Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Covatti vai levar a família ao plenário do TSE

10 de março de 2009 1

Vilson Covatti (PP) está eufórico com o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo ele, a sessão de logo mais, às 19h, vai colocar um ponto final em um período de angústia e de estagnação política.
— Não dava para me candidatar a nada no Congresso. Sempre chegava alguém lembrando desse processo — reclama o deputado.
Covatti está em seu apartamento funcional na Asa Norte. Almoçam com ele neste momento os deputados estaduais Aloísio Classmann (PTB) e Giovani Cherini (PDT). Além dos dois colegas, outros seis parlamentares que respondem a processos por suposta utilização ilegal de albergues assistirão ao julgamento de Covatti. Confiante, o gaúcho admite ter apenas o temor de que o TSE mantenha o rigor adotado nos processo contra os governadores.
— O nosso maior temor é que o TSE coloque todo mundo na vala comum. Não posso ser cassado por fazer o bem às pessoas — argumenta Covatti.
O gaúcho vai levar os três filhos e a mulher, Silvana, que é deputada estadual pelo PP e também será julgada, para acompanhar a sessão no TSE.

Postado por Robson Bonin

Comentários (1)

  • Godofredo Antunes diz: 10 de março de 2009

    O TSE deve, sim, julgar com rigor, mas com justiça. Se o Vilson Covatti é inocente, nada deve temer. Caso contrário, vai comer grama pela raiz…

Envie seu Comentário