Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Artigo: Quantos amigos você tem?

04 de julho de 2012 20

Renata Bezerra*

Pois ele tem 587 amigos no Facebook. Quase 300 seguidores no Twitter. Caixa de entrada sempre lotada de e-mails. E quem vem para jantar? Ninguém. Pois não houve sequer convite. Houve apenas uma leve vontade e um plano esquecidos na mesma gaveta onde jazem contas pagas. Algumas reclamações sobre solidão e amizades de aparência. Um esperar por que lhe procurem. Houve apenas a ideia utópica de que amizades seriam como sementes que caem ao acaso de um caminhão e tornam-se – também ao acaso – plantas viçosas em rachaduras do asfalto.

Parece batido que amizade precisa de paciência, disposição e dedicação. Mas é batido e bonito e entendido em textos que lemos, nas novelas e filmes que assistimos ou que preferimos não assistir. Porque a teoria é compreensível e a prática, impraticável. Qual seriam mesmo os motivos? Falta de tempo, inversão de prioridades, limites quase inaceitáveis de uma procrastinação aleatória. Porque é mais cômodo sentir um despontar de dor ao compartilhar apresentações no PowerPoint – também batidas – que falam do valor de um amigo e outras coisas nostálgicas e altruístas, a lembrar de ligar para um amigo sem motivo aparente. Sem que haja algo trágico ou maravilhoso para contar. Só ligar. Ou só atender uma ligação. Para saber do tempo, da vida, do cabelo, dos filhos, do que jantou na noite passada.

Por que mesmo é difícil ter amigos “de verdade” hoje em dia? Não, não é culpa da Internet nem do mundo. A culpa é minha e sua. E nossa culpa começa em querermos separar o que é verdade e o que é mentira. Porque o justo seria não haver mentiras e verdades e sim verdades aceitas e verdades não toleráveis. E mais justo que cada um escolhesse para si o que lhe convém.

Parecia mais fácil fazermos e mantermos amigos na infância porque não nos preocupávamos com coisas como distância e traição. Porque existiam cartas que sempre chegavam e verões que sempre voltavam. Porque existia fidelidade sem que ao menos soubéssemos o que ela significava. Porque ninguém ocupava o lugar de ninguém. Sabíamos esperar. Não tínhamos tanta pressa e não preenchíamos os espaços vazios com achismos ou caraminholas. Porque relógio, medo e futuro eram coisas de adulto. Assim como pensar demais e amar de menos.

*Farmacêutica

Comentários (20)

  • Carlos diz: 4 de julho de 2012

    A palavra amigo hoje esta desvirtuada, no fundo e não tão fundo assim, muitas pessoas sabem que, os “amigos” no facebook, ou da caixa de contato do correio eletrônico,… são apenas contatos. Os amigos raramente estão ali cadastrados, pois estes a gente mantém contato de outra forma. Tantos contatos mas o vazio se mantém, ou aumenta geométricamente. Quem adere ao mundo consumista para tentar manter as aparências vai perdendo amigos, e vivendo cada vez mais infeliz

  • Milton Ubiratan Rodrigues Jardim diz: 4 de julho de 2012

    Se a pergunta fosse quantos conhecidos você tem a resposta seria com certeza centenas, mas como é amigo, eu diria que nenhum. E já é muito!

  • Alex Lima diz: 4 de julho de 2012

    Simplesmente fantástico este artigo! Parabéns!

  • Anelise D’Avila diz: 4 de julho de 2012

    Talvez se gastássemos menos tempo em mensagens por celular, por twitter ou por facebook, ou orkut ou seja lá o que for, tivéssemos mais tempo para os amigos(as), familiares. Talvez se gastássemos menos na conta do celular, do computador, da energia elétrica, da internet, da tevê a cabo, sobrasse mais dinheiro para levar o filho ao parque no domingo, ou curtir o cônjuge numa viagem nas férias. Quem sabe devessemos tentar…

  • DANTE diz: 4 de julho de 2012

    SABE ZERO , NA VERDADE TEMOS POUCOS AMIGOS NA VIDA, MESMO PORQUE POUCA GENTE SABE O QUE É SER AMIGO DE VERDADE.
    ENTÃO VOCES AI !!! AMIGOD DE VERDADE SÃO SEU PAI,SUA MÃE E…. SÓ.
    ESSES REALMENTE SÃO OS QUE TE AMAM E QUE DARIAM A VIDA POR VOCE, O RESTO É CONHECIDO, OK.

  • Débora diz: 4 de julho de 2012

    Cheguei a me arrepiar! Faço das suas as minhas palavras.
    Coincidentemente há uns dias atrás escrevi em meu Facebook questionamentos a respeito das minhas amizades, indo pela mesma linha de raciocínio que tu.
    O problema é que nós estamos acomodados e não procuramos, não encontramos por COMODIDADE, por PREGUIÇA nossos amigos, que acabam se afastando…
    Precisamos sair com eles, bater um papo, fazer uma manutenção dessa amizade. O amor é uma planta, que a gente precisa cuidar. O amigo é um amor que, se cuidarmos, dura para sempre.

    Parabéns pelo texto!

  • martina wagner diz: 5 de julho de 2012

    Não considero amigos e nem conhecidos pessoas com quem nos relacionamos virtualmente, apenas pessoas com as quais trocamos contatos. Amigos de verdade são aqueles com quem converso olhando no olho, tocamos as mãos, rimos juntos, nos lembramos dos tempos idos e falamos do presente, como está a família… Muitas vezes nem nossos irmãos de sangue são nossos melhores amigos e, até mesmo pai ou mãe, dependendo da história de cada um, são nossos melhores amigos, às vezes a mãe ou o pai pode ser aquela pessoa que menos nos ama em detrimento de outras coisas, apesar de ter nos dado a vida. Então, a amizade faz parte da história de vida de cada um. Alguém com quem podemos partilhar nossos medos, problemas, fracassos e vitórias sem receio de sermos julgados. Hoje mesmo encontrei uma amiga que há 25 anos não via mais, foi mágico, como se o tempo não tivesse passado.

