Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O estilista de Dilma

29 de março de 2009 4

Leia a coluna de Klécio Santos, publicadaem Zero Hora e Diário Catarinense

Aos poucos, Dilma Rousseff impressiona pela independência com que conduz a própria candidatura presidencial. Embora ainda tutelada por Lula, cada vez mais a ministra tem dedicado um tempo maior às articulações políticas e à aproximação com partidos aliados. À vontade no figurino de candidata concebido pelo presidente, Dilma participou tanto do aniversário de José Dirceu quanto de reuniões privadas com a cúpula do partido. Em todos os encontros, tem defendido a manutenção da aliança com os partidos de sustentação do governo, mas sobretudo com o PMDB.
A popularidade de Lula, somada ao apoio do PMDB, formaria o lastro que Dilma precisa para derrotar José Serra. O governador paulista vem lançando programas de impacto no Estado, à semelhança do Planalto, e forma um verdadeiro ministério em seu secretariado, com nomes como Geraldo Alckmin e o ex-ministro Paulo Renato de Souza. A essa altura, o problema de Lula nem parece ser convencer o PT a ceder espaço. Já há acerto em sete Estados e uma ideia de apoiar o PMDB no Rio e em Minas Gerais, dois colégios importantes que serviriam para equilibrar o poderio tucano em São Paulo.
Na avaliação de Lula, o Nordeste garantiria a vitória de Dilma. É por lá que estão sendo feitas costuras importantes para esse projeto. Mas é lá também o domicílio da maior dor de cabeça do Planalto: Ciro Gomes. Ele tenta se viabilizar como alternativa ao que considera uma “luta paroquial” entre petistas e tucanos. Quem conhece Ciro sabe que ele não está blefando e que pode provocar cisão, levando o PC do B. Lula aposta em Eduardo Campos, o governador de Pernambuco, que controla o PSB. Lula monitora os dois e tenta convencê-los a embarcar na candidatura de Dilma.

Postado por Sucursal Brasília

Comentários (4)

  • PAULO ROBERTO diz: 22 de abril de 2009

    Fábio Ferreira de Boa Vista do Buricá tô contigo e não abro: entre a Dilma e o Caos? O caos por favor…

  • angelo relvas diz: 22 de abril de 2009

    Ficaste linda de cara nova. Me dá o numero do carpinteiro.

  • Luciano Nigro diz: 29 de março de 2009

    Se a tucanagem voltar ao governo central o Brasil irá para o ralo. O perfil de competentíssima gestora de Dilma Roussef é na medida para o país atravessar a crise. Já os tucanos são camarilheiros, autoritários e elitistas. Se não basta o desastre serrista em SP, olhem a Yeda no RS. Um verdadeiro circo dos horrores. Tem que ser a Dilma, ou o caos.

  • Fábio Ferreira de Oliveira diz: 30 de março de 2009

    Dilma ou o caos? O caos,por favor…

Envie seu Comentário