Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Ibope e Sensus apontam vitória de Dilma no primeiro turno

29 de setembro de 2010 1

Há quatro dias da eleição, duas pesquisas divulgadas hoje apontam a vitória de Dilma Rousseff no primeiro turno. O levantamento do Instituto Sensus, encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes, mostra ainda quase 80 por cento de aprovação ao governo Lula
A candidata do PT tem 47,5% das intenções de voto na pesquisa estimulada. Três pontos percentuais a menos do que no levantamento anterior, divulgado em 14 de setembro. Serra tem 25,6%, ante 26,4% redução de menos de um ponto percentual. A candidata do PV, Marina Silva, cresceu quase três pontos percentuais e está com 11,6%.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2010 – 1° turno

Dilma Rousseff (PT)  47,5% -3
José Serra (PSDB)  25,6% -0,8
Marina Silva (PV)  11,6% +2,7
Brancos, nulos e indecisos – 15,3%

Fonte: CNT/Sensus

Num eventual segundo turno, Dilma está na frente, com 53,9% das intenções de voto, contra 34,5% do candidato do PSDB. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada entre os dias 26 e 28 de setembro em 136 municípios de 24 estados. Duas mil pessoas foram entrevistadas.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2010 – 2° turno

Dilma Rousseff (PT) 53,9%
José Serra (PSDB) 34,5%
Fonte: CNT/Sensus

Também foi divulgada hoje a pesquisa Ibope, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria. O levantamento estimulado aponta a candidata do PT com 50% das inteções de voto. José Serra aparece com 27%, e Marina Silva com 13%. A pesquisa ouviu três mil e dez pessoas entre os dias 25 e 27 de setembro, em 191 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2010 – 1° turno

Dilma Rousseff (PT)  50%
José Serra (PSDB)  27%
Marina Silva (PV)  13%
Fonte: IBOPE

Em um eventual segundo turno, a petista também lidera, com 55% contra 32% do candidato tucano.

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS 2010 – 2° turno

Dilma Rousseff (PT)  55%
José Serra (PSDB)  32%
Fonte: IBOPE

Comentários (1)

  • Pedro diz: 29 de setembro de 2010

    Pois é, espero que as pesquisas tenham acalmado os ânimos segundistas, por inexistentes.
    A democracia vale exatamente por isso, para que sejam eleitas as políticas preferidas pelo eleitor. Aos derrotados cabe a crítica (construtiva) e a construção de alternativas que, num próximo pleito, possam se sobrepor ao governo então em exercício. O restante, baixaria que apenas atrasa nosso processo de concretização democrática. Querer desconstruir o adversário com factóides e mentiras, vê-se, não está sendo do agrado do eleitor. Ainda bem.

Envie seu Comentário