  • fernando diz: 5 de julho de 2012

    Parabéns
    E isso mesmo que acontece hoje em dia, estamos nos distanciando de nossos amigos reais e dando mais atencao aos virtuais.
    O texto foi bom para podermos refletir a respeito de nossas escolhas.

  • Alvarino diz: 5 de julho de 2012

    amigo mesmo de verdade só tem um Jesus e ponto final.

  • Leo Stein diz: 5 de julho de 2012

    verdadeiros amigos são aqueles que nos piores momentos de de nossas vidas estão presentes, eu tenho poucos amigos verdadeiros minha Mulher e companheira de varios anos, mãe irmãos em especial Luis meu irmão que no passado quando eu tinha uma Ferragem quando começou a falir, ele passou em um concurso publico mas continuou comigo até o negocio quebrar em definitivo isto é prova solidariedade e AMIZADE verdadeira.

  • Cristina Boni diz: 5 de julho de 2012

    Tenho amigos de infância/adolescência que resumem o significado da palavra amizade. Nos ligamos simplesmente pra ver se está tudo bem. Nos encontramos pra rir, as vezes para chorar. Gastamos nosso tempo compartilhando a vida de um com o outro. Esses são os verdadeiros amigos. E agradeço todos os dias por eles existirem e fazerem parte da minha vida. Por isso sempre digo aos mais jovens que cultivem os verdadeiros amigos, porque isso é o que realmente importa na vida, a família e os amigos. Parabéns pelo artigo. Um resumo de tudo isso!

  • luiz diz: 5 de julho de 2012

    Amigo mesmo tive um,morreu fazem 40 dias,era meu cão coker Jimmy.

  • eliana de souza diz: 5 de julho de 2012

    eu tenho 7 amigos de verdade:4 irmãs maravilhosas e 3 sobrinhos lindos!!!!neste mundo em que é cada um por si e deus por todos me considero uma pessoa privilegeada,pois sei que eles me amam e posso sempre contar com eles!

  • sandra lima diz: 5 de julho de 2012

    Amigos eu tenho poucos!
    São pessoas que eu falo, eu rio , brigo e que estão sempre por perto.
    Facebook é uma grande bobagem. Tem pessoas que conheço que colocam fotos sorrindo, mostrando lugares bonitos , mas e quando eu tento falar com elas estão muito mal .
    Então é uma vitrine do que gostaríamos de ser ?
    Amigo é aquele presente , não um número para mostrar como sou “popular”.
    Falta tempo , mas a presença é importante.

  • Helenita diz: 5 de julho de 2012

    Gostei muito do texto! Da ideia central, dos argumentos, da estrutura e da correção. Parabéns!
    Helenita Thomé, jornalista

  • Dinei diz: 5 de julho de 2012

    Miutas vezes penso em abrir a cabeça das pessoas literalmente, para faze-las entender o que esta visivel aos olhos e apenas darão conta quando perderem. A amizade é um bem inquestionével. Mas com a cibernética, a minha visão de amizade difére das outras, sendo que para 90 % amizade é sinonimo de facebook, onde basta ter a caixa de entrada abarrotada de e-mails e milhares de seguidores ja bastam, mas saibam que isso é uma ilusão, essa crença esta deixando nosso povo cada vez mais entregues nos braços da solidão. Pensem, o que realmente é um amigo, um amor, creio que seja mais que uma tela gelada de computador.

  • Felipe Mancha diz: 5 de julho de 2012

    Muito bom o texto… mostra bem como estamos vivendo hoje em dia….
    e as verdadeiras amizades… ha sim essas ainda existem.. mas são raras…
    abraço!

  • Rocket diz: 6 de julho de 2012

    Dia desses, dei-me conta de que se fosse convidar alguém da minha lista de conhecidos para jantar, só um casal viria. E nem propriamente “amigos” eles são. Aí percebi que, por causa do meu individualismo (apesar de não seu mau-educado com ninguém – até sou bem prestativo), sou uma pessoa praticamente isolada em termos de amizades. Dei-me conta então de que, na verdade, sou uma lástima… Tuo bem que o ditado diga “antes só do que mal acompanhado”, mas dar-se conta de que não se tem nenhum amigo é algo melacólico.

  • Thais diz: 6 de julho de 2012

    Pessoas que diziam ser nossos amigos, hoje passam reto pela gente comu se nunca tivesse visto na vida esses realmente agente tem que esquecer que um dia fizeram parte de nossas vidas, aquela pessoa que tu não fala toda semana mais ao menos uma vez por mes, mais tu sabe se precisar vai estar sempre ali do teu lado te apoiando,aquele que só em ti olhar já sabe que voce não está bem e voce não precisa falar nada, que te dá aquele abraço bem apertado quando tu mais precisa,que tu chora nos braços dele sem ter medo de parecer fraco,que tu encontra na rua e quer tirar o atraso e falar tudo o que aconteceu,esses são pra vida toda esses agente pode falar é meu amigo,o resto é apenas conhecido.

  • rubens ciro diz: 6 de julho de 2012

    Vive de amizade só quem: compartilha conversas, festas,desgraças e que sempre está próximo. Compadece, auxilia, orienta, convida e é convidado. Geralmente só membros da família. Não se pode confiar os que por interesse: – políticos, comerciais- se aproximam até conseguirem apenas tirar proveito. E na eletrônica não existe amigos! Apenas um nome ou assunto!

Envie seu Comentário