Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Curitibanos"

PF acredita em mais envolvidos na fraude do IR

18 de dezembro de 2013 0

A Polícia Federal acredita que pelo menos outras 10 pessoas, além das 60 já identificadas, estejam envolvidas em um suposto esquema de fraude no Imposto de Renda descoberto em cidades da Serra, Meio-Oeste, Oeste e Sul de Santa Catarina.

Dos 60 suspeitos confirmados até agora, três são funcionários de um escritório de contabilidade, 19 são profissionais da saúde e 38 são clientes.

O caso começou a ser apurado há sete meses, depois que a Receita Federal estabeleceu vínculos fiscais entre os envolvidos.

Durante as investigações, foi constatado que um escritório de contabilidade de Curitibanos estaria recrutando profissionais de saúde que trabalham ou já trabalharam na cidade para participar do esquema.

Fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais cobravam para emitir recibos de serviços que nunca prestaram a clientes do escritório de contabilidade.

Assim, ao apresentar à Receita os comprovantes de elevados gastos com saúde, estas pessoas conseguiam reduzir o valor do Imposto de Renda a pagar ou aumentar a restituição.

Em cinco anos, calcula-se que o esquema tenha causado prejuízos superiores a R$ 5 milhões aos cofres da União.

Depois de apreender documentos e materiais de informática em Lages, Curitibanos, Chapecó, Criciúma, Içara, Lebon Régis e São Paulo (SP) na terça-feira, a Polícia Federal começou a analisar os materiais para encaminhar à perícia a fim de concluir os inquéritos e enviá-los à Procuradoria da República, que deverá oferecer denúncia à Justiça Federal.

_ Ao abrir os malotes e analisar as apreensões, acreditamos que mais 10 pessoas, pelo menos, estão entre os beneficiários _, diz o delegado Allan Dias, do Núcleo de Inteligência da Superintendência da Polícia Federal em Santa Catarina.

Os indiciados responderão na esfera criminal por falsidade ideológica, organização criminosa e crime contra a ordem tributária.

Já na esfera administrativa deverão pagar, com juros, os valores que teriam burlado e multa que varia de 150% a 225% calculados sobre o valor do Imposto de Renda.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Fraudadores do Imposto de Renda são da classe alta

17 de dezembro de 2013 0

Os beneficiários do suposto esquema de fraudes no Imposto de Renda descoberto pela Receita, Procuradoria da República e pela Polícia Federal em cidades da Serra, Meio-Oeste, Oeste e Sul de Santa Catarina e que resultou em uma grande operação na manhã desta terça-feira são pessoas de classe média alta.

Os investigadores não acreditam que pessoas de menor poder aquisitivo tenham participação, uma vez que, para lucrar ilegalmente em cima dos cofres públicos, primeiro era preciso gastar muito dinheiro.

As investigações apontam que a suposta fraude era praticada há pelo menos cinco anos e que já teria resultado em prejuízos superiores a R$ 5 milhões à União. Pelo menos 60 pessoas já foram formalmente apontadas como suspeitas.

Continua…

Bookmark and Share

Profissionais da saúde emitiam recibos falsos

17 de dezembro de 2013 0
Delegado José Elói Werner Júnior (E), delegado Allan Dias (C) e o auditor fiscal Eduardo Zamparetti (D) explicaram os detalhes do caso em coletiva de imprensa. Foto: Pablo Gomes

Delegado José Elói Werner Júnior (E), delegado Allan Dias (C) e o auditor fiscal Eduardo Zamparetti (D) explicaram os detalhes do caso em coletiva de imprensa. Foto: Pablo Gomes

O caso começou a ser apurado há sete meses, depois que a malha fina da Receita Federal estabeleceu vínculos fiscais entre os envolvidos.

Durante as investigações, foi constatado que um escritório de contabilidade de Curitibanos estaria recrutando profissionais da saúde que trabalham ou já trabalharam na cidade para participar do esquema.

Os delegados Allan Dias e José Elói Werner Júnior e o auditor fiscal Eduardo Zamparetti explicam que fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais cobravam caro para emitir recibos de serviços que jamais prestaram a clientes do escritório de contabilidade.

Assim, ao apresentar à Receita Federal os comprovantes de elevados gastos com saúde, estas pessoas conseguiam reduzir o valor do Imposto de Renda a pagar ou aumentar a restituição.

_ Os profissionais da saúde só emitiam os recibos falsos mediante pagamento. Havia recibos de até R$ 10 mil. Os clientes compensavam esse gasto na redução ou restituição do Imposto de Renda. São pessoas de classe média alta, pois não vale a pena correr o risco por um rendimento baixo _, diz o auditor fiscal da Receita Federal, Eduardo Zamparetti.

