Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Acusado de matar Celso Daniel vai a júri popular

02 de junho de 2010 1

O principal acusado do assassinato do prefeito de Santo André (SP), Celso Daniel (PT), irá a júri popular por decisão da Justiça de São Paulo. O empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sérgio Sombra, era assessor especial de Daniel. Ele foi denunciado por homicídio triplamente qualificado.
O prefeito foi sequestrado e morto em janeiro de 2002. Reportagem veiculada ontem no Jornal Nacional mostra que um dos agravantes, de acordo com os promotores, é que o assassinato foi cometido para ocultar crimes de fraude em licitações. Sérgio Sombra se declara inocente. Como a decisão é de primeira instância, ainda cabe recurso. Considerado o melhor amigo de Celso Daniel, Sérgio Gomes da Silva foi denunciado pelo Ministério Público como mandante do sequestro e assassinato do prefeito em janeiro de 2002.

Comentários (1)

  • Pedro diz: 2 de junho de 2010

    O agravante do JN é falar sem qualquer evidência eou consistência. O juri popular, sim, maneira ardilosa de tirar do juiz o dilema pela sentença. Depois, recorrerão e o TJ ou, mais acima, o STJ, com certeza, mandará anular tudo. É sempre assim, principalmente em São Paulo. Haja dinheiro público.

Envie seu Comentário