Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Puxadinho

26 de maio de 2008 4

Leia a coluna de Klécio Santos, hoje em Zero Hora e Diário Catarinense

Não é de hoje que recursos do fundo partidário são usados de forma irregular pelas mais diferentes legendas. A revelação de que o PT pagou o condomínio de uma cobertura usada por familiares do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no ABC paulista, é mais um exemplo das distorções recorrentes quando dinheiro público é transferido para partidos. A lei é clara ao proibir que o dinheiro seja usado para custear despesas privadas de dirigentes. O imóvel fica no mesmo andar, de frente para a cobertura comprada por Lula em 1996, no condomínio Hill House. Com base na constatação de que o PT usou R$ 4,5 mil para quitar o condomínio, técnicos do TSE recomendaram a rejeição das contas do partido em 2006, ano da reeleição de Lula. Desde então, quem paga a conta do condomínio é o Planalto. Lula não gasta um tostão para manter o apartamento vizinho. A alegação do governo é até plausível: a ocupação do imóvel faz parte da segurança presidencial. Como o apartamento de Lula não possui isolamento acústico, as conversas de trabalho poderiam ser ouvidas por estranhos, informa a assessoria palaciana. O problema é que Lula é presidente desde 2003 e curiosamente só agora o Planalto enxergou a necessidade de zelar por esse tipo de segurança. Não é a primeira vez que despesas pessoais de Lula são pagas por terceiros. Antes de comprar a cobertura em São Bernardo do Campo, ele morava de favor numa casa do amigo Roberto Teixeira. Durante o escândalo do mensalão, a CPI dos Bingos chegou a investigar o pagamento de uma dívida de R$ 29,4 mil de Lula com o PT. A suspeita era de que o dinheiro era proveniente do esquema, mas nada ficou provado. Paulo Okamotto, o presidente do Sebrae e amigão de Lula, assumiu ter quitado a fatura. Nada como ter bons amigos.

Postado por Sucursal Brasília

Comentários (4)

  • Santos Silva diz: 26 de maio de 2008

    Vou comentar e vocês não vão publicar, parem de puxar o saco “delles” e ficar criando factoides…lembrem da fazenda do patrão de vocês (“f…”) foi defendida pelo exercito… ha e os filhos recebiam… moravam…durante as campanhas será que o recursos era do “p…” criem vergonha e deem um basta nesta palhaçada…ou estão com saudades da mamata…

  • Ary da Silva Martini diz: 26 de maio de 2008

    Klécio Santos é tonto e maldoso. A própria FSP já superou esse debate (leia Klécio).

  • Luiz Augusto diz: 27 de maio de 2008

    Olhem esta: R$ 4,5 mil para quitar um condomínio, por problemas de segurança da residência…….( é ruim!!!) Agora então, imaginem esta: R$ 400 mil para quitar a própria residência……(sem comentários!!!!!!!!!!!). Só não entendendo porque alguns acham que R$ 400 mil é menos que R$ 4,5 mil. Será falta de cultura matemática? Será falta de cultura política? Ou será falta de cultura jornalistica? Ou será silplesmente falta de coerência? Ou será isto, ou aquilo ou ainda aquilo outro……

  • tiago prado diz: 27 de maio de 2008

    Essa Santos, além de estar de mal com a vida, ele age como o marido traído, pois acredita em tudo o que a mulher conta. Maquiavel dizia. “O poder corrompe, e o poder absoluto corrompe absolutamente”. Olhem bem e com isenção, não é o que vemos hoje?

Envie seu Comentário