Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros
Capa ZH ZH Blogs Assine agora

Posts de março 2014

Comentários dos leitores desta segunda-feira (31/03/14)

31 de março de 2014 0

Greve dos Correios
A greve dos Correios terminou, mas as consequências não cessaram, prejudicando milhões de pessoas que não receberam suas correspondências, documentos importantes, encomendas e contas a pagar. Existem muitas maneiras de protestos e reivindicações, mas as greves envolvendo serviços essenciais  certamente são as mais cruéis, pois atingem diretamente a população.
Claudio Froes Peña
Engenheiro – Porto Alegre
Via e-mail

Ditadura
Dizem que os guerrilheiros (terroristas) eram contra a ditadura. Ditadura dos outros, pois queriam impor a deles, muito pior, vejam as atrocidades cometidas por Stalin ou por Fidel. E o que fizeram com Amarildo por acaso é menos grave do que fizeram com Rubens Paiva? Não se pode confundir o regime militar com a tortura, pois esta está presente mesmo nas democracias.
Isacc Sprinz
Médico – Porto Alegre
Via e-mail

Copa
Vemos muita campanha para economizar energia e assim evitarmos o temido apagão. Para quê? Para passarmos uma boa aparência durante a Copa para a comunidade global? Sinceramente, acredito que não precisamos  mascarar um colapso energético iminente. Crises sempre existiram e fizeram com que as sociedades corrigissem distorções  a atrasos na economia, saúde e educação. Agora temos mais
uma oportunidade!
Leonardo Bonatto
Arquiteto – Cruz Alta
Via e-mail

Mulheres
Culpar a mulher pelos casos
de estupro comprova o baixo grau de inteligência dos brasileiros. Aliás, somos, na maioria esmagadora,
de inteligência mediana. Não é à
toa que somos um dos países mais corruptos do mundo. Essas mulheres são valentes, pois, ao contrário dos Black Blocs, mostram a cara em
seus protestos. Parabéns.
Jocemir Souza de Oliveira
Advogado – Santa Maria
Via e-mail

Considerando a pesquisa que
aponta que 65% dos brasileiros
concordam que mulheres que
usam roupas curtas merecem ser
atacadas, concluo que tais indivíduos são extremamente machistas,
possuem uma mentalidade
inferior à de animais selvagens
e são indesejáveis em qualquer nação. Tais indivíduos não podem frequentar uma praia ou ir a um desfile de moda, por exemplo, pois estarão propensos
a cometer crime de abuso sexual.
Peço a todos os homens que concordam com essa afirmação que busquem atendimento psicológico, tendo em vista que a existência dessa mentalidade revela graves danos na percepção de ética e respeito.
Daniel Marques
Historiador – Virginópolis (MG)
Via e-mail

Eleições
Pergunta futebolística aos eleitores que terão que escolher em outubro um técnico para treinar o Brasil pelos próximos quatro anos: você escolheria a Dilma, que, neste ano, conseguiu
a proeza de rebaixar ao mesmo tempo para a segunda divisão a Petrobras,
a Eletrobras, o Banco do Brasil
e o BNDES?
Ronaldo Gomes Ferraz
Engenheiro – Rio de Janeiro (RJ)
Via e-mail

SOBRE ZH

Estou impressionado com a massiva série de reportagens, editoriais e colunas que o jornal Zero Hora vem dedicando contra o regime militar, desde a realização da Marcha da Família com Deus pela Liberdade.
Não quero defender a ditadura, o comunismo, o capitalismo ou qualquer outro regime de governo que possa existir, pois independentemente dele, acredito que o problema do Brasil está na conduta e na herança cultural de seu povo.
Diante do fato exposto, me faço algumas perguntas: corporativismo não é uma forma de ditadura da informação?
Em época de minorias, por que tamanha repercussão?
Onde está a isenção do jornalismo, cujo papel é apenas informar e não formar opinião?
O que é ou foi ruim para alguns têm que ser ou é ruim para todos?
Luís Sérgio Mirapalheta Lucas
Agente de viagens – Porto Alegre
Via e-mail

Porto Alegre vista de seu prédio mais alto

29 de março de 2014 0

De cima do prédio mais alto de Porto Alegre, o Edifício Santa Cruz, a vista da capital gaúcha revela o contraste dos arranha-céus com o Guaíba ao fundo. Fascinado com a paisagem, o leitor Alexandre Serafini, 27 anos, resolveu que queria guardar – mas não apenas na memória – o que seus olhos estavam vendo. Após uma semana de pedidos e autorizações, conseguiu subir ao último andar e fotografar a Capital. Decidiu, então, fazer uma panorâmica. No total foram feitas 32 fotos com uma Canon EOS 5D mark II, com lentes 24/105mm, que resultaram na imagem acima.

foto

 – A arte de controlar a câmera e não deixar que ela decida o ângulo por você torna apaixonante fotografar – revela.

