Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Lula abre nova fase de viagens

24 de novembro de 2010 0

da Zero Hora

Depois de esgotar na campanha as oportunidades de lançamento de pedra fundamental e início de obras, o presidente Lula iniciou ontem uma nova safra de viagens. Ele esteve em Ribeirão Preto (SP) para dar o “primeiro pingo de solda” na tubulação de escoamento de álcool de cidades da região e de Goiás para usinas de Paulínia e Taubaté. Não há estimativa para a conclusão das obras.
Até o final do ano, Lula terá uma agenda movimentada. Mesmo sem poder concluir obras, ele pretende participar do maior número possível de eventos em canteiros do PAC. A auxiliares, o presidente repete que não quer viver a sensação de final de festa. A agenda inclui viagens especialmente para o Nordeste, onde ele não conseguirá entregar as obras de infraestrutura mais importantes de seu governo. Governadores e prefeitos aliados preparam uma série de homenagens.
Lula percorrerá pela última vez no cargo trechos dos canais de transposição das águas do Rio São Francisco, no sertão pernambucano. A água ainda não chegou às comunidades que enfrentam a seca, mas o presidente quer mostrar seu esforço para concluir as obras. Além da transposição, o presidente deixa o governo frustrado por não entregar as ferrovias Transnordestina e Leste-Oeste.
As viagens ao Nordeste se justificam apenas pelo caráter “sentimental”, reconhecem assessores. Isso ficará ainda mais claro, segundo eles, numa viagem que Lula fará ao Recife, no dia 29 de dezembro. O presidente participará da inauguração de um museu dedicado ao músico Luiz Gonzaga.

Lula ainda mantém a promessa de ir a Guaribas, no Piauí, cidade que tinha sido escolhida por ele, no começo do primeiro governo, para lançar o projeto Fome Zero.

Envie seu Comentário