Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Yeda tenta apressar mudança na Lei Fiscal

27 de maio de 2008 1

Fim do mistério. Yeda Crusius veio a Brasília fazer um corpo a corpo com os deputados na tentativa de que seja colocado em votação, ainda hoje, o projeto de lei complementar que muda a Lei de Responsabilidade Fiscal. Se aprovado, o projeto permite ao Rio Grande do Sul obter o financiamento de US$ 1,1 bilhão junto ao Banco Mundial. A pressa da governadora leva em conta o risco de o projeto, caso não seja apreciado hoje, não entre em pauta tão cedo. Tudo porque a oposição  ameaça obstruir as votações a partir de amanhã, quando o governo insiste em votar o projeto que ressuscita a CPMF. Yeda saiu há pouco de uma reunião com o líder do PSDB na Câmara, José Aníbal (SP), na qual pediu o engajamento do partido na votação da mudança na LRF.

Postado por Carolina Bahia

Comentários (1)

  • Godofredo Antunes diz: 27 de maio de 2008

    O PSDB é tão irresponsável que é capaz de obstruir as votações mesmo com dano sério a um estado governado pelo partido!

Envie seu Comentário