Serafini, natural de Santa Rosa, no Noroeste, é fotógrafo e chegou a Porto Alegre em 2009. Não demorou muito, um amigo lhe mostrou o edifício e contou que era o mais alto da cidade. De imediato, passou a pensar nas imagens que poderiam ser feitas de lá.

Local de onde as fotos foram feitas, o Edifício Santa Cruz está localizado na Rua dos Andradas, no Centro, e foi construído na década de 1960. Tem 32 andares e 110 metros de altura. O prédio tem 314 salas comerciais  e 28 apartamentos residenciais. De acordo com a prefeitura, é o prédio mais alto da cidade.

Tem tigre e parque eólico: leitores compartilham fotos

29 de março de 2014 0

flaviagonçalves

 

Flávia Gonçalves fotografou um tigre no Zoológico do Beto Carrero World, em Penha (SC).

juliano isaakgauze

Juliano Isaak Gauze, morador de Rivera, no Uruguai, fotografou o parque eólico de Santana do Livramento.

Comentários da edição deste sábado (29/03/2014)

29 de março de 2014 0

Comportamento

Pesquisa do Ipea mostra que 65% dos entrevistados concordam com a frase “mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas”. Qual sua opinião?

 

Que absurdo, agora a roupa virou convite. Temos o direito de nos vestir da forma que gostamos. Acredito que em alguns casos a roupa desperta mais ou menos desejo, mas nada dá o direito de atacar alguém.
Tatiani Souza
Via mural

 

Em 2014, é no mínimo absurdo justificar comportamentos selvagens devido às roupas que as mulheres usam. Se é sexy ou provocante
que elogiem, assobiem, mas não ataquem, pois esse tipo de comportamento é para animais!
Ladi Lemos
Via mural

 

Infelizmente uma grande parte das mulheres se veste para provocar e chamar a atenção, com decotes avantajados e roupas coladas ao corpo. Pode-se dizer que uma boa parcela das mulheres de hoje se veste como as prostitutas do passado.
Roberto Franco
Via mural

 

Economia

Não se faz necessário ser nenhum expert em economia para perceber que estamos vivendo em um país maquiado. Quando findar a Copa e passarem as eleições presidenciais, com certeza a sociedade brasileira ouvirá do comandante da nação o aviso para apertarmos o cinto. Tenho absoluta certeza de que nos céus de nossa economia haverá muitas turbulências e presumo que os passageiros da classe econômica são os que mais sofrerão.

Virgílio Melhado Passoni
Aposentado – Jandaia do Sul (PR)
Via e-mail

 

Porto Alegre

Branco, ex-jogador de futebol, recebe Medalha de Porto Alegre, no Theatro São Pedro. O que ele fez pela cidade? O mais justo é homenagear os garis, que heroicamente limpam todos os anos o Dilúvio, ou as professoras, os policiais militares e os bombeiros, que, mesmo com salários ridículos, salvam vidas e ainda nos oferecem um pingo de esperança numa cidade feia, pichada, malcuidada e abandonada pelo poder público. É uma pena ver a Capital da forma que está e como está sendo gerida.

Humberto de Almeida Garcia Sobrinho
Funcionário público – São Leopoldo
Via e-mail

 

SOBRE ZH

Prezado jornalista Paulo Sant’Ana. Não fosse o setor lácteo gaúcho o segundo maior do país – com processamento de mais de 4 bilhões de litros de leite por ano –, envolvendo cerca de 120 mil produtores e 200 indústrias, restaria calar a respeito de sua coluna de segunda-feira, em que diz ter perdido a confiança no leite que é produzido.

