Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Lupi quer que PF investigue denúncias contra o Ministério do Trabalho

05 de novembro de 2011 5

Por Fabiano Costa

Na Esplanada desde 2007, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, rebateu neste sábado as denúncias publicadas na revista Veja que revelaram um suposto esquema de cobrança de propina na pasta. Segundo a reportagem, assessores do ministro cobrariam entre 5% e 15% dos valores de contratos com ONGs para liberar os repasses.
Por telefone, Lupi afirmou ao Grupo RBS que as acusações fazem parte de uma onda de denuncismo contra o governo federal. Mesmo rechaçando as suspeitas, ele afirma que irá pedir que a Polícia Federal apure as denúncias.  A seguir, a síntese da entrevista:
Zero Hora – Há um esquema de cobrança de propina dentro do Ministério do Trabalho?
Carlos Lupi – Não participo de esquemas e ninguém que trabalha comigo tem autorização para fazer isso. Temos de verificar se essas suspeitas são reais, porque há muita briga política. Há muita gente que gostaria de ocupar o meu lugar e pode estar inventando coisas. Pelo que eu soube por meio da revista, não há fatos concretos. É muito leviano a cada semana alguém denunciar sem provas.
ZH – Segundo a revista, parlamentares do PDT teriam levado as denúncias para o Planalto. O senhor foi procurado pelo governo?
Lupi – Isso não é verdade. Para mim, isso é apenas intriga. No entanto, essa denúncia tem de ser investigada com profundidade. Agora, quem vai querer saber quem é quem neste processo sou eu.
ZH – O senhor se considera vítima de uma conspiração política?
Lupi – Não. Isso faz parte da guerra quando estamos em uma função pública. Como ninguém tem condições de falar do governo, na medida em que o país está bem, a oposição vem promovendo uma onda de denuncismo. Por outro lado, considero as denúncias graves e vou pedir a abertura de uma sindicância para apurá-las. Também vou solicitar que a Polícia Federal investigue o caso para sabermos se ocorreram essas irregularidades e descobrirmos quem as cometeu. Tão importante como descobrir os corruptos é identificar os corruptores.
ZH – O senhor pretende afastar os servidores suspeitos?
Lupi – Não sou leviano e não sou um tribunal de inquisição. Dos dois nomes citados pela revista, um deixou o ministério para reassumir seu mandato de deputado federal e o outro é funcionário de quarto escalão. Vou solicitar que ele peça afastamento do cargo até o final das investigações para que possamos ter uma liberdade maior.
ZH – Se ficar comprovado que assessores do seu gabinete cobraram propina de entidades, o senhor colocaria seu cargo à disposição da presidente Dilma?
Lupi – Meu cargo é da presidente, não é preciso eu colocá-lo à disposição. No entanto, até o momento não existe fato algum. É apenas a denúncia de alguém escondido atrás do anonimato. Quero que se investigue a fundo essa denúncia.
ZH – É possível que tenha ocorrido fogo amigo de dentro do PDT?
Lupi – Na política, quando estamos em uma posição de destaque, sempre nos tornamos alvos. Mas eu não temo nada.

Comentários (5)

  • Lauri José Palavicini diz: 5 de novembro de 2011

    É sempre assim. A primeira reação é sempre a mesma. “EU SOU INOCENE”. Mais um ministro que não resisitirá as primeiras investigações e colocará o cargo a disposição para preservar o governo, que é corrupto em sua essência, desde os tempos do companheiro Lula. Perde-se os anéis mas não se perde os dedos. Chega de corrupção neste país. Aliàs, nunca antes neste país houve tenta corrupção. PARA O POVO AS MIGALHAS.

  • milton diz: 5 de novembro de 2011

    Duas negativas – igual a uma positiva – “não temo nada = temo tudo !!!!

  • Romildo diz: 5 de novembro de 2011

    É sempre o mesmo script:

    - Veja denuncia
    - Ministro jura inocencia, acusa a revista e pede investigação da pf
    - PF investiga e descobre coisas piores
    - Dilma afasta o ministro

    Vai ser igual

  • Paulo R Bennemann diz: 6 de novembro de 2011

    Bem interessante o fato de que o Ministro Lupi, a exemplo dos demais já idos, não tem culpa de nada, não sabe de nada como também náo ouviu nada.
    Fez historia esta……

  • luis inacio diz: 6 de novembro de 2011

    ANTES ERA “EU NÃO SEI DE NADA” AGORA É ” EU NÃO TEMO NADA”. E O BRASIL SENDO CORROÍDO POR ESSA GENTE.

Envie seu Comentário