Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeitos reunidos para fechar pauta de demandas que serão apresentadas a presidente

24 de junho de 2013 33

A Frente Nacional dos Prefeitos realiza, neste instante em Brasília, reunião de associados. A entidade representa municípios brasileiros de médio e grande porte. O objetivo do encontro é fechar uma pauta comum de propostas e reivindicações que serão apresentadas à presidente Dilma Roussef logo mais, às 4 horas da tarde.

O encontro convocado pela presidente é o primeiro ato em resposta às manifestações que tomaram as ruas demostrando a insatisfação do povo com os políticos e a crise de credibilidade das instituições. Dilma prometeu um pacto político para apresentar soluções em conjunto com governadores e prefeitos.

O prefeito de Porto Alegre e presidente da Frente Nacional de Prefeitos, José Fortunati, deverá defender a destinação da CIDE, contribuição sobre domínio econômico, para um fundo de subsídios ao transporte público. Outra bandeira que será defendida pelo prefeito da capital gaúcha é a aprovação imediata do REITUP, o regime especial de incentivo ao transporte urbano de passageiros, que desonera de impostos federais, estaduais e municipais uma série de itens que compõem os custos das empresas de ônibus. O projeto de lei que cria o REITUP está em discussão no Senado e deve ir a votação nesta terça-feira na comissão de assuntos econômicos.

Ao chegar à reunião desta manhã o prefeito do Rio de Janeiro,  Eduardo Paes, também defendeu a criação de incentivos ao transporte público.

_Nós precisamos inverter esta lógica.  O governo incentiva a indústria automobilística, mas deveria incentivar o transporte coletivo_ defendeu Paes.

Outra demanda antiga da Frente Nacional dos Prefeitos, a importação de médicos do exterior para atuar no SUS, deve ser atendida pelo Governo Federal. A expectativa é que o anúncio oficial seja feito hoje a tarde acompanhado de outras medidas na área da saúde.

Comentários (33)

  • MARCIO OLIVA diz: 24 de junho de 2013

    PORQUE NÃO RETIRAR UM POUCO DO LUCRO DOS PROPRIETÁRIOS DAS
    EMPRESAS DE ONIBUS. JÁ QUE O LUCRO ATUAL EM PORTO ALEGRE É DE
    7,47%. TIRANDO O,47%, QUANTO ISTO REPRESENTARIA PARA BAIXAR AS
    PASSAGENS ?
    PORQUE SÓ CORTAR IMPOSTOS OU AUMENTAR COMBUSTIVEL DE OUTROS
    SETORES ? E O LUCRO DOS EMPRESARIOS CONTINUA O MESMOS !!!!!

  • Felipe Rout diz: 24 de junho de 2013

    Quanto mais eu escuto as declarações de prefeitos, governadores e até mesmo da presidenta, mais me parece que os políticos não estão entendendo nada do que está acontecendo. Querem usar as mesmas fórmulas de sempre para resolver os problemas. Improtar médicos ? E porque não valorizar os daqui ? Aumentar imposto este ou aquele… Cadê a criatividade desta gente para fazer algo diferente ?

  • Walter diz: 24 de junho de 2013

    OS TRES PODERES: O BRASIL, O BRASILEIRO, E O POVO.
    «TODO PODER EMANA DO POVO E EM SEU NOME SERÁ EXERCIDO»
    Artigo 1º parágrafo único da Constituição Federal de 1988.
    AS MUDANÇAS QUE O BRASILEIRO ANSEIA TEM QUE SER FORMATADAS PELO POVO, E NÃO MANIPULADAS POR POLÍTICOS!

  • Antonio Almir diz: 24 de junho de 2013

    A Dilma é uma atriz e muito mal assessorada, se faz presente somente após os fatos, sempre atrasada, quem não lembra do triste episódio de Santa Maria (compareceu e chorou, mas, depois da tragédia). De discursos vazios o povo esta farto, chega! Senado Federal, Câmara dos Deputados, Dilma e demais políticos do Brasil não entenderam que o povo quer atitude de vocês…

  • daniel ziem diz: 24 de junho de 2013

    Desse jeito não vamos sair das ruas NUNCA!
    Ainda tem a cara de pau de reclamar de vandalismo? Vandalismo é o que fazem com a nossa paciência, destruíram ela!

