Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Paixão entre todas as idades

12 de dezembro de 2009 0

Com fone de ouvido e web cam, o policial militar de Herval D`Oeste assistiu ao nascimento da netinha na capital/Francine Cadore

Com emoção nos olhos e arrepio na pele, o policial militar Irado Salvador Schinato, 69 anos, lembra do nascimento da neta Sara. Apesar de estar a quase 400 quilômetros da garotinha, o avô, de Herval D’Oeste, no Meio-Oeste do Estado, conseguiu assistir ao parto da neta, feito na capital no dia 12 de novembro do ano passado. A emoção pode ser vivenciada graças à tecnologia e ao bom uso que seu Irado vem fazendo dela.

_ Acompanhamos todo o parto pela internet. Ouvi e vi tudo o que aconteceu em tempo real. Foi uma sensação indescritível que só quem é avô pode entender_ revelou.

Munido de web cam e fone de ouvido, o avô pode conversar com o resto da família que estava em Florianópolis naquele dia. De lá para cá, o policial militar e a mulher usam a internet para matar a saudade dos três filhos e quatro netos.

Hoje, ligar o computador, acessar a conta de e-mail, trocar mensagens instantâneas e bater papo por horas em frente ao computador fazem parte da rotina do casal. A dificuldade de lidar com a tecnologia foi superada depois que os dois fez o curso de informática básica de maturidade, no Senac.

_ Fiquei com vontade de aprender mais depois que minha mulher se matriculou. A internet tem me ajudado muito com o trabalho. A comunicação é instantânea. Facilita a interação também entre os amigos e colegas distantes. Falo com meus filhos pelo msn e os vejo na web cam e, para melhorar, economizo na conta de telefone_ disse.

Postado por Francine Athaide Cadore_ Joaçaba

Bookmark and Share

Envie seu Comentário