste dos dois eventos para colocar em um vídeo que está produzindo para o site da vinícola.

Até que a tempestade ganhou muita força e se aproximou rapidamente do receptivo da vinícola, e Ricardo precisou ser alertado pela namorada, a empresária Patrícia Ferraz, de 35 anos, que estava no interior da casa.

— Ele nem sabia o que estava gravando, e quando eu vi a nuvem, abri a porta e o chamei. Já morei nos Estados Unidos, e lá é comum acontecer tornados. Por isso eu sabia que tinha de correr para dentro do banheiro. Teve um momento em que eu achei que ia voar tudo —, conta Patrícia.

Ao ser chamado pela namorada, Ricardo correu para o receptivo e se escondeu debaixo de uma mesa. Ele viu os móveis sendo arrastados pelo vento e ficou assustado, e só após o tornado, que durou cerca de três minutos, é que Ricardo percebeu os estragos na estrutura, como destelhamento da cobertura e vidros quebrados, e o risco a que estava exposto.

— A câmera voou, e quando vi o vídeo percebi o que era. Cheguei a ver os funis descendo do céu e tocando o solo, mas achava que era só uma tempestade. Se eu soubesse que era um tornado vindo exatamente em nossa direção teria embarcado no carro e saído de lá imediatamente.

O tornado provocou estragos no receptivo da vinícola, e os prejuízos são calculados. Perto dali, um galpão de tijolo desabou e aproximadamente 15 araucárias foram arrancadas do solo com raiz.

Já na área industrial, em direção a Bom Jardim da Serra, três barracões de empresas de maçã foram danificados. Na mesma região, fios de alta tensão caíram sobre a SC-114, mas a rodovia foi liberada ainda durante a noite. Ninguém ficou ferido ou desabrigado.

Pablo Gomes, São Joaquim

Bookmark and Share

Polícia admite ação do tráfico nas pequenas cidades

22 de novembro de 2013 0
Operação policial com 50 agentes resultou na prisão de 12 pessoas na manhã desta sexta-feira em Bom Retiro e São José. Foto: Pablo Gomes

Operação policial com 50 agentes resultou na prisão de 12 pessoas na manhã desta sexta-feira em Bom Retiro e São José. Foto: Pablo Gomes

Foram quatro meses de investigação até uma preocupante constatação: o tráfico chegou a lugares onde até pouco tempo atrás não se falava nisso.

A Polícia Civil de Santa Catarina admite a presença de fornecedores de drogas nas pequenas cidades turísticas da região mais fria do Brasil e procura agir com firmeza para evitar que a situação fuja do controle.

Na manhã desta sexta-feira, uma grande operação com 50 agentes de várias delegacias, inclusive da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), resultou na prisão de 12 pessoas suspeitas de distribuir entorpecentes nas cidades de Bom Retiro, Bom Jardim da Serra, Bocaina do Sul, Rio Rufino, São Joaquim, Urubici e Urupema, na Serra.

Dez prisões ocorreram em Bom Retiro e duas em São José, na Grande Florianópolis, provável origem da droga.

Foram apreendidos também dois quilos de crack e maconha, uma balança de precisão, munições de armas de fogo, dez celulares e uma moto furtada.

— As investigações apontam para uma quadrilha com várias ramificações. Queremos saber agora quem recrutava adolescentes para atuar no tráfico de drogas nas cidades da região —, diz a delegada Raquel de Souza Freire, de Bom Retiro.

Conhecidas nacionalmente por suas belezas naturais, pelas menores temperaturas do país e pela constante ocorrência de neve durante o inverno, as cidades envolvidas nas investigações policiais somam juntas apenas 60 mil moradores.

E são essas pessoas que vivem basicamente da agricultura familiar, da pecuária, do cultivo de maçã e do turismo os novos alvos dos traficantes.

— O tráfico está uma crescente na região e conta com braços locais nas cidades. As drogas estão começando a entrar agora —, comenta o delegado Gustavo Gigliotti Murijo, de Urubici.

Todos os 12 detidos na operação desta sexta-feira, denominada Leão Baio 1 em referência ao felino silvestre típico da região e conhecido por sua agilidade ao caçar suas presas, cumprirão mandados de prisão temporária de 30 dias no Presídio Regional de Lages.