    VEM PRA RUA!!!

  • FLAVIO SILVEIRA diz: 24 de junho de 2013

    A melhor coisa a fazer é cortar para menos da metade dos gastos inúteis com o CONGRESSO NACIONAL, os deputados e senadores ganham muito dinheiro com uma produção muito baixa, tomem como exemplo outros países,hoje o salário deles é fonte de enriquecimento e isso não é possível, tem que ganhar muito menos. Outra atitude que deveria ser feita: diminuir os ministérios, isso é jogar dinheiro no lixo. O judiciário também ganha muito e produz muito pouco. Pensem nisso.

  • NEI PORTO diz: 24 de junho de 2013

    O que deve acontecer é uma mudança radical nos partidos políticos. Todos eles sabem quem são as ‘laranjas podres’. Devem cortar na própria carne , pois o povo não aguenta mais corrupção, seja em licitações, financiamento de campanha, favorecimento à empresário b ou c e barganha de cargos públicos, Chega! o povo não vai mais admitir ser roubado debaixo do próprio nariz. Os empresários que se acostumem com menos lucro em prol do desenvolvimento do país e os políticos que aprendam a viver com o supersalário que já ganham. Como é que o trabalhador sobrevive muitas vezes com salários que não chegam a 5% do que ganha um deputado? Um país forte e desenvolvido é um país que tem o povo forte e desenvolvido como um todo. BASTA DE CORRUPÇÃO!!!!

  • Maryna diz: 24 de junho de 2013

    Os médicos daqui nao querem trabalhar no interior do país. São oferecidos salários absurdos e eles nao aceitam.
    Médico tem, o problema são as condições de trabalho.
    A população sabe que temos uma arrecadação absurda, o problema nao é esse. O que eles nao entenderam é que o recurso nao está sendo utilizado de forma concreta. Não há uma briga contra os partidos, o sistema todo existe pra facilitar o desvio de dinheiro público.
    É contra esse sistema que a população está se mobilizando.

  • CLOMAR PORTO diz: 24 de junho de 2013

    Então Felipe Rout: o que deve ser feito? Qual é a sua sugestão de verdade? O que você propõe, além de seguir a onda, esta que – do jeito que vai – pode dar no pior?

  • Daniel Sberse diz: 24 de junho de 2013

    Os politicos estao enrolando… a questao do transporte e so o que iniciou as manifestaçoes, realmente o que o povo quer e menos ministerios, menos regalias para os politicos, e que os mesmos tenham os mesmos direitos do cidadão comum.
    Se querem se aposentar melhor que pagame previdencia privada, se querem atendimento particular de saude, que paguem plano de saude. Se querem aumento de salario, recebem o aumento que os trabalhadores recebem… se querem 14 e 15 salarios, so se o trabalhador tiver receber o mesmo… e que os que foram condenados sejam presos… e cada vez mais possa ser investigada sua idoneidade e de seus pares…

  • Daniel casais diz: 24 de junho de 2013

    Creio que boa parte da solução será buscar em todos os ministérios focos de corrupção resgatando o $ roubado punindo os infratores …principalmente do INSS..hoje a corrupção passa dos 40% do que se é arrecadado …licitações fraudulentas e demais artimanhas expostas todos estes anos pelos meios de comunicação…sobrará dinheiro para solucionar tudo e ainda redução da carga tributária e taxas para anos seguintes….em tempo acabar com a farra dos banqueiros com juros e taxas exorbitantes…MANIFESTO SIM…VIOLÊNCIA NÃO!!!!

  • sergio augusto braga lima diz: 24 de junho de 2013

    Isso,sem falar, parte de trabalhadores que deram a maio contribuiçao,paracrescimento desta naçao,que sao os aposentados,abaixo o fato previdenciario,vbamos lutar por esta bandeira tambem?

