Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Bombeiro veta o Índio Condá

25 de novembro de 2010 0

foto Sirli Freitas


O estádio Índio Condá não está em condições de sediar os jogos da Chapecoense para o estadual de 2011. A avaliação é dos Bombeiros de Chapecó, que ontem estiveram no local junto com a Vigilância Sanitária.

-Do jeito que está ele não vai ser liberado- disse a chefe da seção de atividades técnicas dos Bombeiros de Chapecó, a tenente Gauana Elis Pozzan.

De acordo com a tenente os principais problemas do estádio são as más condições dos tapumes que servem para isolar as obras da segunda etapa da ala Norte do estádio e de um setor que desmoronou há mais de um ano, na ala Oeste. –As saídas estão danificadas e tem muito entulho-completou a tenente.

Ela encaminhou ontem mesmo um relatório para a Federação Catarinense de Futebol. –Agora a Chapecoense vai ter que negociar com a Federação- conclui Elis.

A Vigilância Sanitária também apontou algumas restrições na ventilação das instalações do estádio.

O gerente de futebol da Chapecoense, Carlinhos Almeida, disse que não adianta arrumar os tapumes agora e chegar no estadual com eles já deteriorados. –Faltam dois meses ainda para a estreia- avaliou.

Ele vai aguardar um comunicado da Federação Catarinense sobre as melhorias necessárias. Mas não acredita que o estádio será interditado. –Nós vamos arrumar tudo o que for necessário- afirmou.

A restrição dos Bombeiros indica que neste ano a avaliação será mais rigorosa. No ano passado o Índio Condá estava em situação muito pior e acabou sendo liberado. Provavelmente isso é reflexo do acordo de cooperação técnica firmado entre a Federação Catarinense de Futebol, Conselho Regional Engenharia, Arquitetura e Agronomia e Ministério Público Estadual.

O objetivo é garantir as melhorias necessárias dentro do prazo, garantindo a segurança e adequado às exigências do Estatuto do Torcedor.

Bookmark and Share

Envie seu Comentário