Pablo Gomes, Bom Retiro

Bookmark and Share

Suposto chefe do tráfico em Lages é preso

21 de novembro de 2013 0
Marcelo Lima Pereira, o Pinguim, foi localizado pela Deic em São José na tarde desta quinta-feira. Foto: Polícia Civil, Divulgação

Marcelo Lima Pereira, o Pinguim, foi localizado pela Deic em São José na tarde desta quinta-feira. Foto: Polícia Civil, Divulgação

Policiais civis da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Florianópolis, prenderam na tarde desta quinta-feira, na cidade de São José, o homem considerado um dos chefes do tráfico de drogas na Serra Catarinense.

Marcelo Lima Pereira, o Pinguim, foi capturado em virtude de um mandado de prisão expedido pela Justiça após investigações feitas pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Lages.

Pinguim seria o quarto integrante da suposta quadrilha formada por Paulo Cesar Alves Junior, Gelson José da Silva Cachoeira e Leonardo Rafael de Lima, presos na noite da última terça-feira após voltarem de São José abastecidos com cocaína que teria sido fornecida por Pinguim.

Pinguim é apontado como um dos maiores fornecedores de drogas da Serra e, segundo a DIC de Lages, tem passagens por tráfico de drogas, formação de quadrilha, receptação e estelionato.

Ele já havia sido preso pela própria DIC de Lages em por tráfico. Pinguim está detido na sede da Deic, em Florianópolis, e será transferido para o Presídio Masculino de Lages.

* Com informações da Polícia Civil de Lages.

Bookmark and Share

Juiz Cordioli é condenado e será transferido

21 de novembro de 2013 0
Fernando Cordioli Garcia será removido de Otacílio Costa, na Serra, para Sombrio, no Sul. Foto: Vani Boza, Agência RBS, março de 2013

Fernando Cordioli Garcia será removido de Otacílio Costa, na Serra, para Sombrio, no Sul. Foto: Vani Boza, Agência RBS, março de 2013

O jovem juiz Fernando Cordioli Garcia, afastado em dezembro do ano passado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) por supostas irregularidades que teriam sido praticadas por ele enquanto magistrado na Comarca de Otacílio Costa, na Serra, foi condenado à remoção e cumprirá a sua pena em Sombrio, no Sul do Estado.

A decisão foi tomada pelos desembargadores do TJSC na sessão da última quarta-feira. Cordioli será transferido nas próximas semanas e deverá permanecer em Sombrio por pelo menos um ano, período em que não poderá ser promovido por merecimento. Já a vaga antes ocupada por ele, em Otacílio Costa, será aberta para promoção de outros juízes.

Fernando Cordioli Garcia foi afastado pelo Tribunal de Justiça no dia 5 de dezembro do ano passado sob a acusação de ter cometido 18 atos considerados ofensivos aos deveres funcionais de um magistrado, a grande maioria relacionada à ética e ao comportamento.

Ele sempre se defendeu e disse sofrer perseguições devido ao seu trabalho de combate à corrupção, alegação negada pelo Tribunal.

Em junho, por determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Cordioli foi submetido a uma perícia pela Junta Médica oficial do TJSC a fim de não restar dúvidas quanto à sua sanidade mental.

O laudo concluiu que o juiz não sofre qualquer tipo de distúrbio psiquiátrico, tem boa capacidade de raciocínio e discernimento e é ampla e irrestritamente responsável por seus atos e consequências.

Continua…

Bookmark and Share

Juiz poderia ter sido até demitido

21 de novembro de 2013 0

O julgamento de Cordioli no TJSC, em Florianópolis, começou no dia 18 de setembro e só terminou na última quarta-feira.

Conforme a Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Loman), o juiz poderia ter sido condenado, em ordem de rigor, à advertência, censura, remoção compulsória, disponibilidade com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço, aposentadoria compulsória com vencimentos proporcionais ao tempo de serviço e demissão.

Cordioli não esconde a decepção pelo fato de a sua sanidade mental ter sido colocada em dúvida, mas está satisfeito com a pena de remoção compulsória e garante que corrigirá os seus erros para voltar a atuar na magistratura depois de um ano afastado, sem perder, porém, as características pelas quais ficou conhecido.