  • Jonas Nascimento diz: 24 de junho de 2013

    A área de atuação é vasta, tendo em vista o atraso público em muitas áreas, não há solução para tudo, mas é preciso começar por algo, e cada um de nós pode e deve colocar suas reivindicações, sendo as que atingem a maior fatia da popução as mais urgentes. Eu gostaria de ver a BR 282 sair de dentro de SAnto Amaro e PAlhoça, evitando as mortes e reduzindo as filas diárias. Utilização imediata do mar para transporte público (dispensar licitação e fazer emergencial), instalar rodízio de carros ao mesmo tempo que a frota de ônibus for incrementada e com muito mais linhas opcionais (não fazer o que a Jotur realizou para reduzir custos e prejudicar a população com centralização em um único terminal e raríssimas linhas ao Centro), implantar plano diretor imediato em todos os municípios que não atualizaram conforme o Estatuto das Cidades, a ausência de plano modernas está prejudicando todos os municípios, incremento de população muito rápida sem acompanhamento da segurança público, problema com trânsito, esgoto..). Não queremos médicos de Cuba, o Alexandre Garcia já justificou diversas vezes o porque “não não insistam é um tiro contra o próprio peito, abram convêncio com prefeituas, união e estudantes, para que voltem obrigatoriamente a trabalhar no seu municipio de origem bancando parte dos estudos. Reduzam o número de deputados federais, estaduais e vereadores. Vejam que algumas ações não precisam de recursos ou tempo…

  • Eliane diz: 24 de junho de 2013

    Por que nosso “queridinho” governador, não aproveita e fala do crime que ele comete com os professores Estaduais, não cumprimento com a Lei do Piso Salarial???

  • valmir carlos endruweit diz: 24 de junho de 2013

    Essa cambada está se fazendo de desentendidos.Parecem estar embarcando na ideia popular, mas não querem acreditar que o que queremos é uma limpa na política mandando pra casa aqueles que já nos roubaram e nos roubam diariamente.Queremos colocar cabeças novas , com propostas populares , pessoas honestas e com propósitos reais de ajudar o próximo.Chega de Mensaleiros, Lulas(lelés)Dilmas corrompidas, Calheiros da vida;Eles tem medo das agressões, mas tem coisas na vida que só se resolve é abaixo de PAU

  • MENNA BARRETO diz: 24 de junho de 2013

    O problema é que os governos municipais, estaduais e federal, criam “benfeitorias” para uns em detrimento de toda uma população.
    Como é feito o calculo do dia de passe livre? Como são computados os idosos? Se eles não fazem registro do numero de vezes que utilizam os coletivos, como é feito o calculo de rateio para o resto da população. Quando alguém ganha algo de “graça”, outra pessoa tem que pagar por isso.
    Baratear a passagem de ônibus é fácil: ACABEM COM PASSAGENS DE GRAÇA!
    Cada um paga pelo que usa. Porque o trabalhador, que utiliza o transporte todos os dias tem que pagar pelo idoso que usa somente algumas vezes, mas é computado como usuário diário?
    Os governos, com seu populismo, mascaram suas linhas de enriquecimento e de empresários “associados” como benefícios para a população.
    NÃO EXISTE ALMOÇO DE GRAÇA! SE O GOVERNO TE “PAGA” O ALMOÇO, COM CERTEZA VAI TE COBRAR MUITO MAIS CARO DEPOIS!
    É um absurdo ter impostos sobre remédios, cesta básica e serviços básicos.
    ACORDEM! PAREM DE PEDIR GRATUIDADE AO GOVERNO! Todo o serviço e produto dever ser pago, mas pago o valor correto, descente, e não com impostos escorchantes, comissões a lobistas e roubalheiras embutidas.