 

No entanto, não apenas pela importância socioeconômica do setor, responsável por mais de 2,5% do PIB estadual, mas, sobretudo, pela seriedade com que trabalha, é que vimos dizer que condenamos veementemente os poucos atravessadores que fraudam a matéria-prima da nossa atividade. Fazemos agora, na indústria, 21 testes para avaliar a sanidade do leite. Em relação à Operação Leite Compensado, no ano passado não havia, ainda, pelo inusitado da fraude, obrigatoriedade de teste que pudesse detectar a presença de formol; este ano a empresa envolvida na operação demonstrou ao Ministério Público que suas análises não acusaram nenhuma anormalidade.

 

Entendemos seu estado de espírito diante do produto que fabricamos. Mas, pelo exposto, desejamos ser merecedores de um voto de confiança – seu e dos consumidores em geral –, pois nossa missão inafastável é entregar produtos de qualidade ao mercado, cumprindo todas as normas legais.

 

Resta-nos o conforto de fabricar um produto que historicamente faz parte do dia a dia da alimentação das pessoas e de não haver, em que pese às fraudes de quantidades ínfimas de leite diante do volume total produzido, registro comprovado de problemas de saúde pública.

Garantimos à sua prestigiosa coluna que estamos empenhando todo o nosso esforço e a tecnologia por produtos idôneos e sadios.

 

Wilson Zanatta
Presidente do Sindilat/RS – Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados do Estado do Rio Grande do Sul

 

Missão Instagram: #grenal400

28 de março de 2014 2

Este domingo é dia de Gre-Nal!

Grêmio e Inter realizam a primeira partida da final do Campeonato Gaúcho 2014. Vai acompanhar a partida? Seja no estádio, no bar ou em casa, não deixe de participar da Missão ZH! Registre uma foto curtindo o jogo e compartilhe no Instagram com a hashtag #grenal400 e participe.

Confira o regulamento

Reprodução

 

À Procura da Felicidade

28 de março de 2014 0

Mesmo aos 99 anos, Nelly Sefton Burger, não deixa de surpreender. Sua dedicação e empenho em recortar e classificar em pastas temáticas as reportagens e colunas de Zero Hora, inspiraram o Residencial Geriátrico Convivência, onde ela mora, a criar um cantinho especial para a leitura do material. Assim, na tarde desta quinta-feira foi inaugurado o espaço “À Procura da Felicidade”.

>>> Relembre a história de Nelly, contada em ZH

 nelly3

A festa, com direito a saxofonista, rosas e coquetel, reuniu moradores e funcionários do residencial e as filhas de Nelly, Maya e Freda, que mora em Brasília mas fez questão de estar presente na celebração.

Como uma verdadeira celebridade, Nelly autografou carinhosos cartões para os convidados, com mensagens exclusivas e bem elaboradas para cada um.

nelly2

Em seu discurso, Nelly emocionou a todos com seu entusiasmo e disposição:

– Feliz daquele que sabe encontrar a felicidade no lugar em que está – disse.

A terapeuta ocupacional Isabel Colvara, que observou o interesse de Nelly pelas notícias de ZH e incorporou a seleção e organização dos assuntos ao seu tratamento, destacou que Nelly impressiona a todos com sua alegria.

– Agora todos que quiserem também vão poder consultar este material e marcar mais um dia vivido – disse Isabel.

nelly1

Nelly com as filhas Freda (E), Maya e com a terapeuta ocupacional e amiga Isabel Colvara

 festa

Foto do Leitor: O pescador, a ponte e a noite

28 de março de 2014 0

Carlos Alberto Barros Tavares fotografou um barco em Pelotas, quando retornava de uma pescaria.

carlos

 

Roberto de Azevedo Ferreira registrou o Centro Histórico de São Francisco do Sul (SC).

roberto

 

Patricia Guillante enviou foto da ponte de ferro em Arroio do Meio, que liga o município a Lajeado.

patricia

Comentários da edição desta sexta-feira (28/03/2014)

28 de março de 2014 0

Qual sua opinião sobre o aluguel de residências ou cômodos para turistas durante o período da Copa?