_ Tentarei corrigir aquilo que os desembargadores têm razão, mas vou cumprir o meu juramento de lutar pela justiça.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Moradores exigem rodovia decente

20 de novembro de 2013 0
Trecho da SC-355 entre Fraiburgo e Videira está em péssimas condições e coloca em risco a segurança dos usuários. Foto: Pablo Gomes

Trecho da SC-355 entre Fraiburgo e Videira está em péssimas condições e coloca em risco a segurança dos usuários. Foto: Pablo Gomes

Cansados de esperar por uma rodovia decente que os leve até em casa, moradores de Videira, no Meio-Oeste de Santa Catarina, decidiram se manifestar.

Há aproximadamente dois meses foi colocada uma grande placa às margens da SC-355 (antiga SC-453), no trecho entre Videira e Fraiburgo, em protesto contra as péssimas condições do asfalto.

O outdoor está na localidade de Vista Alegre, na altura do Km 46, justamente um dos pontos mais críticos com relação à intensidade do tráfego e ocorrências de acidentes, conforme a Polícia Militar Rodoviária de Lebon Régis, que atende a região.

Os manifestantes destacam o descontentamento com o governo do Estado e pedem que a placa só seja removida quando a rodovia finalmente estiver com o mínimo de conforto e segurança.

Aliás, viajar pelas rodovias do Meio-Oeste de Santa Catarina requer muito cuidado e paciência, pois é difícil encontrar um asfalto de qualidade, sem crateras e com a sinalização visível.

Pablo Gomes, Videira

Bookmark and Share

Capacidade do Tio Vida aumenta para a final

13 de novembro de 2013 0
Bombeiros liberaram o uso do antigo pavilhão na tarde desta quarta-feira. Foto: Luciano Mortari, FME Lages, Divulgação

Bombeiros liberaram o uso do antigo pavilhão na tarde desta quarta-feira. Foto: Luciano Mortari, FME Lages, Divulgação

O Inter de Lages conquistou um grande reforço de última hora para subir à Segunda Divisão do Campeonato Catarinense.

Na tarde desta quarta-feira, poucas horas do primeiro jogo da final do returno da terceirinha, contra o Blumenau, o Corpo de Bombeiros vistoriou o Estádio Municipal Vidal Ramos Junior e liberou a utilização do antigo pavilhão, interditado há alguns anos.

Assim, a capacidade do Tio Vida, que estava limitada a 4,5 mil pessoas, aumentou em 1.935 lugares, ficando com um total de 6.485.

* Com informações do jornalista Luciano Mortari, da assessoria de imprensa da Fundação Municipal de Esportes de Lages.

Bookmark and Share

Ataque de abelhas faz jogadores deitarem

12 de novembro de 2013 0

Cópia de Abelhas no jocol mais 40 (3)

 

Árbitros, jogadores e torcedores precisaram se proteger da fúria das abelhas durante final do Jocol. Fotos: Nilton Wolff, O Goleador, Divulgação

Árbitros, jogadores e torcedores precisaram se proteger da fúria das abelhas durante final do Jocol. Fotos: Nilton Wolff, O Goleador, Divulgação

Menos de um mês após um ataque de quero-quero a um árbitro assistente em uma partida do Inter de Lages pela Terceira Divisão do Campeonato Catarinense, outro momento hilário marcou uma partida de futebol amador com atletas da maior cidade da Serra Catarinense, ainda que as investidas do pássaro contra o bandeirinha tenham ocorrido no Estádio Hercílio Luz, em Itajaí.

O novo lance bizarro do esporte lageano ocorreu na manhã do último domingo. Americano e Industrial decidiam o título do campeonato de futebol suíço para atletas com mais de 40 anos nos Jogos Comunitários de Lages (Jocol).

A partida, realizada no campo da Associação Pinheirinho, no Bairro Passo Fundo, estava no segundo tempo quando alguns torcedores começaram a se atirar ao chão. Logo em seguida, a mesária do jogo fez o mesmo.

Instantaneamente, a atitude foi repetida pelos atletas reservas. Até que, ao perceber o que estava acontecendo, o árbitro Antonio Rogério Ozório tomou a decisão.

_ Para o jogo agora. Todo mundo deitado no chão.

Um enorme enxame partiu para cima das cerca de 150 pessoas que estavam no local, entre jogadores e torcedores, e todas se obrigaram a deitar no gramado ou onde quer que estivessem para se proteger da fúria das abelhas.

Continua…

Bookmark and Share