  • Igor Verdão diz: 24 de junho de 2013

    Valorizar os médicos daqui????Os médicos daqui formam cartéis, aprisionam prefeituras em prol de salários gigantescos, sem cumprir horários, sem atender o povo com dignidade. Os médicos daqui abrem empresas para concorrer a licitações em prefeituras e poderem ganhar mais que o prefeito. Os médicos daqui internam pelo SUS e cobram extras “por fora”. faltam especialistas, mas a classe safada, não permite que abram novas residências, nas mais diversas áreas. Os médicos daqui querem a aprovação do “ato médico” para restringirem a autonomia dos demais profissionais de saúde…A importação de médicos não é a solução definitiva para a saúde, mas deverá abalar esta estrutura medico-centrada, restringindo o mercado e fazendo com que “nossos médicos” estudem mais, sejam menos mercenários e devolvam à sociedade o que ela investiu para que se formem (no caso, de universidades públicas).

  • chainon damazio diz: 24 de junho de 2013

    DILMA NAO ADIMINISTROU NEM A PREFEITURA DE PORTO ALEGRE….
    QUANDO SAIU DEIXOU UM ROMBO ENORME…
    AGORA IMAGINE O QUE VAI FAZER COM O BRASIL..

  • marcelos becker diz: 24 de junho de 2013

    Boa tarde.
    realmente a coisa está feia, esses coitados não entenderam nada das manifestações. Pelo jeito dia 01 de julho o brasil realmente vai parar pra se eles conseguem entender alguma coisa. Não é só os R$ 0,20 centavos. é CORRUPÇÃO, SAÚDE , EDUCAÇÃO, SEGURANÇA e PEC 37. Será que eles não entende isso!

  • Roberto diz: 24 de junho de 2013

    Esse São os políticos que estão estão no poder direta ou indiretamente havia muito tempo. Nunca fizeram nada pelo povo e nunca farão, agora estão apenas fazendo fumaça. Gostaría de mandá-los para a Sibéria com passagem só de ida.

  • walter santos diz: 24 de junho de 2013

    Estimular a venda de carros e queimar carvão pra gerar energia mostra bem a estupidez da equipe que pensa a estratégia do nosso governo. Estamos na contra-mão da sustentabilidade!

  • Jorge Gartner diz: 24 de junho de 2013

    No caso do transporte público o grande problema é a qualidade dos serviços. Os políticos não estão entendo que o problema, a grande reclamação, é a péssima qualidade dos serviços oferecidos para população, além da corrupção. Redução de impostos e criar incentivos não melhoram a qualidade.

  • jarbas diz: 24 de junho de 2013

    O GRANDE PROBLEMA É O DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO E FALTA DE PUNIÇÃO E NÃO DEVOLUÇAO DO DINHEIRO DE QUEM O FAZ, SE IMPORTAR UM PUNHADO DE POLÍTICOS HONESTOS,TALVEZ VAI SOBRAR DINHEIRO PRA INVESTIMENTO EM TODAS AS AREAS REIVINDICADAS, E SERIA MAIS BARATO QUE IMPORTAR 6.000 MÉDICOS.

  • Aadalto Luiz Belotto diz: 24 de junho de 2013

    Espero que os prefeitos agora reunidos com a Presidentes Dilma não queiram se fazer de inocentes e ficarem quietos. Acho que á hora é esta que exigir investimentos na saúde, educação, transporte etc.

  • Carlos Siqueira Júnior diz: 24 de junho de 2013

    Proposta:
    Diminuir pela metade a quantidade de Parlamentares (Vereadores, Deputados Estaduais e Federais, e Senadores) repassando essa metade dos recursos financeiros para o transporte e saúde públicos.

    Ação direta com resultado (verbas) certo !

  • Arlindo Faria diz: 24 de junho de 2013

    Ônibus a R$ 1,00 é possível. Quem deve subsidiar o ônibus é quem anda de carro e o modo mais eficiente é através da CIDE-Combustíveis (muito mais eficiente que pedágio, que exigiria uma estrutura de fiscalização e arrecadação caríssima).

  • Pedro Machado diz: 24 de junho de 2013

    Só par dar uma ideia, o prefeito de Florianópolis está lançando um edital em setembro, onde o lucro máximo é de 6%, todos os ônibus tem que ter ar condicionado e ganha a empresa que lançar o menor valor, com isso se elas quiserem ter mais lucro tem que melhorar a qualidade para que mais pessoas usem o transporte público e o com isso elas podem faturar mais. Para ser perfeito teriam que isentar crianças e adolescentes de 0 a 14 anos.