Continua…

Bookmark and Share

Suspeitos deverão pagar elevadas multas

17 de dezembro de 2013 0
Movimentação foi intensa nesta terça-feira na delegacia da Polícia Federal de Lages, onde as investigações foram concentradas. Foto: Pablo Gomes

Movimentação foi intensa nesta terça-feira na delegacia da Polícia Federal de Lages, onde as investigações foram concentradas. Foto: Pablo Gomes

Na manhã desta terça-feira, durante a Operação Caduceu, em referência ao bastão entrelaçado por duas serpentes e um elmo alado e que simboliza a contabilidade, foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão e 22 de condução coercitiva para interrogatório dos suspeitos.

Os trabalhos foram realizados nas residências deles, nas cidades de Curitibanos, Lages, Chapecó, Criciúma, Içara, Lebon Régis e São Paulo (SP).

Foram apreendidos recibos falsos, declarações de Imposto de Renda e materiais de informática.
Com autorização da Justiça Federal de Caçador, também foram quebrados os sigilos fiscal e profissional dos investigados.

Os 60 suspeitos identificados até agora, sendo três funcionários do escritório de contabilidade, 19 profissionais da saúde e 38 clientes, responderão na esfera criminal por falsidade ideológica, organização criminosa e crime contra a ordem tributária.

Já na esfera administrativa deverão pagar, com juros e correções, os valores que teriam burlado e multa que varia de 150% a 225% calculados sobre o valor do Imposto de Renda.

Pablo Gomes, Lages

Bookmark and Share

Celesc inaugura ampliação de PCH em Curitibanos

15 de agosto de 2013 0
PCH Pery, em Curitibanos, representa uma nova fase da Celesc. Foto: Vani Boza, junho de 2013

PCH Pery, em Curitibanos, representa uma nova fase da Celesc. Foto: Vani Boza, junho de 2013

Na busca de dar mais robustez ao seu parque de geração própria, a Celesc Geração está investindo na repotenciação de suas usinas, e o primeiro resultado prático deste esforço será comemorado com a inauguração das obras de ampliação da PCH Pery, localizada no Rio Canoas, em Curitibanos.

(Em julho, o Diário Catarinense produziu uma reportagem sobre a usina e a retomada dos investimentos da Celesc em energia após 13 anos. Clique aqui e confira).

A ampliação da usina Pery aumenta a sua capacidade de geração de 4,4 MW para 30 MW, representando um aumento de 32% no parque gerador da empresa. Essa nova condição significa mais autonomia para a Celesc, que passa a contar com mais energia disponível para atender seus clientes.

A obra, que inclui a construção de um novo canal de adução, nova tomada d’agua, novos condutos forçados e casa de força com duas unidades geradoras de 12,8 MW, teve início em 2010 e soma investimento de 125 milhões de reais.

Além das obras de ampliação, também foi construída uma subestação elevadora (13,8kV para 138kV) e uma Linha de Transmissão (em tensão de 138.000Volts) com 19,2km de extensão para conectar a PCH Pery ao sistema elétrico da Celesc Distribuição em Curitibanos.

A inauguração ocorre nesta sexta-feira, dia 16, às 15h30min.

* Com informações da assessoria de imprensa da Celesc.

 

Bookmark and Share

Oficinas do Pronatec chegam à Serra Catarinense

08 de abril de 2013 0

Os municípios da região de Lages recebem nesta terça-feira, dia 9, a oficina sobre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que integra as ações do Pacto pela Proteção Social.

O evento começa às 9h, no Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), localizado na Rua Heitor Vila Lobos, 222, no Bairro São Francisco.
Além de Lages, participam os municípios de Curitibanos, Rio do Sul, Ituporanga, Ibirama, São Joaquim e Taió.

As oficinas do Pronatec são promovidas pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST). As próximas serão em Joinville e Florianópolis.

O objetivo é discutir a necessidade regional para os cursos gratuitos de qualificação profissional do Pronatec. Já foram feitas oficinas em Chapecó, no Oeste; Luzerna, no Meio-Oeste; e em Tubarão, no Sul.

Após as oficinas, as solicitações feitas pelos municípios serão analisadas para então serem definidos os cursos viabilizados em 2013.
As qualificações, voltadas às pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, são ministradas em instituições do Sistema S (Senac, Senai, Senar, Senat) e institutos federais (IFSC e IFC).

Em 2012, foram contabilizadas 22 mil matrículas em 237 diferentes cursos, em 115 municípios catarinenses. Os números devem ser superados em 2013, já que mais de 250 municípios aderiram ao Pronatec e há 57 mil vagas disponíveis em todo o Estado.

A carga horária varia de 160h/aula a 350h/aula, e os alunos são de uma faixa etária entre 16 e 59 anos. As inscrições são feitas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) dos municípios ou nas secretarias municipais de Assistência Social.

Após a conclusão do curso, o Sistema Nacional de Emprego (Sine) fará a mobilização para intermediar o encaminhamento do aluno ao mercado de trabalho.

* Com informações da Secretaria do Desenvolvimento Regional (SDR) de Lages.

