Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "Serra do Rio do Rastro"

RBS TV mais íntima da Serra Catarinense

02 de outubro de 2013 2
Os 46 mil moradores dos municípios de Bom Jardim da Serra, Rio Rufino, São Joaquim, Urubici e Urupema passam a acompanhar a programação da RBS TV Centro-Oeste, cujo conteúdo jornalístico é produzido em Lages e Joaçaba. Foto: Divulgação

Os 46 mil moradores dos municípios de Bom Jardim da Serra, Rio Rufino, São Joaquim, Urubici e Urupema passam a acompanhar a programação da RBS TV Centro-Oeste, cujo conteúdo jornalístico é produzido em Lages e Joaçaba. Foto: Divulgação

A partir deste mês de outubro, mais cinco municípios de Santa Catarina passam a fazer parte da área de cobertura da RBS TV Centro-Oeste: Bom Jardim da Serra, Rio Rufino, São Joaquim, Urubici e Urupema. Os telespectadores destas cidades vão ser contemplados com a programação local da emissora.

A mudança reforça a valorização dos conteúdos regionais e abre mais espaços de interação com estas comunidades.

Além da localização geográfica, os traços culturais foram fatores determinantes que impulsionaram a iniciativa.

Neste sentido, o intuito da emissora é levar ao telespectador informações que reflitam o cotidiano e a identidade local.

O jornalismo estará ainda mais perto do público por meio dos blocos locais do Jornal do Almoço e do RBS Notícias, que passam a ser exibidos nestes municípios.

Com o alcance das novas cidades crescem também as oportunidades de investimento para o mercado local.

Micro e pequenos empresários passam a contar com uma ferramenta eficaz para se comunicar diretamente com o seu público alvo.

A partir de então, a RBS TV Centro-Oeste está disponível para telespectadores de Bom Jardim da Serra no canal 5, Rio Rufino 6, São Joaquim 3, Urubici 4 e Urupema 6.

Para se comunicar com a equipe de jornalismo da emissora na região, basta escrever para tvcentrooeste@rbstv.com.br ou ligar (49) 3289-5404.

* Com informações do Núcleo RBS de Divulgação

Bookmark and Share

Cortaram a energia na Serra do Rio do Rastro

23 de abril de 2013 0

Aproximadamente a metade dos 249 postes que iluminam os 6,9 quilômetros concreto está com as lâmpadas apagadas. Foto: Guto Kuerten, setembro 2012

Se a iluminação é gerada pela energia eólica, então a natureza deve estar cobrando muito caro pela “porção” de vento, a ponto de cortar a luz da Serra do Rio do Rastro, um dos pontos turísticos mais conhecidos de Santa Catarina, entre Lauro Müller e Bom Jardim da Serra.

O sistema de iluminação foi inaugurado em 2002, e a energia é proveniente da força dos ventos por um aerogerador instalado no alto da montanha, onde existe uma usina eólica.

Vez ou outra, algumas lâmpadas dos 249 postes instalados ao longo do trecho de 6,9 quilômetros de concreto, de um total de 10 da serra, aparecem queimadas.

Mas nada como agora. Dá para estimar, sem exagero, que perto da metade, se não mais, está apagada. Passar à noite pela serra, um lugar de visibilidade geralmente baixa, pista estreita e cheia de curvas fortes, é mais perigoso do que prazeroso neste momento.

Pablo Gomes, Bom Jardim da Serra/Lauro Müller

Bookmark and Share