  • rogerio diz: 25 de junho de 2013

    Está faltando atitude. Fazer andar o Judiciario ( metas para despachar e destravar tudo que está emperrando), o Legislativo ( criar e criar pautas importantes e deixar de lado nome de rua, cidadão da cidade, etc), Executivo ( realizar, construir hospitais, escolas, presidios, ruas, transporte) Isso no ambito Federal, Estadual,Municipal. Reduzir gastos e despesas públicas (salarios de senadores, deputados, vereadores) reduzir nº de funcionarios publicos do senado, camaras. Reduzir nº de senadores, deputados, vereadores. Acabar com Ministerios. Cumprir as penas impostas aos mensaleiros e outros. Eliminar a PEC 37, tira de pauta arquiva. Cassar alguns politicos Paralelamente vai fazendo os pactos, reforma politica e outras. Reconquista o povo com atitudes e não com pronunciamentos prolixos, em conjunto com o Bonner que fica enrolando. Não substimar a inteligencia e capacidade do povo.

  • sonia freitas diz: 28 de junho de 2013

    infelizmente a maioria dos aposentados não estão participando das manifestações, não por falta de vontade, mas por falta de capacidade física, mental e economica.
    Alguém por favor represente esta classe tão abandonada da sociedade brasileira, afinal, como dizia minha mãe, deixa estar jacaraé seu dia há de chegar, quem não ficaar velho caro lhe custa a vida.

  • VALMIR CARLOS ENDRUWEIT diz: 1 de julho de 2013

    O QUE MAIS NOS REVOLTA NESSA GUERRA CIVIL É QUE O POVO VAI AS RUAS, RECLAMA, IMPÕE, CONTINUA RECEBENDO POUCO, TUDO SE ABAFA NO APAGAR DAS LUZES, É SÓ O BRASIL GANHAR UM JOGO QUE ESTÁ TUDO CERTO! MAS NAS ELEIÇÕES O POVINH VAI VOTAR NO PT , LULA E DILMA NOVAMENTE.PORQUE AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS SEMPRE CASAM COM A COPA DO MUNDO?JOGADA DE MESTRES!

  • VALMIR CARLOS ENDRUWEIT diz: 1 de julho de 2013

    NÃO ADIANTA RECLAMAR MANTENDO OS MESMOS NO PODER!O POVO DEVE SE INSTRUIR ANTES DE VOTAR, NÃO SE VANDA POR NADA DESTE MUNDO, ACABE DE UMA VEZ COM O COVIL DE LADRÕES DOS GOVERNOS QUE AI ESTÃO.VAMOS APRENDER DE UMA VEZ PARA NÃO PRECISAR COLOCAR NOSSOS FILHOS PRA APANHAR DA POLÍCIA NOVAMENTE.CHEGA!!!!!!!!!!!!!!!!!OU VAMOS DE UMA VEZ PARA AS TRINCHEIRAS.

  • VALMIR CARLOS ENDRUWEIT diz: 1 de julho de 2013

    OU O BRASIL MUDA, QUE OS POLÍTICOS QUE AI ESTÃO SEJAM BANIDOS DEFINITIVAMENTE DA POLÍTICA QUE OS TIRIRICAS DA VIDA SEJAM COLOCADOS EM CIRCOS OU ……..SEPARAÇÃO DOS ESTADOS DO SUL JÁAAAAAAAAAAAAAAAAVAMOS CRIAR UM NOVO PAIS SEM ESSA CAMBADA DE LADÕES CARA DE PAU.

  • nato diz: 4 de novembro de 2013

    Safados …ladrões…..te..q.haver uma guerra aqui.dentro pra.mandar estes.políticos tudo….pra.cadeia.perpetua…..!! O povo tem q sair pra ruas e se puder pau neles ….o povo…a Familia brasileira já não aguenta mais …..e muita sacanagem enada acontece com eles….só com o povo passando necessidade e eles rindo da plebe..a luta brasileiros

Envie seu Comentário