Bookmark and Share

Operação Pescador prende traficantes em Curitibanos

30 de julho de 2012 0

A Divisão de Investigação Criminal de Curitibanos, com apoio dos policiais da Delegacia da Comarca de Curitibanos e do Canil de Joinville, prendeu nesse sábado, 28, dois traficantes. Com eles, ainda foram apreendidos 200 gramas de maconha, além de vários objetos sem procedência comprovada.

A polícia chegou até os irmãos Claudinei Borges Pereira (vulgo “Nei Craca”) e Giovane Pereira (vulgo “sinaleira”) após cerca de dois meses de investigação. Os dois foram presos em flagrante por Tráfico e Associação para o Tráfico, os irmãos foram indicados por vários usuários de drogas como os principais fornecedores de maconha neste município de Curitibanos.

A Operação Pescador cumpriu mandados de busca domiciliar em pelo menos quatro residências e conduziu à delegacia seis pessoas para prestarem depoimentos. Mas apenas os dois irmãos foram presos.

A operação foi denominada Operação Pescador pois sempre que Claudinei saía para buscar a droga que venderia na cidade, mandava avisar que estava indo pesca. Essa era a senha para os usuários saberem que a droga chegaria.

Os irmãos foram encaminhados à Penitenciária de São Cristóvão do Sul, onde aguardam decisão da Justiça.

VANI BOZA, CURITIBANOS

Bookmark and Share

Polícia conclui o caso dos desvios de dinheiro

14 de junho de 2012 0

Já está com a Justiça o inquérito policial que investigou os desvios de dinheiro público na Câmara de Vereadores de Curitibanos, na Serra Catarinense.

Duas servidoras e dois vereadores foram indiciados por suposta participação no esquema. Um dos legisladores, inclusive, está preso.

O caso veio à tona em dezembro do ano passado e agora está perto de ter uma solução final.

O delegado Egidio Maciel Ferrari, da Polícia Civil de Curitibanos, assumiu as investigações desde o início e constatou que o esquema consistia basicamente na apropriação de dinheiro público por meio do recebimento de cheques da Câmara, nominais aos envolvidos ou a terceiros.

Continua…

Bookmark and Share

Contadora e vereador teriam recebido R$ 243 mil

14 de junho de 2012 0

O delegado concluiu que a ex-contadora do Legislativo, Ana Maria de Carvalho, que trabalhava na Casa desde 1994, teria sido beneficiária de 25 cheques nominais a ela mesma e depositados em sua conta bancária ou descontados diretamente no caixa.

Só no ano passado, Ana teria recebido indevidamente um montante de R$ 175 mil. No dia 23 de dezembro, quando o esquema começou a ser descoberto, Ana foi encontrada morta com um tiro. A Polícia Civil concluiu que foi suicídio.

Nas investigações, foi apurado também que o vereador Valdeci Garcia (PMDB), presidente da Câmara no ano passado, teria recebido irregularmente 15 cheques.

Ele ainda teria sido beneficiado, segundo o delegado, com outros três cheques, um nominal a uma pessoa analfabeta, um nominal a uma pessoa já morta e que dá nome a uma rua e outro nominal ao proprietário de uma grande emissora de televisão do Brasil. Com essas práticas, Valdeci teria recebido R$ 68 mil.

Durante as investigações, o delegado constatou que o vereador estaria intimidando testemunhas a mentirem em seus depoimentos. Por isso, Valdeci foi preso e está na Penitenciária de São Cristóvão do Sul.

Ele foi indiciado por peculato doloso (usar do cargo público para se beneficiar), falsa comunicação de crime (como presidente, registrou queixa por furto de cheque da Câmara que, na verdade, teria sido emitido a ele) e falsidade ideológica (declaração falsa em documento público).

A reportagem do DC não localizou nenhum advogado de Valdeci para comentar o caso.

Continua…

Bookmark and Share

Ex-presidente e diretora teriam sido negligentes

14 de junho de 2012 0

O vereador Osni Righes (PDT), presidente da Câmara até ser afastado pela Justiça, em maio; e a diretora da Câmara, Josette Ivana Almeida Closs, foram indiciados por peculato culposo, que é a negligência ao assinar os 43 cheques emitidos irregularmente em favor de Ana Maria e Valdeci.

O delegado deixa claro, porém, que não existem indícios de que Osni e Josette tenham sido beneficiados com dinheiro.

Os dois responderão por peculato culposo justamente porque eram as pessoas que assinavam os cheques da Câmara. Osni Righes não foi encontrado pela reportagem.

Josette, por sua vez, reforça a informação do delegado, de que ela não foi beneficiada com nenhum dinheiro.

Também diz que nunca suspeitou do esquema, até porque, como concursada no cargo de diretora da secretaria da Câmara há 15 anos, sempre assinou os cheques da Casa.

Continua…

Bookmark and Share