Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Morre viúva de Marcelo Cavalcante

25 de junho de 2012 1

Viúva do ex-representante do governo gaúcho em Brasília Marcelo Cavalcante, Magda Cunha Koenigkan morreu domingo, na Capital Federal. Há mais de um ano Magda enfrentava um câncer no intestino e estava internada no Hospital Brasília desde o dia 03 de junho. Aos 46 anos, ela era editora da revista Sras&Srs, publicação sem periodicidade definida e especializada na cobertura social do jet set brasiliense. Evangélica, Maga tinha três filhos do primeiro casamento com um empresário do setor imobiliário.

Ela ganhou notoriedade nacional com a morte de Cavalcante, cujo corpo foi encontrado boiando no Lago Paraná no dia 17 de fevereiro de 2009. O episódio foi investigado por mais de dois anos pela Polícia Civil do Distrito Federal e o inquérito foi arquivado pelo Ministério Público, que apontou suicídio. Na época da morte, Marcelo prestaria depoimento para revelar informações sobre irregularidades no governo Yeda Crusius (2007-2010).

Após a morte de Cavalcante, Magda chegou a se encontrar com deputados estaduais que atuavam na CPI do Detran. Em conversas com parlamentares gaúchos no Congresso, pediu emprego para os filhos e sugeriu estar reunindo um dossiê sobre a participação de Cavalcante no governo Yeda. No entanto, ela jamais fez alguma revelação ou divulgou qualquer documento.

Comentários (1)

  • nilma diz: 28 de junho de 2012

    jamais marcelo cavalcante, ia se abrir em um relacionamento de 1 ano.
    magda nao era esposa d marcelo, apenas tinha um relacionamento c ele…
    marcelo era o tipo de homem q nao podia ver uma porta aberta, que d imediato
    entrava… com tdas foi sempre assim: dava um bj e ja estava morando.

Envie seu Comentário