E qual o problema em fazer isso? Na Europa, todo mundo aluga imóveis ou quartos para turistas como forma de aumentar a renda. Vão faltar hotéis para acomodar todos os turistas de fora e do nosso país e os que tiverem vagas irão colocar os preços nas alturas.
Ana Claudia Oliveira Damé
Via Facebook

Perfeito, senão os hotéis monopolizam os valores, como
está acontecendo no Nordeste.
Plati Pedraja
Via Facebook

Claro! Além de cultura, por que não fazer uma graninha? Sabemos que a “verba” arrecadada com esse evento não chegará nem perto do povo.
Vanessa Silveira
Via Twitter

Não vejo problema nenhum, desde que sejam respeitadas as leis, como o período de silêncio. Além disso, a pessoa deve avisar os vizinhos de que irá alugar cômodos ou a residência para os turistas.
Thiago Seffrin
Porto Alegre
Via mural

Os vizinhos não pagam nossas contas, então tanto faz se eles irão ou não gostar. Já que esta Copa nos foi empurrada goela abaixo, por que nós não podemos, de maneira honesta, ter uma rendinha extra?
Jorge Moacir
Porto Alegre
Via mural

Acho uma ideia ótima! A nossa casa já foi anunciada em um site.
Laura Albrecht Freitas
Via Facebook

Um terço dos jovens não usa camisinha, mostra pesquisa. Por que isso ocorre?

Não usam por vários motivos, entre eles a ideia de que nunca nada vai lhes acontecer (leia-se gravidez indesejada, HPV, aids etc.). Esse é o pensamento do jovem de hoje: nada me atinge, eu posso e consigo tudo e nada acontece comigo. Mas também vejo a mídia contribuindo para isso, fazendo propaganda para  o uso da camisinha somente no Carnaval, como se eles só praticassem sexo nessa
época do ano.
Michele Guerra
Via Facebook

Não usam por serem irresponsáveis, pois informação a respeito há de sobra. Já ouvi dizer que uma menina não se preocupa com o uso do preservativo porque toma anticoncepcional. Que bom, ela não vai engravidar, mas será que sabe da infinidade de doenças
que pode contrair?
Gérson Lima
Via Facebook

A falsa sensação de que “comigo não vai acontecer”.
Jaqueline Tura
Via Twitter
SOBRE ZH

Agradecemos pela bela matéria “As mãos que constroem a nova Porto Alegre”, da repórter Larissa Roso, publicada na quarta-feira,
aniversário de Porto Alegre. A nossa cidade cresceu, e cresceu muito, também graças aos trabalhadores da construção civil, e a reportagem retrata isso, mostrando a importância da nossa categoria. Quando fala do servente que hoje é mestre de obras, podemos ver que na construção civil as pessoas têm a possibilidade de crescer. Essa matéria retrata exatamente a realidade do dia a dia do trabalhador da construção civil, empregado por empresas sérias, e a sua importância para a cidade. É uma pena que ainda haja muitos problemas quanto à precarização das condições de trabalho.

Valter Souza e Gelson Santana,
Presidente e secretário-geral do
Sindicato dos Trabalhadores nas
Indústrias da Construção Civil (STICC)

Leitor-repórter: boeiro aberto em calçada leva perigo aos pedestres

27 de março de 2014 0

Empresário de Porto Alegre, Alexandre siegman demonstra sua preocupação com A calçada situada no cruzamento das ruas Barreto Viana e Matias José Bins, Bairro Vila Jardim:
boeiro aberto visto de cima
“O descaso e a irresponsabilidade da prefeitura e do DEP coloca em risco a vida das pessoas , um verdadeiro perigo para quem transita na calçada da Rua Barreto Viana esquina Matias José Bins, um bueiro entupido com 3m de profundidade sem tampa a mais de um mês.
Caso alguém caia neste buraco as consequências serão muito sérias.” relata Alexandre.

boeiro sem tampa com calçada ao lado

Contraponto
Confira o que diz o DEP:
“A Seção Norte de Conservação do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) informa que na Avenida Barreto Viana, esquina com Matias José Bins bairro Vila Jardim, terá o serviço executado no final de semana. Devido ao trânsito intenso, a EPTC precisa fazer o bloqueio do local.”

Você também possui um problema sem resolução? Participe

Foto do Leitor: Pelo RS

27 de março de 2014 0

Paulo Cezar Hoehr enviou uma foto panorâmica da cidade de Porto Alegre.

PartenonLuaCheia

Magda Figueiredo fotografou os Campos de Cima da Serra.

MAGDA-LAGEADO-GRD-2014-283

 

Paulo Lenhard registrou a colheita da soja no interior de Palmeira das Missões.

10348767-colheitadeira.jpg-26_03_2014-16.55.18